Você está na página 1de 16

Aula EAE 036

• SERMÃO: DISCURSO RELIGIOSO,


DOUTRINAL OU MORAL;
PRÉDICA; REPRIMENDA COM
INTENÇÃO DE MORALIZAR;
ADMOESTAÇÃO E CRÍTICA.

• JESUS – 4 SERMÕES- CADA UM


COM UM OBJETIVO.

• 1º- SERMÃO DA MONTANHA OU


SERMÃO DAS BEM AVENTURANÇAS.
• 2º- SERMÃO PROFÉTICO.
• 3º- SERMÃO DO CENÁCULO.
• 4º- SERMÃO DOS OITO AIS.
• O SERMÃO DA MONTANHA
FOI PRONUNCIADO NO
CIMO DE UM MONTE E
TEVE CARATER COLETIVO,
PORQUE FOI DIRIGIDO A
TODAS AS PESSOAS QUE O
SEGUIAM.

• NELE JESUS FORMULOU


VÁRIAS PROMESSAS AOS
SOFREDORES DE TODAS AS
MATIZES.
O SERMÃO DA • Afirmou Gandhi: se o acervo
MONTANHA contido no Evangelho fosse
destruído, e ficasse apenas o
Sermão da Montanha, os
ensinos de Jesus
continuariam a ter a mesma
eficácia.

• As promessas vivas nele


contida são um monumento,
atestando a misericórdia
infinita de Deus para com as
criaturas.
Não devemos duvidar do amparo dos céus.
Temos muito valor aos olhos do Criador. Devemos
primeiro buscar o reino dos céus, as demais coisas
virão por acréscimo.
• Logo no início, vem as oito beatitudes:
Jesus proclama felizes exatamente aqueles que o
mundo considera infelizes: os pobres, os puros, os
mansos, os sofredores...

• Isso só pode ser compreendido por quem já


despertou em si o “Eu Espiritual”.

• O Sermão da montanha é integralmente espiritual,


não é uma teoria que o homem deva crer, mas
uma realidade que ele deva ser.
Bem Aventuranças - Mateus 5:3-12
1. Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino
dos céus;
2. Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
3. Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
4. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles
serão Saciados;
5. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão
misericórdia;
6. Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus;
7. Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados
filhos de Deus;
8. Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da
justiça, porque deles é o reino dos céus;
9. Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem
e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Outros Ensinamentos de JESUS I
1. VÓS SOIS O SAL DA TERRA
2. VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO
3. Aquele que se faz humilde como uma criança alcança o Reino de
Deus
4. Se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater
também
5. amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês
6. ignore a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita
7. quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a
teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te
recompensará
8. se o seu olho direito faz com que você peque, arranque-o e jogue-
o fora
9. Que o sim de vocês seja sim e o não, não pois qualquer coisa a
mais que disserem vem do Maligno
10. Não vim revogar a lei, e sim cumpri-la
Outros Ensinamentos de JESUS II
1. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho
com ele
2. E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a
capa
3. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos
maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos
maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está
nos céus;
4. Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus
5. A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem
bons, todo o teu corpo terá luz;
6. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
7. Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas
coisas vos serão acrescentadas.
8. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã
cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
9. Não julgueis, para que não sejais julgados.
10. Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que
bate, abrir-se-lhe-á.
BIBLIOGRAFIA

• Iniciação Espírita – Edgard Armand

• O sermão da montanha – Huberto Rohden

• Os quatro sermões de Jesus – Paulo Alves Godoy

• Saúde mental à luz do Evangelho- Carlos A. Baccelli.