Você está na página 1de 4

Universidade Federal de Campina Grande

Centro de Ciências e Tecnologia


Unidade Acadêmica de Engenharia Química
Cinética Química

Prof. Wagner Brandão Ramos


Cinética
Introdução
Química 3. Cálculos estequiométricos
Aplicação 1
A reação de saponificação entre soda cáustica e o palmitato de glicerilo
(tripalmitina) pode ser representada pela equação estequiométrica global a
seguir:
3NaOH + C15 H31 COO 3 C3 H5 → 3C15 H31 COONa + C3 H5 OH 3

ou de forma simplificada, como:

3A + B → 3D + E

onde A é soda cáustica, B é tripalmitina, D é palmitato de sódio e E é glicerina.


Considerando que essa reação esteja sendo conduzida em um reator batelada
cuja carga inicial tem concentrações iguais a 15 mol/L de soda cáustica e 3
mol/L de tripalmitina, calcule a composição da mistura reacional após
conversão de:
a) 25% em termos de soda cáustica;
b) 80% em termos de tripalmitina;
c) 90% em termos de soda cáustica.
Cinética
Introdução
Química 4. Sistemas de Volume Variável
Aplicação 2

Calcule o aumento ou a diminuição percentual de volume de um reator batelada


que pode expandir ou contrair livremente, operando em temperatura e pressão
constantes, quando uma mistura constituída de 62% (base molar) de acetaldeído
e 38% (base molar) de inertes se transforma em metano e monóxido de carbono
até a conversão de 85%.

CH3CHO → CH4 + CO
Cinética
Introdução
Química 4. Sistemas de Volume Variável
Solução CH3CHO → CH4 + CO
Podemos considerar 1 mol de mistura reacional.

Para calcular o volume final quando a conversão atingir 85%, usamos: V = V0 1+∈A XA
N N
N X y
Para calcular ∈A usaremos: ∈A = − A0 A ෍ νi = A0 ෍ νi
NT0 νA (−νA )
i=1 i=1
νA = −1

෍ νi = νCH3CHO + νCH4 + νCO = −1 + 1 + 1 = 1

𝑁𝐴0 0,62
Fração molar inicial de A (base de cálculo de 1 mol): yA0 = = = 0,62
𝑁𝑇 1

Portanto, ∈A = 0,62

O volume final será: V = V0 1+∈A XA = V0 1 + 0,62 ∙ 0,85 = 1,527V0

Houve um aumento de 52,7 % no volume do reator.

Você também pode gostar