Você está na página 1de 11

Características de uma

Equipe Forte
Jesus não precisava de 12 homens pra edificar uma
obra, porque ele é Deus.
Mas decidiu trabalhar em equipe, para provar que o
trabalho em equipe é melhor.Mt 13:47-50
Precisamos decidir trabalhar juntos.

A bíblia diz que a equipe colocou a rede juntos.

Na hora de puxar a rede puxaram a rede juntos.

Os peixes eram da equipe e não de um só.


O que não deve existir em uma equipe?

Ego
John Maxwell diz: “O número 1 é muito
pequeno pra se alcançar a grandeza”.
O egoísta quer ser aplaudido, reconhecido,
ovacionado, notado, renomado.
Esse tipo de líder não consegue caminhar
em equipe, pois a glória não é só dele, mas é
da equipe toda.
Autopreservação

 Autopreservação na verdade é o chamado


individualismo.
 O líder se isenta de participar de coisas
que a equipe está envolvida.
 O individualista tem o pensamento de que
já faz demais na obra de Deus.
 Pedro disse pra Jesus: Tem dó de ti
mesmo Senhor! Mas Jesus disse arreda-te
Satanás!
Deslealdade

 Deslealdade é quando o discípulo fala mal


do discipulador ou vice–versa.
 O desleal é também aquele que quer
ganhar o discípulo do outro, ou o membro.
 É quando você abandona o seu
discipulador por pequenas coisas.
 Como filhos de Deus devemos ter aliança
uns com os outros.
Crítica

 Não existe crítica construtiva, a crítica por


si só já é destrutiva.
 Existe o conselho e opinião que enriquece
o trabalho da equipe.
 Mas sempre é feito diante da equipe e não
por trás.
 O crítico sempre enxerga as coisas ruins,
na verdade ele é um pessimista. Ex.:
Vendedor de sapatos.
O que deve existir em uma
equipe?
Envolvimento
 Quando a equipe se envolve em um trabalho
todos sem exceção devem estar envolvidos.
 Unidade, mobilização e força em um só foco tem
que acontecer.
 Não podemos ter célula cancerígena.

 Toda corrente é tão forte quanto o seu elo mais


fraco.
 Não pode haver elo fraco entre nós.
Palavra de ânimo

 É o contrário da crítica.
 Palavra de desanimo traz morte. Ex. Josué
e Calebe.
 Toda a geração que saiu do Egito teve que
morrer no deserto por causa do desanimo
deles.
 Somente a nova geração que tinha um
outro espírito poderia entrar na Terra.
Transparência

 Precisamos ser transparentes com nossos


sentimentos.
 Crises que estamos passando.

 Mostrar aquilo que verdadeiramente


somos.
 Se você não procura o seu discipulador na
hora da crise é porque é auto-suficiente.
Serviço

 Uma equipe com espírito de servo é aquela que sabe


servir os irmãos.
 Uma das maiores características de Jesus era o serviço.

 Jesus disse “ Se alguém deseja ser grande, então sirva”.

 Todos tem o desejo de liderar no íntimo, mas só pode


ser um líder verdadeiro se aprendeu a servir os outros
 O verdadeiro espírito de liderança é servir os outros

 Todo verdadeiro líder é um servo glorificado

 Na verdade antes de servir à alguém servimos a Deus.


O BATE-BOCA DAS FERRAMENTAS

 Conta-se que em uma carpintaria certa vez houve uma estranha


assembléia. Foi um verdadeiro bate-boca pra acertar diferenças.
Um martelo exerceu a presidência, mas os participantes lhe
notificaram que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado
barulho; e além do mais, passava todo o tempo golpeando.
O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso
o parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir
algo.
Diante do ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a
expulsão da lixa. Dizia que ela era muito áspera no tratamento com
os demais, entrando sempre em atritos.
A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro que
sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora o
único perfeito.
 Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e as ferramentas
e iniciou o seu trabalho.
Utilizou justamente o martelo, a lixa, o metro e o parafuso.
Finalmente, a rústica madeira se converteu num fino móvel. Quando a
carpintaria ficou novamente só, a assembléia reativou a discussão. Foi
então que o serrote tomou a palavra e disse:

 "Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro não


trabalha com os nossos defeitos, mas, sim, com as nossas qualidades,
com nossos pontos fortes. Assim, proponho abandonarmos esta
discussão e nos concentrarmos em tarefas construtivas".

 A proposta foi aceita por unanimidade e todos se sentiram, então, uma


verdadeira equipe, capaz de produzir objetos de qualidade, se unidas
num mesmo próposito e nas mãos e na mente do hábil carpinteiro.

O corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo,


embora muitos, formam um só corpo... e Deus colocou os membros no
corpo, cada um deles como quis.
I Coríntios 12.12, 18