Você está na página 1de 19

Cadeira:Medidas Electricas

Wattimetro-Medição de Potência Activa em


Corrente alternada-CA

CHIMOIO, SETEMBRO 2018


1
MEDIÇÃO DE POTÊNCIA ACTIVA EM CA

A potência em circuitos de corrente alternada é dada por:

Portanto, somente com a leitura da tensão e corrente não se obtém a


potência activa, há necessidade do uso de wattímetro.

2
O equipamento utilizado para medir potência activa (média) é o
wattímetro.
O
‹ wattímetro consiste essencialmente em duas bobinas:

‹A de corrente: com baixa impedância (poucas espiras e fio com


secção transversal maior que o da bobina de potencial), conectada
em série com a carga, que comporta-se idealmente como um curto-
circuito;

‹ de potencial: impedância bastante elevada, muitas espiras e fio


A
fino, conectada em paralelo com a carga, comportando-se
idealmente como um circuito aberto.
T
‹ eoricamente não afetam as medições.
3
4
5
‹ aso haja reversão/troca de ligação das duas bobinas
C
ao mesmo tempo, o ponteiro continuará se defletindo
para o mesmo lado;

Caso haja troca da polaridade da ligação de uma das


bobinas, o ponteiro se coloca-se para o lado oposto ao
que se defletiu com as polaridades anteriores.

6
7
O wattímetro pode ser Analógico ou Digital:
‹Analógico:
‹Quando as bobinas são energizadas, ocorre uma deflexão no
ponteiro

8
‹ nalógico:
A
Q
‹ uando as bobinas são energizadas, ocorre
uma deflexão no ponteiro, proporcional ao
valor médio de tensao e corrente.
‹Se os valores de tensão e corrente são:

‹Na forma fasorial são:


O wattímetro mede:

9
‹ omposto
C por diversos componentes
electronicos para medir tensão e corrente,
conversores analógicos-digitais.

Alguns são capazes de medir potência aparente,


ativa, reativa e fator de potência.

10
‹Medição de potência:

Pode ser feita em circuitos equilibrados ou


desequilibrados;‹Dependendo das características do
sistema, são necessários 1, 2 ou até 3 wattímetros para
efetuar a medição.
‹Em circuitos equilibrados, em delta ou estrela pode-se
quantos wattímetros para medir Ptotal?

Se o sistema é desbalanceado, são necessários 2 ou 3 wattímetros,


dependendo da configuração de ligação.

11
Se o sistema é desbalanceado, são necessários 2 ou 3
wattímetros, dependendo da configuração de ligação.
‹Uso de 2 wattímetros:
‹Somente em circuitos com 3 fases (equilibrados ou não)
- em delta o estrela;
‹Sistemas equilibrados a 4 fios (estrela);
Uso de 3 wattímetros:
‹Circuitos e desequilibrados e a 4 fios (estrela).

12
‹ argas trifásicas, ligadas em, delta ou estrela,
C
equilibradas ou desequilibradas, podem ser medidas
com 3 wattímetros (ligação que funciona para todos os
casos);

13
Se ponto NEUTRO coincide com o ponto b, a bobina de
tensão do wattímetro b mede 0, assim P2=0 e W2 torna-
se desnecessário para medir potência trifásica. Note que
neste caso o sistema possui 3 fios e não 4.

14
Medição de potência com 2 wattímetros : é a
mais usada para medir potência em circuitos a 3
fios, equilibrados ou não, em delta ou estrela.
Conexão Aron.
As bobinas de corrente medem as correntes de
linha e as de potencial a tensão de linha, porém
cada um de seus terminais devem estar
conectados a um ponto comum, neste caso a
fase b.

15
16
Demonstração do cálculo de potência trifásica a partir de
um sistema trifásico equilibrado em estrela via método
dos 2 wattímetros.

17
‹ s bobinas de tensão estão medindo tensões de LINHA.
A
Como a carga está em estrela:

‹ s tensões de linha estão adiantadas em 30° em relação


A
às tensões de fase.

18
Eletrotécnica – Medidas Elétricas. Vol. 1. Universidade
Federal de Pelotas (UFPEL).
FRANK, E. Electrical Measurement Analysis. Editora
Robert E. Krieger, 1977.

19