Você está na página 1de 30

Estrutura da Obra

Parte Conteúdo
Introdução
I A Doutrina da Palavra de Deus
II A Doutrina de Deus
III A Doutrina do Homem
IV As Doutrinas de Cristo e do Espírito Santo
V A Doutrina da aplicação da Redenção
VI A Doutrina da Igreja
VII A Doutrina do Futuro
A
Doutrina
de Deus

Criador e
Sustentador
de Todas as
Coisas
O Caráter de Deus: Atributos Comunicáveis

Amor
Deus é amor, e nós também somos capazes de amar.
Conhecimento
Deus tem conhecimento, e nós também somos capazes de
alcançar conhecimento.
Misericórdia
Deus é misericordioso, e nós também somos capazes de
demonstrar misericórdia.
Justiça
Deus é justo, e nós também podemos ser justos.
O Caráter de Deus: Atributos Incomunicáveis

Independência
Deus não precisa de nós nem do restante da criação para
nada.
Eternidade
Deus existe desde a eternidade, mas nós não.
Imutabilidade
Deus não muda, mas nós sim.
Onipresença
Deus está presente em todos os lugares, mas nós só nos
fazemos presentes num lugar por vez.
Os Nomes e Atributos Dados a Deus nas Escrituras

Designações – Deus é chamado de:

Juiz e Rei (Is 33.22) Noivo (Is 61.10)


Homem de guerra (Êx 15.3) Marido (Is 54.5)
Arquiteto e Edificador (Hb 11.10) Pai (Dt 32.6)
Pastor (Sl 23.1) Médico (Êx 15.26)
A Questão da Trindade

Como Deus
pode ser
três
pessoas... ... porém
um só
Deus?
A Doutrina de Deus – Perguntas Normativas

Como Deus pode ser três pessoas, porém um só


Deus?

Resposta

Deus existe eternamente como três pessoas — Pai,


Filho e Espírito Santo — e cada pessoa é
plenamente Deus, e existe só um Deus.
Wayne Grudem
O Resumo Bíblico Sobre a Trindade

Há só um Deus.

Deus é três pessoas.

Cada pessoa é plenamente Deus.


O Resumo Bíblico Sobre a Trindade

Há só um Deus.

As três diferentes pessoas da Trindade são um, não


apenas em propósito e em concordância no que
pensam, mas um em essência, um na sua
natureza essencial. Em outras palavras, Deus é um
só ser.

Dt 6.4-5; Êx 15.11; 1Rs 8.60; Is 45.5-6; 1Tm 2.5;


1Co 8.6; Tg 2.19
O Resumo Bíblico Sobre a Trindade

Deus é três pessoas

O fato de ser Deus três pessoas significa que o Pai


não é o Filho; são pessoas distintas. Significa
também que o Pai não é o Espírito Santo, mas
são pessoas distintas.

Jo 1.1-2 ; 14.26; 17.24; Hb 7. 25; Mt 28.19; 1Co


12.4-6; 2Co 13.14; Ef 4.4-6; 1Pe 1.2
O Resumo Bíblico Sobre a Trindade

Cada pessoa é plenamente Deus.

Além do fato de serem as três pessoas distintas, as


Escrituras também dão farto testemunho de que
cada pessoa é plenamente Deus.
Jo 1.1-4 , Gn 1.1; Jo 20.28; Hb 1.10, Sl 102.25; 1Co
12.4-6; 2Co 13.14; Ef 4.4-6; 1Pe 1.2; Jd 20-21
Qual a relação entre as três pessoas e o
ser de Deus?

“E a Fé Católica é esta: que adoramos um só Deus em


Trindade, e Trindade em Unidade; sem confundir as Pessoas
nem dividir a Substância [Essência]. Pois existe a Pessoa do
Pai; outra do Filho; e outra do Espírito Santo. Mas a
Divindade do Pai, do Filho e do Espírito Santo é uma só; igual
é a Glória, a Majestade co-eterna. Assim como o Pai, é o Filho;
e também assim o Espírito Santo. [...]”.

Credo de Atanásio
A Economia da Trindade

O Pai dirige o Filho e tem autoridade


Pai sobre Ele.

Filho O Filho obedece e é submisso


às ordens do Pai.

Espírito O Espírito Santo é obediente às ordens


Santo
tanto do Pai quanto do Filho.
Resumo dos Ensinos Bíblicos Sobre a Criação

 Deus criou o universo do nada.

 A criação é distinta de Deus, porém sempre dependente de


Deus.

 Deus criou o universo para revelar a sua glória.

 O universo que Deus criou era muito bom.

 Não haverá conflito definitivo entre as Escrituras e a ciência.

 As teorias seculares que negam Deus como Criador, incluindo


a evolução darwiniana, são nitidamente incompatíveis com a fé
na Bíblia.
A Providência Divina

Preserva-as como elementos existentes,


que conservam as propriedades com que
Deus está ele os criou.

continuamente
Coopera com as coisas criadas em cada
envolvido com ato, dirigindo as suas propriedades
todas as coisas características a fim de fazê-las agir
como agem.
criadas de
forma tal que:
Orienta-as no cumprimento dos seus
propósitos.
Os Seres Espirituais - Anjos

Receberam a tarefa de guardar a entrada do


jardim do Éden (Gn 3.24), e o próprio Deus
Querubins
está entronizado acima dos querubins
(Sl 18.10; Ez 10.1-22).

Continuamente adoram ao Senhor e clamam


Serafins
uns para os outros (Is 6.3).

Circundam o trono de Deus


Seres Viventes
(Ez 1.5-14; Ap 4.6-8).
Os Seres Espirituais - Demônios

São seres espirituais criados,


dotados de discernimento moral e
elevada inteligência, mas
desprovidos de corpos físicos.
Anjos maus que pecaram contra
Deus e hoje continuamente
praticam o mal no mundo.
Gn 3.1-5; 2Pe 2.4; Jd 6
Estrutura da Obra
Parte Conteúdo
Introdução
I A Doutrina da Palavra de Deus
II A Doutrina de Deus
III A Doutrina do Homem
IV As Doutrinas de Cristo e do Espírito Santo
V A Doutrina da aplicação da Redenção
VI A Doutrina da Igreja
VII A Doutrina do Futuro
A
Doutrina do
Homem

• Criação (Imagem)
• Pecado
• Aliança
Perguntas Normativas

Por que Deus


Para a glória de Deus.
Jo 17.5, 24; Is 43.7;
criou o homem?
Ef 1.11-12; 1Co 10.31

Qual o Cumprir com o objetivo


propósito da de nossa criação.
existência Jo 10.10; Sl 16.11; Rm 5.2-3; Fp 4.4;
humana? 1Ts 5.16-18; Tg 1.2; 1Pe 1.6, 8
Perguntas Normativas

O que significa
Significa que o homem tem
ser a imagem e
traços do criador e o
semelhança de
representa. Gn 1.26
Deus?

O que ocorreu Vários elementos de sua


na queda do semelhança com Deus se
homem? perderam. Ec 7.29
Perguntas Normativas

Qual o plano de Nossa gradual recuperação da


Deus para nós, em semelhança com Deus.
Cristo? Cl 3.10; 2Co 3.18; Rm 8.29

Quando isso se Na volta de nosso Senhor,


dará Jesus Cristo.
completamente? 1Co 15.49; Cl 1.15; Rm 8.29; 1Jo 3.2
IMAGEM DE DEUS
As Semelhanças do Homem em Relação a Deus

Moralidade Espiritualidade

Sensibilidade Inteligência

Capacidade de Relacionamento
O Pecado - Definição

Pecado é deixar de se conformar à lei


moral de Deus, seja em ato, seja em
atitude, seja em natureza.
Wayne Grudem
A Origem do Pecado

O homem e os anjos Responsabilidade


pecaram pessoal
voluntariamente.

Deus permitiu que o


Soberania de
pecado pudesse ser Deus
praticado como escolha.
As Conseqüências Negativas do Pecado

Culpa herdada:
Somos considerados culpados por
causa do pecado de Adão.
Rm 5.12-21

Corrupção herdada:
Temos uma natureza pecaminosa
por causa de Adão.
Sl 51.5; Ef 6.4; Rm 2.14-15
As Conseqüências Negativas do Pecado

Fraqueza herdada:
Na nossa natureza, carecemos totalmente de bem
espiritual perante Deus.
Rm 7.18; Tt 1.15; Jr 17.9; Ef 4.18

Incapacidade herdada:
Nos nossos atos, somos totalmente incapazes de
fazer o bem espiritual perante Deus.
Rm 8.8; Jo 15.5; Hb 11.6; Is 64.6; 1Co 2.14
As Conseqüências do Pecado

Culpa Corrupção

Fraqueza Incapacidade

As pessoas são pecadoras perante Deus.


Sl 14.2-3; 1Rs 8.46; Pv 20.9; Rm 1.18-3.20;
Tg 3.2; 1Jo 1.8-10
As Alianças entre Deus e o Homem

Uma aliança é um acordo


imutável e divinamente
imposto entre Deus e o
homem, que estipula as
condições do relacionamento
entre as partes.
Wayne Grudem
As Várias Alianças de Deus com os Homens

Aliança com Adão.


Obras
Os 6.7; Rm 5.12-21; Gn 1.28-30

Aliança entre os membros da Trindade.


Redenção Jo 17.2,6; Rm 5.18,19; Cl 2.9; Hb 10.5; Mt 28.18;
At 1.4; 2.33; Gl 4.4
Aliança da salvação em Cristo.
Graça Hb 8.6; 9.15; 12.24; Rm 1.17; 5.1; Tg 2.17;
Jr 31.33; 2Co 6.16; 1Pe 2.9-10