Você está na página 1de 13

Geriatria

Curso: Fisioterapia
Turma: 6° Período – Noturno
Acadêmicas: Elizandra Gomes
Lorrana Sousa
Docente:Anna Sentanin
Envelhecimento do
Sistema Músculo
Esquelético
Sistema Músculo Esquelético

Com o envelhecimento o sistema musculoesquelético vai


se transformando progressivamente e passa a adquirir
características estruturais e morfológicas específicas que
prejudicam a capacidade funcional e física do indivíduo.
O que observamos?

• Postura.
• Fraqueza Muscular.
• Lentidão dos movimentos .
• Fadiga muscular precoce.
• Limitações funcionais: caminhar, levantar, equilibrar,
dificuldade nas AVD’s, dependência funcional.
• Incapacidades.
Postura

• Aumento da cifose torácica.


• Redução da lordose lombar.
• Aumento da flexão de joelho.
• Deslocamento da articulação coxofemoral para trás.
• Inclinação de tronco para frente.
Alterações Fisiológicas
• Diminuição da massa magra corpórea.
- Massa muscular: diminuição de 40 a 50%
- Força muscular: diminuição de 20%
• Diminuição do tamanho e número de fibras musculares.
• Membros inferiores são os mais afetados.
• Não há diferenças entre homens e mulheres.
• Perda do tecido muscular, sendo este substituído por tecido
fibroso e adiposo.
• Perda de massa óssea/ densidade óssea.
• Rigidez, alterações de elasticidade e degeneração do tecido
conjuntivo.
Principais alterações
musculoesqueléticas no idoso
Tecido ósseo

• Diminuição da atividade física.


• Desequilíbrio na reposição óssea.
• Suporta menos carga e resiste menos a forças externas. Estão
mais expostos a fraturas.
Cartilagem

• Diminuição da quantidade de líquido sinovial.


• Diminuição da capacidade de dissipar as forças e compressões
através da articulação.
Articulações

• Redução da ADM.
• Tecido periarticular rígido.
• Redução da força muscular para realizar o movimento (maior
sobrecarga articular).
• Lesões prévias.
• Má postura.
• Desgaste articular – osteófitos.
• Aumento da calcificação.