Você está na página 1de 10

Do Processo Tributário

Processo X Procedimento

→Decreto Federal 70235/1972: regula o processo


administrativo de determinação e exigência dos créditos
tributários da União e de consulta sobre a aplicação da
legislação tributária federal.
→Lei 9.784/99: versa sobre o procedimento
administrativo federal.
Do Processo Tributário
Considerando o conceito de tributo (invasão
patrimonial), tem-se as seguintes questões
fundamentais:

Estado de Direito
Devido Processo Legal

Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se


possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada
mediante atividade administrativa plenamente vinculada.
Do Processo Tributário
Lógica da Constituição do Crédito Tributário:

/_____/____/________/____________/
Art. 142

HI FG OT LANÇAMENTO
CT

Compete privativamente à autoridade


administrativa constituir o crédito tributário pelo
Do Processo Tributário
 Adimplir a obrigação, em 30 Extinção do CT.
(trinta) dias mediante o
pagamento ou pedido de
parcelamento
Inicia-se o contencioso
 Apresentar tempestivamente ADM.
a impugnação para
contestar a exigência
 Quedar-se inerte Declara a revelia
 Constituído o CT pelo Aguarda-se 30 (trinta) dias
lançamento, deve o sujeito para cobrança amigável
passivo ser notificado para Inscreve-se em Divida Ativa
Execução Fiscal
(contencioso judicial)
Do Processo Tributário

Processo (garantia constitucional)


 Contencioso Administrativo X Contencioso Judicial

 Traços distintivos:
 Jurisdição
 Instâncias independentes
 Despesas processuais
Do Processo Tributário
→Princípios que regulam o processo e o
procedimento tributário (Lei 9.784/99):

 CF, Art. 37 A administração pública direta e indireta de qualquer


dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência
Do Processo Tributário
→Legalidade:
 A administração pública tem o dever de rever
seus atos quando eivados de ilegalidade.
 No âmbito do Direito Tributário nenhum ato
pode ser discricionário (Art. 3º CTN)
 Legalidade + Segurança Jurídica = contraditório
e ampla defesa
 Presunção dos atos administrativos = iuris
tantum
 Aplicação tanto no aspecto formal(rito), quanto
Do Processo Tributário
→Impessoalidade

 Imparcialidade que deve nortear todos os atos


da Administração Tributária
A atividade da Adm. Tributária deve ser

destinadas a todos os contribuintes, sem


quaisquer favorecimentos ou discriminações
 Imputado a própria Administração Pública
Do Processo Tributário
→Moralidade

- Honestidade de propósitos.
- Artigo 3º, inciso I da CF/88: Construir uma sociedade
livre, justa e solidária.

- Dever da Administração e Direito do Administrado, que


pode, inclusive, agir em juízo.

- Lei 9.784/99, Art. 2º, parágrafo único inciso IV obriga a


Do Processo Tributário
→Publicidade
(especial relevância, uma vez que os direitos e as garantias dos administrados dependem
da transparência/publicidade).

- Todo e qualquer ato praticado no processo


administrativo em curso, que possa gerar obrigação ou
direito ao contribuinte, deve ser objeto de sua intimação,
efetiva, sob pena de causar violação ao devido processo
legal e ao contraditório. (Arts. 26, 27 e 28 da Lei
9784/99)

Súmula 355 STJ: “é válida a notificação do ato de

Você também pode gostar