Você está na página 1de 111

EAD – Gestão Pública

1
EAD – Gestão Pública

2
EAD – Gestão Pública

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE


SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA
DEFESA SOCIAL
POLICIA MILITAR
DIRETORIA DE ENSINO
CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA
POLÍCIA MILITAR – CFAPM
CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS
PLATAFORMA MOODLE EAD - PMRN

3
EAD – Gestão Pública

4
EAD – Gestão Pública

5
EAD – Gestão Pública

MÓDULO 3. FERRAMENTAS DE MODERNIZAÇÃO


DO SETOR PÚBLICO:
Apresentação do Módulo

6
EAD – Gestão Pública

Apresentação do Módulo
As rápidas mudanças sociais, políticas e econômicas marcam o
atual cenário mundial, provocando importantes transformações
em vários âmbitos; levando os governos a enfrentar os mais
variados e complexos problemas. Assim, ideias inovadoras são
necessárias para dar resposta às demandas da sociedade e para a
modernização da gestão pública.
Este tópico tem como objetivo avaliar a tendência à inovação no
setor público, bem como identificar os cuidados necessários na
condução do processo de inovação na gestão pública, fazendo
um sucinto levantamento de possibilidades para a promoção de
um ambiente de inovação na administração pública do Brasil.
7
EAD – Gestão Pública

Objetivos do Módulo
Ao final deste módulo, você será capaz de:
Criar condições para que o profissional da área de segurança
pública possa:

8
EAD – Gestão Pública

• Ampliar conhecimentos para:


— Conceituar Políticas Públicas.
— Compreender as Ferramentas gerenciais, as Tendências
conceituais sobre gestão de banco de dados para o setor
público, a Gestão por competências a Qualidade em serviço;, o
Foco em resultados,a Avaliação das políticas públicas a Análise
de indicadores, Noções de orçamento público, o
Planejamento: plano plurianual de ação governamental,a Lei
de diretrizes orçamentárias e a Lei orçamentária anual.

9
EAD – Gestão Pública

• Desenvolver e exercitar habilidades para:


— Utilizar os conceitos aprendidos tanto internamente como
no contato com a sociedade e o cidadão.

10
EAD – Gestão Pública

• Fortalecer atitudes para:


— Cumprir a missão institucional, dentro dos padrões de
cidadania, ética, legalidade, moralidade, transparência e
accountability, entre outros pertinentes à ação profissional,
dentro de um Estado Democrático de Direito.

11
EAD – Gestão Pública

Estrutura do Módulo.
Este módulo está dividido em onze aulas.
Aula 1. Ferramentas gerenciais;
Aula 2. Tendências conceituais sobre gestão de banco de
dados para o setor público;
Aula 3. Gestão por competências;
Aula 4. Qualidade em serviço;
Aula 5. Foco em resultados;

12
EAD – Gestão Pública

Aula 6. Avaliação das políticas públicas;


Aula 7. Análise de indicadores.
Aula 8. Noções de orçamento público
Aula 9. Planejamento: plano plurianual de ação
governamental;
Aula 10. Lei de diretrizes orçamentárias;
Aula 11. Lei orçamentária anual.

13
EAD – Gestão Pública

AULA 1. FERRAMENTAS GERENCIAIS;


As ferramentas gerenciais são extremamente importantes
para um melhor gerenciamento das práticas da organização.
Através delas, buscamos a resolução de problemas, o aumento
de receita, redução de despesas e a melhoria contínua. Quando
bem aplicadas, as ferramentas podem trazer benefícios para a
governança e trazer uma gestão mais eficiente das ações.

14
EAD – Gestão Pública

Ao analisar a atual situação da organização pode-se


direcionar esforços na intenção de explorar os pontos fortes e as
oportunidades existentes de forma objetiva; também podemos
aproveitar o levantamento para eliminar pontos fracos
encontrados e reduzir ou, pelo menos, minimizar os impactos
das ameaças existentes no ambiente. Dessa forma, os objetivos
poderão ser traçados de forma realista e mensurável.
A seguir, serão apresentadas diversas ferramentas gerenciais
que apoiam os gestores dos projetos como PDCA, diagrama
tartaruga e outros! O intuito é apoiar a resolução de ações de
forma prática e eficiente.
15
EAD – Gestão Pública

A seguir, serão apresentadas diversas ferramentas gerenciais


que apoiam os gestores dos projetos como PDCA, diagrama
tartaruga e outros! O intuito é apoiar a resolução de ações de
forma prática e eficiente.

16
EAD – Gestão Pública

1.1.1 – CICLO PDCA


Objetivo: reduzir custos, estender os lucros e aumentar a
satisfação do cliente;
Tipo: técnica, metodologia aplicada para empresas de forma
constante visando sempre melhorias;
Funcionalidades: gera um controle eficiente de processos, tanto
para atividades internas quanto externas; padronizam dados e
informações e minimiza falhas e erros.

17
EAD – Gestão Pública

O que é ciclo PDCA?


O ciclo PDCA é uma ferramenta de gestão essencial para a sua
empresa porque ele segue 4 etapas indispensáveis para mantê-la
ativa e funcionando de maneira eficiente.
A sigla PDCA é de origem americana, muito popularizada na
década de 50 e criada por William Edwards Deming, professor
de gerenciamento de qualidade dos EUA. Seu significado
traduzido seria planejar, executar, analisar e corrigir.

18
EAD – Gestão Pública

1.1.2 – CANVAS
Objetivo: permite ter uma visão global do seu negócio e
estender todo o seu potencial, planejar como atingir o público
específico e obter um excelente ROI;
Tipo: planejamento estratégico, desenvolve e esboça modelos de
negócios, tanto os que já existem quanto os novos;
Funcionalidades: quadro com 4 (quatro) pilares: infraestrutura
(recurso para chegar ao valor do produto para o cliente), oferta
(produto e quanto custa), cliente (público específico, canais de
contato com o consumidor e relacionamento pós-venda) e
finanças (custos gerais e fontes de receitas da empresa).
19
EAD – Gestão Pública

O que é Canvas?
É uma ferramenta estratégica de gestão e empreendedorismo que
permite descrever, projetar, desafiar, inventar e articular seu
modelo de negócios.
O Canvas divide seu modelo de negócios em segmentos de fácil
compreensão: parceiros-chave, atividades-chave, recursos-chave,
propostas de valor, relacionamentos com clientes, canais,
segmentos de clientes, estrutura de custos e fluxos de receita.
Você pode montá-lo em forma de quadro.

20
EAD – Gestão Pública

1.1.3 – O PLANO DE NEGÓCIOS


Objetivo: descreve quais os objetivos que se quer para o negócio
e os passos a serem dados a fim de atingi-los. Tem como meta
diminuir os riscos e as incertezas para iniciar o projeto tendo um
plano bem elaborado e com etapas;
Tipo: planejamento estratégico com passo a passo;
Funcionalidades: permite que o empreendedor reflita sobre as
variáveis e invariáveis de seu negócio, realize o seu projeto de
maneira organizada, estruturada e sequencial. Tem a ver com
utilidade, quem será o responsável pela atividade dentro do
projeto e como chegar lá.
21
EAD – Gestão Pública

O que é um plano de negócios?


É um detalhamento do objetivo do negócio com um passo a
passo simples, prático e concreto. Alguns empresários e
empreendedores confundem o plano de negócios com o modelo
de negócios.
Quer saber como montar um plano de negócios? É bem fácil
com as dicas da Ambra College!
Enquanto que o plano detalha o objetivo do negócio e o passo a
passo para efetivá-lo, o modelo de negócio se prende ao valor
que a ser entregue ao público, bem como o seu conceito, visão,
estrutura, inovação, necessidade etc.
22
EAD – Gestão Pública

1.1.4 – MAPAS MENTAIS GERENCIAIS (E DE


HIERARQUIA DE CARGOS)
Objetivo: potencializar a mente para concretizar ideias a partir
de um ponto central (ideia-chave). É desse ponto que se alinha as
demais ideias que surgirem, como se fosse uma cadeia a fim de
organizar o pensamento;
Tipo: Diagramas, gráficos, cadeia mental, mapa para concretizar
tudo sobre o negócio;
Funcionalidades: dá direção para solucionar problemas, divide
tarefas, já que trabalha com hierarquias, auxilia na gestão
estratégica, estrutura o pensamento.
23
EAD – Gestão Pública

O que são mapas mentais gerenciais?


São ferramentas poderosas para gerenciar seus projetos e
determinar a hierarquia de cargos. Também permitem
administrar os seus objetivos e até mesmo suas listas de tarefas.
Os mapas mentais são muito orientados visualmente e permitem
unir, gerenciar e compartilhar uma grande variedade de
informações e recursos de forma rápida e fácil – tornando-os um
elemento útil e fundamental para administrar o seu negócio.

24
EAD – Gestão Pública

1.1.5 – ANÁLISE SWOT


Objetivo: ajudar a identificar e qualificar os objetivos
estratégicos, fazendo chamadas de julgamento sobre onde a
empresa está atualmente internamente, no que diz respeito ao seu
desenvolvimento e, externamente, em relação ao seu mercado e
concorrência;
Tipo: análise de cenário, planejamento, metodologia estratégica;
Funcionalidades: descobrir as forças e fraquezas na empresa
para enfrentar ameaças e potencializar oportunidades,
aumentando vendas.

25
EAD – Gestão Pública

O que é análise SWOT?


É uma ferramenta de análise fundamental que pode ajudar na
fase de descoberta e avaliação do seu planejamento estratégico.
Swot é a sigla que significa, traduzindo, forças, fraquezas,
oportunidades e ameaças.
Força: valoriza, em primeiro lugar, os pontos fortes da empresa.
Fraquezas: identifica os pontos fracos a fim de melhorá-los para
ir além do proposto. Visa ultrapassar limites.

26
EAD – Gestão Pública

Oportunidades: elas são identificadas e consideradas relativas


aos pontos fortes e fracos da empresa. São vistas através do olhar
para as fraquezas da empresa, evolução do mercado ou
inovações tecnológicas. Elas formam a base dos objetivos
estratégicos em que uma oportunidade pode ser adotada como
uma meta.

27
EAD – Gestão Pública

Ameaças: analisa ou possíveis problemas enfrentados pela


empresa. Exemplos de ameaças incluem a consolidação da
concorrência, o aumento do preço do dólar, a evolução das
tendências dos consumidores e a saturação do produto. As
ameaças também podem advir de mudanças na legislação, leis
tributárias ou requisitos de licenciamento. A identificação
delas pode ajudar uma empresa a se preparar para problemas que
possam surgir e desviar os seus objetivos estratégicos.
Saiba como realizar uma análise SWOT.

28
EAD – Gestão Pública

1.1.6 – KPI – KEY PERFORMANCE INDICATOR


Objetivo: saber se a empresa atingiu os objetivos propostos no
por meio de um indicador e, com isso, aperfeiçoá-los
continuamente;
Tipo: indicativo, avaliação, controle e desempenho;
Funcionalidades: mede o nível do desempenho de um projeto
com o propósito de verificar se as metas determinadas foram
cumpridas.

29
EAD – Gestão Pública

O que é KPI?
É um valor mensurável que demonstra quão efetivamente uma
empresa está atingindo os principais objetivos de negócios. As
corporações usam KPIs em vários níveis para avaliar seu sucesso
na obtenção de metas.
Os KPIs de alto nível podem se concentrar no desempenho geral
da empresa, enquanto os de baixo nível podem se concentrar em
processos de departamentos como vendas, marketing ou call
center.

30
EAD – Gestão Pública

1.1.7 – 5W2H
Objetivo: trazer praticidade para executar um plano de ação de
qualidade e que traga maior controle nas tarefas;
Tipo: metodologia que cria planos de ação, checklist de tarefas a
serem cumpridas;
Funcionalidades: fazer perguntas em busca de respostas
simples, evitar falhas na comunicação, otimizar o desempenho
da equipe, organizar as funções e o que cada um deve executar.

31
EAD – Gestão Pública

O que é 5W2H?
É uma ferramenta de gestão administrativa contendo um
checklist de determinadas tarefas que precisam ser desenvolvidas
com o máximo de clareza possível por parte dos colaboradores
da empresa.
Ela funciona como um mapeamento destas tarefas, onde
fica estabelecido o que será feito, quem fará o quê, em qual
período de tempo, em qual área da empresa e todos os motivos
pelos quais esta tarefa deve ser feita.

32
EAD – Gestão Pública

A sigla 5W2H significa:


What? – qual o objetivo do projeto
Why? – Justifica os motivos para realizar
Where? – determina o local de aplicação
When? – estipula o tempo que foi gasto para a finalização da
tarefa
Who? – Quem são os envolvidos da equipe
How – métodos da execução
How much – custo total bem definido

33
EAD – Gestão Pública

http://blog.iprocess.com.br/2014/06/5w2h-ferramenta-para-a-
34
elaboracao-de-planos-de-acao/
EAD – Gestão Pública

35
EAD – Gestão Pública

1.1.8 – OBZ: ORÇAMENTO BASE ZERO


Objetivo: estabelecer recursos financeiros para atingir metas na
empresa com o valor mínimo possível. Visa eliminar
desperdícios e economizar ao máximo;
Tipo: planejamento orçamentário, ter o mínimo de gasto na
empresa;
Funcionalidades: entende de onde se original os principais
gastos da empresa, estabelece metas de corte, prioriza o
fundamental e elimina o supérfluo. Estabelece os recursos
mínimos para a empresa atingir suas metas.

36
EAD – Gestão Pública

O que é OBZ – Orçamento base zero?


É um planejamento orçamentário que visa minimizar despesas e
aumentar a receita da empresa.
Para isso, são elaboradas estratégias a fim de otimizar valores
para serem bem usados evitando gastos desnecessários e fazendo
bom uso de todo recurso financeiro.

37
EAD – Gestão Pública

1.1.9 – 4PS DA GESTÃO DA INOVAÇÃO


Objetivo: oferece uma visão abrangente sobre como gerir uma
empresa de porte menor. No entanto, pode ser aplicado em
grandes empresas, também. Pretende trazer inovaçãofortalecendo
a competitividade no mercado;
Tipo: ferramenta de inovação;

38
EAD – Gestão Pública

Funcionalidades: funciona em 4 áreas de precisão:


1) propósito;
2) processos;
3) pessoas; e
4) políticas.
O que é 4Ps da gestão da inovação?
É uma ferramenta inovadora que trata de 4 Ps para que o seu
negócio seja bem-sucedido e se mantenha bem posicionado no
mercado: propósito, processos, pessoas e políticas.
Cada ponto é abordado com o objetivo de deixar a sua empresa
como referência no setor de atuação.
Ele tem tudo a ver com mudanças e busca sempre melhorar e
39
aumentar a influência da empresa.
EAD – Gestão Pública

1.1.10 – CRM – CUSTOMER RELATIONSHIP


MANAGEMENT
Objetivo: gerenciar o relacionamento da empresa com o cliente
visando a sua fidelização. O CRM também integra funções por
meio de um software para que exista uma gestão eficaz com foco
sempre no cliente;
Tipo: software com dados e informações integrados de todos os
clientes da empresa;
Funcionalidades: fidelizar clientes, gerenciar dados e
informações, manter um relacionamento de longo prazo com o
cliente, melhorias nos produtos e serviços, dar suporte aos
clientes e sempre procurar satisfazê-los.
40
EAD – Gestão Pública

O que é CRM?
É um sistema em formato de software capaz de gerenciar
o relacionamento com clientedesde o início da venda até a pós
venda. É formado por dados, informações importantes de
clientes para o negócio.
Ao usar o sistema CRM, você pode armazenar informações de
contato com os clientes e prospects, contas, leads, oportunidades
de vendas em um único local. Certamente, um CRM agiliza
muito o trabalho da equipe de vendas.

41
EAD – Gestão Pública

É armazenado, preferencialmente, na nuvem, a fim de que o


acesso a esses dados estejam disponíveis a todos, em qualquer
lugar e horário.
Para essa ferramenta de gestão, o foco no cliente sempre está em
primeiro plano para a empresa. Por isso, ela é tão importante
para aplicar nos negócios.

42
EAD – Gestão Pública

Você descobriu 10 (dez) ferramentas de gestão que são essenciais


para que sua empresa esteja funcionando de forma organizada e
harmoniosa. Cada uma possui um objetivo específico e
funcionalidades peculiares. O ideal é que a escolha seja feita
conforme a necessidade de sua empresa e projeto a ser
executado.

43
EAD – Gestão Pública

1.2.NOVAS TECNOLOGIAS GERENCIAIS


Com o aumento da competitividade entre as empresas (e por
que não dizer entre as nações?), houve uma intensa busca por
inovações – amparadas em grande parte nas novas tecnologias
– como forma de superação dos concorrentes na procura por
novos mercados, melhoria de produtos, novos produtos,
redução de custos, melhoria da qualidade, aumento da
eficiência, incremento nos lucros etc.

44
EAD – Gestão Pública

As organizações se tornaram sistemas abertos sujeitas a


mudanças como forma de se adaptar ao ambiente e como meio
de garantir a própria sobrevivência no longo prazo. A
competitividade, a globalização, as novas tecnologias tornaram-
se um desafio a ser enfrentado também pelas entidades públicas.
Em decorrência dessas fortes mudanças oriundas das empresas
privadas, constatou-se a necessidade de novas formas de
administrar/gerir a coisa pública, pois esta encontrava-se
incapacitada de dar conta das novas demandas impostas pela
reestruturação produtiva e pela mundialização da economia.

45
EAD – Gestão Pública

As estruturas governamentais foram fortemente afetadas pelas


inovações tecnológicas, pelo ritmo intenso/contínuo das
mudanças, pelo surgimento de uma economia global pós-
industrial e por uma sociedade baseada no conhecimento e na
informação. Com as inovações tecnológicas, não só as
organizações privadas, mas também as públicas, mudaram suas
configurações.

46
EAD – Gestão Pública

1.2.1 - MELHORIA CONTÍNUA (KAIZEN)


A melhoria contínua é uma técnica de mudança
organizacional lenta, suave e ininterrupta, centrada nas
atividades em equipes. Visa aumentar a qualidade dos produtos
e serviços dentro de programas a longo prazo. Seu foco é a
melhoria gradual e contínua, através da colaboração e
participação das pessoas, para realizarem suas tarefas um
pouco melhor a cada dia. O Kaizen promove a melhoria através
da eliminação de problemas identificados, objetivando fazer
melhor as atividades/tarefas e conquistar resultados específicos
relacionados à satisfação dos clientes, ou relacionados com a
redução de custos de fabricação, estoques e distribuição.
47
EAD – Gestão Pública

Idiogramas que representam a palavra Kaizen

48
EAD – Gestão Pública

49
EAD – Gestão Pública

50
EAD – Gestão Pública

A teoria que fundamenta o uso dessa ferramenta surgiu no final


do século XX. O downsizing promove redução de níveis
hierárquicos (mediante a fusão de departamentos ou gerências
intermediárias) e o enxugamento organizacional, para reduzir as
operações ao essencial do negócio (core business); e transfere as
operações não essenciais para terceiros com capacidade de fazê-
lo melhor e mais barato (terceirização).
O foco do downsizing é concentrar as atividades da empresa no
que ela tem de melhor: na sua competência principal (core
business). O downsizing reduz custos e aumenta a flexibilidade
da organização e a capacidade de resposta às constantes
mudanças no ambiente.
51
EAD – Gestão Pública

1.2.3 - CICLO PDCA

52
EAD – Gestão Pública

Figura 14: Ciclo PDCA. Acesso em 22 out. 2019.


53
EAD – Gestão Pública

O Ciclo PDCA teve origem na década de 1920, com Shewhart,


nos Estados Unidos, mas tornou-se conhecido como ciclo de
Deming a partir de 1950, no Japão. Para o glossário do
GesPública, Ciclo PDCA é uma ferramenta que busca a lógica
para fazer certo desde a primeira vez. PDCA é uma ―ferramenta
oficial da qualidade‖, utilizado em processos de trabalho com
vistas a maximizar a eficiência e alcançar a excelência de
produtos e serviços. Em regra, quando aplicado na melhoria de
processos, significa estabelecer uma nova diretriz de controle, da
qual decorre um novo nível de controle. O PDCA parte da
insatisfação com o “estado atual das coisas‖ e analisa os
processos com vistas a realizá-los de maneira otimizada. Inclui
54
as seguintes etapas:
EAD – Gestão Pública

Planejamento (Plan): estabelecer objetivos, metas e os meios


para alcançá-los;
Execução (Do): executar as atividades propostas no
planejamento;
Controle/verificação (Check/Control): monitora/controla a
execução e verifica o grau de cumprimento do que foi
planejado;
Ação Avaliativa/Corretiva (Act to corret): identifica eventuais
falhas e corrige-as, a fim de melhorar a execução das atividades

55
EAD – Gestão Pública

56
EAD – Gestão Pública

57
EAD – Gestão Pública

Figura 15. Ciclo PDCA Disponível em:<https://


www.siteware.com.br > Acesso em 16 fev 2019.

58
EAD – Gestão Pública

1.2.4 - PROGRAMA 5S
Criado no Japão, o Programa 5S proporciona melhor
organização, arrumação, limpeza, asseio e disciplina,
eliminando os desperdícios, aumentando a produtividade e
criando um excelente ambiente de trabalho. Senso significa
faculdade de apreciar, sentir, julgar. Os cinco sensos estão
promovendo mudanças nas organizações e dando sustentação
aos programas de Qualidade e Produtividade. Várias palavras
diferentes vêm sendo utilizadas para definir as palavras
japonesas que compõem os 5S:

59
EAD – Gestão Pública

Seiri – senso de utilização, seleção;


Seiton – senso de ordenação, arrumação;
Seisou – senso de limpeza;
Seiketsu – senso de asseio, saúde, padronização;
Shitsuke – senso de autodisciplina, harmonia, educação.
O 5S é um programa, voltado para os funcionários, que busca
promover os bons hábitos no ambiente de trabalho, como forma
de melhorar a produtividade.

60
EAD – Gestão Pública

61
EAD – Gestão Pública

62
EAD – Gestão Pública

1.2.5 - DIAGRAMA DE PARETO


Diagrama ou princípio de Pareto é uma forma especial de
gráfico de barras verticais (histograma) que permite determinar
quais problemas resolver e qual a prioridade. Esse histograma
direciona os esforços para os problemas mais importantes, visto
que permite selecionar e visualizar itens ou fatores em sua
ordem crescente de importância, e utilizá-los para melhora da
qualidade, redução de custos etc.

63
EAD – Gestão Pública

O diagrama de Pareto baseia-se em fatos e dados e poderá ser


usado sempre que for preciso ressaltar a importância relativa
entre os vários problemas ou condições, no sentido de escolher o
ponto de partida para a solução de um problema: identificar a
causa básica de um problema ou avaliar o progresso de uma
operação. Identifica as causas que mais se repetem nos
problemas que estão continuamente sendo enfrentados pela
organização.

64
EAD – Gestão Pública

65
EAD – Gestão Pública

66
EAD – Gestão Pública

1.2.6 - DIAGRAMA DE ISHIKAWA

67
EAD – Gestão Pública

Criado pelo químico japonês Kaoru Ishikawa, e também


conhecido como Diagrama de Causa e Efeito ou Diagrama
Espinha de Peixe, esse diagrama expressa, de modo simples e
fácil, a série de causas e efeitos de um processo ou um problema.

68
EAD – Gestão Pública

Criado pelo químico japonês Kaoru Ishikawa, e também


conhecido como Diagrama de Causa e Efeito ou Diagrama
Espinha de Peixe, esse diagrama expressa, de modo simples e
fácil, a série de causas e efeitos de um processo ou um problema.
O diagrama é uma forma sequencial e ordenada para se
descrever ou separar todas as fases e partes de um problema.
Parte-se dos efeitos dos problemas para a identificação das
causas que o provocaram, colocando-as em grau de importância
da esquerda para a direita. Toda a equipe deve participar na
identificação das causas, como forma de garantir que todas as
causas potenciais sejam consideradas. O diagrama pode ser
utilizado para identificar as causas de qualquer problema. O
69
nome ―espinha de peixe‖ vem da semelhança do desenho
EAD – Gestão Pública

O diagrama é uma forma sequencial e ordenada para se


descrever ou separar todas as fases e partes de um problema.
Parte-se dos efeitos dos problemas para a identificação das
causas que o provocaram, colocando-as em grau de importância
da esquerda para a direita. Toda a equipe deve participar na
identificação das causas, como forma de garantir que todas as
causas potenciais sejam consideradas. O diagrama pode ser
utilizado para identificar as causas de qualquer problema. O
nome ―espinha de peixe‖ vem da semelhança do desenho
gráfico com um peixe.

70
EAD – Gestão Pública

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama de


Causa e Efeito ou Diagrama Espinha de peixe, é um gráfico cuja
finalidade é organizar o raciocínio em discussões de um
problema prioritário, em processos diversos, especialmente na
produção industrial. Originalmente proposto
pelo engenheiro químico Kaoru Ishikawa em 1943 e
aperfeiçoado nos anos seguintes.

71
EAD – Gestão Pública

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama de


Causa e Efeito ou Diagrama Espinha de peixe, é um gráfico cuja
finalidade é organizar o raciocínio em discussões de um
problema prioritário, em processos diversos, especialmente na
produção industrial. Originalmente proposto
pelo engenheiro químico Kaoru Ishikawa em 1943 e
aperfeiçoado nos anos seguintes.

72
EAD – Gestão Pública

73
EAD – Gestão Pública

74
EAD – Gestão Pública

AULA 2. TENDÊNCIAS CONCEITUAIS SOBRE


GESTÃO DE BANCO DE DADOS PARA O SETOR
PÚBLICO;

75
EAD – Gestão Pública

As tecnologias da informação são instrumentos utilizados


para alavancar a modernização, aumentar a competitividade e
apoiar o desenvolvimento econômico e social de todos os
setores da economia: local, nacional e mundial – públicos e
privados. As tecnologias abrangem todos os aspectos da vida
humana. Elas provocaram uma gama de mudanças que
envolvem toda a estrutura da empresa, incluindo os recursos
humanos, e não somente o ambiente tecnológico.

76
EAD – Gestão Pública

2.1.1 - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)


A Tecnologia da Informação pode ser definida como o
conjunto de todas as atividades e soluções providas por
recursos de computação; designa o conjunto de recursos
tecnológicos e computacionais para geração e uso da
informação. O termo Tecnologia da Informação serve para
designar o conjunto de recursos tecnológicos e computacionais
(hardware, software, dados e telecomunicações) para geração,
armazenamento, processamento, uso e difusão (comunicação)
da informação – em suas variadas formas – como: dados, voz e
imagens.
77
EAD – Gestão Pública

(…) O glossário disponível na página do GesPública define


que a ― Área de TI compreende todos os setores e
subprocessos de trabalho inerentes. O desenvolvimento de
novas tecnologias modificou o armazenamento da informação,
assim como possibilitou novas formas de organização e acesso
aos dados e às obras armazenadas; reduziu custos, facilitou a
produção de jornais e permitiu a formação de redes televisivas
de âmbito mundial.

78
EAD – Gestão Pública

2.1.2 - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SI)


Os Sistemas de Informação abrangem o estudo e o
desenvolvimento de modelos, técnicas e ferramentas
computacionais para auxiliar as pessoas e organizações a
utilizarem as informações de forma eficiente: eles transformam
dados em informações úteis mediante três atividades básicas:
entrada, processamento e saída. Sistemas de informação são um
―conjunto de componentes inter-relacionados‖, utilizados para
coletar, processar, armazenar e distribuir a informação.
Independente de qual seja o Sistema de Informação, ele
apresenta duas finalidades principais: dar suporte à tomada de
decisões; e dar suporte ao controle de uma organização.
79
EAD – Gestão Pública

Para facilitar essa tomada de decisão, pessoas e organizações


vêm utilizando sistemas de informação capazes de processar
uma grande quantidade de dados e transformá-los em
informações válidas – reduzindo assim as incertezas e
proporcionando maior assertividade às decisões. O objetivo
clássico de um SI é proporcionar a informação certa para a
pessoa certa na hora certa, em formato, tempo e custos
adequados. O objetivo moderno dos SI é melhorar o
desempenho dos trabalhos realizados dentro de uma
organização (melhorar a eficiência organizacional).

80
EAD – Gestão Pública

2.1.3 - GOVERNO ELETRÔNICO


O termo Governo Eletrônico começou a ser utilizado por
volta dos anos 1980, após a disseminação do e-commerce pelas
empresas privadas, sempre associado às Tecnologias da
Informação e Comunicação – TIC.

81
EAD – Gestão Pública

No contexto do Governo Eletrônico ―a internet surge como


facilitadora da participação da sociedade no Governo e do
exercício do controle social (José Pinho, 2008). No meio
público, as primeiras ações de TIC sempre estiveram mais
associadas às questões operacionais e internas do que às
estratégicas ou de relacionamento com a sociedade. Mas isso
mudou, e é possível afirmar que hoje a relação está equilibrada:
utilizam-se em larga escala os recursos das TIC nos dois
sentidos – tanto interna quanto externamente.

82
EAD – Gestão Pública

Mesmo atrasada em relação à iniciativa privada, houve


evolução na gestão das TIC na área pública: de administração
de sistemas de informações passou para administração dos
Recursos de Informação, e atualmente consiste na
administração de Tecnologia da Informação na Era da
Informação. Esses estágios passam do operacional para o
estratégico, partindo da busca da eficiência administrativa, na
automação e agilização dos procedimentos operacionais e
burocráticos, à melhoria da atividade-fim, na relação direta do
Governo com o cidadão.

83
EAD – Gestão Pública

(...)Governo Eletrônico não significa apenas colocar os


serviços públicos online ou melhorar sua prestação, mas
compreende também ―um conjunto de processos, mediados
pela tecnologia, que pode modificar as interações, em uma
escala maior, entre os cidadãos e o Governo (Comissão
Europeia, 2006).
Assim, podemos definir Governo Eletrônico – GE – como as
ações de governo direcionadas a disponibilizar informações e
serviços à sociedade e novos canais de relacionamento direto
entre governo e cidadãos, mediante o uso de recursos da
Tecnologia da Informação e Comunicação, em especial a
internet, a prioridade do Governo Eletrônico é a promoção da
84
cidadania.
EAD – Gestão Pública

2.1.4 - Transparência Eletrônica


A transparência viabilizada pela internet inclui a
disponibilização de todo o tipo de informação sobre: o
Governo, a Administração, a estrutura de governo e dos órgãos,
o processo decisório, as políticas públicas, as contratações e
compras públicas em geral, a prestação de contas dos recursos
utilizados, legislação etc. A disponibilização da prestação de
contas através da internet proporciona a transparência da gestão
governamental no contexto democrático, e é uma forma de
concretização do accountability governamental.

85
EAD – Gestão Pública

A transparência é inerente aos Estados democráticos


modernos; insere-se no bojo da democracia. Num ambiente
democrático a sociedade tem direito a informações
transparentes: quanto mais houver transparência nas
informações, mais democráticos serão os governos e a
sociedade.

86
EAD – Gestão Pública

AULA 3. GESTÃO POR COMPETÊNCIAS;


GESTÃO POR RESULTADOS
Gestão por Resultados caracteriza-se por ser o ciclo que
começa com o estabelecimento dos resultados desejados, a
partir da tradução dos objetivos de governo; prescreve o
monitoramento e a avaliação do desempenho da organização ou
da política pública a partir do alcance desses resultados; e retro-
alimenta o sistema de gestão, propiciando ações corretivas
decorrentes dessa avaliação (Gomes, 2009).

87
EAD – Gestão Pública

Independente do modelo de administração por resultados


adotado, o planejamento estratégico deve orientar a atuação
administrativa amparada numa visão de longo prazo (Paludo,
2013, p. 227).

88
EAD – Gestão Pública

A gestão por resultados é uma das principais recomendações


da Nova Gestão Pública. Isso decorre do argumento de ser este
modelo apropriado a, simultaneamente: focar na efetividade ou
no que de fato interessa ao cidadão e a sociedade; flexibilizar a
condução dos processos e assim remediar as disfunções
burocráticas, relacionadas ao apego excessivo às normas e
procedimentos; e propiciar mais eficiência e accountability. Em
qualquer modelo de gestão por resultados deverá ser definida a
missão, a visão, os objetivos, as metas e os indicadores (Paludo,
2013, p. 227).

89
EAD – Gestão Pública

AULA 4. QUALIDADE EM SERVIÇO;


A qualidade de um serviço é percebida diferentemente da
qualidade de um produto porque: o serviço é intangível; não
pode ser armazenado; não pode ser inspecionado; não tem
tempo médio de vida; envolve relacionamento entre pessoas;
em geral, sua qualidade é subjetiva.

90
EAD – Gestão Pública

Não podemos falar em serviço sem relacioná-lo a cliente, toda


organização possui clientes internos e externos. Os clientes
internos são os funcionários da organização, que utilizam
resultados de processos criados por outros colaboradores da
empresa, enquanto os clientes externos, são os que pagam pelo
produto final, ambos são importantes e devem ser atendidos
com qualidade.

91
EAD – Gestão Pública

(…) Algumas empresas cobram de seus funcionários


excelência em qualidade na prestação do serviço, como esse
funcionário poderá prestar um serviço de qualidade e atender
realmente as necessidades do cliente se as entradas do seu
processo tem pouca qualidade? A qualidade oferecida ao cliente
Interno, acaba refletindo na hora da prestação do serviço ao
cliente externo. O que pode ser um serviço de qualidade para
um cliente, pode ser considerado de má qualidade por outro,
vamos então identificar alguns elementos da qualidade de
serviço:

92
EAD – Gestão Pública

4.1. ELEMENTOS DA QUALIDADE DE UM SERVIÇO


Confiabilidade: prestar um serviço confiável ao cliente, por
exemplo, quando contratar um prazo de entrega, esse terá que ser
respeitado para que o serviço seja considerado confiável;
Cortesia: ser gentil e paciente com o cliente, procurando
entender suas necessidades;
Comunicação: usar uma linguagem clara e acessível,
simplificando a prestação do serviço;
Capacidade para entender as necessidades dos clientes:
colocar-se no lugar do cliente e procurar entender o que
realmente ele precisa para atendimento de suas necessidades;
93
EAD – Gestão Pública

Credibilidade: fazer com que o cliente acredite naquilo que


está lhe oferecendo; Competência: apresentar competência,
mostrando ser conhecedor do serviço prestado;
Segurança: transmitir segurança ao cliente na prestação do
serviço;
Rapidez na resposta: sanar todas as dúvidas do cliente no
momento em que for solicitado;

94
EAD – Gestão Pública

Aspectos visíveis: percepção do serviço prestado, envolvendo


vários aspectos que vão desde a aparência do vendedor e do
local onde o serviço é prestado, até os aspectos sentidos pelo
cliente na prestação do serviço. Ferramentas de gestão: Quais
são as essenciais para sua empresa?. Disponível em:
<https://blog.ambracollege.com/ferramentas-de-gestao-
essenciais/ >. Acesso em 25 ago 2019.

95
EAD – Gestão Pública

Aula 5. FOCO EM RESULTADOS.


FOCO EM RESULTADOS: COMPETÊNCIA ESSENCIAL
PARA SEU NEGÓCIO

O foco em resultados é crucial para o sucesso

96
EAD – Gestão Pública

É imprescindível que todo empreendedor


possua competências para manter seu negócio em perfeita
harmonia. Nesse sentido, sabe-se que essas competências são
inúmeras, e algumas delas com certeza você já deve ter
escutado de alguém, são elas: habilidade de planejar, senso de
oportunidade, autoconfiança, otimismo, criatividade,
flexibilidade e outras competências mais. E para completar o
fluxo de competências que todo empreendedor precisa ter,
considera-se inevitável que todos eles possuam foco em
resultados.

97
EAD – Gestão Pública

Saiba como manter o foco em resultados


Quando se fala sobre manter o foco, como você se sente?
Você é uma pessoa que consegue manter o foco e a atenção em
tudo a todo momento? Não se sinta inferior a ninguém se você
não consegue manter o foco em suas atividades. Saiba que são
inúmeras as pessoas que não conseguem cumprir com esse
objetivo.

98
EAD – Gestão Pública

Normalmente, essa dificuldade existe por conta da predisposição


que as pessoas têm em se dispersarem por conta de outras
demandas, ou seja, enquanto ela tenta focar em resolver uma
questão, seu telefone toca, um novo e-mail surge, alguém aparece
com outra demanda, uma conversa paralela se inicia, tudo isso
são ruídos que conseguem interromper o raciocínio de uma
pessoa que procura manter o foco. O mesmo pode acontecer
quando o foco é destinado as demandas e atividades de uma
empresa.

99
EAD – Gestão Pública

O foco em resultados aplicado em equipes


Agora que você já sabe que um empreendedor deve desenvolver
várias competências para manter sua empresa em um alto nível
de excelência, manter o foco em resultados é uma dessas
competências essenciais para um negócio conquistar grandes
resultados. Nesse sentido, selecionei algumas dicas que você
pode aplicar em suas equipes para que essa estratégia de manter o
foco em resultados realmente funcione. São elas:

100
EAD – Gestão Pública

Delegue as atividades por afinidade. As pessoas trabalham


melhor quando realizam atividades das quais sentem afinidade e
aptidão.
Defina prioridades para cada membro da equipe. Quando as
pessoas sabem o que fazer primeiro e o que é mais importante,
as chances de perderem o foco são menores.
Aplique a motivação dentro da sua equipe. Motive seus
colaboradores e veja o quanto a produtividade de cada um deles
pode aumentar significativamente.
Estabeleça metas e crie premiações para cada meta
atingida. Essa é uma forma de motivar e também de deixar os
colaboradores por dentro dos resultados que a empresa gera.
101
EAD – Gestão Pública

Com o tempo, ao exercer essas e outras dicas, você verá que cada
uma delas pode te auxiliar a manter o foco em resultados que sua
empresa for conquistando. Esse processo é extremamente viável
por simplesmente instigar o colaborador a buscar formas de obter
mais resultados, e com isso o foco é voltado a esse objetivo.

102
EAD – Gestão Pública

Pensando nessa possibilidade de desenvolvimento pessoal que


influenciará nos resultados profissionais, a melhor dica que tenho
é: Coaching! Você poderá adquirir esse tipo de desenvolvimento
(foco em resultados além de equilíbrio emocional) através do
coaching, e o PSC-Professional & Self Coaching é uma excelente
alternativa para quem deseja desenvolver essa competência. Vale
a pena conhecer um pouco mais sobre essa formação para
alcançar o objetivo principal, que é manter o foco nos resultados
da sua empresa.

103
EAD – Gestão Pública

O foco em resultados aplicado individualmente


Assim como é preciso desenvolver estratégias para manter
uma equipe com foco em resultados, é fundamental que cada
indivíduo, pessoa e colaborador sinta essa necessidade, e
entenda que é através dos resultados obtidos que a empresa
poderá crescer e se desenvolver.
Dessa forma, uma pessoa que não consegue desenvolver a
habilidade de manter o foco em suas atividades precisa
encontrar maneiras de manter o equilíbrio emocional para
conseguir aumentar essa competência que é fundamental para
os negócios.
104
EAD – Gestão Pública

Outras dicas valiosas para aplicar o foco em resultados


individualmente é mostrar que o tempo não pode ser
desperdiçado. Por isso, quando acontecer uma das situações que
mencionei no início do artigo; um telefonema que interrompe seu
foco, pessoas que conversam ao seu lado, um e-mail novo, a dica
é: repense se vale a pena parar o que você está fazendo para dar
prioridade a outra coisa. No caso de uma conversa paralela, peça
silêncio para as pessoas e explique que naquele momento você
precisa manter o foco, explique suas condições e volte ao
trabalho.

105
EAD – Gestão Pública

Aplicar estratégias que disseminam o foco em resultados é


verdadeiramente positivo tanto para os colaboradores, quanto
para a empresa, veja alguns dos benefícios:
Os colaboradores produzem mais;
O retrabalho é praticamente nulo;
Ideias e inovações surgem a todo momento;
A equipe se mostra mais unida e com mais performance;
Os resultados são satisfatórios;
As chances de erros são baixas, e quando ocorrem
rapidamente são corrigidos;
O crescimento da empresa será visível.
106
EAD – Gestão Pública

O foco de resultados para líderes


Se você é um leitor assíduo do Portal IBC, com certeza você
já deve ter lido vários artigos meus sobre líderes, liderança e
gestão de equipes. Em cada um deles, falo muito sobre como
um líder ou gestor deve guiar sua equipe, e para falarmos sobre
foco em resultados para líderes, quero lembrar que chefes
cobram resultados, líderes caminham junto aos seus
liderados em busca de resultados. Nesse sentido, entende-se que
uma conquista é, e sempre será de todos, assim como um
fracasso também será de toda a equipe.

107
EAD – Gestão Pública

Para um líder conseguir desenvolver a habilidade de manter o


foco em resultados, acredito que algumas coisas são essenciais,
como:
Colete todas as informações que puder, mantenha-as em um
lugar seguro, ou seja, documente cada uma delas. Mantenha
suas informações organizadas, isso facilitará a manter o foco;
Analise os itens coletados. Decida quem poderá realizar cada
um dos itens. Defina prazos e classifique cada uma das ações
como: em atividade / entregue / aguardando.

108
EAD – Gestão Pública

Revise todas as etapas, esteja sempre por perto, ou seja,


acompanhe o processo e deixe sua equipe focada em todas as
atividades.
Assim como sugeri a formação PSC para aqueles que
precisam desenvolver algumas competências para manter o foco
em resultados, sugiro o LCT – Leader Coach Trainning para os
líderes que desejam se aperfeiçoar em sua jornada de liderança.
Nessa formação que também é criada com a metodologia do
coaching, os líderes e aqueles que pretendem seguir uma
carreira de liderança, podem desenvolver inúmeras habilidades
para aplicar em suas equipes e empresas sempre mantendo o
foco em resultados.
109
EAD – Gestão Pública

Você acredita que manter o foco nos resultados da empresa pode


ser positivo para o crescimento da mesma? Com base em tudo
que mencionei, deixe sua opinião no espaço abaixo, aproveite
para curtir e compartilhar esse conteúdo nas redes sociais.

110
EAD – Gestão Pública

FOCO EM RESULTADOS: COMPETÊNCIA ESSENCIAL


PARA SEU NEGÓCIO. Disponível em:
<https://www.ibccoaching.com.br/portal/metas-e-objetivos/foco-
em-resultados-competencia-essencial-seu-negocio/ .> Acesso em
25 ago 2019

111

Você também pode gostar