Você está na página 1de 11

Gil Vicente,

Farsa de Inês Pereira

Síntese da unidade
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Prosperidade e Expansão
• Expansão ultramarina
• Prosperidade económica
• Estatuto mediador de Portugal
entre a Europa e o novo Mundo
• Procura de lucro no Oriente pelas
classes sociais mais elevadas
Contextualização
histórica
(primeira metade
do século XVI)
≠ Grandes transformações sociais
/ Dualidades no novo Portugal
Quinhentista
• Devoção religiosa vs. hipocrisia social
• Moralismo em público vs. devassidão
em privado
• Valorização do dinheiro vs. diminuição
da fé
CRISE DE VALORES
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Gil Vicente

Francisco de Assis Rodrigues,


estátua de Gil Vicente,
Teatro Nacional D. Maria II,
1842
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Obras de Gil Vicente

1502 1536 1562


Auto da Barca do Inferno
Primeira Auto da Índia Última
peça Auto da Alma peça
Farsa de Inês Pereira
Auto da Feira
Monólogo …
do Vaqueiro Floresta de
Enganos

Copilaçam de Todalas
Obras de Gil Vicente
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Variedade
temática

Dimensão
satírica Personagens
Género literário
Farsa

Tempo Estrutura
e espaço (interna
e externa)
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Variedade temática
• Luta entre forças opostas
Ex.: modo de vida popular vs. modo de vida cortês

• Relacionamento humano, familiar e amoroso


Ex.: relacionamento mãe/filha, Inês/pretendentes, marido/mulher…

• Oposição dos valores tradicionais e convencionais


a valores individuais e pessoais
Ex.: diferentes conceções de vida e de casamento

• Recurso frequente ao equacionamento


de um triângulo amoroso
Ex.: Inês Pereira - Brás da Mata - Pêro Marques
Inês Pereira - Pêro Marques - Ermitão
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Personagens

• Reduzido número de personagens


Ex.: Inês Pereira, Mãe, Lianor Vaz,
Pêro Marques, Brás da Mata, Moço, Ermitão

• Abundância de tipos sociais característicos da época


Ex.: Inês Pereira – jovem em idade de casar
Lianor Vaz – alcoviteira
Brás da Mata – escudeiro pelintra
Pêro Marques – lavrador rústico
Voltar
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Estrutura

Estrutura • Ausência de divisão em atos


externa • Ausência de marcação de cenas

Estrutura • Delineamento de uma intriga com um nó, desenvolvimento


interna e desenlace
Ex.: Intriga/enredo da Farsa de Inês Pereira
- Inês Pereira solteira
- Inês Pereira casada com o Escudeiro
- Inês Pereira casada com Pêro Marques
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Estrutura interna (intriga/enredo)

Inês Pereira Inês Pereira


Inês Pereira
casada com casada com
solteira
o Escudeiro Pêro Marques

••Centralidade
Insatisfação de do Inês com adesua
encontro vida
Inês de solteira
Pereira com Brás da
• Casamento com Pêro Marques
•Mata:
Projeto de libertação
ilusão de Inês:“avisado”)
de Inês (homem
(aprendizagem pela experiência
o
→casamento como forma
anseio de promoção de emancipação
social (modo de vida cortês)

••Reforço
Recusa do de antagonismo
casamento com o rústico
entre Inês e Pêro
a Mãe Marques
perceção dos perigos do
→ recusa
(conflito do modo de vida popular
intergeracional)

••Casamento
Antagonismo de entre
Inês eInês e a Mãe
de Brás (conflito
da Mata; intergeracional):
transformação da
anseio de promoção social
oposição
ilusão de interesses
do primeiro e conceções
encontro de vida
em desencanto

→ marido
(carácter ideal: e tirano de Brás da Mata)
autoritário
alteração de atitude: aceitação do modo de vida popular)
• Viuvezhomem
de Inês“avisado”, commorre
(o Escudeiro hábitosemdeÁfrica),
corte (Inês)
que volta a
• Relação vs. homem que
extraconjugal
estar livre comgaranta
o Ermitãoestabilidade económica (Mãe)
(emancipação/liberdade)
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Representação do quotidiano

• Farsa de Inês Pereira:


– Modo de vida popular (Pêro Marques)
vs. Modo de vida cortês (Escudeiro)
– Cerimónia do casamento
– Conceções de vida e de casamento
(Mãe e Lianor Vaz vs. Inês Pereira)
– Episódio relatado por Lianor Vaz (devassidão do clero)

• Luta entre forças opostas


• Relacionamento humano, familiar e amoroso
• Oposição dos valores tradicionais e convencionais
a valores individuais e pessoais
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira – Síntese da unidade

Dimensão satírica

• Presença da sátira, fonte de cómico


Ex.: Farsa de Inês Pereira:
Mundo às avessas / subversão da ordem social estabelecida
– crise de valores (hipocrisia, tirania, adultério, devassidão do
clero, culto da aparência)
– conflitos sociais em potência (casamento entre pessoas de
classes sociais distintas)

• Mecanismos
– Personagens-tipo
(tipos sociais característicos da época)
– Recurso ao cómico
(de situação, de carácter e de linguagem)

Você também pode gostar