Você está na página 1de 20

Pronom

e
 Professor: Francisco das Chagas Pereira
Galeno 
Pronome
 É a palavra variável em gênero, número e
pessoa que acompanha ou substitui o
substantivo, indicando sua posição em
relação às pessoas do discurso ou
situando-o no espaço e no tempo.
Os pronomes podem
ser:
substantivos: são aqueles que tomam o lugar do
substantivo.
 Eu participei do campeonato.
Ela era a mais animada da festa.
Todos chegaram.

adjetivos: são aqueles que acompanham o adjetivo.


  Minha bicicleta quebrou.
Esta aula está interessante.
 
O pronome pode ser de seis
espécies:
• Pronome pessoal
• Pronome possessivo
• Pronome demonstrativo
• Pronome relativo
• Pronome indefinido
• Pronome interrogativo
Pronomes pessoais
PESSOAS DO DISCURSO

Substituem os substantivos, indicando as pessoas


do discurso:
• 1ª pessoa : (emissor ) - aquela que “fala”;
• 2ª pessoa: (receptor) - aquela com quem se
fala;
• 3ª pessoa: (mensagem) –aquilo de que se
fala ou de quem se fala.
Os pronomes pessoais
são:
PESSOAS DO RETOS OBLÍQUOS
DISCURSO
1ª pessoa Eu Me, mim, comigo.
singular
2ª pessoa do Tu Te, ti, contigo.
singular
3ª pessoa do Ele/ela O, a, lhe, se, si,
singular consigo.
1ª pessoa do Nós Nos, conosco.
Funções dos
pronomes pessoais
retos e oblíquos
Observações:
1- Depois da palavra até, indicando direção, usa-
se mim ou ti; indicando inclusão , eu ou tu.
Ex.: Os condôminos dirigiram-se até mim e
solicitaram que até eu pressionasse o síndico.

2- Ordem direta x ordem inversa


Ex.: Não é fácil para mim aguentar seu estresse.
(Aguentar seu estresse não é fácil para mim.)
3. Plural de modéstia – O pronome “nós” é
empregado no lugar do “eu” quando se
pretende evitar o tom arrogante ou
impositivo da linguagem.
Ex.: Nós, presidente desta fundação de
assistência social, realizamos todo o
trabalho na comunidade.
Os pronomes pessoais oblíquos átonos
ou tônicos.
• Pronomes oblíquos átonos: me, te, o, a, lhe, se, nos,
vos, os, as, lhes.
Os pronomes pessoais oblíquos átonos são usados com
formas verbais (sem preposição)
  A mãe esperava-o ansiosa

• Pronomes oblíquos tônicos: mim, ti, ele, ela, si, nós, vós,
eles, elas.
Os pronomes pessoais oblíquos tônicos são usados com
preposição:
A mãe ansiosa esperava por mim.
Atenção!!!
A- Os pronomes “si” e “consigo” referem-se ao
próprio sujeito (reflexivos)
Ex.: Rodrigo falou de si aos professores.
Ela levava consigo todos os seus pertences.
Consigo dá ideia “de carregar” , por isso é
incorreto dizer: “Espere-me que eu irei
consigo.”
B- Conosco/ convosco x com nós /com vós
Ex.:O patrão falará conosco /convosco.
O patrão falará com nós / com vós
mesmo(...todos, próprios, duas, cinco...)
Nunca diga:
Elas falaram com nós.
Eles falaram conosco mesmo.
Atenção!!!
» As formas “eu” e “tu” não podem vir precedidas
de preposição, funcionando como complementos .
Usam-se as formas oblíquas correspondentes
“mim” e “ti”
 
Entre mim e ti há uma distância enorme.(correto)
Tudo acabou entre eu e tu . (incorreto)
“Fica na tua que isso é entre eu e ele” (incorreto)
 
Pronomes pessoais de
tratamento
Os pronomes de tratamento são aqueles que indicam um
trato cortês ou informal, referem-se a 2ª pessoa, mas
concordância deve ser sempre na terceira pessoa.
 

Ex.:
Vossa Senhoria conheceis os vossos problemas.(incorreto)

Vossa Senhoria conhece os seus problemas. (correto)


Atenção!!!
• É importante destacar ainda que os pronomes de
tratamento devem iniciar com “Vossa”, quando
nos dirigimos diretamente à pessoa representada
pelo pronome, e por “sua” quando fazemos
referência a essa pessoa.

• Vossa Alteza precisa descansar. (fala-se


diretamente com a pessoa)
• Sua Alteza retornará em breve. (fala-se a
respeito da pessoa)
Pronome possessivo
São aqueles que indicam a posse de algo, estabelecendo
uma relação entre o possuidor e a coisa possuída. Concorda
em pessoa com o possuidor e em gênero e número com a
coisa possuída.
 

Ex.: Meu carro quebrou


PESSOAS DO PRONOMES POSSESSIVOS
DISCURSO
1ª pessoa do singular Meu, minha, meus, minhas.
2ª pessoa do singular Teu, tua, teus, tuas.
3ª pessoa do singular Seu, sua, seus, suas.
1ª pessoa do plural Nosso, nossa, nossos, nossas.
2ª pessoa do plural Vosso, vossa, vossos, vossas.
3ª pessoa do plural Seu, sua, seus, suas.
Uniformidade de tratamento
Incorreto:
Você pegou os teus livros?
Entrega (tu) a sua bolsa!

Correto:
Você pegou os seus livros?
Entrega a tua bolsa!
ATENÇÃO!!!
Antes de nomes que indicam partes do
corpo, peças de vestuário e faculdades
de espírito, não usamos o pronome
possessivo.
 
 Quebrei o braço. ( e não : “Quebrei o meu
braço.”)
  Pedro sujou a calça. ( e não: “Pedro sujou
a calça dele”.)
  Perdi os sentidos. ( e não : “Perdi os meus
sentidos.”)
CUIDADO COM A AMBIGUIDADE!!!

A utilização do possessivo de terceira pessoa (seu, sua,


seus, suas) caracteriza uma dúvida quanto ao possuidor:

•João foi à casa de José e encontrou sua


noiva.
•Ele disse que seu automóvel é confortável.