Você está na página 1de 38

Intemperismo

Bárbara Pereira Christofaro Silva

Lavras – MG
Outubro, 2019
Intemperismo

Todos os materiais
geológicos estão
sujeitos
ao intemperismo
quando expostos à
superfície.
Intemperismo  Conjunto de processos físicos, químicos e
biológicos que leva à quebra e alteração das rochas
Intemperismo

O intemperismo é responsável por desencadear inúmeros


processos

Pedológicos
Formação do material de
origem do solo

Neossolo litólico Latossolo Vermelho


Intemperismo

Geológicos
Processos sedimentares

Pedreira em arenito da formação Botucatu

Mineração de calcário
Intemperismo

Geomorfológicos
Esculpimento das formas
de relevo

Vista da
VistaSerra dada
da Serra Bocaina,
Bocaina,
Lavras-MG
Lavras-MG

Biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicos

Exemplo:
ciclo do enxofre
Intemperismo

Mineração
Jazidas de Fe, Al, Ni, Mn, Nb, etc
pelo acúmulo residual desses
metais (depósitos lateríticos)

Agricultura
Rochagem (aplicação de
rocha moída)

Verdete: contém o mineral


Pó de basalto, rocha rica em glaucofânio, fonte de Mg
silicatos ferromagnesianos
Intemperismo

Tipos de intemperismo Biológico:


Químico: Influência de
Alterações devido a organismos
reações químicas
(Decomposição)
Físico:
Desintegração da rocha

Divisão didática que facilita o seu estudo, já que comumente todos os tipos
ocorrem conjuntamente
Intemperismo

Intemperismo físico
Fragmentação de rochas e minerais em pedaços menores,
sem haver alterações na sua composição química ou
mineralógica

Em condições áridas ou
muito frias é o principal
agente de alteração das
rochas

Bloco de gnaisse fraturado, Antártica


Intemperismo

Alguns processos que levam ao intemperismo físico:

a) Variações térmicas:
Ciclos de aquecimento/resfriamento, que
provocam dilatação/contração dos minerais.
Origina fissuras e leva à ruptura da
rocha.
b) Ação do gelo

A água que preenche as fissuras, ao


congelar, se expande e leva à quebra da
rochas.

N° de congelamentos
Rocha Porosidade (%) para aparecimento de
fendas
Mármore 0,2 100
Arenito cimentado 5 43
Arenito 25 3
Calcário 30 1
Intemperismo

Água aumenta 9% em volume; o gelo quando resfriado


a -27°C pode exercer pressão da ordem de 20MPa
Intemperismo

Geleira em fiorde
(Alaska, EUA)

Intemperismo físico
na superfície de Marte
Intemperismo

c) Alívio de pressão
Alívio da pressão da pressão
confinante quando a rocha é
exposta leva ao seu fraturamento.

Esfoliação em granito. Yosemite,


Califórnia, EUA

Esfoliação esferoidal:
Intemperismo

d) Ação de raízes
Crescimento de raízes nas fissuras das rochas, acelerando sua quebra.
Intemperismo

Aumento da área superficial pela quebra da rocha em


fragmentos menores

Acelera o avanço do intemperismo químico

2 X área exposta 2 X área exposta


Intemperismo

Intemperismo químico
Resultado de reações químicas exotérmicas que ocorrem naturalmente entre os
minerais e soluções aquosas, envolvendo também outros reagentes como gases
atmosféricos, gases do solo e ácidos orgânicos.
Alteração na
composição química
Os minerais primários são decompostos, originando ou mineralógica da
novos minerais secundários (argilas). rocha ou mineral
Intemperismo

Remoção de íons solúveis  Cálcio, Magnésio, Sódio e


Potássio

Concentração de íons de baixa solubilidade  Alumínio


e Ferro
Série Polinov

Cl > SO4 > Na > Ca > Mg > K > Si > Fe > Al

Lixiviação de íons no solo


Intemperismo

Principais agentes:

Principal agente
 Água
Solvente principal e reagente na
maioria das reações no ambiente
Meio de transporte e retirada dos
produtos do intemperismo

velocidade das
reações químicas
 Temperatura
Maior temperatura, maior
dissociação da H2O, aumentando
a concentração de H+

CO2 da atmosfera + H2O chuva pH


levemente ácido
 Gases
Oxigênio – Oxidação de alguns minerais
Intemperismo

Mais ativo em regiões de clima quente e úmido –


regiões tropicais
Intemperismo

Intemperismo químico

1. Dissolução

Os íons organizados em cristais


sólidos se desorganizam quando
em contato direto com a água

Solubilização completa
Ex: Halita

São raros os minerais


que se dissociam tão
facilmente

Dissolução do mineral Halit


NaCl
Intemperismo

A capacidade de dissolução da água é grandemente aumentada


quando seu pH é mais ácido.

A dissolução do CO2 atmosférico aumenta a acidez da água

CO2

CO2 + H2O -> H2CO3


H2CO3 -> H+ + HCO3-
HCO3- -> H+ + CO32-

Ex’s: Calcita, dolomita, gipso e o calcário


Intemperismo

Dissolução de calcários por solução levemente ácida

CaCO3 + (H2O + CO2)  Ca2+ + 2HCO3-


Calcita Cálcio Íon
solúvel bicarbonato

Caverna formada pela dissolução de calcário. gruta da Lapinha,


Lagoa Santa, MG.
Intemperismo

Dolina em Coromandel, Alto Paranaíba


Intemperismo

2. Hidrólise
É a mais importante reação do intemperismo químico nos climas tropicais

Ação dos íons H+ e OH- produzidos pela quebra (ionização de moléculas de


água)

H2O  H+ + OH-
Íons de H+ substituem os íons positivos nos minerais  altera a composição dos
minerais  liberação de substâncias solúveis

Liberação sílica e bases


(K, Ca, Mg, Na)

Formação das argilas e


óxidos de alumínio
Intemperismo
Intemperismo
Intemperismo

A hidrólise pode ser congruente (origina apenas fase solúvel) ou


incongruente (origina fase solúvel e fase imóvel ou residual)

FeMgSiO4 + 4H+  Fe2+ + Mg2+


+ H4SiO4
Íons e ácido
Olivina silícico em
solução

Exemplo de reação de
hidrólise congruente
Intemperismo

A hidrólise pode ser congruente (origina apenas fase solúvel) ou


incongruente (origina fase solúvel e fase imóvel ou residual)
Absorção
pelas plantas

2KAlSi3O8 + 9H+ => 2K+ +


Al2Si2O5(OH)4 + 4H4SiO4

Caulinita Íons e ácido


Feldspato-K silícico em
solução

Exemplo de reação de
hidrólise incongruente
(com produção do
Lixiviação
Intemperismo

Hidrólise e formação de argilominerais

2KAlSi3O8 + 9H+ => 2K+ + Al2Si2O5(OH)4


+ 4H4SiO4
Feldspato-K Caulinita
Lixiviação

Al2Si2O5(OH)4 + 5H+ => 2Al(OH)3 + 2H4SiO4


Caulinita Gibbsita
Lixiviação
Intemperismo

3. Oxidação
Reação na qual um dos reagentes perde elétrons e, por
consequência, outro tem de ganhar elétrons.
Oxigênio: principal aceptor de elétrons. Ferro: doador de elétrons + comum.

Minerais que contém ferro  Hidrólise  Remoção do Fe2+

Olivina, piroxênios,
Oxidação a Fe3+
anfibólios
Hematita
Olivina

1
Fe2SiO4 + O2 + 2H2O  Fe2O3 + H4SiO4
2
Piroxênio
Goethita
1
2 FeSiO3 + O2 + 5H2O  FeOOH + 2H4SiO4
2
Intemperismo

Alta concentração de Ferro em solução Umidade alta


Altas temperaturas Temperatura baixa
Baixa umidade

Solo vermelho Solo amarelo


Predomina Predomina
Hematita Goethita
Fe2O3 FeOOH
Intemperismo

Ambientes alagados  Fe2+ reduzido e lixiviado


Cores cinzentas
Intemperismo

Oxidação
Intemperismo biológico
• Participação de organismos vivos (vegetais, animais,
fungos, bactérias, etc.)
• Podem ser físicas ou químicas  provenientes da ação
dos organismos

Ex.: penetração de raízes;


respiração (CO2 reduz o pH);

• Plantas absorvem cátions e


liberam H+ (aumenta a hidrólise);
• Líquens (liberação de agentes
quelante
Intemperismo
Intemperismo
Intemperismo

Obrigada!

Bibliografia:

Pedologia: Fundamentos. Capítulo 6

Decifrando a Terra: Capítulo 8

barbara.christofaro@ufla.br