Você está na página 1de 28

Organelas

citoplasmática

ICÓ – FVS
2014
CITOPLASMA CELULAR
1. OCORRE A MAIORIA DOS PROCESSOS METABÓLICOS
2. PROCESSAMENTO DAS SUBSTÂNCIAS ADQUIRIDAS
DO MEIO EXTERNO
3. PRODUÇÃO DE ENERGIA E SUBSTÂNCIAS
NECESSÁRIAS AO FUNCIONAMENTO CELULAR
4. PRESENÇA DE ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
CITOPLASMA CELULAR
• CITOPLASMA CELULAR EM CELULAS
PROCARIÓTICAS
1. MAIS SIMPLES
2. CONSTITUIDO PELO CITOSOL
3. DNA – cromossomo bacteriano, plasmídios
4. RIBOSSOMOS – menores que a célula eucariótica
5. NÃO POSSUI MEMBRANS INTERNAS
• CITOPLASMA DE CÉLULAS EUCARIÓTICAS
1. Bem maiores
2. Preenchido pelo Citosol (hialoplasma ou citoplasma
fundamental);
3. Possui diversas Organelas Citoplasmáticas
4. Rede de tubos e filamentos de proteínas = Citoesqueleto
CITOPLASMA CELULAR
• CITOESQUELETO
1. Define a forma e organiza a estrutura interna da
célula;
2. Permite a adesão da célula a células vizinhas e a
superfícies extracelulares;
3. Possibilita o deslocamento de materiais no
interior da célula
4. Responsável por diversos tipos de movimentos:
• Movimento amebóide
• Contração muscular
• Movimentação dos cromossomos
• Movimentos de cílios e flagelos;
O CITOESQUELETO
• COMPOSTO:
- Três filamentos

- Proteínas acessórias
Reguladoras
Ligadoras
Motoras
CITOPLASMA CELULAR
• MOVIMENTAÇÃO CELULAR
1. Ciclose
• As organelas e substâncias do citosol circulam em seu
interior, arrastadas por correntes citoplasmáticas.
• Importante para a distribuição de substâncias na célula;
• Resultam da interação de moléculas de actina e miosina e
gasto de energia.
CITOPLASMA CELULAR
• CICLOSE

As moléculas de miosina presas ao retículo endoplasmático


deslizam sobre moléculas estacionárias de actina, gerando a
movimentação. Esse mecanismos é o mesmo que ocorre em
nossas células musculares quando se contraem
CITOPLASMA CELULAR
2. MOVIMENTO AMEBÓIDE
• Locomoção semelhante ao das amebas
• Emissão de pseudópodes que aderem a superfície da célula e o
citoplasma flui para seu interior puxando a porção oposta
• Causado pela mudança na consistência do citoplasma = gel sol
CITOPLASMA CELULAR
• ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
1. Reticulo Endoplasmático liso e rugoso
2. Ribossomos
3. Complexo de Golgi
4. Plastos
5. Mitocondrias
6. Lisossomos
7. Peroxissomos
8. Vacúolos
9. Cilios e flagelos
10. Centriolos
Mitocôndrias
• Presentes essencialmente em todas as células
eucarióticas.
• Função: respiração celular (obtenção de energia
através da degradação da glicose)
Mitocôndrias – Origem
• Mitocôndrias possuem material genético diferente do
restante da célula
• Teoria implica em uma relação mutualista
• Autoduplicação – DNA, RNA e ribossomos
Ribossomos
• Função: síntese de proteínas
• Existem em todas as células
• Podem ser encontrados livres no citoplasma (procariontes) ou
presos a carioteca ou retículo endoplasmático rugoso
(eucariontes)

Por que todas as


células possuem
ribossomos?
Retículo endoplasmático
Função: transporte intracelular.
Retículo endoplasmático
Pode ser de 2 tipos:
 Retículo Endoplasmático rugoso – tem a função de
síntese de proteínas;
 Retículo Endoplasmático Liso – tem a função de
sintetizar lipídeos e hormônios esteróides. Também
participa de processos de desintoxicação.

Por que o REL esta


presente em grande
quantidade em pessoas
tolerantes ao álcool?
Retículo endoplasmático liso
• Funções:
• Absorção de gorduras
• Produção de lipídios
• Colesterol
• Lecitina
• Hormônios sexuais
Retículo endoplasmático
rugoso
• Ribossomos aderidos
• Funções
• Produção de proteínas
• Produção de Enzimas
Complexo de Golgi
• Conjunto de sacos achatados (DICTIOSSOMO) e vesículas
em volta desses sacos.
• Funções:
• Armazenamento (proteínas, lipídios, e polissacarídeos)
• Formação de: membranas, lisossomos e o acrossomo
(espermatozóide)
• Secreção celular
Lisossomos
• Organelas com enzimas no seu interior
• Capacidade digerir substâncias como proteínas, lipídios,
carboidratos e ácidos nucléicos, outras organelas e até células
inteiras
• Função: digestão intracelular e extracelular, autofagia e
autólise.
Centríolo
• Organela não-membranosa, de formato cilíndrico encontrado
aos pares
• Ocorre em células animais e nos anterozóides das criptógamas
(briófitas e pteridófitas)
• Funções
• Participa de divisão celular
• Origina cílios e flagelos
Peroxissomos
• Organelas membranosas que possuem a enzima
catalase, que converte a água oxigenada (peróxido de
hidrogênio) em água e oxigênio.
• Função: degradação de compostos tóxicos

Defeitos nos peroxissomos


podem causar doenças. Uma das
principais doenças é a Síndrome
de Zellweger.

As células não têm a capacidade


de executar, nos peroxissomas, a
beta-oxidação de ácidos graxos
de cadeia longa.
JUNÇÕES INTERCELULARES
• SERVEM COMO LOCAIS DE ADESÃO.
• VEDANTES .
• OFERECEM CANAIS PARA COMUNICAÇÃO.
• CLASSIFICAÇÃO:
1- JUNÇÕES DE ADESÃO ( ZÔNULAS DE ADESÃO,
HEMIDESMOSSOMO E DEMOSSOMO)
2- JUNÇÕES IMPERMEÁVEIS (ZÔNULAS DE OCLUSÃO)
3- JUNÇÕES DE COMUNICATIVA OU JUNÇÕES GAP
JUNÇÕES INTERCELULARES
 PRINCIPAIS ESTRUTURAS QUE
PARTICIPAM DA COESÃO ENTRE
CÉLULAS EPITELIAIS;

 A ZÔNULA DE OCLUSÃO E A
ZÔNULA DE ADESÃO FORMAM
FAIXAS CONTINUAS EM TORNO
DO APICE DA CÉLULA;

 AS JUNÇÕES COMUNICANTES E
DEMOSSOMOS SE DISTRIBUEM
COMO PLACAS ISOLADAS;

 AS ZÔNULAS DE OCLUSÃO SÃO


OS LOCAIS ONDE AS CÉLULAS
SE FUNDEM.
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFICIE LIVRE
DAS CÉLULAS
• MICROVILOS SÃO PROJEÇÕES DE NUMERO VÁRIADO, COM
EXPANSÕES CURTAS E LONGAS EM FORMA DE DEDOS E EXERCEM
INTENSA ABSORÇÃO.
• ESTEREOCILIOS SÃO PROLONGAMENTOS LONGOS E IMOVEIS
DE CÉLULAS, ELES AUMENTA A ÁREA DE SUPERFICIE DA CÉLULA.
• CILIOS E FLAGELOS OS CILIOS SÃO PROLONGAMENTOS
LONGOS E DOTADOS DE MOTILIDADE, PRESENTE NA SUPERFICIE DE
ALGUMAS CÉLULAS EPITELIAIS.
FLAGELOS SÃO ESTRUTURAS QUE NO CORPO HUMANO ESTA
PRESENTE SOMENTE NO ESPERMATOZÓIDE.
FIM!
ATÉ A PRÓXIMA AULA.