Você está na página 1de 10

Evilen Godoi

professoraevilen@gmail.com
 Enquanto ser pensante, sou
pensamento em ato: Mas qual o
conteúdo dos meus pensamentos?
“Ora, desta ideias, umas me parecem ter nascido
comigo, outras ser estranhas e vir de fora, e as
outras ser feitas e inventadas por mim mesmo.” (
Descartes, 1983, p.109-110)
 “Notei amiúde , em muitos exemplos, haver
grande diferença entre os objetos e a sua
ideia.” ( Descartes, 1983, p.111)
 Correspondência entre a realidade objetiva da
ideia e a realidade formal ou atual (existente)
do objeto representado.

“Ora, a fim de que uma ideia contenha uma tal


realidade objetiva de preferência a outra, ela o
deve, sem dúvida, a alguma causa, na qual se
encontra ao menos tanta realidade formal quanto
esta ideia contém realidade objetiva”.
 Modo de pensamento:
Inatas no espírito ou Afecção

Ideia particular de um objeto.


Imagem das coisas.
Modo objetivo do próprio ser
da realidade formal, de modo
efetivo, fora do espírito.

Ideia universal de um objeto.



Enquanto sujeito pensante possuo ideias.

Enquanto ideias factídias provo a existência


corpo como afetado pelo sentidos.

Pois, não imagino algo do nada, pressupõe então


que as ideias adventícias existam e me afetem.