Você está na página 1de 28

UFCD 6280 - Processos e métodos de

sementeira e plantação
A “sementeira” é uma técnica utilizada na agricultura,
com o fim de colocar uma ou mais sementes de
determinada cultura em condições ótimas para a sua
germinação, sejam elas colocadas em locais interiores
ou exteriores. Desta forma, é favorecido o
desenvolvimento do ciclo vegetativo da planta em
concordância com o seu propósito para o Homem.
TIPOS DE SEMENTEIRAS

A sementeira pode realizar-se de três formas, que são as seguintes:

Semear em Lanço: consiste em lançar com uma mão cheia de sementes para a
terra e distribui-las uniformemente pelo espaço existente. Ideal para grandes
hortas e para plantas de pequeno porte menos exigentes com o espaçamento.
Exemplo: Nabiças
Semear em Linha: consiste em fazer linhas separadas entre si por um
espaçamento recomendado e distribuir as sementes uniformemente sobre a
linha. Ideal para pequenas hortas e para plantas mais exigentes com o
espaçamento;
Semear em Individual: consiste em colocar 3 sementes num espaço
individual (copo, vaso, casca de ovo, etc...) com terra para que as três
sementes germinem mas apenas uma plante vigore nesse espaço
individual.
DENSIDADE DE SEMENTEIRA/PLANTAÇÃO
- Densidade x geometria

- Povoamento óptimo é função de:


• Tipo de cultura (altura, plasticidade (afilhamento)….
• Fertilidade do solo
• Sistema de cultura (factores tecnológicos):
• Destino da cultura/variedades
• ex girassol ornamental vs arvense; milho silagem/grão

• Variedades ↓ porte ⇒ € densidade (ex tomate fresco vs conserva)

• Ciclo cultural (ciclo curto => ↓densidade)


• Rega vs n/rega
• Tipo de sementeira (ex. “a lanço” vs “em linha”)
• Exigências de mecanização
• …
POPULAÇÃO PRODUTIVA

Intervalos dos valores mais frequentes. Valores


diferentes do intervalo podem ocorrer: condições
ambientais e de sistema de cultura (Villalobos et
al, 2002)
SEMENTEIRA/PLANTAÇÃO
Conceito

- Dose de sementeira/plantação:
- •Quantidade de semente por unidade de área
- •Unidades utilizadas Grandes densidades (trigo, trevos) o Sementeira a lanço ou
linhas o Dose => kg/ha (Ex. trigo 100 a 200 kg/ha) Pequenas densidades (milho,
soja) e arbóreo arbustivas (vinha, pomares) o Sementeira monogrão ou plantação
com geometria definida o Dose => nº sementes/ha ou plantas/ha (Ex. milho 70 a
120 x 103 sementes/ha; Vinha 2000 a 5000 pl/ha) - População produtiva •Nº de
plantas que atinge a maturação
- •Previsão das falhas
- •A dose de sementeira deve ser calculada de forma a incluir a previsão das falhas.
TIPOS DE SEMENTEIRA/PLANTAÇÕES

a lanço em linhas

a golpes

em faixas
2

Hexágono

monogrão ou precisão
TIPOS DE SEMENTEIRA/PLANTAÇÕES

Na sementeira/plantação em hexágono cada planta está rodeada por seis


vizinhas equidistantes. Este sementeira é apropriada para plantas com
canopia circular em trono do seu eixo, como é o caso da beterraba.

Este tipo de geometria é difícil de executar mecanicamente e dificulta os


trabalhos posteriores (colheita, controlo de infestantes), sem que se
verifiquem acréscimos significativos de produção.

Por este motivos, este tipo de sementeira não é muito utilizada, sendo preferível a
sementeira em linhas. A sua utilização já pode ser utilizada em plantações com

maiores espaçamentos (caso da alface/couves…).


Exemplos sementeiras,

- “a lanço” e “em linhas”: forragens, pastagens, cereais, tremocilha, relvados

- “monogrão”: milho, sorgo, girassol, ervilha, soja, algodão

- “a golpes”: arroz, semeados em seco

- “em faixas”: cenoura e várias hortícolas.

Exemplos (trans)plantações,
As plantações de arbóreo/arbustivas também seguem uma geometria idêntica às
sementeiras. Por exemplo a sementeira de vinhas e pomares aproxima-se do
modelo monogrão. No caso de arvores com copa muito larga (ex citrinos) a
plantação pode ser do tipo a planta e/ou em alguns casos do tipo hexagonal. No
caso de espécies como a framboesa, com grande capacidade de afilhamento a
plantação aproxima-se do tipo “em linhas”.