Você está na página 1de 42

Nova Ordem Mundial

Quais são as
modificações
ocorridas no cenário
mundial com a Nova
Ordem imposta no
final do século XX ?
Será uma Nova Ordem ou uma desordem ?. . .
O que é a Nova Ordem Mundial ?
Nova Ordem Mundial é um conceito sócio-econômico-
político que faz referência ao contexto histórico do mundo
pós-Guerra Fria.

A expressão foi usada a


primeira vez pelo
presidente norte
americano Ronald Reagan
da década de 1980.
Nova ordem internacional
Fatos da década de 90
1990:
Fim do COMECOM
Fim da RDA (outubro-reunificação)

1991:
Fim do Pacto de Varsóvia
Tratados de redução de armas nucleares (START)
Fim da URSS e criação da CEI (12 ex-repúblicas soviéticas)
Tratado de Maastricht (dezembro)
Geopolítica:
Relações políticas, econômicas, militares que as
nações estabelecem entre si (hierarquia de poder)
Mundo recente:
1- Ordem geopolítca bipolar – após II Guerra (período
da guerra fria)

2- Nova ordem internacional – 1989 até 2001 (fim do


socialismo e mundo multipolar)

3- Novíssima ordem internacional – após 11 de


setembro de 2001 (guerra ao terrorismo)
FIM DA UNIÃO SOVIÉTICA
Fim da União Soviética e formação da CEI
Alguma coisa está fora da Ordem, fora da
Nova ordem Mundial!
A Nova Ordem Mundial

A nova ordem mundial


implica a revisão dos
conceitos tradicionais
que, por décadas,
serviram para explicar
a organização
geopolítica e
geoeconômica do
espaço mundial.
br.geocities.com
A Nova Ordem Mundial e o deslocamento de interesses...

O deslocamento do poder dos arsenais nucleares e convencionais . . .

. . . cedeu espaço para a eficácia, a


produtividade e a influência das economias,
br.geocities.com
que constituem um dos mais notáveis
fenômenos que acompanham
a dissolução da Guerra Fria.
A Nova Ordem Mundial e as mudanças de postura

... dá lugar à multipolaridade das


O constante confronto bipolar ...
relações

- megablocos econômicos
- contornos supranacionais
br.geocities.com
- internacionalização
- integração dos fluxos de capitais
Nova ordem e mundo multipolar
(anos 90)
Critério de poder = econômico
Consolidação dos blocos econômicos

Mundo Multipolar
1- Países inovadores tecnológicos
2- Países receptores tecnológicos
3- Excluídos tecnológicos
E o cenário mundial se transforma...
Nova ordem internacional relações
econômicas
1- Capitalismo e Neoliberalismo:
- “Estado mínimo e mercado máximo”
- privatizações
- controle de gastos públicos
- estabilidade econômica – controle da inflação
- abertura do mercado
- empresas capitalistas:
modernas, competitivas, redução de custos
fusões
grandes investimentos = bolsas de valores
Nova ordem internacional relações
econômicas
2- Globalização:

 formação de um mercado mundial


 internacionalização da produção – transnacionais

AUMENTO:
 do mercado financeiro de ações
 dos investimentos diretos em países subdesenvolvidos/emergentes
(novos mercados)
 dos investimentos indiretos – FMI e bancos internacionais
(empréstimos)
 das disparidades internacionais (países ricos X países pobres)
 do nacionalismo e xenofobia
 da crise ecológica mundial
 do desemprego estrutural
E com as mudanças . . . Também a Globalização . . .

A globalização é um
dos processos de
aprofundamento da
integração
econômica, social,
cultural e política, no
final do século XX e
início do século XXI.

É um fenômeno
observado na
necessidade de
formar uma “ aldeia
global” que permita
maiores ganhos para
os mercados internos
Imagens: http://images.google.com.br/imgres
já saturados.
Aspectos da Globalização
• Intensificação do comércio mundial
A globalização
Globalização: caracterizada pela interligação
entre pessoas, empresas e países.

Consumimos produtos provenientes de vários países


Notícias de outros países são veiculadas quase
instantaneamente
Muitos problemas econômicos de outros países podem
influenciar a economia do nosso país e até mesmo nossa vida
cotidiana.
A economia atual é globalizada:
Atividades produtivas
Fluxos de informações, capitais e Escala global /
mercadorias
Espaço global
Consumo de mercadorias e serviços
2. A dimensão econômica: As transnacionais

Principal força da globalização – responsáveis pela


mundialização da produção.

Responsáveis por grande parte


do comércio internacional
Importantes no
desenvolvimento de novas
tecnologias
Muitas possuem filiais em
praticamente todos os países
Compram empresas menores
em muitos países, principalmente
subdesenvolvidos Anúncio de empresa transnacional que produz
refrigerante na China, 2004.
A maioria das sedes dessas empresas está
situada nos países desenvolvidos.

 Destino de boa parte dos lucros


transferidos pelas filiais
 Onde ocorrem as grandes
decisões sobre os investimentos
 Onde estão situados os centros
de pesquisa para desenvolvimento
de tecnologia
 Localizadas em cidades globais.
Ex. NY, Tóquio, Berlim, Londres
• Desconcentração Espacial das atividades econômicas =
DESINDUSTRIALIZAÇÃO DO PAÍSES DESENVOLVIDOS

• Indústria de baixa tecnologia


• (1ª e 2ª Rev. Industrial)
Há um processo de
DESCONCENTRAÇÃO
• Fatores: INDUSTRIAL, mas não
• Mão-de-obra barata há um processo de
• Sindicatos Fracos DESCONCENTRAÇÃO
• Incentivos Fiscais FINANCEIRA.
• Mercado Consumidor
• Energia Barata
Atenção: o faturamento de algumas multinacionais é maior que o PIB da maioria dos
países do mundo o que lhe assegura muito poder econômico e político.
Exemplo:

Bola de futebol

Marca de uma Importada para o


empresa alemã Brasil por empresa
dos Estados Unidos
Fabricada no Paquistão

Ao implantar sistemas de produção que interligam países, as


multinacionais buscam ampliar seus lucros. Por isso a bola é
fabricada no Paquistão, onde a mão de obra é barata. Se o
custo da mão de obra no Paquistão tornar-se mais caro, a
empresa procurará outro lugar para se instalar, onde a mão
de obra seja mais barata.
As empresas multinacionais utilizam infraestrutura técnica
para organizar redes de produção e distribuição de
mercadorias, de circulação de informações, capitais,
serviços e pessoas ao redor do mundo.

Infraestrutura técnica: cabos de


fibra óptica, antenas, satélites  Países desenvolvidos:
artificiais, portos, aeroportos, infraestrutura técnica bem
rodovias, ferrovias. desenvolvida e grande a
quantidade de equipamentos

 Países subdesenvolvidos: os
desigualmente Distribuída no equipamentos estão distribuídos
espaço geográfico mundial. apenas em alguns pontos
estratégicos de determinados
territórios
Aspectos da Globalização
• Internacionalização do capital e da produção (transnacionais)
Nova ordem
III Revolução Industrial
http://www.youtube.com/watch?v=nJ95ICyvrBE

Final dos anos 80:


Países capitalistas = inovações tecnológicas
• Desenvolvimento de novos setores industriais: informática,
microeletrônica, robótica, biotecnologia, química fina...
• Aceleração da produção e circulação dos produtos
(globalização)
• Rapidez na transformação de processos tecnológicos
• Aumento de capitais investidos em P&D
• Inviabilização das economias planificadas
Revolução tecnocientífica
A nova ordem mundial ergueu-se sobre uma revolução tecnocientífica que
reorganizou a distribuição dos capitais no espaço geográfico.

Imagens: http://images.google.com.br/imgres

A crise das velhas regiões urbanas e industriais desenvolve-se paralelamente à


emergência de eixos de crescimento econômico apoiado em novas tecnologias
industriais, nas finanças e nos serviços.
Observe a imagem a seguir:

Fonte: David Harvey. Condição pós-moderna. São


Paulo. Loyola. 1992. p. 220 (adaptado).

 Qual é o significado do
“encolhimento” da Terra?
“compressão espaço-tempo”
A situação abordada na tira torna explícita a contradição entre a
a) relações pessoais e o avanço tecnológico.
b) inteligência empresarial e a ignorância dos cidadãos.
c) inclusão digital e a modernização das empresas.
d) economia neoliberal e a reduzida atuação do Estado.
e) revolução informática e a exclusão digital.
Nova ordem internacional e
desenvolvimento humano

IDH (Índice de desenvolvimento humano)


1) SAÚDE
(expectativa de vida)
2) EDUCAÇÃO
(analfabetismo e média de anos de estudo)
3) RENDA
(PIB per capita corrigido pela PPC)
Infelizmente . . . a pobreza dissemina-se pela superfície do globo . . .

... avançando
sobre as
fronteiras, fazendo
micro espaços de
prosperidade
conviverem com
cinturões
envolventes de
pobreza e
desemprego.

http://images.google.com.br/imgres
Os países mais pobres da Terra se encontram na região abaixo:
(ENEM – 2005)
Um certo carro esporte é desenhado na Califórnia, financiado por Tóquio, o protótipo criado
em Worthing (Inglaterra) e a montagem é feita nos EUA e México, com componentes
eletrônicos inventados em Nova Jérsei (EUA), fabricados no Japão. (…). Já a indústria de
confecção norte-americana, quando inscreve em seus produtos ‘made in USA’, esquece de
mencionar que eles foram produzidos no México, Caribe ou Filipinas. (Renato Ortiz,
Mundialização e Cultura)
O texto ilustra como em certos países produz-se tanto um carro esporte caro e sofisticado,
quanto roupas que nem sequer levam uma etiqueta identificando o país produtor. De fato,
tais roupas costumam ser feitas em fábricas – chamadas “maquiladoras” – situadas em
zonas-francas, onde os trabalhadores nem sempre têm direitos trabalhistas garantidos.
A produção nessas condições indicaria um processo de globalização que
(A) fortalece os Estados Nacionais e diminui as disparidades econômicas entre eles pela
aproximação entre um centro rico e uma periferia pobre.
(B) garante a soberania dos Estados Nacionais por meio da identificação da origem de
produção dos bens e mercadorias.
(C) fortalece igualmente os Estados Nacionais por meio da circulação de bens e capitais e
do intercâmbio de tecnologia.
(D) compensa as disparidades econômicas pela socialização de novas tecnologias e pela
circulação globalizada da mão-de-obra.
(E) reafirma as diferenças entre um centro rico e uma periferia pobre, tanto dentro como fora
das fronteiras dos Estados Nacionais.
São vários os tipos de pobrezas . . .

A nova ordem mundial não é mais estável ou segura que a ordem da Guerra
Fria. Se o espectro da catástrofe nuclear parece ter sido afastado, novos “
demônios” tomaram-lhe o lugar:

A emergência dos
nacionalismos e da
hostilidade étnica . . .

O ressurgimento do
racismo e da
xenofobia . . .

A multiplicação dos
conflitos
localizados . . .
Imagens: http://images.google.com.br/imgres
O mundo globalizado . . .

As sociedades estão em processo de globalização desde o início da História,


porém o processo histórico a que se denomina Globalização é bem mais
recente, podendo ser datado do colapso do bloco socialista e o conseqüente fim
da Guerra Fria, na década de 1990, do refluxo capitalista com a estagnação
econômica da URSS ou ainda do próprio fim da Segunda Guerra Mundial.

Imagens: http://images.google.com.br/imgres
Características da globalização

- Homogeneização dos centros


urbanos.

- Expansão das corporações para


regiões fora de seus núcleos
geopolíticos.

Revolução tecnológica nas


comunicações e na eletrônica.

- Reorganização geopolítica do
mundo em blocos comerciais (não
mais ideológicos).

- Hibridização entre culturas


populares locais e uma cultura de
massa universal . . . http://images.google.com.br/imgres
Desvantagens da globalização. . .
Desvantagens da globalização. . . A Terra sofre com a superprodução . .
Disneylândia - TITÃS
Filho de imigrantes russos casado na Argentina
Com uma pintora judia,
Casou-se pela segunda vez
Com uma princesa africana no México
Música hindú contrabandiada por ciganos poloneses faz sucesso
No interior da Bolívia zebras africanas
E cangurus australianos no zoológico de Londres.
Múmias egípcias e artefatos íncas no museu de Nova York
Lanternas japonesas e chicletes americanos
Nos bazares coreanos de São Paulo.
Imagens de um vulcão nas Filipinas
Passam na rede dc televisão em Moçambique
Armênios naturalizados no Chile
Procuram familiares na Etiópia,
Casas pré-fabricadas canadenses
Feitas com madeira colombiana
Multinacionais japonesas
Instalam empresas em Hong-Kong
E produzem com matéria prima brasileira
Para competir no mercado americano
Literatura grega adaptada
Para crianças chinesas da comunidade européia.
Relógios suiços falsificados no Paraguay
Vendidos por camelôs no bairro mexicano de Los Angeles.
Turista francesa fotografada semi-nua com o namorado árabe
Na baixada fluminense
Filmes italianos dublados em inglês
Com legendas em espanhol nos cinemas da Turquia
Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses na Nova Guiné
Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul.
Pizza italiana alimenta italianos na Itália
Crianças iraquianas fugidas da guerra
Não obtém visto no consulado americano do Egito
Para entrarem na Disneylândia
E aí ? . . . Qual é a parte que nos cabe nesse contexto da Nova Ordem
Mundial ? . . .

A parte de cada um de
nós está em nossas
ações...
Quebrando as barreiras
do racismo...
Dos falsos valores...
Criando novos
conceitos para um
melhor relacionamento
entre os homens...
http://images.google.com.br/imgres