Você está na página 1de 38

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA

GRANDE
PRÉ - VESTIBULAR SOLIDÁRIO
DISCIPLINA: QUÍMICA

Eletroquímica
Eletroquímica
Oxidação e Redução
Oxidação: Nox aumenta (perde e-)

Redução: Nox diminui (ganha e-)

X →X+2 0→ 2 nox aumenta


Para o nox aumentar ele tem que perder elétrons!

X+3 →X0 +3→ 0 nox diminui


Para o nox diminuir ele tem que ganhar elétrons!
Oxidação e Redução
Exemplos:

Ag0 → Ag+1
Oxidação

Perde elétrons →
Elétrons no Produto
Ag0 → Ag+1+1e-

Ag+1 → Ag0 Ganha elétrons →


Redução

Elétrons no reagente
Ag+1 +1e- → Ag0
Oxidação e Redução
Exemplos:
Ganha ou perde e-?
Cu0 →Cu+1 Oxidação ou redução?
Balancear
Cu+2 →Cu0
Al0 → Al+3
Al+3 → Al0
Oxidação e Redução
1. NOX do S no H2SO4

H2SO4
2. NOX do Mn no Permanganato de potássio

KMnO4
2. NOX do S no Sulfato de alumínio

Al2(SO4)3
Al → Família 3A Nox fixo
Reação de
oxirredução: um
ganha e outro
perde elétrons
simultaneamente

Para ser reação de


oxido-redução o nox
tem que variar (calcula o
nox de todos os
elementos e verifica se o
nox variou)
A transferência desses elétrons é utilizada
para gerar corrente elétrica
REGRAS PARA A DETERMINAÇÃO DO NOX

1. O Nox de cada átomo em uma substância simples é sempre zero.

Exemplos: O2, O3, P4, S8, Cgraf, Cdiam

2. O Nox de um íon monoatômico é sempre igual à sua própria


carga.

Exemplos:
REGRAS PARA A DETERMINAÇÃO DO NOX

3. Existem elementos que apresentam Nox fixo em seus


compostos.
REGRAS PARA A DETERMINAÇÃO DO NOX

4. O Nox do elemento hidrogênio (H) nas substâncias compostas é


geralmente +1.

Quando o hidrogênio estiver ligado a metal, formando hidretos


metálicos, seu Nox é -1.
REGRAS PARA A DETERMINAÇÃO DO NOX
5. O Nox do elemento oxigênio (O), na maioria dos seus
compostos, é .-2

No composto fluoreto de oxigênio (OF2), como o flúor é mais


eletronegativo, o Nox do oxigênio é +2
REGRAS PARA A DETERMINAÇÃO DO NOX
6. Os halogênios apresentam Nox =-1 quando formam compostos
binários (2 elementos), nos quais são mais eletronegativos.

7. A soma dos Nox de todos os átomos constituintes de um


composto iônico ou molecular é sempre zero.
Eletroquímica – Pilha de Daniell
Eletroquímica
Eletrodo
– Pilha de Daniell

Eletrodo de zinco*
Solução de zinco

ZnSO4

Para saber quem está oxid. E quem esta red. É dados os potencias
0
Ered = Zn+2 = -0,76V
0
Ered = Cu +2 = +0,34V
A solução tem que conter o cátion desse mesmo metal do
eletrodo
Eletroquímica – Pilha de Daniell
Saber quem oxida e quem reduz
Para saber quem oxida e quem reduz é dado os potenciais
+2
E 0
red : Zn = -0,76V Tem um potencial maior de redução
consequentemente vai sofrer redução
+2
E 0
red :Cu = +0,34V

OPA

Redução Oxidação
Eletrodo de zinco

Redução Oxidação
(Recebe elétrons) (Perde elétrons)
Semi reações
+2 -
0
Zn � Zn
(s) ( aq ) + 2e Esta perdendo a parte metálica do zinco
E formando o zinco +2

+2 -
Cu ( aq ) + 2e � Cu 0
Corrosão Porque
esta perdendo a
parte metálica
devido a perda de
elétrons

Aumento de massa (deposição 2+


de cobre) vindo dos ions da

� �
Zn ��
solução
Cu(+aq2 ) + 2e- � Cu 0
2+

� �
Cu ��
Numa pilha quem sofre oxidação sofre corrosão e quem sofre
redução sofre um aumenta a massa
Eletrodos: Cátodo e Ânodo
Polo positivo Polo negativo
(+) (porque esta saindo
elétrons)
Cátodo
ânodo
Dica!!!
PIPOCAR
Pilha
Cátodo-Redução (consoante – consoante)
Oxidação – ânodo (vogal –vogal) Polo
Semi-reação Anódica Cátodo
Redução
Eletroquímica – Pilha de Daniell
Semi-reação Anódica
+2 -
0
Zn � Zn
(s) ( aq ) + 2e
Semi-reação Catódica
+2 -
Cu ( aq ) + 2e � Cu 0

Reação Global +2 -
0
Zn � Zn
(s) ( aq ) + 2e
+2 -
Cu ( aq ) + 2e � Cu 0

+2
Zn(0s ) + Cu ( aq ) � Zn(+aq2 ) + Cu 0
Notação da pilha
Cálculo da diferença de potencial (ddp) ou
força eletromotriz da pilha:

ΔE = diferença de potencial
E = potencial da reação

Todas as pilhas são reações espontâneas, e seu ΔE 0 sempre


apresenta valor positivo.
Ponte Salina
O excesso de íons, torna as soluções instáveis e
interrompe precocemente o funcionamento da pilha. A
ponte salina permite a migração dos íons de uma
solução para outra. Desse modo, os íons permanecem
em equilíbrio e a pilha continua funcionando.

Início da reação [Zn+2]↑


+ +
→ A pilha para + +
+
→O Cl- diminui a concentração +
de [Zn+2]
1) ENEM 2016
Atualmente, soldados em campo, seja em treinamento ou em combate,
podem aquecer suas refeições, prontas e embaladas em bolsas plásticas,
utilizando aquecedores químicos, sem precisar fazer fogo. Dentro dessas
bolsas existe magnésio metálico em pó e, quando o soldado quer aquecer a
comida, ele coloca água dentro da bolsa, promovendo a reação descrita
pela equação química:

O aquecimento dentro da bolsa ocorre por causa da


a) redução sofrida pelo oxigênio, que é uma reação exotérmica.
b) oxidação sofrida pelo magnésio, que é uma reação exotérmica.
c) redução sofrida pelo magnésio, que é uma reação endotérmica.
d) oxidação sofrida pelo hidrogênio, que é uma reação exotérmica.
e) redução sofrida pelo hidrogênio, que é uma reação endotérmica.
2. ENEM 2009

Pilhas e baterias são dispositivos tão comuns em nossa sociedade que, sem
percebermos, carregamos vários deles junto ao nosso corpo; elas estão
presentes em aparelhos de MP3, relógios, rádios, celulares etc. As
semirreações descritas a seguir ilustram o que ocorre em uma pilha de
óxido de prata.

Pode-se afirmar que esta pilha

a) é uma pilha ácida.


b) apresenta o óxido de prata como o ânodo.
c) apresenta o zinco como o agente oxidante.
d) tem como reação da célula a seguinte reação: Zn(s) + Ag 2O(s) -> ZnO(s) + 2Ag
(s).
e) apresenta fluxo de elétrons na pilha do eletrodo deAg2O para o Zn.
3. ENEM 2009

Do ponto de vista de detecção e medição, os bafômetros


normalmente utilizam o ar que os “suspeitos” sopram para dentro do
aparelho, através de um tubo descartável, para promover a oxidação
do etanol a etanal. O método baseia-se no princípio da pilha de
combustível: o etanol é oxidado em meio ácido sobre um disco
plástico poroso coberto com pó de platina (catalisador) e umedecido
com ácido sulfúrico, sendo um eletrodo conectado a cada lado desse
disco poroso. A corrente elétrica produzida, proporcional à
concentração de álcool no ar expirado dos pulmões da pessoa
testada, é lida numa escala que é proporcional ao teor de álcool no
sangue. O esquema de funcionamento desse detector de etanol pode
ser visto na figura.
No estudo das pilhas,
empregam-se códigos e
nomenclaturas próprias da
Química, visando caracterizar os
materiais, as reações e os
processos envolvidos. Nesse
contexto, a pilha que compõe o
bafômetro apresenta o:

a) eletrodo A como cátodo.


b) etanol como agente oxidante.
c) eletrodo B como polo positivo.
d) gás oxigênio como agente redutor.
e) fluxo de elétrons do eletrodo B para o eletrodo A
4) ENEM 2014

Os bafômetros (etilômetros) indicam a quantidade de álcool, C2H6O


(etanol), presente no organismo de uma pessoa através do ar
expirado por ela. Esses dispositivos utilizam células a combustível que
funcionam de acordo com as reações químicas representadas:

Na reação global de funcionamento do bafômetro, os reagentes e os produtos desse


tipo de célula são
a) o álcool expirado como reagente; água, elétrons e H + como produtos.
b) o oxigênio do ar e H+ como reagentes; água e elétrons como produtos.
c) apenas o oxigênio do ar como reagente; apenas os elétrons como produto.
d) apenas o álcool expirado como reagente; água, C 2H4O e H+ como produtos.
e) o oxigênio do ar e o álcool expirado como reagentes; água e C 2H4O como produtos.
5) ENEM 2015 / QUESTÃO 81

A calda bordalesa é uma alternativa empregada no combate a


doenças que afetam folhas de plantas. Sua produção consiste na
mistura de uma solução aquosa de sulfato de cobre(II), CuSO4, com
óxido de cálcio, CaO, e sua aplicação só deve ser realizada se estiver
levemente básica.
A avaliação rudimentar da basicidade dessa solução é realizada pela
adição de três gotas sobre uma faca de ferro limpa. Após três
minutos, caso surjauma mancha avermelhada no local da aplicação,
afirma-se que a calda bordalesa ainda não está com a basicidade
necessária. O quadro apresenta os valores de potenciais padrão de
redução (Eo) para algumas semirreações de redução.
A equação química que representa a reação de formação da mancha
avermelhada é:
a) Ca2+(aq) + 2Cu+(aq) --> Ca(s) + 2Cu2+(aq).
b) Ca2+(aq) + 2Fe2+(aq) --> Ca(s) + 2Fe3+(aq).
c) Cu2+(aq) + 2 Fe2+(aq) --> Cu(s) + 2Fe3+(aq).
d) 3Ca2+(aq) + 2 Fe(s) --> 3 Ca(s) + 2Fe3+(aq).
e) 3 Cu2+(aq) + 2 Fe(s) --> 3 Cu(s) + 2 Fe3+(aq).
7) ENEM 2010

O crescimento da produção de energia elétrica ao longo do tempo


tem influenciado decisivamente o progresso da humanidade, mas
também tem criado uma séria preocupação: o prejuízo ao meio
ambiente.
Nos próximos anos, uma nova tecnologia de geração de energia
elétrica deverá ganhar espaço: as células a combustível
hidrogênio/oxigênio.
a) transforma energia química em energia elétrica, sem causar
danos ao meio ambiente, porque o principal subproduto formado é
a água.
b) converte a energia química contida nas moléculas dos
componentes em energia térmica, sem que ocorra a produção de
gases poluentes nocivos ao meio ambiente.
c) transforma energia química em enegia elétrica, porém emite
gases poluentes da mesma forma que a produção de energia a
partir dos combustíveis fósseis.
d) converte energia elétrica proveniente dos combustíveis fósseis
em energia química, retendo os gases poluentes produzidos no
processo sem alterar a qualidade do meio ambiente.
d) converte a energia potencial acumulada nas moléculas de água
contidas no sistema em energia química, sem que ocorra a produção
de gases poluentes nocivos ao meio ambiente.
a) Somente o lítio, pois ele possui
o menor potencial de redução.
b) Somente o cobre, pois ele
possui o maior potencial de
redução.
c) Somente o potássio, pois ele
possui potencial de redução mais
próximo do magnésio.
d) Somente o cobre e o zinco, pois
eles sofrem oxidação mais
facilmente que o alumínio.
e) Somente o lítio e o potássio,
pois seus potenciais de redução
são menores do que o do
alumínio.
8) ENEM 2012

Com base no texto e na tabela, que metais


poderiam entrar na composição do anel
das latas com a mesma função do
magnésio, ou seja, proteger o alumínio da
oxidação nos fornos e não deixar diminuir
o rendimento da sua reciclagem?

a) Somente o lítio, pois ele possui o menor


potencial de redução.
b) Somente o cobre, pois ele possui o
maior potencial de redução.
c) Somente o potássio, pois ele possui
potencial de redução mais próximo do
magnésio.
d) Somente o cobre e o zinco, pois eles
sofrem oxidação mais facilmente que o
alumínio.
e) Somente o lítio e o potássio, pois seus
Aplicações
PROTEÇÃO COM
ELETRODO OU
METAL DE SACRIFÍCIO

Você também pode gostar