Você está na página 1de 83

SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

ISRA PARSYTEC

Thiago Lima

© 2017 Novelis
AGENDA

- Introdução ao sistema de inspeção de superfície


- Básicos de operação – ODIS e Control Panel
- Manutenção e troca de componentes
- Diagnóstico de sistema e troubleshooting
- Básicos de setup
- Introdução à classificação e detecção de defeitos
- Otimização de classificador
- Gerenciamento de defeitos CBE

© 2017 Novelis 2
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Sistema de inspeção precisa:


- Cobrir a bobina inteira em sua largura
- Detectar em qualquer velocidade
- Ser confiável

O sistema capta a superfície completa da


bobina, em largura e comprimento, por
uma linha de câmeras na parte superior e
inferior.

Uma nova rodada de imagens é capturada


pelas câmeras assim que a bobina se move
pela linha

© 2017 Novelis 3
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Para cada imagem capturada pelo sistema, o servidor a comparada com a escala de cinza e
decide se há algo suspeito ou não na imagem.

O servidor possui cerca de 5 ms a 10 ms para decidir, e somente imagens consideradas


suspeitas são encaminhadas para uma avaliação mais detalhada (just-in-time).

© 2017 Novelis 4
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Uma característica importante é que a qualidade da foto não é influenciada pela velocidade
de processamento da linha.
Os flashes de iluminação garantem que o tempo de exposição à luz é suficiente.

© 2017 Novelis 5
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Todos os resultados (defeitos, imagens, imagens de defeitos) e suas correlações com os


números de lotes são armazenados no banco de dados do servidor.

Podem ser vistos a qualquer momento.

Há um software de monitoramento do banco de dados, fazendo sua limpeza periódica e


armazenando dados no Data Storage ou em algum dispositivo auxiliar.

© 2017 Novelis 6
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Ao final de cada bobina, um relatório


automático pode ser gerado.

A ferramenta “Shift Report” pode gerar


um relatório histórico de um período
específico, manualmente ou
automaticamente.

- Pode-se configurar um relatório diário,


por exemplo, das bobinas do dia anterior.

- Pode-se também configurar uma


impressão automática de imagens de
defeitos assim que ocorrerem

© 2017 Novelis 7
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Princípio de funcionamento:

© 2017 Novelis 8
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Princípio de funcionamento:

• Detecção de 100% da superfície da bobina

• Imagens são geradas pelas câmeras na linha de


produção (Image Recording)

• Os computadores das câmeras (camera-pc)


fazem o primeiro filtro de análise (Image
Analysis)

• Servidor analisa e classifica as imagens geradas

• Servidor arquiva as imagens em seu servidor e


transfere para o Data Storage (Defect
Archiving)

• Terminal de inspeção exibe todas as imagens


de defeitos (Defect Display)

© 2017 Novelis 9
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Sistema consiste em:

1. Sensores
• Hardwares como câmeras, placas de iluminação e computadores
• Inclui partes mecânicas e elétricas

2. HTS Inspection Software


• Software de reconhecimento e terminais de operação e classificação

© 2017 Novelis 10
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Sistema consiste em:

Sincronia

Rede

Camera
PCs

Alimentação
Elétrica

Interface de
I/Os

Interface de
dados - Imagens

© 2017 Novelis 11
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Sistema consiste em:

Servidor Principal
Terminal de Inspeção (On Line)
Terminal de Classificação (Tunning CBE)
Terminal de Visualização (ODIS RACCS)

© 2017 Novelis 12
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

O processamento de imagens precisa ser muito rápido e preciso.

Humanos conseguem analisar um defeito observando-o em diferentes ângulos, e em cada ângulo


há uma característica diferente.

O sistema de inspeção de superfície tem apenas um ângulo.

Para isso, é importante que o ângulo entre câmera e placas de


iluminação esteja perfeito

© 2017 Novelis 13
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Bright Field x Dark Field

São tecnologias para detecção de defeitos. Nas aplicações em metal, Bright Field é suficiente para
detecção da maioria dos defeitos superficiais.

Pode-se empregar Dark Field para detecção de defeitos especiais

Bright Field

© 2017 Novelis 14
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Dark Field

© 2017 Novelis 15
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Transition Field

© 2017 Novelis 16
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

A superfície completa da bobina é coberta pelas câmeras

As câmeras são montadas em plataformas, para que


em caso de troca, não seja alterado posição, ângulo
ou distância.

Todas elas são conectadas em um switch de rede


que está diretamente conectado ao painel principal

© 2017 Novelis 17
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

A resolução de um sistema de inspeção é dado pela área da superfície da bobina capturada por um
elemento de imagem (pixel).

Uma resolução de 250 µm significa que cada elemento (pixel) capturado pela câmera representa
250 µm x 250 µm da superfície

A escala de cinza (Grey Value) representa o brilho médio dessa pequena porção da superfície.

• RM4 – Resolução é de 250 µm x 500 µm


© 2017 Novelis 18
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Iluminação:

Padrão de luz por LEDs difusa

Luz direta:
© 2017 Novelis 19
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Iluminação:

Todo sistema Parsytec apresenta


um controle automático de
iluminação, que continuamente
avalia as imagens geradas (escala
de cinza) e o controlador busca a
quantidade ótima de luz

© 2017 Novelis 20
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

As câmeras seguem o padrão europeu de tempo de exposição, 50 Hz

50 Hz significa que uma imagem é gerada a cada 20ms.

Em uma linha de 1500 m/min, a cada 20 ms, um comprimento de 0,5 m é


processado. Se a câmera tivesse exposição de 20 ms, as imagens geradas seriam
desfocadas.

Para resolver isso, o sistema de iluminação emite os flashs, que possuem duração
de 5 µs.

É necessária uma excelente sincronia entre câmera e iluminação:

© 2017 Novelis 21
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

No painel principal existe a caixa de sincronia,


recebendo os sinais de velocidade e enviando para
os sensores no campo.

Cada câmera e placa de LED está ligada à esta caixa,


garantindo o sincronismo e também que cada
câmera tire uma imagem nos pontos exatamente
iguais no tempo.

© 2017 Novelis 22
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Painel Principal:

Synchronization Unit
Sincronia

Rede
Unidade de Sincronia gera os pulsos de triggers
para as câmeras e iluminação, tem como entrada o
encoder de velocidade
Camera
PCs

Alimentação
Elétrica Switch de Rede

Interface
de I/Os
Switch de Rede – Conexão de todos os sensores e
Interface de computadores
dados -
Imagens

© 2017 Novelis 23
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Painel Principal:

Camera PC
Sincronia

Rede

Camera
PCs

Alimentação
Elétrica

No Canal 1, o computador recebe as imagens geradas


Interface pelas câmeras.
de I/Os No Canal 2, o computador se comunica com o servidor
principal
Interface de
dados -
Imagens Não possuem discos, nem programas, todo seu software
é carregado quando o servidor principal é ligado,
tornando-o muito durável.
© 2017 Novelis 24
INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE INSPEÇÃO DE SUPERFÍCIE

Painel Principal:

Sincronia

Rede

Camera
PCs

Alimentação
Elétrica

Interface
de I/Os
Fonte de 24 VDC, provê alimentação para todas
Interface de as entradas e saídas, Camera Computers, com
dados -
Imagens disjuntores protetores e filtros

© 2017 Novelis 25
ODIS

OPERATION DISPLAY

CONTROL PANEL

© 2017 Novelis
ODIS – OPERATOR DISPLAY

ODIS é o software responsável pela visualização e Barra de Ferramentas


configuração do sistema de inspeção de superfície, pode
estar presente na linha, na cabine de operação, em Barra de Status
escritórios, em laboratórios....
Filtros de defeitos e câmeras

Lista de bobinas no banco de dados

Superfície de toda a bobina


processada
Áreas com defeitos apresentam cores

Mapa de uma área da bobina, em


detalhe. Todos os defeitos são
marcados separadamente

A visualização do mapa pode ser


editada pelas diferentes opções.

Informações detalhadas do defeito,


como tipo, tamanho, posição...

© 2017 Novelis Imagem real do defeito captado 27


ODIS – OPERATOR DISPLAY

Sistema Online – Visualização da bobina em atual processamento.

O mapa de defeitos é dinamicamente atualizado a medida em que a bobina é processada,


Os defeitos vão percorrendo a tela, até serem ultrapassados pelo comprimento processado.
Utilizado na linha, na sala de operação e no próprio servidor.

Sistema Offline – Visualização das bobinas já inspecionadas, armazenadas no banco de dados

Todos os defeitos da bobina já são conhecidos, logo, o mapa de defeitos é estático


Utilizado no escritórios, laboratórios ou em lugares remotos.

Archiving – Cópia dos dados em um banco de dados unitário

Defect Classification – Terminal de classificação CBE

Live Image – Visualiza em tempo real a imagem da câmera (paralisa a inspeção)

**ODIS RACCS – Sistema off-line gratuito para visualização dos mapas.

© 2017 Novelis 28
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Sistemas são praticamente os mesmos, por que há três ícones diferentes?

Devido à seleção de bancos de dados, é uma maneira mais rápida de abrir aquilo que é necessário

Banco de dados não Banco de dados do Só o banco local é


pode ser alterado próprio sistema é selecionado
selecionado e aberto

© 2017 Novelis 29
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos
É o coração do ODIS

Onde podem ser visualizados os defeitos, com códigos


de cores e criticidade para se ter facilidade de
reconhecimento

Comprimento atual já processado é


atualizado constantemente. A marca de
escala mostra o fator de multiplicação da
distância

Os defeitos podem ser classificados neste


mapa por cores por severidade:
Azul – sem defeito
Verde – Defeito não crítico
Laranja – Defeito Médio
Vermelho – Defeito Crítico

© 2017 Novelis 30
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos

© 2017 Novelis 31
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos

Resolução Mostrará a resolução do mapa de defeitos.

Quanto maior, menos detalhes será visto no mapa.

No sistema Online, é automaticamente ajustado para


a velocidade da linha.

O uso do Scroll do mouse facilita a navegação no


mapa, e no sistema Online, após 2 a 3 segundos,
automaticamente o sistema focará no último defeito
detectado, para que a operação tenha sempre o
último defeito na tela, evitando que algum passe
despercebido.
Isso pode ser desligado no botão:

© 2017 Novelis 32
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos

Nos quadrantes marcados no mapa, estão os defeitos detectados pelo sistema, com seu nome e
localização aproximada na bobina.

Um conselho para facilitação da operação em examinar defeitos críticos é manter um padrão de cores na
classificação:

Quando a resolução e visualização do mapa é aumentada,


mais defeitos aparecerão na tela, e poderão se soprepor.
PSEUDO O sistema automaticamente agrupa os defeitos e inverte
a coloração do quadrante ilustrativo, segundo o defeito
NÃO CRÍTICO mais crítico.

MÉDIO CRÍTICO CRÍTICO


Um único defeito Vários defeitos
CRÍTICO

© 2017 Novelis 33
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos

Ao alterar a visualização de Label (nomes dos defeitos) para Real, pode se ter uma estimativa do
tamanho do defeito na superfície da bobina

Tamanho do defeito.
Coloração segue a
severidade

Alterando para visualização para


Table, tem-se uma tabela com os
Alterando para visualização em
detalhes dos defeitos:
Stats, mostra-se uma distribuição
dos defeitos ao longo da largura
da bobina. Pode se ter uma idea
em qual ponto da largura tem-se
os defeitos.

© 2017 Novelis 34
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Mapa de Defeitos

Filtros servem para retirar da visualização, defeitos que não são importantes para o momento atual.

Pode-se criar filtros para os diferentes


sistemas Online e Offline, assim, quando se
abre o software, somente os defeitos
desejados serão mostrados.

© 2017 Novelis 35
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Imagem Defeito

Original – Imagem exata capturada pela


câmera

Rol – Region of interest – Marca em


vermelho o defeito classificado pelo
sistema.

Equal e Stretch – Aplica filtros na imagem


para maior contrates.

3D – Interpretação especial do escala de


cinza, não necessariamente um
visualização em 3D.

Em visualização Large,
pode-se dar zoom no
defeito, bem como a escala
de cinza e fazer medições
do próprio defeito
(pressionando a tecla Ctrl).

© 2017 Novelis 36
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Detecção

Defeitos podem ser detectados por mais de uma câmera, devido ao Overlaping.
Furos, por exemplo, podem ser detectados em duas ou quatro câmeras diferentes. As vezes, somente o
Pós Processamento pode unir as imagens.

Defeitos detectados parcialmente pelas câmeras são unidos pelo servidor principal
A função CoilView provê outra visualização dos defeitos cortados, ou defeitos em áreas, além de unir
imagens superior e inferios, ou dark field e bright field.

© 2017 Novelis 37
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Barra de Status

Mostra a situação atual do sistema, em um esquema de cores:

Se amarelo – Sinal de Atenção


Se vermelho – Sinal de Alarme
Se verde escuro – Câmera Inativa
Se verde clado – Câmera Ativa

Barra de Ferramentas

Inicia o processo de inspeção


Para o processo
Alterar modo de sistema
Pausa o processo

© 2017 Novelis 38
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Control Panel

O painel de controle é onde são feitas todas as configurações do sistema - Cockpit

Overview do sistema
Configurações de iluminação
Aquisição de imagens
Configurações de computadores e servidor
Módulos instalados
Configurações de sistema
Ferramentas de Calibração
Configuração de Escala de Cinza
Gerenciamento de dados (AMM)
Edição das telas
Configuração de reportes
Documentação

© 2017 Novelis 39
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Servidor de Inspeção

Ao ligar o servidor, o sistema executa uma séria de sequencias para inicialização.


Inicia o ParsySuface Initialization Sequence

Faz a varredura de todos as câmeras, placas


de iluminação, sincronia e computadores,
identificando os status.
Inicializa todos os Cameras Computers
Inicializa o Parsytec Inspection Server

Start ODIS – Abre o software de visualização


Control Panel – Abre o Painel de Controle
Next Coil – Fecha a bobina anterior e começa a
inspecionar uma nova
View Logfile – Abre os arquivos de LOG
Reload Params – Reinicializa os parâmetros de
configuração
Send Command – Utilizado para envio de
comandos, como troca de endereço IP

© 2017 Novelis 40
ODIS – OPERATOR DISPLAY

Desligar o Sistema

1. Parar o sistema em modo ODIS Onlie


2. Fechar o software Inspection Server – que irá desligar os Cameras Computers

3. Após o software AppStarter ser habilitado, clicar em


“Exit”

4. Computador pode ser desligado

5. O painel pode ser desligado.

Caso o painel seja desligado repentinamente, o


software mostrará uma falha geral. O sistema irá
procurar os computadores das câmeras
incessantemente, até seu desligamento ou até o
painel principal seja reestabelecido.

© 2017 Novelis 41
MANUTENÇÃO

TROCA DE COMPONENTES

© 2017 Novelis
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Quando for executar qualquer manutenção do sistema, seja no painel ou no próprio C-Frame, é
importante que o painel principal esteja desligado.

Serviços semanais de manutenção:


1. Checar danos externos ao hardware.
2. Limpeza externa dos vidros das câmaras de iluminação e de câmeras

Serviços mensais de manutenção


1. Checar unidades de resfriamento (ar condicionado)
2. Limpeza interna dos vidros da câmaras das câmeras

Serviços trimestrais de manutenção


1. Checar unidade de UPS
2. Checar estado de disjuntores
3. Checar espaço de armazenamento dos discos dos servidores
4. Trocar os filtros de ar do painel principal

Serviços anuais de manutenção


1. Checar aperto dos parafusos de todo o sistema
2. Checar maus contatos
3. Checar ventiladores
4. Limpeza interna das câmaras de iluminação e das câmeras
5. Limpeza das lentes das câmeras
6. Fazer backup

© 2017 Novelis 43
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

O servidor monitora todos os componentes relevantes ao sistema

Em caso de falha, o sistema ODIS irá mostrar alarmes na


tela – indicados pelo LED vermelho.
Clicando no LED, haverá um detalhamento do problema

© 2017 Novelis 44
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico Câmeras

Nos casos das câmeras:

Verde claro – Ativo


Verde escuro – Inativo
Vermelho – Erro fatal
Amarelo – Status desconhecido
Cinza – Câmera Computer não está disponível

© 2017 Novelis 45
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico Iluminação

Brightness – Mostra a porcentagem atual


de potência de iluminação disponibilizada
para o sistema

Avg. Grey Value – Mostra o valor atual da


escala de cinza – Valor padrão é 130

Clicando no ícone “Diag”, a tela do servidor


de diagnósticos é mostrado, com
informações pertinentes sobre os alarmes
atuais do sistema

© 2017 Novelis 46
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Troca de Componentes – Camera Computer

Para fazer a troca de um computador de câmeras, é preciso


mapear o endereço IP DHCP no servidor principal.

Por padrão, os computadores de câmeras possuem endereço


172.17.1.XXX.

1. Com o sistema desligado, no servidor principal, acessar


“Start – Programs – Administrative Tools – DHCP”
2. Abrir a árvore “Reservations”
3. Deletar o endereço IP do computador a ser trocado

4. Ligar o novo computador de câmera e esperar.

© 2017 Novelis 47
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Troca de Componentes – Camera Computer

5. Na árvore “Address Leases”, o novo computador deverá aparecer

6. Na coluna “Unique ID” conterá o endereço MAC do novo computador.


7. Na coluna “Client IP Address” conterá o endereço IP corrente, que deverá estar errado.
8. Clicar com o botão direito na árvore “Reservations”

9. Entrar com o nome de reserva. Ex. câmera-pc1


10.Entrar com o endereço IP correto – Computador 1 = 172.17.1.1
Computador 2 = 172.17.1.2
11. Inserir o endereço MAC, que pode ser visto na árvore
“Address Leases”
12. Clicar em “Add” e reiniciar todo o sistema

© 2017 Novelis 48
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Troca de Componentes – Câmera

As câmeras do Parsytec são montadas em estruturas fixas.

1. Marcar a posição da estrutura da câmera exata.


2. Retirar a estrutura de dentro da câmara retirando os dois parafusos
3. Retirar os cabos e a câmera da estrutura, retirando também o conjunto
de lentes, fixando na nova. Todas as câmeras já vem calibradas

4. Toda câmera do sistema possui endereço IP 172.20.1.XXX (sendo XXX = 1 para a câmera 1 e assim por diante),
com máscara 255.255.0.0.
5. Toda câmera nova, vinda de spare, possuirá endereço 172.20.250.250, com máscara 255.255.0.0
6. No servidor iniciar a aplicação VNC Viewer, para acessar o Camera Computer correspondente à nova câmera
1. Camera Computer 1 – endereço 172.17.1.1
2. A senha para acesso é “vnc”

© 2017 Novelis 49
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Troca de Componentes – Câmera

7. No desktop da conexão remota, executar o programa BVConfigIP.exe


8. Todas as câmeras disponíveis para este Camera Computer estará listada, inclusive a nova (com endereço IP fora do
padrão).
9. Digitar o ID da câmera a ser alterado o endereço IP.
10. Digitar o número final do endereço IP desejado.
Para a câmera 1, digitar 1
Para a câmera 3, digitar 3

11. Caso queira verificar o status da


câmera, pode-se abrir o programa
Basler Pylon Viewer, que mostrará
a imagem ao vivo.

© 2017 Novelis 50
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Troca de Componentes – Iluminação

1. Desligar o painel principal pelo disjuntor principal


2. Remover os plugs de alimentação e trigger

3. Retirar a estrutura que prende as placas no carcaça da


câmara

4. Trocar a placa de LED pela nova correspondente.

5. Reconectar os plugs

© 2017 Novelis 51
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

Tudo começa com LEDs piscando em vermelho

Para problemas em câmeras:

Podemos inferir se há um problema de câmera ou do câmera computer.

© 2017 Novelis 52
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

Uma única câmera, de número 5, está em falha

Duas câmeras, de números 5 e 6, estão em falha

Três câmeras, de números 5, 6 e 9 estão em falha

Um Camera Computer (número 3) está em falha

Um switch está em falha, das câmeras de 1 a 10

Um switch está em falha, das câmeras 11 a 13

Um câmara inteira está em falha

© 2017 Novelis 53
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

Abrir no ODIS o Live Mode, e verificar se a câmera possui imagem ao vivo.


Caso não possua (imagem com X), a conexão com a câmera está rompida, ou a própria câmera está ruim

Caso esteja com imagem preta, iluminação não está operando, ou a caixa de sincronia não responde.
Iluminar com uma lanterna e verificar se a imagem melhora, comprovará o problema de iluminação.

© 2017 Novelis 54
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

Se, aumentando o brilho, manualmente, obtem-se uma imagem melhor, o sistema de iluminação tem
problemas

© 2017 Novelis 55
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico de câmera

Inverter o cabo de rede com a câmera adjacente que está funcionando auxilia no diagnóstico

Somente o cabo de rede está ruim, nesta


situação

© 2017 Novelis 56
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico de câmera

Do mesmo jeito, pode-se checar o cabo de sincronia:

Ou o cabo de alimentação:

© 2017 Novelis 57
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Diagnóstico

No ParsySurface Inspection Server software,


pode-se verificar a saúde do sistema.

Se os valores nas câmeras não estão exatos, há


problemas.

di,ci e li indicam imagens perdidas pelas


câmeras.

Abrir o Logfile auxilia também no diagnóstico,


uma vez que cada funcionalidade do sistema
possui um rastreamento, no servidor principal,
disco D:\ois\log teremos:

- ps_server.log -> Registro de logs principal


- Custom.log -> para sinais externos (I/Os ou
encoder de velocidade)
- Illumination.log -> para o sistema de
iluminação
- PdiAdapter.log -> para troca de dados de
nomes de bobinas

© 2017 Novelis 58
MANUTENÇÃO E TROCA DE COMPONENTES

Outras ferramentas de diagnóstico:

1. Checar a iluminação com o modo Live Image


1. Imagens muito escuras?
2. Inverter placas de iluminação faz-se alterar a posição dos defeitos?

2. O hardware de iluminação está bom?


1. Os LEDs das placas estão corretos?
2. Os cabos na caixa de sincronismo estão bem apertados?

© 2017 Novelis 59
SETUP
TUNNING
DETECÇÃO

© 2017 Novelis
SETUP TUNNING DETECÇÃO

Preparação
Definir Sistema Definir Material

Detecção
Detecção de Borda Detecção de Objeto

Classificação
Configuração Classificação Automática Classificação Visual

Pós Processamento
Regras Macro

© 2017 Novelis
SETUP TUNNING DETECÇÃO

Detecção

Real Time Just in Time

Sem Defeito
Aquisição de
Detecção Defeito Real
Imagem

Possível
Defeito Classificação

Pseudo
Detecção de Borda
Cameras além serão desativadas
Referência de posição dos defeitos
Detecção de Objetos
Detecção dos defeitos
© 2017 Novelis 62
SETUP TUNNING DETECÇÃO

Ajuste de detecção

Para o sistema, é necessário ajustar a detecção de defeitos, seguindo o fluxo:

Coletar
Imagens

Melhorar Melhorar
detecção de detecção de
objeto borda

1. Detecção de Borda
Via Control Panel, na árvoce “Detection” e então no botão “Border Detection”

© 2017 Novelis 63
SETUP TUNNING DETECÇÃO

1. Detecção de Borda

Ajustar “Gap Width” e “Grey Value”


Clicar em “Feedback” para testes

“Grey Value” muito alto


sem detecção

“Grey Value” correto

© 2017 Novelis 64
SETUP TUNNING DETECÇÃO

2. Detecção de Objeto
Via Control Panel, na árvoce “Detection” e então no botão “Detection Setting”

2. Detecção de Objeto

Ajustar “Sensitivity” e “Adaption”


Clicar em “Feedback” para testes

© 2017 Novelis 65
SETUP TUNNING DETECÇÃO

“Sensitivity” muito alto


Excesso de detecção
Caso haja pouca detecção,
quando há partes
significantes não sendo
cobertas, é preciso aumentar
o “Sensitivity”

“Sensitivity” correto

© 2017 Novelis 66
CLASSIFICAÇÃO

© 2017 Novelis
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

Como explicar o que é uma fruta e qual é o nome da fruta?

© 2017 Novelis 68
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

Como explicar o que é uma fruta e qual é o nome da fruta?

É vermelho e levemente arredondado...

Se é vermelho, levemente arredondado e


casca grossa, é uma maçã. Caso não seja, é
uma pseudo fruta

© 2017 Novelis 69
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

Como explicar o que é uma fruta e qual é o nome da fruta?

É uma fruta, mas não é vermelho. Então, a


regra de cor não é valida.
Utiliza-se então proporção. Uma pera tem
proporção, a pêra é 1,5x maior do que larga,
enquanto que a mação é quase 1 x 1.

© 2017 Novelis 70
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

Pele rígida?
N S
Forma
É vermelha?
arredondada?
S N S
N
Proporção NÃO É Levemente
1,5x? Longa?
FRUTA Circular?

N S
MAÇÃ
S PÊRA
NÃO É N S PSEUDO
NÃO É FRUTA (Tomate)
N É amarela?
FRUTA

PSEUDO N S BANANA
(Pepino)

© 2017 Novelis 71
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

O classificador Parsytec precisa aprender diferenças entre defeitos, incluindo


defeitos que não são defeitos (pseudos). Assim, ele cria regras internas
O que essas fotos desse defeito tem em comum?
O que diferencia esse defeito de outro?

Um dos parâmetros é o LWR – Length to Width, valor de proporção entre


comprimento e largura de um defeito:

© 2017 Novelis 72
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

É uma mancha clara?

N S

Proporção >3? Proporção <3?

DIRT S N S N
RISCO FURO CRACK
(PSEUDO)/

É preciso mostrar ao sistema todos os tipos de defeitos possíveis, os diferentes


tamanhos, cores e formas. Todas as imagens de defeitos são armazenadas em um
“livro” chamado Master Set of Samples (MSOS).

Inicialmente, o sistema pode utilizar como livro o chamado “Instant Classifier”, que
é uma base de dados já testada anteriormente pelo fabricante.

© 2017 Novelis 73
CLASSIFICAÇÃO

Regras de Classificação – Parsytec

Os defeitos gerados são salvos em imagens.

Defeitos não classificados, mas que são detectados, vão se apresentar como “NC”
ou “????” ou “Other”.

É papel do especialista, de tempos em tempos, verificar essas imagens e classifica-


las.

É preciso uma quantidade de fotos ideal para que o sistema seja confiável. A
recomendação é que seja o número de classes de defeitos vezes 10, ou seja, se há
8 classes de defeitos classificados, é recomendado que cada um deles tenha 80
fotos. Caso haja muito mais fotos do que o recomendado, o sistema não
conseguirá criar regras claras, e não classificará corretamente (problema de
overkill)

© 2017 Novelis 74
OTIMIZANDO CBE

© 2017 Novelis
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

O que acontece quando o classificador cobre todos os defeitos, mas o


desempenho do sistema é insatisfatório?

- Quando defeitos semelhantes são classificados em diferentes classes


- Defeitos de uma certa classe são incertamente classificados

A classificação é uma espécie de competição:

E pode acontecer que duas ou mais classes tenham a mesma probabilidade de


serem donas daquele defeito

© 2017 Novelis 76
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

No CBE, é possível verificar qual o ranking de classificação de um defeito em uma


imagem

É recomendado que defeitos assim sejam


classificados novamente como “NC”,
assim, são apontadas as deficiências do
sistema, e será possível analisar melhor as
imagens acumuladas

© 2017 Novelis 77
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

Ao construir uma nova versão de classificação:

“Use Instant Classifier” unirá as imagens coletadas pelo próprio sistema


com as imagens de conhecimento prévio do fornecedor.

Em “DO NOT USE”, somente as imagens coletadas pelo próprio sistema


são utilizadas no livro

© 2017 Novelis 78
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

Após a construção, pode-se verificar um sumário:

A primeira informação mostra o quanto melhor está o classificador com as


imagens utilizadas para a classificação dos defeitos.

© 2017 Novelis 79
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

Outras informações adjacentes:

A primeira diz que o classificador não tem certeza total em 3 defeitos.


A segunda menciona que o novo classificador difere em 25 defeitos ao anterior.
A terceira mostra que há 5 defeitos que não foram possíveis de classificação

Pode-se checar as imagens de cada um deles.

© 2017 Novelis 80
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

Na guia de “Activate”, é possível testar o novo classificador, não o colocando ainda


em produção.
Após o processamento de bobinas, é possível comparar o desempenho do antigo
com o novo. Inclusive em bobinas já processadas.

Para isso: 1. Aplicar o novo e antigo classificador na guia “Activate”

© 2017 Novelis 81
OTIMIZANDO CBE

Otimizando CBE

2. Retornar à guia “Offline Test”


2.1. Selecionar uma bobina ou
várias
2.2. Marcar na janela “Defect
Filter” a opção “only classification
diferences”
2.3. Marcar em “Group On”, na
guia “Option” a opção “Test classifier
result”

Então, é possível verificar, defeito a


defeito, se o novo classificador é
melhor que o anterior, ou se nenhum
dos dois é bom.

© 2017 Novelis 82
OBRIGADO

© 2017 Novelis

Você também pode gostar