Você está na página 1de 10

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO

DOURO
ESCOLA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA
1º CICLO DE ESTUDOS
PSICOLOGIA

WPPSI-R
Apresentação da escala
UC: Psicometria
Docente: Sónia Costa
Discentes: Ana Luísa Rodrigues, nº38829; Manuela Gonçalves,
nº35255; Marlene Assunção, nº39341

Vila Real, 7 de Novembro de 2012


WPPSI-R

 Racional da escala
 Natureza da inteligência
 Algumas abordagens
 Aptidão versus desempenho

 Elaboração da WPPSI-R
 Organização da escala

 Diagnóstico de doença mental na criança em idade pré-escolar

 Diagnóstico de sobredotação na criança em idade pré-escolar

 Qualificação dos utilizadores


WPPSI-R
A natureza das modificações introduzidas
relativamente da WPSSI-R da versão original
 A versão original é americana, contudo em 1967 tornou-se necessário
proceder a alterações, acrescentando algum material para corresponder à
extensão de idades.

 Para adaptação da WPSSI-R à população portuguesa ocorreu em diversas


etapas adequado à especificidade linguística e cultural das crianças
portuguesas.

 Só em 2000 terminou a fase de adaptação concluída por licenciados em


psicologia agrupados em 3 equipas de coordenação regional (norte, centro,
e sul que engloba as ilhas)
WPPSI-R
Procedimento geral recolha de dados

 A recolha de dados teve lugar nas instalações dos jardins de infância e escolas

que colaboraram neste estudo.

 Para a aplicação dos vários instrumentos e provas e para a validação destes foi

procedida de pedidos de autorização às direções Regionais de Educação da


respetiva zona, explicitando os objetivos da investigação e fazendo uma breve
descrição do conteúdo de avaliação em que foram deferidos.

 A colaboração dos pais foi uma das bases para o êxito desta investigação.

Para esta amostra foram considerados 7 grupos etários.


WPPSI-R
Critérios de Cotação

 AWPPSI-R, versão portuguesa, foi concebida para ser realizada com

crianças dos 3 anos aos 6 anos e 6 meses de idades.

 Os examinadores devem estar bem familiarizados com todos os procedimentos

e cotação para seguir as instruções do Manual, apresentar as tarefas, observar a


criança, registar e cotar provisoriamente as suas respostas, sem agitação, nem
pausas que possam atrapalhar a concentração da criança.

 Pode ser administrada numa escola, gabinete, consultório ou numa qualquer

área calma e livre de distrações externas.

 O examinador deve sentar-se de preferência em frente da criança e poder

observar o seu comportamento.


WPPSI-R
Critérios de Cotação

 O comportamento e a atitude do examinador para com a criança são

muito importantes tais como as condições materiais.

 Deve-se apresentar o teste à criança só quando ela estiver á vontade.

Cada um dos subtestes que compõem a WPSSI-R a distribuição dos


resultados brutos em cada nível de idade foi convertida numa escala
de 10 e desvio padrão de 3.
As distribuições dos QIs de Realização, Verbal e da Escala
Completa apresentam a média igual a 100 e desvio padrão de 15.
WPPSI-R
Sub-testes

Realização Verbal

Composição de objetos Informação

Figuras geométricas Compreenssão

Quadrados Aritmética

Labirintos Vocabulário

Completamento de gravuras Semelhanças

Tabuleiro dos animais* Frases memorizadas*

*opcionais
WPPSI-R
Propriedades estatísticas

 Fidelidade: min= .51; max=.97


 Erro padrão da medida e IC’S: min=0,87;
max=4,94
 Acordo interavaliadores: min= 97; max= 99
 Estabilidade teste-reteste: min=.71; max=.93
 Diferença entre QIV e QIR; diferença entre
resultados padronizados
WPPSI-R
Propriedades estatísticas

 Validade:
Fator I Fator II

Informação .69 .30

Labirintos .14 .61

 Estudos comparativos
 WPPSI-R ⇨ WISC III: QIR=.75; QIV=.82; QIEC=.87

 WPPSI-R ⇨ MPCR: R=.58; V=.48; EC=.60

 WPPSI-R ⇨ EDG: QIR=. 55; QIV=.76; QIEC=.77


WPPSI-R
Propriedades estatísticas

 (cont.)
 WPPSI-R ⇨ Apreciação das educadoras
 (5 anos)- R= .41; V=.35; EC=.44
 (6 anos)- R=.54; V=.73; EC=.70

 Estudos com grupos especiais


 Dificuldades escolares (leitura, escrita / cálculo)

 Risco ambiental

 Inteligência superior

 Candidatos a antecipação escolar

Referência Bibliográfica: Wescheler, D. (2003). Escala de Inteligência de


Weschler para a idade pré-escolar. Edição Revista. Cegoc-Tea, Lisboa.

Você também pode gostar