Você está na página 1de 23

Lajes Alveolares

Protendidas
Gabriel Naves Moraes
Laje Alveolar
• Constituída de painéis de concreto protendido;
• Seção transversal com altura constante e alvéolos
longitudinais;
• Responsáveis pela redução do peso da peça;
• Produzidos em:
• Concreto de elevada resistência característica à compressão (fck ≥
45MPa);
• Aços especiais para protensão;
• Largura de 124,5cm e nas alturas de 9, 12, 16, 20 e 25cm.
Vantagens das Lajes Alveolares
• Facilidade de Transporte;
• Simplicidade e rapidez de montagem;
• Redução de serviços na obra;
• Eliminação de cimbramento;
• Possibilidade de atingir maiores vãos;
• Maior qualidade e confiabilidade;
• Economia*;
Laje Alveolar
Juntas entre Painéis
• Garantia de um funcionamento solidário das diversas placas;
• Colaboração entre as placas e redistribuição de cargas das mais
carregadas para as menos carregadas;
• Acabamento e a estanqueidade.
Capa de Concreto e Armadura de Distribuição
• Nivelamento da superfície da laje e correção de contra-flechas
decorrente da protensão;
• Alojamento de armaduras necessárias à redistribuição de cargas
concentradas, como é o caso das paredes apoiadas sobre a laje;
• Armadura constituída por fios (CA60) ou barras (CA50) com área de
aço mínima de 0,60cm2 /m e contendo pelo menos 3 barras (ou fios)
por metro.
Especificação de Painel
Dimensionamento à Flexão de Lajes Alveolares
• Exemplo de dimensionamento,
dados considerados:
• h = 200 mm • Sobrecarga de revestimento =
• Seção simples e composta 2 kN/m²
• Vão = 6 metros simplesmente • Sobrecarga acidental = 5 kN/m²
apoiada
• fcj = 30 MPa (j = 20 horas –
• Ψ1=0,6 ; Ψ2=0,4
introdução da proteção) • Cimento ARI (α = 3 para
• fck = 50 MPa fluência)
• Capa de 5 cm de espessura • CAA-II
constante com fck= 30 Mpa
• Aço CP190RB
• U = 70%

• Ep=2,05×105 Mpa • Tmédia= 20°C


Propriedades Geométricas
Determinação do Carregamento
• Peso próprio – g1 = 0,1427×25 = 3,56 kN/m
• Capa – g2 = 0,05×1,25×25 = 1,56 kN/m
• Revestimentos – g3 = 2×1,25 = 2,5 kN/m
• Sobrecarga Acidental – q = 5×1,25 = 6,25
kN/m
Pré-Dimensionamento no ELU (t=∞)

• Considera-se que a seção trabalha no tempo infinito (t=∞) com a seção


composta e a peça na condição de simplesmente apoiada;
• Estruturas pré-moldadas tem as cargas permanentes majoradas com
coeficiente igual a 1,3 e cargas acidentais igual a 1,4;
• Sendo assim:
Determinação da deformação total do aço:
Utilizando então a equação de cálculo de Ap:

• Em lajes alveolares geralmente usam-se cordoalhas de 9,5mm ou


12,7mm:
Verificação em vazio (t = 0)
• Primeiramente é preciso verificar a peça em vazio, já que ela estará
sujeita inicialmente apenas ao peso próprio, sendo que ainda não
existe a capa de concreto.
• Sendo assim, pode haver tração excessiva na borda superior da peça,
sendo necessário acrescentar cordoalhas nessa região.
• A NBR 6118 (ABNT,2003) define os limites de tensão nas fibras
superiores e inferiores:
• −1,2fct ≤ σ ≤ 0,7fck (caso em que se permite tração e 0 ≤ σ ≤ 0,7fck (caso em que
não se permite tração)
• Para o exemplo não será permitida tração, portanto a tensão deve ser sempre
maior do que 0 (compressão) e não deve superar 0,7fck = 21MPa.
• Considerando-se uma perda inicial de 5%, temos:

• Efeito da protensão:
• Verificação do meio do vão:
• Verificação próxima aos apoios:
• Como o momento da laje varia, a seção mais crítica para a tensão de tração na
borda superior deve ser onde ocorre a transferência da protensão.
• Portanto deve ser calculado a partir de onde a protensão ocorre em sua
totalidade, após a perda da cravação ou escorregamento.
• Nesse caso ocorre, após os cálculos, a seção dista de 92 cm do apoio, portanto:
• Cálculo das perdas reais:
• A partir do pré-dimensionamento, devem ser calculadas as perdas reais da
protensão.
• Cálculo do ELU no tempo t = ∞
• De posse das perdas reais, o cálculo do ELU deve ser refeito, substituindo as
perdas que foram arbitradas anteriormente pelas perdas calculadas.
• Para este caso, a armadura ativa determinada no pré-
dimensionamento é satisfatória para o ELU no tempo infinito.
Obrigado!

Você também pode gostar