Você está na página 1de 24

ETB

Piracicaba

Professor
André Luís
Crisp
Introdução a Radiologia
Introdução
Temos varias áreas de atuação dos Técnicos em
radiologia médica sendo as principais:

- Raio –x convencional e contrastado


- Tomografia computadorizada
- Ressonância magnética
- Mamografia
- Densitometria óssea
- Radioterapia
- Radiologia Odontologica
- Medicina nuclear
- Hemodinâmica
- Radiologia Veterinária
Raio–x convencional e contrastado

Raio-x Convencional
Através de estudos sobre os raios X, Rontgen verificou que os
mesmos têm a propriedade de atravessar materiais de baixa
densidade, como os músculos, por exemplo, e são absorvidos por
materiais com densidades mais elevadas como, por exemplo, os
ossos. Foi em razão dessa descoberta que esses raios passaram a ser
largamente utilizados para realização de radiografias

Raio-x contrastado
O exame contrastado de Raios-X é indicado quando há necessidade
de se investigar órgãos e estruturas que não sejam visualizados pela
técnica radiográfica simples. Esses órgãos e estruturas tornam-se
visíveis pela ingestão ou injeção de substâncias chamadas de

contrastes, que são opacos à radiação.


Tomografia computadorizada

A Tomografia Computadorizada é um exame diagnóstico que


produz imagens com grande clareza de qualquer parte do
interior do corpo humano. É totalmente indolor e não apresenta
nenhuma contra-indicação, qualquer paciente pode realizá-lo.
O paciente permanecerá deitado e imagens da região a ser
estudada são captadas através de um arco que emitirá as
imagens para um computador. A duração do exame é de apenas
15 minutos. O único desconforto será o de permanecer imóvel
para que as imagens possam ser reproduzidas com qualidade. O
técnico responsável poderá se comunicar com você durante toda
a realização do exame.
Ressonância magnética
A ressonância magnética é um exame para
diagnóstico por imagem que retrata imagens de
alta definição dos órgãos através da utilização de
campo magnético. A ressonância
magnética não utiliza radiação, porém uma vez
que o aparelho tem um potente campo magnético
é preciso tomar cuidado para o que não utilizar
durante o exame como: jóias, objetos metálicos,
maquiagem e outros
Mamografia

A mamografia é a melhor técnica para


diagnosticar câncer de mama em mulheres
acima de 35 anos. Trata-se de uma radiografia
cuja imagem obtida ajuda a detectar alterações
na mama.
Esse exame é extremamente útil, em especial,
nas mamas gordurosas e naquelas de mulheres
na pós-menopausa, pois permite visualizar
pequenos nódulos, muitas vezes não palpáveis,
usando uma carga de radiação muito baixa
Densitometria óssea

- A densitometria óssea é o exame ideal para o


diagnóstico da osteoporose e da osteopenia por
detectar a redução da massa óssea de maneira
precoce e precisa. Ele é o método mais utilizado
para avaliar a densidade mineral dos ossos e utiliza
um aparelho conhecido por utilizar a técnica de DXA
(Dual-Energy X-ray Absorptiometry). A
densitometria óssea avalia a coluna lombar, a
região proximal do fêmur e o terço distal do rádio.
Isso porque essas áreas são as que mais estão
sujeitas ao risco de fraturas.
Radioterapia
A radioterapia é um método capaz de
destruir células tumorais, empregando feixe
de radiações ionizantes. Uma dose pré-
calculada de radiação é aplicada, em um
determinado tempo, a um volume de tecido
que engloba o tumor, buscando erradicar
todas as células tumorais, com o menor
dano possível às células normais
circunvizinhas, à custa das quais se fará a
regeneração da área irradiada.
Radiologia Odontologica
A radiografia periapical é imprescindível na
elaboração do diagnóstico em Odontologia,
sendo impossível identificar certas doenças
bucais e elaborar planos de tratamento
apropriados sem o seu concurso, podendo
incorrer-se em danos irreversíveis aos
dentes, ao osso alveolar e aos demais tecidos
bucais, comprometendo o tratamento,
aumentando o risco de falha e tornando-o
mais dispendioso para o paciente.
Medicina nuclear
A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que utiliza
métodos seguros, praticamente indolores, não invasivos e de
relativo baixo custo para fornecer informações que outros
exames diagnósticos não conseguiriam, através do emprego
de fontes abertas de radionuclídeos. Habitualmente os
materiais radioativos são administrados in vivo, por via
venosa, oral, inalatória ou subcutânea, e apresentam
distribuição para órgãos ou tipos celulares específicos, não
havendo risco de reações alérgicas. Esta distribuição pode ser
ditada por características do próprio elemento radioativo.
Outras vezes, o mesmo é ligado a um outro grupo químico,
formando um radiofármaco, com afinidade por determinados
tecidos.
Hemodinamica
O estudo hemodinâmico é um método de
diagnóstico e terapêutico que utiliza técnicas
invasivas para obtenção de dados funcionais
e anatómicos das várias cardiopatias. É
através do cateterismo que se faz o estudo
da dinâmica circulatória cardíaca, que
consiste na inserção de catéteres radiópacos
sob controlo fluoroscópico e monitorização
electrocardiográfica, seguindo o trajecto das
artérias e veias periféricas até às cavidades
cardíacas e grandes vasos.
Radiologia Veterinária
A radiologia é um importante instrumento
diagnóstico não-invasivo que permite a
avaliação de tecidos ósseos, órgãos torácicos e
abdominais.Foi adaptado a medicina veterinária
há aproximadamente 35 anos e continua
evoluindo constantemente com o
desenvolvimento da tomografia
computadorizada e a radiologia digital.Todos
animais podem ser examinados
radiograficamente, desde peixes até grandes
mamíferos porém os animais de pequeno porte,
como os cães e o gatos, são submetidos com
maior freqüência ao procedimento.
Obrigado pela Atenção

Você também pode gostar