Você está na página 1de 16

AS ROCHAS , ARQUIVOS QUE

RELATAM A HISTóRIA DA

GEOLOGIA 10 ANO A

FERNANDO JúNIOR / Nº 28
ÍNDICE
O QUE SãO ROCHAS
TIPOS DE ROCHAS
CICLO DAS ROCHAS
IDADE RELATIVA
DATAçãO RELATIVA
O QUE SãO ROCHAS
• Rochas são geradas por processos
naturais desde época remotas e
testemunham as condições em que
se geraram.
TIPOS DE ROCHAS
ROCHAS SEDIMENTARES

ROCHAS MAGMáTICAS
ROCHAS METAMóRFICAS
ROCHAS SEDIMENTARES
• Rochas sedimentares são formadas
pela deposição de materiais
proveniente de outras rochas
preexistentes ou de materiais
originados pela actividade de seres
vivos. Os materiais de deposição
são geradas compactadas e
ligadas.SEDIMENTOGéNESE
Na génese das rochas
eDIAGéNESE
sedimentares ocorrem,
fundamentalmente, duas fases:

SEDIMENTOGéNESE
 São processos que intervêm desde
a elaboração dos materiais que vão
constituir as rochas sedimentares até
à deposição desses materiais. As
rochas afloram no globo terrestre,
principalmente são rochas
magmáticas e metamórficas e essas
rochas alteram-se quimicamente e
fisicamente. Os materiais resultantes
EROSãO
dessa
acções alteração são agentes
de diversos removidos por
acção da, gravidade.
erosivos A
que actuam sobre as
rochas.
• SEDIMENTO SEDIMENTAçãO
são materiais que
vãoS ser transportadas,
processos de deposição que
é determinado pela força gravítica
sobre os detritos, quando a
velocidade do agente transportador
o permite. A ordem de
sedimentação dos detritos é
condicionada pela dimensões e
densidade desses materiais.
Primeiro depositam-se os detritos
de maiores dimensões e mais
densos e, posteriormente, os mais
pequenos e leves.
DIAGéNES
• um sedimento não e
E
ainda uma rochas sedimentar. Após
a deposição os sedimentos
experimentam uma evolução mais
ou menos complexa, em que
intervêm processos físicos químicos
diversos que os transformam em
rochas sedimentares. No discurso
da diagénese os sedimentos
perdem água, isto é, ficam ligados
entre si, formando uma rocha
coerente. As rochas sedimentares
representam apenas 5% do volume
da crosta terrestre e ocupa 75% da
área dos continentes.
Quadro xlvI – fácies das rochas sedimentares
Fácies
Ambiente de sedimentação abiótico Amb. Sed.
Continental Marinha Transição -RecifeBiótico
Fluvial Litoral Deltaica -Bentónico
glaciar nevrítica estuarina -Nectónico
(límnica) batial Logurar Plantónico

 eólica Anbissal ( ou parólica) salabra

(desértica ( palógica) 


ROCHAS MAGMáTICAS
• São rochas que resultam da
arrefecimento e da consolidação de
magmas, em profundidade ou à
superfície. Cerca de 95% dos
continentes da crosta terrestre são
rochas magmáticas e rochas
metamórficas. Os magmas
formam-se no interior da terra e
são misturas complexas de
minerais de elevadíssimas
temperaturas. Existe dois tipos de
• Nos vulcanitos os minerais são
geralmente de pequenas
dimensões, podendo, em alguns
casos, existir mesmo uma pequena
quantidade de matéria sem
cristalizar. Esta textura indica um
arrefecimento rápido do magma.
ROCHAS METAMóRFICAS
• Rochas metamórficas originam a
partir de rochas
preexistentes( sedimentares ou
magmáticas), quando
experimentam transformação
mineralógicas e estruturais, devido,
principalmente, a condições de
pressão e de temperatura
elevadas, mantendo-se, no
entanto, no esta sólido.
• Os principais factores de
metamorfismos são o calor, a
pressão, os fluidos de circulação e
o tempo. Estes factores podem não
actuar simultaneamente em todos
os caos. Neste caso, o principal
factor é o calor e alguns fluidos que
escapam do magma. Os fenómenos
metamorfismos são extremamente
lentos, sendo por isso o factor
tempo é muito importante na
formação deste tipo de rochas.
CICLO DAS ROCHAS
• Qualquer rocha e a expressão das
condições em que é gerada.
Quando essas condições se
alteram, os minerais tornam-se
instáveis, transformando-se noutros
mais compatíveis com os novos
parâmetros
IDADE RELATIVA
• Na história da terra ocorreram crises em que
muitas espécies se extinguiram
massivamente e outros surgiram. Uma dessas
crises, de que os dinossauros foram as
vítimas mais notáveis, ocorreu há 65 M.a. A
idade relativa é determinada pela ordem
cronológica de uma sequência de
acontecimentos.
A datação relativa apoia-se em vários
princípios geológicos, como o princípio da
horizontalidade inicial ou original, o princípio
da sobreposição e o princípio da identidade
paleontológica. A datação relativa baseia-se,
portanto, na presença de fósseis nas rochas
e/ou na posição relativa das formações
geológicas.
DATAçãO RELATIVA
• Apoia-se essencialmente na posição
relativa das diversas formações
rochosas e também na presença de
determinados fósseis que
eventualmente possam conter.