Você está na página 1de 24

BASES

NEUROCIENTÍFICAS DA
MEDITAÇÃO
KLEBER MIRALLIA DE OLIVEIRA
SINAPSE MEDIADA POR
NEUROTRANSMISSORES (NT)
• POTENCIAL DE AÇÃO CHEGA AO TERMINAL AXONAL
• CANAIS DE CÁLCIO SÃO ABERTO E INDUZEM A VESÍCULA A SE FUNDIR À
MEMBRANA PRÉ SINÁPTICA DO TERMINAL
• O NT É LIBERADO NA FENDA E SE LIGA AOS RECEPTORES DA MEMBRANA
PÓS SINÁPTICA
• A LIGAÇÃO É DESFEITA POR ENZIMAS E TRANSPORTADORES LEVAM PARTE
DO NT DE VOLTA AO TERMINAL
• O NT É QUEBRADO PELA MAO OU REAPROVEITADO EM OUTRA VESÍCULO
SINÁPTICA
• OS NT PRECISAM DE PRECURSORES PARA EXISTIR
NEUROTRANSMISSORES
NT
• SÃO SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS PRODUZIDAS PELOS NEURÔNIOS A PARTIR
DE PRECURSORES EXTERNOS OU INTERNOS.
• AGEM NAS SINAPSES DO PRÓPRIO SN
• SUA AÇÃO INIBE OU EXCITA A FREQUENCIA DE DISPAROS DE GRUPOS DE
NEURÔNIOS AFETANDO O FUNCIONAMENTO DO SN
• APLICADOS NAS CÉLULAS CAUSAM EFEITOS IDENTICOS À SUA LIBERAÇÃO
PELAS VESÍCULAS PRÉ SINÁPTICAS
• PODEM COEXISTIR NAS SINÁPSES
REGULAÇÃO NEURAL

• NEURO HORMÔNIOS: SECREÇÃO NA CORRENTE SANGUÍNEA.


• NEURO MODULADORES: SECREÇÃO À PARTIR DE SÍTIOS NÃO
SINÁPTICOS, INFLUENCIAM ATIVIDADE.
• NEURO MEDIADORES: SECREÇÃO EM SÍTIOS ESPECÍFICOS
CELULARES (MENSAGEIROS).
• FATORES NEUROTRÓFICOS: PRODUZIDAS NO SNC PARA
REPARAR LESÕES (NGF)
CLASSIFICAÇÃO DAS SUBSTÂNCIAS
NEUROATIVAS
• AMINAS BIOGÊNICAS:
• CATECOLAMINAS: ADRENALINA, NORADRENALINA E
DOPAMINA.
• INDOLAMINAS: SEROTONINA, MELATONINA E HISTAMINA.
• AMINOACIDÉRGICOS: GABA, TAURINA, ERGOTIONEÍNA, GLICINA,
BETA-ALANINA, GLUTAMATO E ASPARTATO.
• NEUROPEPTÍDEOS: ENDORFINA, ENCEFALINA, VASOPRESSINA,
OXITOCINA, OREXINA, NPY, SUBSTANCIA P, DINORFINA A,
SOMATOSTATINA, COLECISTOQUININA, NEUROTENSINA, LH,
GASTRINA E ENTEROGLUCAGON.
• COLINÉRGICO: ACETILCOLINA.
NEUROTRANSMISSORES

EXCITATÓRIOS INIBITÓRIOS
• GLUTAMATO • GABA
• ADRENALINA (Β1, B2, Α1) • ENDORFINA
• ACETILCOLINA • DOPAMINA (D2)
• DOPAMINA (D1) • SEROTONINA (5HT1)
• SEROTONINA (5HT4)
GLUTAMATO

• MAIS COMUM NT EXCITATÓRIO DO ENCÉFALO


• AGE NO CÓRTEX, GÂNGLIOS DA BASE E VIAS SENSORIAIS
• PODE SER PRODUZIDO OU RECAPTADO
• PRODUZ AÇÕES RÁPIDAS COM AUXILIO DAS CÉLULAS
GLIAIS ASTRÓCITOS
• AGE EM COMUM COM OUTROS NT AUMENTANDO A
SENSIBILIDADE DO NEURÔNIO A ELES.
GABA
ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍLICO
• PRINCIPAL NT INIBIDOR DO SNC PROVOCANDO A ABERTURA DE
CANAIS CLORETO DIFICULTANDO A DESPOLARIZAÇÃO DA
MEMBRANA (HIPERPOLARIZAÇÃO)
• SE MUITO ABUNDANTE PROVOCA EFEITO SEDATIVO E HIPNÓTICO
• É ANULADO PELA AÇÃO DA ENZIMA GABA AMINÁSE
• AGE NO HIPOCAMPO E AMÍGDALA PARA RETIRAR A ANSIEDADE,
INIBINDO SUA AÇÃO.
• PRODUZIDO AO COMER CASTANHAS, FOCAR A MENTE,
MEDITAÇÃO E EXERCÍCIOS RESPIRATÓRIOS (PRANAYAMA)
DOPAMINA
• É PRODUZIDA A PARTIR DA TIROSINA
• SUBSTANCIA NEGRA, ÁREA TEGMENTAR VENTRAL E HIPOTÁLAMO DORSAL.
• AGE NA VIA NIGROESTRIATAL (CONTROLE MOTOR)
• VIAS MESOLÍMBICA E MESOCORTICAL (CONTROLE DO SISTEMA DE
RECOMPENSA, NÚCLEO ACCUMBEN, E EMOÇÕES)
• AGE NO CÓRTEX PRÉ FRONTAL E TEMPORAL
• NEURÔNIOS TÚBERO-HIPOFISÁRIOS (REGULAM AS SECREÇÕES DA HIPÓFISE)
• LIGADA AOS RECEPTORES D1 DO CORPO ESTRIADO, SISTEMA LÍMBICO
(AMÍGDALA), TÁLAMO E HIPOTÁLAMO ELA EXCITA
• LIGADA AOS RECEPTORES D2 DOS MESMO LOCAIS ACIMA MAIS AOS DA
HIPÓFISE CAUSAM INIBIÇÃO DA AÇÃO NEURONAL.
• AUMENTA A SECREÇÃO DE PROLACTINA NA HIPÓFISE, DO HORMÔNIO DO
CRESCIMENTO E ATUA NO VÔMITO.
DOPAMINÉRGICAS
SEROTONINA
• É SINTETIZADA A PARTIR DO TRIPTOFANO (CARNES, GRÃOS, LATICÍNIOS)
• É PRODUZIDA NOS NÚCLEOS DA RAFE DO TRONCO ENCEFÁLICO
• TEM EFEITOS PREDOMINANTEMENTE INIBITÓRIOS EXCETO SE LIGADA AO RECEPTOR
5HT4.
• AGE NO CÓRTEX E AMÍGDALA (SONO, ALIMENTAÇÃO, TERMORREGULAÇÃO E
ANSIEDADE)
• EXCITAM O CÓRTEX, SISTEMA LÍMBICO E HIPOCAMPO, ESTIMULAM A SECREÇÃO DE
ACETILCOLINA ESTIMULANDO A APRENDIZAGEM
• EXCITAM O CÓRTEX, HIPOCAMPO, TÁLAMO E HIPOTÁLAMO AFETANDO O HUMOR,
REGULAÇÃO ENDÓCRINA, COGNIÇÃO, SEXO E SONO. DIMINUIÇÃO DE SEROTONINA
AUMENTA CORTISOL GERANDO DEPRESSÃO.
• EFEITO INIBITÓRIO NAS VIAS SENSORIAIS DA DOR.
• CONTROLE DOS PENSAMENTOS (OTIMISMO)
QUANTO MENOS
SEROTONINA: MAIS
SONO, MAIS FOME,
MAIS DOR, MAIS
FRIO, MENOS SEXO.
SEROTONINÉRGICOS
NORADRENALINA
• PRODUZIDA NO TRONCO ENCEFÁLICO NOS NÚCLEOS DA RAFE E
COLUNAS DORSAL E VENTRAL
• OS DO BULBO ATUAM NO HIPOTÁLAMO CONTROLANDO SISTEMAS
ENDÓCRINO E CARDIOVASCULAR
• OS DA PONTE NA COLUNA VENTRAL ATUAM NA MEDULA ESPINHAL
MODULANDO REFLEXOS NO SNA E DOR.
• A NORA PRODUZIDA NO LOCUS CERULEUS ATINGE O CÓRTEX
CEREBRAL PROVOCANDO O ESTADO DE ALERTA E ATENÇÃO,
NECESSÁRIOS PARA A COGNIÇÃO
• EXCITA O HIPOCAMPO NOS PROCESSOS DE MEMÓRIA
• ATUA NO DESENCADEAMENTO DO SONO REM.
• ATUA NO CEREBELO E NÚCLEOS DO TRONCO E MEDULA ESPINHAL.
• MASSAGENS E EXERCÍCIOS FÍSICOS
NORADRENÉRGICOS
ACETILCOLINA
• É SINTETIZADA A PARTIR DE COLINA + ACETIL COENZIMA A
• PRODUZIDA EM TRÊS NÚCLEOS: N. SEPTO MEDIAL, N. BASILAR E N.
PENDUNCULOPONTÍNO E TEGMENTAR LATERODORSAL , ESTES
ÚLTIMOS ATUANDO JUNTOS
• O PRIMEIRO ATUA NO SISTEMA LÍMBICO EM ESPECIAL NO
HIPOCAMPO ESTIMULANDO OS PROCESSOS DE ARMAZENAMENTO E
RECUPERAÇÃO DE INFORMAÇÕES
• O SEGUNDO ESTIMULA TODO CÓRTEX TELENCEFÁLICO FACILITANDO
O ACESSO À INFORMAÇÃO E NO CÓRTEX RELACIONADO AO
SISTEMA LÍMBICO, EM ESPECIAL O HIPOCAMPO
• OS TERCEIROS ATUAM NO TRONCO ENCEFÁLICO E NO TÁLAMO
FAVORECENDO A ATENÇÃO AOS ESTÍMULOS SENSORIAIS QUE ESTE
ENVIA AO CÓRTEX.
COLINÉRGICOS
CÉREBRO MEDITANDO
FUNDAMENTOS DA PLENA ATENÇÃO

• COLUNA RETA
• OLHOS FECHADOS
• PRESTAR ATENÇÃO NO AMBIENTE EM VOLTA
• DAR TEMPO AOS PORTÕES DE DOPAMINA SE ABRIREM E FECHAREM
• ATENÇÃO ÀS SENSAÇÕES CORPORAIS.
• ATENÇÃO AOS PENSAMENTOS, OBSERVE SEM SE APEGAR.
OS DOIS CÉREBROS