Você está na página 1de 15

Lição 1

7 Julho de 2019

O QUE É MORDOMIA CRISTÃ


Texto Áureo

“ E disse o Senhor: Qual é pois,


O mordomo fiel e prudente,
a quem o senhor pôs sobre os
seus servos, para lhes dar a tempo
a ração? Bem –aventurado aquele servo a
quem o senhor, quando vier, achar
fazendo assim”.
Lc 12.42,43
VERDADE PRÁTICA
Deus nos confiou a mordomia dos bens
materiais e espirituais; por isso, sejamos
vigilantes e zelosos, porque, em breve, Ele
nos chamará a prestar contas de tudo
quanto recebemos.
Leitura Bíblica em Classe: Lc 12.42-48
42 E disse o SENHOR: Qual é, pois, o mordomo fiel e prudente, a quem o
senhor pôs sobre os seus servos, para lhes dar a tempo a ração?
43 Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar
fazendo assim.
44 Em verdade vos digo que sobre todos os seus bens o porá.
45 - Mas, se aquele servo disser em seu coração: O meu senhor tarda em
vir; e começar a espancar os criados e criadas, e a comer, e a beber, e a
embriagar-se,
46 Virá o senhor daquele servo no dia em que o não espera, e numa hora
que ele não sabe, e separá-lo-á, e lhe dará a sua parte com os infiéis.
47 E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem
fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites;
48 Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos
açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe
pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.
Objetivo Geral
Mostrar que Deus confiou aos seus filhos a
mordomia dos bens espirituais e materiais.

Objetivos Específicos
I. Apresentar o conceito de MORDOMO e de
MORDOMIA
II. Expor acerca da mordomia ESPIRITUAL do
cristão
III. Explicar a mordomia dos bens materiais
Introdução
Entendemos por MORDOMIA
CRISTÃ a doutrina que visa
expor os princípios básicos de
vida cristã, que consiste nos valores
bíblicos (Bíblia), visado a forma
“ideal” de administrar os bens
concedidos (e permitidos) pelo Senhor.
I – CONCEITO DE MORDOMIA
1 – Mordomo (gr. Oikonomos):
Oikos (organizador)+nomos (casa);
Logo é “Administrador das coisas alheias”
2 – Mordomia (gr. Oikonomia): é o “ato do
mordomo” em utilizar os recursos outorgados
(por Deus) de forma responsável.
3 – Logo o “conceito de mordomia” é
administrar os bens alheios.
I - In Loco
“Ao entendermos os parâmetros
da MORDOMIA CRISTÃ,
estaremos aptos a realização da
obra de Deus em todos os seus
aspectos”.
II – MORDOMIA ESPIRITUAL
DO CRISTÃO
1 – A mordomia do “amor” cristão (Mt 22):
1.1 – “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu
coração” (22.37).
1.2 – “De toda a tua alma e de todo o teu
pensamento” (22.37).
1.3 – “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”
(22.38).
1.4 – Quem é o próximo?
II – MORDOMIA ESPIRITUAL
DO CRISTÃO
2 – A mordomia da fé cristã
Fé – gr. Pistis, convicção daquilo que se
acredita é real e verdadeiro (Hb 11.1)

3 – A fé como patrimônio espiritual (Ap 3.11)


II - In Loco
Jesus é, através de sua vida
e sua obra, o maior expoente
como modelo de
mordomia cristã.
III – A MORDOMIA DOS
BENS MATERIAIS
1 – O cristão e as finanças;
2 – O cristão e as riquezas;
3 – O cristão e a contribuição para a
igreja;
III – IN LOCO
A “maturidade espiritual” nos
proporcionará um melhor padrão de
vida cristã, nos conscientizando e nos
condicionando a “investirmos” aquilo
que nos for proporcionado na obra do
Senhor e desenvolvimento da Igreja.
CONCLUSÃO
Somos mordomos dos bens espirituais e
materiais concedidos por Deus a sua Igreja.
Se realizarmos nossa mordomia para a glória
de Deus, com gratidão pelos bens adquiridos,
seremos recompensados pelo Senhor.
Usemos os recursos que Deus nos concedeu
como verdadeiros mordomos de nosso Senhor
Jesus Cristo. Pois tudo que temos vem do
Senhor.
FIM