Você está na página 1de 8

MEMÓRIA DE CÁLCULO

CÁLCULO DA FORÇA DE VENTO

Vento característico (Vo) = 35m/s


Fator S1= 1
Fator S2= IV – A - altura < 8m = 0,86
Fator s3= 0,95
Vk= Vo.S1.S2.S3 = 35.1.0,86.0,95 = 28,6m/s
Pressão dinâmica do vento(q):

q=0,613.Vk^2 = 0,613 . 28,6^2 = 654N/m2 = 0,501KN/m2 = 50Kgm2

Croqui da Edificação:

h= 3,04
a=18,36

b=5,60
Ce/Cpe – Paredes – tabela 4 NBR6123/88

a/b= 18,36 /5,6 = 3,27 h/b=3,04/5,6=0,54

Vento a 0°
-0,9
+0,7

-0,9 -0,9
Vento a 90°

+0,7
-0,6
-0,3 -0,9
Tabela 6 - NBR 6123-88 – telhados 01 água

Vento a 0°/90°/45° - Cpe max: -2 / Ce max: -0,9 / Ce min: -0,5

Cpi = ítem 6.2.5.C (interpolado) da NBR6123/88 = +0,4


Combinações / Resumo:
Cpe para telhas e terças : +/-2
Cpe para paredes de fechamento: -1,3
Cpe para estrutura do telhado: - 1,6

Dimensionamento das telhas

. Vão entre terças: 1,2m


.Peso Próprio (pp)= 14Kg/m2 *1,2m= 16,8kg
. Sc= 50Kg/m2 *1,2m = 60kg
.Vento = 67kg/m2 * 2 = 134kg/m2 * 1,2 = 161kg

.Combinação 1: Pp + Sc + Vento = 16,8+60+161 =238kg

. Telha adotada: Metform MF-40 espessura 0,65mm


Cálculo das terças:

bi-apoiada – intereixo 1,20m – comprimento 6m

Terça adotada: 200x75x25x3


Pp terça adotado: 9kg/m
Pp telha: 17kg/m
Sc: 60kg/m
Vento compressão: +161kg/m
Ventos sucção: -161kg/m

. Combinação 1 = variável principal Sc


1,4 (pp) + 1,5 (sc)+1,4*0,6(vento compressão)
. Combinação 2 = variável principal vento
1,4Pp + 1,4 (vento compressão ) +1,5*0,5(Sc)
. Combinação 3 = vento sucção
1,0 Pp + 1,4 (vento sucção)

.Combinação 1 = 1,4 (9+17) + 1,5(60)+ 1,4*0,6(161) = +266kg = 2,66KN


.Combinação 2 = 1,4 (26)+ 1,4(161)+1,5*0,5(60)= 307kg = +3,1KN
.Combinação 3 = 26 + 1,4(-161) = -196kg = -1,96kN

Msd max = q. L^2 / 8 + P.L/4 = 3,1*6^2/8 + 1*6/4 = 18+1,5 = 15,45KN.m= 1545KN.cm


Ue: bw=20bf=7,5 D=2,5 t=0,3 α=0 β=90

fy= 24 kN/cm2 E= 20000 kN/cm2 G= 7700 kN/cm2


1 - Barras submetidas à Flexão Simples [NBR 14762-9.8]
1.1 - Flambagem distorcional [NBR 14762-9.8.2.3]
Valor de Mdistx obitido da tabela de cargas críticas pré cadastradas
Mdistx= 5573 kN.cm
Ix= 694,24 cm4
Wb= 69,42 cm3
λdist < 0.673
γ= 1,1
fy= 24 kN/cm2
λdist = 0,5468
Xdist = 1,0000
MxRddist= 1514,7 kN.cm

1.2 - Inicio de escoamento da seção efetiva [NBR 14762-9.8.2.1]

Método das Larguras Efetivas


σ= 24 kN/cm2
máxima coordenada Y= 10 cm (fibra comprimida)
Ixef= 694,24 cm4
Wxef_MLE= 69,42 cm3
γ = 1,1
Mxesc= 1514,7 kN.cm
1.3 - Flambagem lateral com torção [NBR 14762-9.8.2.2]
1.3.1 - Cálculo Me
Cb= 1
Perfil monossimétrico
Lx= 600 cm Ly= 150 cm
Lt= 1 cm r0= 9,99 cm
x0= 5,6 cm y0= 0 cm
Iw= 7253.413455939587 cm6
Ix= 694,24 cm4 Iy= 87,45 cm4
It= 0,34 cm4
Nex= 380,66 kN
Ney= 767,23 kN
Nez= 14335228,36 kN
Me= 1048094,31 kN.cm
máxima coordenada Y= 10 cm (fibra comprimida)
Ix= 694,24 cm4
Wxc= 69,42 cm3 - Wxc perfil bruto
λ0= 0,04
λ0 < 0,6
X= 1
Método das Larguras Efetivas
σ= 24 kN/cm2
máxima coordenada Y= 10 cm (fibra comprimida)
Ixef= 694,24 cm4
Wxcef_MLE= 69,42 cm3
γ = 1,1
Wcef= 69,42 cm3
Mxflt= 1514,7 kN.cm

O momento fletor resistente de cálculo MRd deve ser o menor valor calculado: [NBR
14762-9.8.2]
Mxesc= 1514,7 kN.cm
Mxflt= 1514,7 kN.cm
Mxdist= 1514,7 kN.cm
Mxrd= 1514,7 kN.cm

Mrd 1514,7 kN.cm < Msd1545kN.cm: A diferença está bem próxima e


muito pequena e a maior carga é a de vento, considerando ainda a
sobrecarga atuante, desta forma será considerada satisfatório o perfil.