Você está na página 1de 30

Linguagens, Códigos e suas

Tecnologias – Educação Física


Ensino Médio, 1º Ano
Os modismos e valores estéticos da
dança de salão, tabus e preconceitos
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 A Dança de salão tem origem nos bailes da


corte real na Europa, tomando forma na corte do
Rei Luís XIV, na França.(1)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dan%C3%A7a_de_sal%C3%A3o

Imagem : George Cruikshank/Public Domain.


EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

A dança foi levada pelos colonizadores para diversas


regiões, nas quais deu origem a muitas variedades que se
mesclavam às formas populares locais.(1)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dan%C3%A7a_de_sal%C3%A3o

Tango Maxixe Habanera

Argentina Samba de Salsa, bolero


gafieira no etc.
Brasil Cuba
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 A dança era praticada nos bailes e reuniões


sociais com o objetivo de socializar e divertir.

 Quanto à sua nomenclatura, o termo salão


foi atribuído por causa da necessidade de
salas grandes, os salões, para a realização
das evoluções da dança. (2)

http://www.mitango.pt/index.php?option=com_content&vi
ew=article&id=16&Itemid=33
Imagem : Davidgothberg/Public Domain .
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Inicialmente, as danças de salão não eram realizadas a dois, mas em grupos


formando filas de pares.

valsa

Colocou damas e Século XVIII (Áustria e


cavalheiros para
polca Alemanha).
dançarem juntos. Século XIX (Boemia).

Século XX

O apogeu da valsa e da polca; o surgimento de novas danças; os movimentos de


giros da valsa e da polca foram trocados por movimentos de deslocamentos para
frente e para trás, característicos atualmente de danças como o bolero. (2)
http://www.mitango.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=16&Itemid=33
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 No Brasil, a dança de salão chegou no século XVI trazida pelos colonizadores


portugueses e imigrantes europeus. Aqui sofreu fortes influências culturais
indígenas e africanas, num processo de inovação e modificação que também
acarretou o surgimento de novas danças, bem típicas e brasileiras. OCORREU:

A transferência da corte para o Brasil, que trouxe:

• hábitos sociais e culturais (MODA).

Professores foram contratados para:

• manter a nobreza brasileira na moda.

Foi inserido da Europa no Brasil:

• valsa, polca, mazurca, xote e quadrilha. (3)


http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1912-8.pdf
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 Percebemos que hoje, a dança de Salão tem vivido um novo momento, em que
aparentemente começa a alcançar lugares no imaginário popular que ainda não
haviam sido atingidos. Mesmo depois de longos anos de prática no Brasil, esse
fenômeno é reflexo de um processo ainda maior vivido pela nossa sociedade.

 Isso porque o momento social influencia diretamente a cultura e as


transformações vividas no campo das relações sociais. Por exemplo, a
transformação na forma como a sociedade vivencia suas atividades de lazer.

 Por isso, traçamos um paralelo entre esse novo momento vivido pela dança de
salão e um fenômeno bastante expressivo característico dos dias de hoje.(4)
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Idade

Antigo Peso

Deficiência
Altura

Imagem : Seaman Brandon Myrick/U.S. Federal Government/Public Domain.


EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 É uma atividade física que pode ser feita por pessoas de todas as idades e
nunca sai de moda.

 Deve ser praticada por todas as pessoas, respeitando as limitações. Em alguns


casos, pode ser necessária uma orientação médica.

 Atualmente a dança é vista com respeito e beleza, como uma atividade que
causa bem-estar para quem a pratica.

Imagem : (A) Ignas Kukenys/Creative Commons Attribution 2.0 Generic / (B) J.Pullinen/ Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Segundo Carlinhos de Jesus, “a dança de salão


antigamente, e eu peguei esta época, era dançada
em gafieiras, locais considerados como
marginalizados.”

Ele conta que a dança de salão começou a ganhar seu espaço na mídia nos
anos 80, quando a televisão resolveu incluir o estilo em suas novelas e
programas musicais.

Na década de 90, os bailes da saudade e as gafieiras começaram cada vez mais


a ser frequentados pela geração saúde e beleza, popularizando a dança e
colocando por água abaixo os velhos tabus. (5)
http://diabetic-center.com.br/diabetes/category/atividade-fisica/
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Atividade física para você rodopiar e manter


sua glicemia estável!

A dança promove:

 o condicionamento físico, conferindo sensação de plenitude e prazer;

 uma sugestão tentadora para manter a taxa de glicemia estável;

 o bom humor;

 emagrece e ainda modela as formas. (5)


http://diabetic-center.com.br/diabetes/category/atividade-fisica/
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

.
Imagem : che/Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 Generic
Expressão
Emoção Postura Condução Vestuário Passos
corporal
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Estilo Ritmo
Abarca a forma de
Intensidade: as vibrações
conduzir e de ser
que cada música Imagem : Teetaweepo/GNU Free
conduzida na pista de
transmite. Documentation License.
dança.

Cada pessoa tem em seus


É de fundamental
trejeitos e movimentos
importância para o
que determinam as
correto aprendizado da
principais características
dança de salão.
de seu estilo.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Uma série de obrigações, tais como cuidar da mulher, planejar


o rumo, variar os passos, segurar com firmeza e orientar
delicadamente o corpo da mulher. A mulher só precisa
acompanhá-lo. (6)
www.kanitz.com/veja/escolha.asp
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

 A dança de salão é fruto da reunião do que foi gerado pela


separação que originou as diferenças étnicas. Hoje, em um salão de
baile, passeia-se pelos continentes a cada dança.

 No mesmo salão, reúnem-se descendentes das origens mais


diversas, em especial num país com uma história de povoamento
como o Brasil. Isso nos faz pensar que há conflitos humanos
solucionáveis ou passíveis de um enfrentamento, cuja estratégia,
por sua vez, é resultado do mesmo fenômeno que gerou tais
conflitos. (7)
http://www.dancaempauta.com.br/site/artigo/o-reencontro-das-culturas-atraves-da-danca-de-salao/
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

É comum a prática corporal visar ao desenvolvimento motor, à coordenação motora


e à atividade física em si; porém, além desses parâmetros, a educação física deve
proporcionar aos alunos a socialização, o lazer e a cultura. Além disso, deve
permitir que os alunos tenham uma visão crítica para que entendam a prática
corporal abordada, e não apenas a reproduzam. (8)
http://www.eeffto.ufmg.br/biblioteca/1801.pdf

Existe preconceito com a Dança de Salão


na escola?
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Quais são os obstáculos?

É coisa de
mulher.
Sou tímido.

Imagem: Lady of hats / Public domain


EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Como podemos quebrar os


obstáculos em nossa aula?

Mostrando as características e vantagens que a dança oferece!

Conhecimento
de outras culturas

Melhora a capacidade
física

Promove a socialização

É praticado por homens e mulheres


EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Dança de
Salão

Brasil

Samba de
Forró Soltinho
gafieira
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Samba de gafieira
De origem africana, o samba
tornou-se símbolo do Brasil. O
samba de gafieira derivou do
maxixe.
Essa dança sofreu muitas
transformações e atualmente é
bastante requintada e técnica.
Contudo, mantém-se a
malandragem e desenvoltura do
bailarino e a dama continua
esbanjando sensualidade e
molejo dos quadris. (9)

Imagem: Paulo.scardine / GNU Free Documentation License

http://www.cadica.com.br/cadica/cursos.php?curso_idT=gafieira
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Forró
História: no passado, havia em muitas cidades
nordestinas os chamados “forrobodós”, que
eram, segundo o pesquisador Câmara Cascudo,
“bailes sem etiqueta”, também conhecidos como

Imagem: Valter Campanato / Creative Commons Attribution 3.0 Brazil


arrasta-pé, bate-chinela ou fobó.

Luiz Gonzaga provavelmente foi o primeiro


cantor a registrar o termo “forró” em disco, com o
Forró de Mané Vito, escrito com Zé Dantas em
1949.
Atualmente, existem dois “estilos”: o forró
nordestino (o tradicional, encontrado
principalmente nas casas de forró do nordeste) e
forró universitário (que tem mais evoluções). O
forró é a união de vários ritmos; é possível dançar
de forma lenta (ao som do xote) ou mais rápido
(arrasta-pé, baião e coco). (10)

http://papodegordo.mtv.uol.com.br/2009/06/25/forro-historia-como-dancar/
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Soltinho
Não se sabe ao certo como e quando o soltinho apareceu aqui no Brasil, não tendo
música característica. Não se pode afirmar “esta música é um soltinho”, mas sim
“esta música pode ser dançada como soltinho”. E que músicas são essas? Todas
as que tenham balanço, que normalmente eram dançadas separadas.

No Rio de Janeiro, o soltinho começou a ser dançado a partir da década de 80; nos
salões paulistanos, ele começou a ser dançado no início da década de 90. O ritmo é
contagiante pela sua relativa facilidade no aprendizado pelos giros e alegria dos
passos e pela improvisação no estilo (não necessita da técnica do samba de
gafieira ou do tango). (11)

http://www.stellaaguiar.com.br/historia-dos-ritmos2.php?codpost=62
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Dança de
salão

Tango Valsa Bolero


EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Tango

É uma dança a par que nasceu no final do século XIX de


uma mistura de vários ritmos provenientes de Buenos
Aires. Estendeu-se e teve sucesso na Europa.

A melodia provinha de flauta, violino e violão, sendo


que a flauta foi posteriormente substituída pelo
bandoneón. (12)
http://aorigemdadanca.hdfree.com.br/link%20do%20botao%20tango.htm

Imagem: Autor desconhecido /


Disponibilizado por GdV / Creative
Commons Attribution-Share Alike 2.5
Generic
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Valsa
Segundo a história da valsa, ela nasceu em
regiões campestres da Alemanha e Áustria
e, inicialmente, só quem a praticava eram os
camponeses simples dessa região.
Rapidamente entrou como um verdadeiro
furacão nos salões de baile da alta
sociedade vienense em que música e dança
foram aceitas de imediato. Contudo,
somente a partir do século XVIII, passou a
ser aceita pelas pessoas das cortes da
Europa, quando começou a ser considerada
como uma dança de salão elegante. (13)
http://www.culturamix.com/cultura/musica/valsa-danca-de-salao

Imagem: Sigismund von Dobschütz / Creative


Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

Bolero
Embora de origem espanhola – de “boleras”
(bolas) ou de “volero” (de volar – voar) –, hoje
o bolero tem presença mundial devido
principalmente à difusão pelo México, e tem
contribuído com seu romantismo para a união
de muitos casais já há várias gerações.

No entanto, mesmo com toda essa


trajetória de transformações, sempre foi
mantido seu caráter de dança de galanteio,
suave, terna e romântica, com movimentos
caracterizando uma eterna busca da
conquista da mulher amada que, por sua
vez, seduz o parceiro. (14)
http://bhdancadesalao.com.br/portal/?q=node/77
Imagem: Ilgar Jafarov / Use it for any purpose
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

EXTRA: sugestões de atividade

1-) Etapa1 - Em sala de aula:

a) escolher dois tipos de dança de salão. Exemplo: tango e samba de gafieira;

b) apresentar um vídeo sobre essas danças:

Tango. Acessado em 04/07/2012

Samba de gafieira, Carlinhos de Jesus. Acessado em 04/07/2012

Etapa 2 - Após assistir ao vídeo, pedir para o educando escrever sobre:

a) as diferenças que eles encontraram entre os dois ritmos, e dizer quem já teve
uma experiência na dança e gostaria de dançar, porém não teve oportunidade ou
estímulo.

Indicação: o filme “VEM DANÇAR” retrata a importância da dança de salão na


escola.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 1º Ano do Ensino Médio
Os modismos e os valores estéticos da dança de salão: tabus e
preconceitos

EXTRA: sugestões de atividade


2-) Levar os educandos para a quadra ou pátio da escola:

a) o professor deve escolher um ritmo e colocar a música;

b) o professor deve iniciar convidando um educando para dançar com ele para
quebrar a timidez do grupo;

c) em seguida, demonstrar a sequência dos passos e observar se os demais têm


iniciativa;

d) o professor deve estimular aos demais educandos a organizarem pares e a


dançarem livremente.

Para incentivo, o professor deve demonstrar a beleza dos ritmos e a


importância da postura para desenvoltura da dança de salão.
Tabela de Imagens
n° do direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se conseguiu a informação Data do
slide Acesso

2 George Cruikshank/Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Almack%2 14/11/2012


7s_Assembly_Rooms_inside.jpg
4 Davidgothberg/Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ballroom.s 14/11/2012
vg
8 Seaman Brandon Myrick/U.S. Federal http://commons.wikimedia.org/wiki/File:US_Navy_ 14/11/2012
Government/Public Domain 070607-N-6710M-
034_Hospital_Corpsman_2nd_Class_Rolando_Sam
ortin_dances_with_a_resident_of_Wesley_Mission
%5Ersquo,s_elderly_home.jpg
9A Ignas Kukenys/Creative Commons Attribution http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Folk_danc 14/11/2012
2.0 Generic es.jpg
9B .Pullinen/ Creative Commons Attribution- http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Py%C3%B 14/11/2012
Share Alike 3.0 Unported 6r%C3%A4tuolitanssia.JPG
12 che/Creative Commons Attribution-Share http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ballroom_ 14/11/2012
Alike 2.5 Generic dance_exhibition.jpg
13 Teetaweepo/GNU Free Documentation http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ballroom_ 14/11/2012
License dance.png
17 Lady of hats / Public domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Smiley_gr 15/11/2012
een_alien_blush.svg
20 Paulo.scardine / GNU Free Documentation http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Gafieira.sv 15/11/2012
License g
Tabela de Imagens
n° do direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se conseguiu a informação Data do
slide Acesso

21 Valter Campanato / Creative http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Sabrina_e 15/11/2012


Commons Attribution 3.0 Brazil _Vicentinho_2.jpg
24 Autor desconhecido / Disponibilizado por http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tango_Bo 15/11/2012
GdV / Creative Commons Attribution-Share ca.jpg
Alike 2.5 Generic
25 Sigismund von Dobschütz / Creative http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tanzturnie 15/11/2012
Commons Attribution-Share Alike 3.0 r_59.JPG
Unported
26 Ilgar Jafarov / Use it for any purpose http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bolero.JP 15/11/2012
G

Você também pode gostar