Você está na página 1de 14

Exemplo 2.

Seja uma comporta plana com 4 m de largura, articulada em A e manobrada por uma
em B. A altura da água sobre o fundo é de 3 m e o peso da comporta 98KN. Calcular a força
a exercer pela haste e a reação na articulação
Exemplo 3.
Uma tampa semicircular de 2 m de diâmetro, obtura um orifício na parede vertical de
reservatório contendo água a parte superior da comporta situa-se a 2 m de profundidade.
Determinar a força exercida no centro de impulsão deste e o Centro de impulsão.
FORÇA EM SUPERFÍCIES CURVAS
Tipos de superfície que não são planas: superfícies de barragens,
Tubulações eTanques.
 É possível determinar a força resultante em qualquer superfície
por integração, mas este procedimento é trabalhoso e não é
possível formular equações simples e gerais.

 Por isso, como alternativa, considera-se o equilíbrio de um volume


de fluidos delimitado pela superfície curva considerada e por suas
projeções vertical e horizontal.

 Para determinar a força resultante que atua sobre esta seção que
apresenta comprimento unitário na direção perpendicular ao plano
do papel.

 Primeiro isola-se o volume de fluido que é delimitado pela


superfície curva considerada, neste caso a BC o plano horizontal
AB e o plano vertical AC
O diagrama de corpo livre deste volume é apresentado por:
Os módulos e as pressões dos pontos de aplicação
de F1 e F2 podem ser determinados utilizando as
relações aplicáveis a superfícies planas.

O peso do fluido contido no volume, W, é igual ao


peso específico do fluido multiplicado pelo volume e o
ponto de aplicação desta forma coincide com o centro
de gravidade da massa de fluido contido no volume.

As forças 𝐹𝐻 𝑒 𝐹𝑉 representam as componentes da


força que o tanque exerce no fluido.

Para que o sistema de forças esteja equilibrado os módulos das componente FH


e FV devem:
𝐹𝐻 = 𝐹2
𝐹𝑣 = 𝐹1 + 𝑊
O diagrama de corpo livre deste volume é apresentado por:
Os módulos e as pressões dos pontos de aplicação
de F1 e F2 podem ser determinados utilizando as
relações aplicáveis a superfícies planas.

O peso do fluido contido no volume, W, é igual ao


peso específico do fluido multiplicado pelo volume e o
ponto de aplicação desta forma coincide com o centro
de gravidade da massa de fluido contido no volume.

As forças FH e FV representam as componentes da


força que o tanque exerce no fluido.

Para que o sistema de forças esteja equilibrado os módulos das componente FH


e FV devem:
𝐹𝐻 = 𝐹2
𝐹𝑣 = 𝐹1 + 𝑊
Como três forças atuam na massa de fluidos (F2, a resultante de F1 com W e a
força que o tanque exerce sobre o fluido), estas precisam formar um sistema de
forças concorrentes.
Isto é uma decorrência do seguinte princípio da estática: Quando um corpo é
mantido em equilíbrio por três forças não paralelas, estas precisam ser
concorrentes (suas linhas de ação se interceptam num só ponto) e coplanares,
assim:

𝐹𝐻 = 𝐹2
𝐹𝑣 = 𝐹1 + 𝑊

E o módulo da força resultante é obtido pela equação:

𝐹𝑅 = 𝐹𝐻 2 + 𝐹𝑣 2
A linha de ação da FR passa pelo ponto O e o ponto de aplicação pode ser localizado
somando-se os momentos em relação a um eixo apropriado.
A figura abaixo mostra o esboço de um conduto utilizado na drenagem de um
tanque e que está parcialmente cheio de água. Sabendo que a distância entre os
pontos A e C é igual ao raio do conduto, determine o módulo, a direção e o sentido
da força que atua sobre a seção curva BC (devida a presença da água). Admita que
esta seção apresenta comprimento igual a 1m.
A Figura b mostra o volume de fluido
delimitado pela seção curva BC, pelo
plano horizontal AB e pelo plano vertical
AC. Este volume apresenta comprimento
igual a 1m. As forças que atuam no
volume são a força horizontal F1, que age
na superfície vertical AC, o peso, W, da
água contida no volume e as
componentes horizontal e vertical da força
que a superfície do conduto exerce sobre
o volume (FH e FV)
0,9
𝐹1 = 𝛾ℎ0 𝐴 = 9,8 ∗ ∗ 0,9 ∗ 1 = 3,97 𝐾𝑁
2
E a linha de ação desta força horizontal está situada a 0,3m acima de C. O módulo
do peso, W, é:

𝜋 ∗ 0,92
𝑊 = 𝛾𝑉𝑣𝑜𝑙 = 9,8 ∗ ∗ 1 = 6,24 𝐾𝑁
4
 E seu ponto de aplicação coincide com o centro de gravidade da massa de fluido,
de acordo com as propriedades geométricas da figura, e este ponto está localizado a 0,382
m da linha vertical AC (figura c). As condições para equilíbrio são:

E o módulo da força resultante é:

 O módulo da força com que a água age sobre o trecho de conduto é igual ao calculado mas
o sentido desta força é oposto mostrado na figura b.
 A figura c mostra a representação correta da força resultante sobre o trecho do conduto.
Note que a linha de ação da força passa pelo ponto O e apresenta a
inclinação mostrada na figura.
FORÇA EM SUPERFÍCIES CURVAS
 Este resultado mostra que a linha de ação da força resultante passa pelo centro do
conduto.

 A mesma abordagem geral pode ser utilizada para determinar a força gerada em
superfícies curvas de tanques fechados e pressurizados.

 Note que o peso do gás normalmente é desprezível em relação as forças


desenvolvidas pela pressão na avaliação das forças em superfícies de tanques
dedicados a estocagem de gases.

 Nestes casos, as forças que atuam nas projeções horizontal e vertical da superfície
curva em que estamos interessados (tais como F1 e F2) podem ser calculadas
como o produto da pressão interna pela área projetada apropriada.
Exercícios
A Figura abaixo mostra o corte transversal de uma comporta que apresenta massa igual 363 kg.
Observe que a comporta é articulada e que esta imobilizada por um cabo. O comprimento e a
largura da placa são respectivamente iguais a 1,2 e 2,4 m.
Sabendo que o atrito na articulação é desprezível. Determine a tensão no cabo.
Exercícios
A comporta quadrada (1,83 m x 1,83 m) mostrada na figura abaixo pode girar
livremente em torno do vínculo indicado. Normalmente é necessário aplicar uma
força P na comporta para que ela fique imobilizada. Admitindo que o atrito no
vínculo é nulo, determine a altura da superfície livre da água, h, na qual o módulo
da Força P seja nulo.
Exercícios
Uma comporta, com 3 m de comprimento, está localizada na parede lateral de um
tanque (veja a Figura abaixo). Determine os módulos da componentes horizontal e
vertical da força com que a água atua sobre a comporta. A linha de força passa
através do ponto A? Justifique a sua resposta.
Exercícios
O dique mostrado na figura abaixo é construído com concreto (𝛾𝑏𝑒𝑡ã𝑜 = 23,6𝐾𝑁/𝑚3 e é
utilizado para reter um braço de mar que apresenta profundidade igual a 7,3 m. Determine
o momento da força com fluido (por unidade de comprimento) que actua na superfície
molhada do dique em relação ao eixo horizontal que passa pelo ponto A. Sendo 𝛾𝑎𝑔𝑢𝑎 =
10𝐾𝑁/𝑚3

Você também pode gostar