Você está na página 1de 1

Universidade Estadual de Santa Cruz

Programa Regional de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente


Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente

UESC
BIODIESEL: Uma análise econômica e ambiental
Mestrando: Cézar Menezes Almeida1

Orientadora: Drª Mônica de Moura Pires2 Co-orientador: MSc. José Adolfo de Almeida Neto3
Email: cezaralmeida@terra.com.br; mpires@uesc.br; jalmeida@uesc.br
1Bolsista FAPESB . 2DCEC/UESC . 3DCAA/UESC

INTRODUÇÃO
As discussões a respeito da redução das emissões de Gases que provocam o Efeito Estufa (GEE) foram intensificadas na última década do século passado. Nesse contexto, a busca
por fontes alternativas de energia para substituição aos combustíveis fósseis, em especial as fontes renováveis, como, biomassa, eólica e solar, tornam-se cada vez mais importantes,
tanto sob o ponto de vista econômico quanto ambiental. Nesse contexto o biodiesel, combustível produzido através da transesterificação, tendo como matérias-primas óleos e
gorduras animais ou vegetais (in natura ou residuais) apresenta-se como uma alternativa energética, tendo em vista o fato de ser derivado da biomassa e ter propriedades físico-
químicas próximas do óleo diesel de origem fóssil. Diante da importância do tema pretende-se neste trabalho estudar a inserção do biodiesel na matriz energética nacional, tanto sob
o ponto de vista econômico como ambiental.

ESTADO DA ARTE
Estudos sobre a produção de biodiesel indicam que a tecnologia de produção mais
utilizada é o processo de transesterificação. Em relação à viabilidade financeira
vários trabalhos indicam que esse combustível pode apresentar viabilidade,
dependendo da escala, comparativamente ao óleo diesel. Com relação aos impactos
ambientais o biodiesel apresenta vantagem comparativa, destacando-se a redução
da emissão dos GEE que é de 84% (Anggraini Süss, 1999). Partindo-se desses
pressupostos utilizar-se-á a ferramenta Matriz de Análise Política (MAP) nas análises
da cadeia de produção do biodiesel, sendo essa uma das principais contribuições da
presente pesquisa, pois não existe na literatura atual o uso de tal ferramenta para
essa finalidade.

PROBLEMA CIENTÍFICO
Este estudo está centrado sobre as análises de viabilidade socioeconômica e
ambiental decorrente da inserção do biodiesel na matriz energética do estado da
Bahia, utilizando como metodologia a MAP. Esta metodologia permite analisar os
diversos elos da cadeia do biodiesel, considerando, além da manufatura e da
utilização do biodiesel, a cadeia produtiva das matérias-primas potenciais,
determinando as distorções de mercado e o direcionamento de políticas públicas
para o setor.

OBJETIVO GERAL
Figura 2 – Processo de produção do biodiesel pelo método da transesterificação.
O objetivo geral desta pesquisa é analisar os impactos da inserção do biodiesel na
matriz energética do estado da Bahia, avaliando sua competitividade
comparativamente ao biodiesel e considerando o potencial agrícola das diversas
regiões do estado, as tendências de produção e os direcionamentos das políticas
públicas. RESULTADOS ESPERADOS
Espera-se com esta pesquisa determinar o custo de produção de biodiesel sob diferentes
OBJETIVOS ESPECÍFICOS cenários de produção, identificando as principais oportunidades de inserção do biodiesel
na matriz energética do estado e do país. A partir da determinação da lucratividade
- Determinar diferentes cenários de produção de biodiesel no estado da Bahia, privada e social do biodiesel será possível identificar os efeitos de políticas públicas na
considerando a produção atual das diversas fontes de matérias-primas; cadeia produtiva e as distorções existentes no mercado de combustíveis. Além disso,
- Determinar o custo de produção do biodiesel, adotando diferentes cenários de serão analisados os impactos macroeconômicos da implantação de indústrias produtoras
produção e preço, tanto para insumo como para produto e co-produto (glicerina); de biodiesel no estado da Bahia, nos aspectos relativos à geração de emprego e renda,
- Determinar a lucratividade privada e social da cadeia produtiva do biodiesel no contribuindo no planejamento de políticas públicas direcionadas ao setor. Assim, o
estado da Bahia; presente trabalho pretende estudar a cadeia de produção de biodiesel e avaliar o
- Analisar os efeitos da incorporação do biodiesel na cadeia produtiva da soja potencial da atividade e os entraves que sejam detectados e devam ser superados, para
(utilização nas máquinas agrícolas e no escoamento da produção) na região oeste que o biodiesel possa se tornar uma alternativa energética viável, tanto sob o ponto de
da Bahia; vista econômico como ambiental.
- Avaliar os impactos macroeconômicos decorrentes do uso do biodiesel no que diz
respeito à geração de emprego e renda, impacto fiscal, níveis de importação do REFERÊNCIAS
diesel de petróleo;
ALMEIDA NETO et al. Projeto Bio-Combustível: processamento de óleos e gorduras vegetais in
- Estimar dos benefícios ambientais, especificamente a mitigação dos GEE, e o natura e residuais em combustíveis tipo diesel. In: ENCONTRO DE ENERGIA NO MEIO
cumprimento dos acordos definidos no Protocolo de Kyoto decorrentes do uso do RURAL, 3., Campinas, 2000.
biodiesel; ANGGRAINI SÜSS, A.A. Wiederverwertung von gebrauchten Speiseölen/ -fetten imenergetisch-
- Propor estratégias de mercado que permitam potencializar o uso do biodiesel em technischen Bereich: Ein Verfahren und dessen Bewertung. Tese (doutorado) - Fortschritt-
escala comercial; Berichte VDI, Reihe 15 – Umwelttechnik. Nº 219. Düsseldorf: Ed. VDI Verlag GmbH, 1999, 210
pp.
MONKE, E.A.; PEARSON, S.R. The Policy Analysis Matrix for Agricultural Development.
Stanford University, 1989.
METODOLOGIA
O presente trabalho está fundamentado nas teorias macro e microeconômica. O
principal instrumental na análise será a MAP, desenvolvida por Monke e Pearson
(1989). Essa metodologia vem sendo utilizada para análise de sistemas de produção APOIO:
e cadeia produtiva agrícola e, através de uma estrutura sistemática, identifica os
incentivos ou desincentivos para os agentes econômicos, servindo de ferramenta
para análise dos efeitos de políticas públicas diretas ou indiretas direcionadas para GRUPO BIOENERGIA
determinada atividade. Nesse estudo serão avaliadas três cadeias produtivas de E MEIO AMBIENTE
matéria-prima in natura para produção do biodiesel (óleo de mamona, óleo de soja e UESC

óleo de dendê). Além desses cenários, avaliar-se-á a produção de biodiesel UESC


utilizando óleos e gorduras residuais.