Você está na página 1de 13

I Seminário Madeira Energética – MADEN 2008

ABC - RJ, 2 e 3 de setembro de 2008

Combustíveis sintéticos
José Dilcio da Rocha
Pesquisador da EMBRAPA - Agroenergia
O que são os combustíveis
sintéticos?
São os combustíveis produzidos a
partir de gás de síntese (CO + H2).

Podem ser renováveis ou não!


Aplicações da Gaseificação de Biomassa

• Térmica
• Elétrica
• Produção de gás de síntese para uso em Síntese
Fischer-Tropsch,
CO + H2 + N2 HC + H2O + N2 + CO2

• Produção de H2 para alimentar célula de


combustível
• Produção de metanol, DME, etc
Rotas Tecnológicas
•Síntese Fischer-Tropsch via
gaseificação de biomassa (BTL).
•Síntese Fischer-Tropsch via
gaseificação de bio-óleo da pirólise
rápida de biomassa (BTL).
•Co-processamento por craqueamento
Catalítico ou hidrotratamento de bio-
óleo da pirólise de biomassa (H-BIO)
Värnamo, Suécia
• Nova Fase: Gás de Síntese
• Consórcio: Suécia, Dinamarca,
Finlândia, Alemanha, Itália,
Holanda, Espanha.
• Investimento de Euro 44,6
milhões
• Prazo: Set 04 – Ago 09 (5 anos)
• Objetivos: gaseificar biomassa
diretamente pressurizado (10
bar), usar vapor/oxigênio,
limpeza a quente de gás,
reforma de alcatrão e CH4
• Criar know-how e experiência
para escala comercial
Síntese F-T (NREL/TP-510-34929)
Arranjo Proposto para Pirólise/Gaseificação/Síntese - BTL
Planta Modular Planta Modular

Planta Modular

Escoamento de produto Planta Central

Planta Modular

Planta Modular Planta Modular


Cadeia produtiva para a produção de combustíveis e
insumos químicos a partir de biomassa

Biomassas
Serragem
Bagaço de cana-de-açúcar
Palha de cana-de-açúcar Briquetagem Torrefação Briquetes
Torrados
Capim Elefante
Casca de arroz
Palha de Café Carvão Briquetagem Briquetes
em pó de carvão
Energia Térmica
Energia Elétrica
Bio-óleo
PIRÓLISE
Caracterização RÁPIDA GERADOR
10 Kwe Combustíveis
GASEIFICAÇÃO

TORRE
Gás de síntese CATALÍTICA
Planta de Pirólise Rápida 200 kg/h
FCC e HDT com Bio-óleo e H-Bio
Bio-óleo
Vantagens e Desvantagens da Gaseificação de Bio-
óleo
• o bio-óleo ainda não é uma matéria-
• o bio-óleo é uma matéria-prima prima comercial
líquida, o que permite usar sistemas • a pirólise rápida necessida de
pressurizados e altas pressões ao investimentos em unidades
contrário da biomassa sólida demonstrativas para provar aumento
• as tecnologias de pirólise rápida são de escala
disponíveis para a produção de bio-óleo • a gaseificação direta de biomassa
• a gaseificação de bio-oleo com sólida já tem importantes
oxigênio e altas pressões resulta em gás demonstrações no mundo
de síntese de excelente qualidade para • ainda necessita de estabelecer
sistemas catalíticos padrões de qualidade para o bio-óleo e
• gás de síntese é um produto comercial legistação para seu uso e transporte
• o bio-óleo tem logistica de • instabilidade do bio-óleo e seu
combustível líquido e muito mais fácil envelhecimento devido a reações
do que a biomassa sólida ou o gás indesejadas durante o armazenamento
natural • disponibilidade de resíduos para
• o bio-óleo pode ser produzido em serem transformados em bio-óleo
pequena escala e perto da biomassa (potencial)
Questões a serem respondidas

• Como viabilizar a produção de gás de síntese a partir de


biomassa e/ou bio-óleo? Plantas demonstrativas
• Realização de avaliação técnica-econômica.
• Consórcios nacionais, parcerias internacionais para
agilizar os testes e parcerias público-privadas.
Muito Obrigado

EMBRAPA-AGROENERGIA
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
http://www.cnpae.embrapa.br/
e-mail: jose.rocha@embrapa.br