Você está na página 1de 19

Governança de TI

Definição

É uma estrutura de relacionamentos e processos para dirigir e controlar a


organização no atingimento dos objetivos desta organização, adicionando
valor, ao mesmo tempo que equilibra os riscos em relação ao retorno da TI e
seus processos.

Prof. Roberto Amaral 1


O que é ?
› Ferramenta eficiente para auxiliar o gerenciamento e controle das
iniciativas de TI;

› Guia para a gestão de TI recomendado pelo ISACA;

› Independe das plataformas de TI;

› Projetado para auxiliar três audiências distintas:


- Gerência;
- Usuários;
- Auditores.

Prof. Roberto Amaral 2


Objetivo

› Gerenciamento da Informação;

› Pesquisar, desenvolver e promover um conjunto de objetivos de controle


para uso cotidiano de administradores e auditores;

› Servir como um guia abrangente para usuários, auditores, gestores e


donos de processos de negócios;

› Procura atestar como cada processo faz uso dos recursos de TI para
atender de forma primária ou secundária cada requerimento do negócio
em termos de informação, cobrindo todos os seus aspectos;

Prof. Roberto Amaral 3


Conclusão
› COBIT é um conjunto de controles que possibilitam a adequação da área
de tecnologia das empresas dentro do contexto corporativo, com o seu
crescimento sustentado e planejado.

› O COBIT é uma ferramenta que auxilia a empresa a definir e alcançar os


objetivos de maneira eficiente, ou seja, minimizando os riscos e
ampliando a lucratividade.

Prof. Roberto Amaral 4


Information Technology Infrastructure Library

iTil

O Information Technology Infrastructure Library (iTil) é um conjunto de orientações


desenvolvido pela OGC, United Kingdom´s office Of Government Commerce.

Estas orientações estão documentadas em um conjuto de livros, descrevendo as


melhores práticas para um processo integrado do gerenciamento de serviços de TI.

Hoje em dia, o iTil, é muito mais do que apenas um conjunto de livros, ele é uma
industria que inclui:

•Treinamento.
•Certificações.
•Consultoria.
•Ferramentas e aplicações.
Trade Association – itSMF

Atualmente o iTil, se tornou a norma BS-15000, sendo esta um anexo da ISO


9000/2000. O foco deste modelo é descrever os processos necessários para
gerenciar a infra-estrutura de TI eficientemente e eficazmente de modo a garantir
os níveis de serviço acordados com os clientes internos e externos

Prof. Roberto Amaral 5


Information Technology Infrastructure Library

Descrição Competências

Sevice Desk é uma função e não um processo, e tem como principal objetivo
disponibilizar um único ponto de contato, com comunicação eficiente, entre o usuário e as
áeras de serviço de TI.

Incident Management – Tem como principal objetivo restabelecer à normalidade


operacional no menor tempo possível.

Problem Management – Este processo tem como prinicipal meta diagnosticar as causas
dos incidentes identificados pelo Service Desk e atuar na correção de erros na infra-
etrutura de TI de forma preventiva e pró-ativa.

Change Management – Este processo assegura o correto uso de padrões e processos


para um rápido e eficiênte atendimento de todas as mudanças.

Release Management – Visa assegurar que somente versões autorizadas e corretas,


serão disponibilizadas e que apenas os softwares com licenças, estejam instalados nas
máquinas dos usuários.

Configuration Management – É o processo de controle dos itens de configuração que


compõem a infra-estrutura de Tecnologia da Informação, considerando suas
características físicas, conexões e configurações lógicas, desde seu recebimento até sua
ativação no ambiente a ser disponibilizado. Tem como função controlar a infra-estrutura de
TI assegurando o somente o uso do hardware e software homologado.
Prof. Roberto Amaral 6
Information Technology Infrastructure Library

Service Level Management - É o processo de planejamento, coordenação, elaboração,


monitoração e reporte dos Acordos de Níveis de Serviço (SLA) e, adicionalmente, às
revisões dos indicadores constantes dos acordos celebrados de forma a garantir que os
requerimentos de qualidade e custos estão mantidos e gradualmente melhorados.

IT Service Continuity Management - É o processo de Gerenciamento dos recursos –


organizacionais, técnicos e humanos - que logicamente ordenados, garantam a
manutenção dos serviços que suportam os negócios da organização, dentro de níveis de
serviço acordados, incluindo, o suporte mínimo necessário para a continuidade das
operações no caso de uma interrupção.

Financial Management - É o processo que define o método e as atividades para


especificação das peças orçamentárias e seu acompanhamento, e tem como meta
tornar visível os custos referentes aos serviços de TI para a empresa.

Capacity Management – Este processo habilita a organização a gerir os recursos nas


crises e predizer com antecipação a necessidade de recusros adicionais.

Availability Management - É o processo que visa otimizar a capacidade da infra-


estrutura de TI, serviços e suporte para prover, a custo efetivo, um nível de
disponibilidade que permita ao negócio atender seus objetivos.

Prof. Roberto Amaral 7


O que é SOA ?

SOA é uma estratégia que propõe a organização


dos ativos de software de forma que eles possam
representar Processos, Atividades ou Tarefas de
Negócio de forma direta. Tais representações são
chamadas de Serviços, que devem ser baseados
em padrões e facilmente combinados e
reutilizados visando a satisfação dos
requerimentos do negócio.
Fonte: http://finito-log.blogspot.com/2005/07/soa-2-conceitos-bsicos.html

Prof. Roberto Amaral 8


O que é SOA ?

SOA é composta de quatro elementos principais: Frontends de Aplicações, Serviços,


um Repositório de Serviços e um Mecanismo de Execução e Comunicação (Bus) para
os serviços.

Fonte: http://finito-log.blogspot.com/2005/07/soa-2-conceitos-bsicos.html
Prof. Roberto Amaral 9
Gerenciamento de Serviços

Prof. Roberto Amaral 10


Gerenciamento de Serviços

Prof. Roberto Amaral 11


ITIL

› Biblioteca composta das melhores práticas para


Gerenciamento de Serviços de TI.

› Criada pelo Governo Britânico em 1980, se tornou padrão de


fato no mercado em 1990. Trata-se de uma biblioteca
composta de 7 livros principais

Prof. Roberto Amaral 12


ITIL

› Não se trata de uma metodologia e sim de um conjunto de


melhores práticas adotadas em várias empresas. Atualmente
é o framework mais adequado para o Gerenciamento de
serviços para os departamentos de TI ...

Prof. Roberto Amaral 13


ITIL

› Consenso de como devem ser tratados os processos


dentro de um departamento de TI.

› Os processos propostos são genéricos, podendo ser


utilizados por qualquer empresa, seja pública ou
privada, de grande ou pequeno porte. Estes
processos devem ser adotados e adaptados ao seu
negócio, tenha em mente que não existe receita de
bolo pronta.

Prof. Roberto Amaral 14


ITIL

› Não é correto afirmar que um processo é


“compatível com a ITIL”, nem mesmo falar em
implantar a ITIL.

› O objetivo é implementar o Gerenciamento de


Serviços de TI, e para isto pode ser utilizado a ITIL
como base das melhores práticas

Prof. Roberto Amaral 15


ITIL - características

Prof. Roberto Amaral 16


ITIL - Objetivos

› Alinhar os Serviços de TI com as necessidades


atuais e futuras do negócio e seus clientes. Todos os
processos da ITIL falam que a TI precisa entender os
requisitos de negócio da empresa para poder
planejar e prover seus serviços para atender as
expectativas.

Prof. Roberto Amaral 17


ITIL - Objetivos

› Melhorar a qualidade dos serviços de TI. Através de


um programa de melhoria contínua deve se buscar a
consistência na entrega dos serviços, atendendo as
necessidades de negócio.

Prof. Roberto Amaral 18


ITIL - Objetivos

› Reduzir custos na provisão de serviços. Este é um


dos motivos chaves que levam os gestores de TI a
adotarem as melhores práticas, já existem vários
casos de sucesso onde houve grande redução dos
custos operacionais e investimentos em TI.

Prof. Roberto Amaral 19