Você está na página 1de 25

Estudo do capítulo VI do Evangelho Segundo o Espiritismo

O Cristo Consolador
Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei
a meu Pai e ele vos enviará outro Consolador, a fim de que
fique eternamente convosco: O Espírito de Verdade, que o
mundo não pode receber, porque o não vê e
absolutamente o não conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-
lo-eis, porque ficará convosco e estará em vós.
Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai
enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos
fará recordar tudo o que vos tenho dito (S. JOÃO, cap. XIV, vv. 15 a
17 e 26.)
Jesus mostrou à humanidade de então, que Deus era justo
mas igualmente e infinitamente misericordioso e o tratava
por “Pai”

Ensinou que o sofrimento, quando aceito e suportado com


resignação, coragem e submissão a Deus, seria a garantia da
felicidade futura

Amarás a Deus de toda a tua alma, e ao teu próximo como a ti


mesmo; estes dois pensamentos contêm toda a lei e os profetas

E o segundo, semelhante a este, é :Amarás a teu próximo como a ti


mesmo
LE - 627 Uma vez que Jesus ensinou as verdadeiras
leis de Deus, qual a utilidade do ensino que os
Espíritos dão? Terão que nos ensinar mais alguma
coisa?
Jesus empregava amiúde, na sua linguagem, alegorias
e parábolas, porque falava de conformidade com os
tempos e os lugares

Faz-se mister agora que a verdade se torne inteligível


para todo mundo
Muito necessário é que aquelas leis sejam explicadas e
desenvolvidas, tão poucos são os que as
compreendem e ainda menos os que as praticam
Espíritas!, amai-vos, eis o
primeiro ensinamento. Instruí-
vos, eis o segundo

Todas as verdades são


encontradas no Cristianismo; os
erros que nele criaram raiz são
de origem humana
Eis que, além do túmulo, em que
acreditáveis o nada, vozes vêm
clamar-vos: Irmãos! nada
perece. Jesus Cristo é o
vencedor do mal, sede os
vencedores da impiedade! –
(ESE -Espírito de Verdade. Paris, 1860.)
LE 627 - O ensino dos Espíritos tem que ser claro e sem equívocos,
para que ninguém possa pretextar ignorância e para que todos o
possam julgar e apreciar com a razão

Estamos incumbidos de preparar o reino do bem que Jesus


anunciou. Daí a necessidade de que a ninguém seja possível
interpretar a lei de Deus ao sabor de suas paixões, nem falsear o
sentido de uma lei toda de amor e de caridade
o Espiritismo realiza o que Jesus disse do Consolador
prometido: conhecimento das coisas, fazendo que o homem
saiba de onde vem, para onde vai e por que está na Terra

Um chamamento aos verdadeiros princípios da lei de Deus

Consolação pela fé e pela esperança

PARA TODOS OS SOFRIMENTOS HÁ UMA CAUSA


JUSTA E FIM ÚTIL
Em sua passagem pela Terra, Jesus deixou uma noção muito
vaga sobre a vida após a morte

O Espiritismo desenvolve e aprofunda essa questão,


mostrando-nos o mundo espiritual , explicando os mistérios do
nascimento e da morte, afastando as idéias dogmáticas de céu
e inferno ou de anjos e demônios

Busca demonstrar a existência do espírito, seus diversos


graus de adiantamento e os laços que o unem ao corpo, a
possibilidade da comunicação entre os ¨mortos¨ e os
vivos e a necessidade das vidas sucessivas para se atingir
o progresso
LE 114 – (Progressão dos Espíritos) - Os espíritos são bons ou
maus por natureza, ou são eles mesmos que se melhoram?

“São os próprios Espíritos que se melhoram e, melhorando-se,


passam de uma ordem inferior para uma ordem superior.”

“Deus criou todos os Espíritos simples e ignorantes, isto é, sem


saber. A cada um deu uma missão, com o fim de esclarecê-los e
de os fazer chegar progressivamente à perfeição, pelo
conhecimento da verdade, [...].” (resposta a questão 115)
As dores, as dificuldades, as limitações, tudo encontra
explicação e lógica pela compreensão da unicidade da
vida(eterna) e das infinitas oportunidades de aprimoramento
pela Lei da Reencarnação
No Espiritismo, os ensinos de Jesus deixam de ser preceitos
religiosos para transformar-se em revelações de Leis Naturais.
Leis estas que, se praticadas, automatizam-se no sub-
consciente e se constituem em aquisições eternas
A dor é o único instrumento, por enquanto, capaz de nos
reajustar às leis divinas, que insistimos em subestimar
No seu aspecto científico e filosófico, a doutrina será sempre um
campo nobre de investigações humanas

No aspecto religioso, todavia, repousa a sua grandeza divina,


por constituir a restauração do Evangelho de Jesus-Cristo,
estabelecendo a renovação definitiva do homem, para a
grandeza do seu imenso futuro espiritual.” Emmanuel
O homem é senhor de um patrimônio mais vasto,
consolidado nas suas experiências de outras vidas,
provando que o legítimo fundamento da vida
mental não reside, de maneira absoluta, na
contribuição dos sentidos corporais, mas também
nas recordações latentes do pretérito, das
quais os fenômenos da inteligência prematura, na
Terra, são os testemunhos mais eloquentes -
Emmanuel
Os corações que oram e vigiam, realmente, de acordo com as lições
evangélicas, constroem a sua própria fortaleza, para todos os
movimentos de defesa espontânea
Os bons pensamentos produzem sempre o máximo bem sobre
aqueles que representam o seu objetivo, por se enquadrarem
na essência da Lei única, que é o Amor em todas as suas divinas
manifestações

Os pensamentos de natureza inferior podem afetar o seu


objeto, em identidade de circunstâncias, quando a criatura se
fez credora desses choques dolorosos, na justiça das
compensações
O pensamento do Espírito encarnado age sobre os fluidos
espirituais como também dos Espíritos desencarnados;
transmite-se de Espírito a Espírito, pela mesma via, e,
conforme seja bom ou mau, saneia ou vicia os fluidos
circundantes
Os fluidos agem sobre o perispírito, e este, por sua vez, reage
sobre o organismo material com o qual está em contato
molecular
Se os seus eflúvios forem de boa natureza, o corpo recebe uma
impressão salutar; se forem maus, a impressão é penosa; se os fluidos
maus forem permanentes e enérgicos, poderão determinar desordens
físicas: certas moléstias não têm outra causa senão esta - Kardec – A Gênese
É um equivoco pensar que maus Espíritos podem agir sobre nós, nos
prejudicando deliberadamente. Esse pensamento tem origem nas
fantasias sobre demônios
Um Espírito somente pode entrar em relação conosco se houver
afinidade de pensamentos e sentimentos
Quem, por meio de seu períspirito, irradia de forma benéfica e salutar,
em virtude de seus bons sentimentos e pensamentos, traz em si mesmo
a segurança e a plenitude de seu bem-estar, como nos explica Kardec
no Livro A Gênese
“O períspirito é, assim, uma couraça à qual é preciso dar a
melhor têmpora possível. Como as qualidades do períspirito são
proporcionais às da alma, torna-se necessário trabalhar em sua própria
melhoria, porque as imperfeições da alma é que atraem os maus
Espíritos”
O homem deve mobilizar todos os recursos ao seu alcance, em favor do seu equilíbrio
orgânico. Por muito tempo ainda, a Humanidade não poderá prescindir da contribuição
do clínico, do cirurgião e do farmacêutico, missionários do bem coletivo

...Quando, porém, o homem espiritual dominar o homem físico, os elementos


medicamentosos da Terra estarão transformados na excelência dos recursos
psíquicos e essa grande oficina achar-se-á elevada a santuário de forças e
possibilidades espirituais junto das almas

As entidades amigas podem diminuir a intensidade da dor nas


doenças incuráveis, bem como afastá-la completamente, se esse
benefício puder ser levado a efeito no quadro das provas individuais, sob
os desígnios sábios e misericordiosos do Plano superior - Emmanuel
O sentimento do dever cumprido vos dará a tranqüilidade de
espírito e a resignação. O coração bate melhor, a alma se acalma,
e o corpo já não sente desfalecimento, porque o corpo sofre
tanto mais, quanto mais profundamente abalado estiver
o Espírito – ESE cap VI
Tomai , pois, por divisa, essas duas palavras: devotamento e
abnegação, e sereis fortes, porque elas resumem todos os
deveres que a caridade e a humildade vos impõem

Movimenta as mãos cansadas para o trabalho e ergue os joelhos


desconjuntados, na certeza de que para a obtenção da melhor
parte da vida é preciso servir e marchar, incessantemente -
Emmanuel - no livro Fonte Viva
Kardec

Modelo de
devotamento e
abnegação
Compreendi então a imensidade de minha tarefa e a
importância do trabalho que me restava fazer para
completá-la
Longe de me apavorar, as dificuldades e os obstáculos
redobraram minha energia; vi o objetivo e resolvi atingi-
lo, com a assistência dos bons Espíritos

Foi a obra de minha vida. Para ela dediquei todo o meu


tempo; a ela sacrifiquei meu repouso e a minha saúde,
porque diante de mim o futuro estava escrito em
caracteres irrefutáveis
...das somas que me foram voluntariamente confiadas
no interesse do Espiritismo, nenhuma parcela foi
desviada em meu proveito ...

O que me proporcionou esse suplemento de recursos


foi o produto de minhas obras. Digo com satisfação
que foi com o meu próprio trabalho, com o fruto de
minhas vigílias que provi, pelo menos em sua maior
parte, às necessidades materiais da instalação da
doutrina
Nosso tempo, nossa vida, todas as nossas forças
físicas e intelectuais pertencem à Doutrina
Assim, eu trouxe uma larga quota-parte à caixa do
Espiritismo
No princípio eu lamentava que minha pouca fortuna não
me permitisse fazer o que eu queria fazer pelo bem da
causa, mas hoje aí vejo o dedo da Providência e a
realização desta predição tantas vezes repetida pelos
bons Espíritos:

“Não te inquietes com nada. Deus sabe o que te é


preciso e saberá provê-lo - Revista Espírita, junho de 1865
Cabe a nós; cabe aos verdadeiros espíritas, fazê-lo
compreendido e propagá-lo, tanto pregando pelo
exemplo quanto pela palavra

Muitas vezes, em meu salão, o príncipe se assenta ao


lado do operário; se se sentir humilhado, eu direi que
ele não é digno de ser espírita. Mas sinto-me feliz em
dizer, eu os vi, muitas vezes, apertarem-se as mãos,
fraternalmente, e, então, um pensamento me ocorria:
"Espiritismo, eis um dos teus milagres; este é o
prenúncio de muitos outros prodígios!
São chegados os tempos em que todas as
coisas devem ser restabelecidas no seu
verdadeiro sentido, para dissipar as trevas,
confundir os orgulhosos e glorificar os justos

As grandes vozes do céu ressoam como o


toque da trombeta, e os coros dos anjos se
reúnem
Homens, nós vos convidamos ao divino concerto: que
vossas mãos tomem a lira, que vossas vozes se unam,
e, num hino sagrado, se estendam e vibrem, de um
extremo do Universo ao outro
Homens, irmãos amados, estamos juntos de
vós. Amai-vos também uns aos outros, e dizei,
do fundo de vosso coração, fazendo a vontade
do Pai que está no Céu: “Senhor! Senhor!” e
podereis entrar no Reino dos Céus - O ESPÍRITO DE VERDADE -
Prefacio do o ESSE
Uma boa e
abençoada
semana a
todos