Você está na página 1de 23

Eletrônica Digital I

Prof. José Carlos da Silva Júnior


Ementa
 Sistemas de Numeração.
 Operações Aritméticas no Sistema Binário.
 Funções Lógicas, portas lógicas e circuitos lógicos.
 Álgebra de Boole e Simplificação de Circuitos Lógicos.
 Diagramas de Veitch-Karnaugh.
 Projetos de circuitos combinacionais.
 Códigos digitais, circuitos codificadores e decodificadores.
Porta Lógica XOR
Uma porta XOR é definida pela tabela conforme a figura em destaque:
- Se todas as entradas forem iguais, a saída é zero, nível baixo;
- Se todas as entradas não forem iguais, ao menos uma delas forem
diferentes, a saída é um, nível alto.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
Porta Lógica XNOR
A porta lógica XNOR, também conhecida pelo termo função coincidência, é a
operação inversa da porta XOR (ou - exclusivo).

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH
O método de Karnaugh utiliza uma tabela ou "mapa" para reduzir
suas expressões.

Cada posição na tabela é denominada célula. As células são


preenchidas com 1 e 0 de acordo com a expressão a ser reduzida.

Para melhor fixação do método do Mapa de Karnaugh, serão


abordados exemplos sobre como utilizar essa ferramenta que auxilia
nos projetos de circuitos lógicos.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Projete um circuito que se comporte de acordo com a tabela-verdade
abaixo:
Passo 1: Desenhe a tabela (mapa).
nº A B C Y
0 0 0 0 0 Escolha duas das variáveis para utilizar como os
1 0 0 1 1
2 0 1 0 0
títulos das colunas na parte superior. Utilizaremos
3 0 1 1 1 B e C.
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1 Forme todas as combinações de 𝐶 e 𝐶ҧ com 𝐵 e 𝐵. ത
6 1 1 0 1
7 1 1 1 1 Cada título de coluna deverá ser diferente da
coluna adjacente somente por uma variável.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Passo 1: Desenhe a tabela (mapa).
Utilize a terceira variável, A, para os títulos das
nº A B C Y ഥ
linhas 𝐴 e 𝐴.
0 0 0 0 0
1 0 0 1 1
2 0 1 0 0
3 0 1 1 1
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1
6 1 1 0 1
7 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Passo 2: Preencha a tabela com os “1s" e “0s" da
tabela-verdade.
nº A B C Y
0 0 0 0 0
1 0 0 1 1
2 0 1 0 0 1 1
3 0 1 1 1
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1
6 1 1 0 1 1 1 1
7 1 1 1 1

Deve-se ficar muito atento quanto ao


preenchimento da tabela, pois ela não está na
mesma sequência que a tabela verdade.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Passo 3: Combine as células adjacentes contendo 1’s em enlaces de
tamanho máximos múltiplos de 𝟐𝒏 , tais como: 1, 2, 4, 8, 16, ...

As quatro células no centro da tabela compõem um enlace com tamanho de


4 células.

ത não foi incluído em um enlace, então, ele é utilizado com


O 1 na célula 𝐶 𝐵𝐴
o seu 1 adjacente em um outro enlace com tamanho de 2 células.

1 1

1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Passo 4: Escreva a expressão que cada enlace representa.
No enlace de tamanho 4, encontre as variáveis que ocorrem em todas
as quatro células. Nesse caso, 𝐵 é a única variável que aparece em
todas as quatro células. O enlace de tamanho 4 representa B.
No enlace de tamanho 2, 𝐴 e 𝐶 aparecem em cada célula, de forma que
o enlace representa AC.

1 1

1 1 1

𝐶 𝐴𝐵

O enlace também pode envolver a coluna 𝟏𝟎 𝒆 𝟎𝟎.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 1
Passo 5: Escreva a expressão que cada enlace representa.
A saída Y é a expressão de cada enlace combinado com OR. Nesse
caso, Y = AB + C.

nº A B C Y
0 0 0 0 0
1 0 0 1 1
2 0 1 0 0
3 0 1 1 1
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1
6 1 1 0 1
7 1 1 1 1

A tabela-verdade pode ser implementada pelo diagrama lógico acima.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
1) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.
a) nº A B C Y
0 0 0 0 0 𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
1 0 0 1 1
2 0 1 0 0 𝑌=𝐶
3 0 1 1 1
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1
6 1 1 0 0
7 1 1 1 1

b)
nº A B C Y
0 0 0 0 1
1 0 0 1 1 𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
2 0 1 0 0
3 0 1 1 1 𝑌 = 𝐵ത + 𝐶
4 1 0 0 1
5 1 0 1 1
6 1 1 0 0
7 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 2
Projete um circuito que se comporte de acordo com a tabela-verdade
abaixo:
Passo 1: Desenhe a tabela (mapa).
nº A B C D Y Como o sistema possui 4 variáveis,
0 0 0 0 0 1
utilizamos uma tabela com duas linhas
1 0 0 0 1 0
2 0 0 1 0 1 e duas colunas.
3 0 0 1 1 1
4 0 1 0 0 0
Passo 2: Preencha a tabela com os
5 0 1 0 1 1 “1s" e “0s" da tabela-verdade.
6 0 1 1 0 0
7 0 1 1 1 1
8 1 0 0 0 1
9 1 0 0 1 0 1 1 1
10 1 0 1 0 1
11 1 0 1 1 1 1 1
12 1 1 0 0 0
13 1 1 0 1 0
1
14 1 1 1 0 0
15 1 1 1 1 1
1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exemplo 2
Passo 3: Combine as células adjacentes contendo “1s" em enlaces de
tamanhos 1, 2, 4, 8 ou 16. Sempre tente obter o maior enlace possível.
Passo 4: Escreva a expressão que cada enlace representa.

1 1 1

1 1

1 1 1

𝑌 = 𝐵ത 𝐷 ҧ
ഥ + 𝐶𝐷 + 𝐴𝐵𝐷

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
2) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.

nº A B C D Y
𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
0 0 0 0 0 1
1 0 0 0 1 1 𝑌 = 𝐴ҧ𝐶ҧ + 𝐴𝐶
2 0 0 1 0 0
3 0 0 1 1 0
4 0 1 0 0 1
5 0 1 0 1 1
6 0 1 1 0 0
7 0 1 1 1 0
8 1 0 0 0 0
9 1 0 0 1 0
10 1 0 1 0 1
11 1 0 1 1 1
12 1 1 0 0 0
13 1 1 0 1 0
14 1 1 1 0 1
15 1 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
3) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.

nº A B C D Y
𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
0 0 0 0 0 1
1 0 0 0 1 0

𝑌=𝐷
2 0 0 1 0 1
3 0 0 1 1 0
4 0 1 0 0 1
5 0 1 0 1 0
6 0 1 1 0 1
7 0 1 1 1 0
8 1 0 0 0 1
9 1 0 0 1 0
10 1 0 1 0 1
11 1 0 1 1 0
12 1 1 0 0 1
13 1 1 0 1 0
14 1 1 1 0 1
15 1 1 1 1 0

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
4) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.

nº A B C D Y
𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
0 0 0 0 0 1
1 0 0 0 1 0 𝑌 = 𝐵ത 𝐷
ഥ + 𝐵𝐷
2 0 0 1 0 1
3 0 0 1 1 0
4 0 1 0 0 0
5 0 1 0 1 1
6 0 1 1 0 0
7 0 1 1 1 1
8 1 0 0 0 1
9 1 0 0 1 0
10 1 0 1 0 1
11 1 0 1 1 0
12 1 1 0 0 0
13 1 1 0 1 1
14 1 1 1 0 0
15 1 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
5) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.

nº A B C D Y
𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
0 0 0 0 0 1
1 0 0 0 1 1 𝑌 = 𝐵ത
2 0 0 1 0 1
3 0 0 1 1 1
4 0 1 0 0 0
5 0 1 0 1 0
6 0 1 1 0 0
7 0 1 1 1 0
8 1 0 0 0 1
9 1 0 0 1 1
10 1 0 1 0 1
11 1 0 1 1 1
12 1 1 0 0 0
13 1 1 0 1 0
14 1 1 1 0 0
15 1 1 1 1 0

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
6) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.

nº A B C D Y
𝑆𝑜𝑙𝑢çã𝑜
0 0 0 0 0 0
1 0 0 0 1 0 𝑌 = 𝐴ҧ𝐵𝐶 ҧ 𝐶ҧ + 𝐴𝐵ത 𝐶ҧ + 𝐴𝐵𝐶
ത + 𝐴𝐵
2 0 0 1 0 1
3 0 0 1 1 1
4 0 1 0 0 1
5 0 1 0 1 1
6 0 1 1 0 0
7 0 1 1 1 0
8 1 0 0 0 1
9 1 0 0 1 1
10 1 0 1 0 0
11 1 0 1 1 0
12 1 1 0 0 0
13 1 1 0 1 0
14 1 1 1 0 1
15 1 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – 5 Variáveis
Para 5 variáveis, pode-se utilizar dois
mapas de 4 variáveis sobrepostos,
conforme a imagem ao lado.
Dessa forma, trabalhamos com os dois
mapas considerando que eles são
sobrepostos, o que permitindo fazer
enlaces entre os dois mapas.

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – 5 Variáveis
Exemplo, pode-se enlaçar os valores 5, 00 01 11 10

10 11 01 00
7, 13, 15, 21, 23, 29, 31.

00 01 11 10

10 11 01 00
𝑌 = 𝐶𝐸
Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
7) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.
nº A B C D E Y nº A B C D E Y
0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 1
1 0 0 0 0 1 1
1 0 0 0 0 1 1
2 0 0 0 1 0 1
3 0 0 0 1 1 1 2 0 0 0 1 0 1
4 0 0 1 0 0 0 3 0 0 0 1 1 1
5 0 0 1 0 1 1 5 0 0 1 0 1 1
6 0 0 1 1 0 0 7 0 0 1 1 1 1
7 0 0 1 1 1 1
13 0 1 1 0 1 1
8 0 1 0 0 0 0
15 0 1 1 1 1 1
9 0 1 0 0 1 0
10 0 1 0 1 0 0 16 1 0 0 0 0 1
11 0 1 0 1 1 0 17 1 0 0 0 1 1
12 0 1 1 0 0 0 18 1 0 0 1 0 1
13 0 1 1 0 1 1 19 1 0 0 1 1 1
14 0 1 1 1 0 0
15 0 1 1 1 1 1
16 1 0 0 0 0 1
17 1 0 0 0 1 1
18 1 0 0 1 0 1
19 1 0 0 1 1 1
20 1 0 1 0 0 0
21 1 0 1 0 1 0
22 1 0 1 1 0 0
23 1 0 1 1 1 0
24 1 1 0 0 0 0
25 1 1 0 0 1 0
26 1 1 0 1 0 0
27 1 1 0 1 1 0
28 1 1 1 0 0 0
29 1 1 1 0 1 0
30 1 1 1 1 0 0
31 1 1 1 1 1 0

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.
MAPA DE KARNAUGH – Exercícios
8) Utilize um mapa de Karnaugh para projetar um diagrama lógico que
implemente a tabela verdade a seguir.
nº A B C D E Y
0 0 0 0 0 0 1 nº A B C D E Y
1 0 0 0 0 1 0
2 0 0 0 1 0 1 0 0 0 0 0 0 1
3 0 0 0 1 1 0 2 0 0 0 1 0 1
4 0 0 1 0 0 1
4 0 0 1 0 0 1
5 0 0 1 0 1 0
6 0 0 1 1 0 1 6 0 0 1 1 0 1
7 0 0 1 1 1 0 8 0 1 0 0 0 1
8 0 1 0 0 0 1
9 0 1 0 0 1 0
10 0 1 0 1 0 1
10 0 1 0 1 0 1 12 0 1 1 0 0 1
11 0 1 0 1 1 0 14 0 1 1 1 0 1
12 0 1 1 0 0 1
13 0 1 1 0 1 0 16 1 0 0 0 0 1
14 0 1 1 1 0 1 18 1 0 0 1 0 1
15 0 1 1 1 1 0 20 1 0 1 0 0 1
16 1 0 0 0 0 1
17 1 0 0 0 1 0 21 1 0 1 0 1 1
18 1 0 0 1 0 1 22 1 0 1 1 0 1
19 1 0 0 1 1 0
20 1 0 1 0 0 1
23 1 0 1 1 1 1
21 1 0 1 0 1 1 24 1 1 0 0 0 1
22 1 0 1 1 0 1 26 1 1 0 1 0 1
23 1 0 1 1 1 1
24 1 1 0 0 0 1
28 1 1 1 0 0 1
25 1 1 0 0 1 0 29 1 1 1 0 1 1
26 1 1 0 1 0 1 30 1 1 1 1 0 1
27 1 1 0 1 1 0
28 1 1 1 0 0 1 31 1 1 1 1 1 1
29 1 1 1 0 1 1
30 1 1 1 1 0 1
31 1 1 1 1 1 1

Fonte: BIGNELLL, James W.; DONOVAN, Robert. Eletrônica digital. 5.ed. São Paulo: Cengage, 2010.