Você está na página 1de 21

O QUE É PROMOÇÃO DE SAÚDE?

O CONCEITO DE PROMOÇÃO DE SAÚDE


DIMENÇÃO DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
EDUCAÇÃO DE SAÚDE VS PROMOÇÃO DE SAÚDE
VISÃO E MISÃO DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
ALVOS DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
ÂMBITO DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
PAPEL DA PROMOÇÃO DE SAÚDE NA MUDANÇA DE HÁBITOS
O CONCEITO DE PROMOÇÃO DE SAÚDE

• É ainda muito comum as pessoas pensarem que: promoção


de saúde = educação de saúde.
• Conceptualmente são duas coisas diferentes.
• Promoção de saúde: é a revitalização da educação de saúde.
• A palavra “promoção” na Promoção de saúde contem 4
sentidos:
– Level& Clark (1974): a promoção de saúde e um meio de
prevenção de primeiro nível (five levels of prevention).
– Significa “venda”
– Significa “propaganda”
– Significa “aconselhamento”
DIMENÇÃO DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
• A Promoção de saúde intervem em todos os determinantes de saúde.
 nao so deve limitar-se a mudança de hábitos dos indivíduos mas
sim, deve incluir tambem mudanças nos determinantes de saúde.
• A OMS em 1984 apontou para 7 princípios fundamentais na
Promoção de saúde:
– Mudança de hábitos
– Mudança social
– Mudança física do ambiente
– Desenvolvimento de políticas de saúde
– Fortalecimento
– Participação activa da comunidade
– Construir parcerias
Mudança de hábitos
• Mudança de hábitos nos alvos primários.
– Comunidade
• Mudança de hábitos nos alvos secundários.
– Líderes comunitarios (“role model” para toda a
comunidade)
• Mudança de hábitos nos alvos terciários.
– Tomadores de decisão (decision makers) também como
exemplares para a comunidade.
– As suas atitudes devem reflectir as suas decisões
políticas.
Mudança social
• A promoção de saúde tem que fazer mudanças sociais. Não
apenas mudanças em indivíduos ou em famílias mas sim em toda
a comunidade.
• O desenvolvimento com base na comunidade é uma das
aproximações para a mudança social; é a mais comunmente
escolhida para a implementação de programas de saúde.
• Este tipo de desenvolvimento deve ser feito a partir da base
(bottom up) e não de cima para baixo (top down).
• Aqui os profissionais de saúde tem um papel de motivador e
facilitador.  a comunidade esteja apto para:
– Identificar as necessidades, problemas e suas próprias habilidades.
– Planear várias actividades para resolver os problemas identificados.
– Implementar as actividades de acordo com os planos preparados.
– Monitorizar e avaliar as actividades.
Mudança física do ambiente
• O ambiente físico é um dos factores importantes
para a mudança de hábitos.
• A promoção de saúde deve ajudar o indivíduo ou a
comunidade a tornar-se autosuficiente, atravéz de:
– Ensinar várias habilidades  ajuda aumentar
rendimento pessoal ou comunitário  necessidades
físicas adquiridas / mudança física do ambiente.
– Advocacia para que os tomadores de decisão
melhorem o ambiente físico.
Desenvolvimento de políticas de saúde
• Todas as políticas feitas devem abrangir a área de saúde, e
devem ser implementadas em todos os níveis, desde as
aldeias até ao nível nacional.
• Exemplo:
– Ao nível de aldeia:
• Gestão do lixo comunitário
• Utilização do lixo orgânico
• Ginástica para os idosos
– Ao nível nacional:
• ALFA
• Horta escolar
• Taxa para importação de tabaco.
Fortalecimento
• Tem como objectivo capacitar o indivíduo, a família
ou a comunidade para cuidar da sua própria saúde.
• Deve envolver outras áreas para além da saúde.
• Exemplo: para melhorar a qualidade da água, deve-
se trabalhar juntamente com:
– o Ministério das obras públicas,
– com a comunidade que mora ao pé da nascente/rio para
não deitar lixo nos arredores.
– Com as fábricas para não despejar material tóxico no rio.
Participação activa da comunidade
• A participação activa da comunidade é um dos
indicadores do sucesso (ou não) da promoção
de saúde.
• Neste sentido, a comunidade deve ser vista
como um sujeito e não como um objecto
(mobilização).
Construir parcerias
• O sector da saúde tornar-se-a muito pesado e difícil se funcionar
sem parceiros.
• Os parceiros ajudam:
– Recursos humanos especializados.
– Recursos financeiros.
– Logística
– Tornam a execução das actividades mais fáceis.
• Exemplo: OMS, UNFPA, UNICEF, Unilever, companhias privadas, etc.
• Construi-se parcerias com base nos seguintes princípios:
– Igualdade
– Transparência
– Benefício mútuo
Educação em saúde
vs
Promoção de saúde

TPC
Educação em saúde
• Educação em saúde é definida de várias maneiras:
– Downie, Fyfe & Tannahill (1990) definiram a educação em saúde
como “actividade de comunicação com o objectivo para melhorar
positivamente a saúde e prevenir ou eliminar doenças em
indivíduos e grupos, atravez de influencias às crenças, atitudes e
comportamentos das pessoas com poder e da comunidade em
geral.”
– The 2000 Joint Committee on health education and promotion
terminology: “qualquer combinação de experiências de
aprendizagem planeadas com base em teorias sólidas que
forneçam aos indivíduos, grupos e comunidade a oportunidade
de obter informações e habilidades necessárias para tomar
decisões de saúde de qualidade.”
Educação em saúde
• OMS (1998): “oportunidades de aprendizagem construídas
conscientemente, incluindo alguma forma de
comunicação destinada a melhorar a literacia em saúde,
inclusivel a melhoria do conhecimento e o
desenvolvimento de habilidades para a vida que sejam
conducentes à saúde individual e da comunidade.”
• Green and Kreuter (2005): “qualquer combinação
planeada de experiências de aprendizagem preparadas
para predispor, capacitar e reforçar o comportamento
voluntário conducente à saúde em indivíduos, grupos ou
comunidades.”
educação em saúde….
1. É uma aplicação sistemática e planeada, que a qualifica como
uma ciência.
2. A implementacao de educação em saúde envolve um conjunto de
técnicas, e não apenas uma, como a preparação de folhetos
informativos, panfletos e vídeos sobre educação em saúde,
palestras, etc.
3. O principal objetivo da educação em saúde é influenciar os
antecedentes (consciência, informação, conhecimento,
habilidades, crenças, atitudes e valores) de comportamento para
que os comportamentos de saúde se desenvolvam de forma
voluntária.
4. A educação em saúde é realizada em vários níveis:
aconselhamento individual, discussões em grupo, campanhas).
Promoção de saúde
• Green and Kreuter (2005): “qualquer combinação
planeada de apoio educacional, político, regulatório e
organizacional para ações e condições de vida
conducentes à saúde de indivíduos, grupos ou
comunidade ”.
• The 2000 Joint Committee on health education and
promotion terminology: “. qualquer combinação planeada
de mecanismos educacionais, políticos, ambientais,
regulatórios ou organizacionais que apoiem ações e
condições de vida conducentes à saúde de indivíduos,
grupos ou comunidades.”
Promoção de saúde
• Carta de Ottawa (1986): “ é o processo que visa aumentar a capacidade dos
indivíduos e das comunidades para controlarem a sua saúde, no sentido de a
melhorar.”
• Carta de Ottawa identificou 5 acções estratégicas principais:
– Construir políticas saudáveis
– Criar ambientes (social e físico) favoráveis
– Reforçar a acção comunitária
– Desenvolver competências pessoais
– Reorientar os serviços de saúde.
• Estas 5 areas de acção foram confirmadas na declaração de Jakarta em 1997.
Adicionalmente, esta declaração identificou mais 5 prioridades para a promoção de
saúde:
– Promover a responsabilidade social pela saúde
– Aumentar os investimentos para o desenvolvimento da saúde
– Expandir parceria para promoção da saúde
– Aumentar a capacidade da comunidade e capacitar o indivíduo.
– Garantir uma infra-estrutura para promoção da saúde.
Promoção de saúde……
1. Semelhante a educação em saúde, a promoção de saúde é uma
aplicação sistemática e planeada que a qualifica como ciência.
2. Implica métodos que vão além da mera educação, como mobilização da
comunidade, organização da comunidade, preparação da comunidade,
desenvolvimento, empoderamento, formação de redes, formação de
coligacções, advocacia, lobby, desenvolvimento de políticas, formulação
de legislação e desenvolvimento de normas sociais.
3. Ao contrário da educação em saúde, a promoção da saúde não advoca
a mudança voluntária de comportamento, mas utiliza medidas que
obrigam a uma mudança de comportamento individual. Essas medidas
são uniformes e obrigatórias, e às vezes o indivíduo não gosta. Ex: um
aumento de seguro (asuransi) para um fumante.
4. A promoção da saúde é feita em nível de grupo ou comunidade.
VISÃO E MISSÃO
DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
• Visão:
– Aumentar a capacidade da comunidade para manter e elevar o
grau de saúde física, mental e social  comunidade possa ser
económica e socialmente productiva.
Mas para chegar a esta visão é necessário que exista uma missão
(esforços).

• Missão:
– Composto por 3 atitudes:
• Advocacia
• Mediação
• Capacitação
ALVOS DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
ALVO PRIMÁRIO FAMÍLIA, MÃE GESTANTES, JOVENS, IDOSOS

ALVO SECUNDÁRIO LIDERES COMUNITÁRIOS, LIDERES RELIGIOSOS, LIA NAIN

ALVO TERCIÁRIO TOMADORES DE DECISÃO (DECISION MAKERS)


ÂMBITO DA PROMOÇÃO DE SAÚDE
• Vendo pela sua dimensão, a promoção de saúde abrange os seguintes
aspectos:
– Baseado nos tipos de prestação de serviços de saúde
• Promotivo-curativo com alvo em pessoas saudáveis.
• Curativo-rehabilitativo com alvo em pessoas doentes.
– Baseado no local de implementação
• Família
• Escola
• Repartição
• Lugares públicos (centros comerciais, estação de comboio, mercados)
• Hospitais, centros de saúde, clínicas
– Baseado no nivel de prestação de serviços de saúde
• Implementação da promoção de saúde
• Proteção específica
• Diagnose precoce e tratamento imediato
• Limitação de deficiência
• Rehabilitação
PAPEL DA PROMOÇÃO DE SAÚDE NA
MUDANÇA DE HÁBITOS
• Mudança de hábitos:
– negativos para positivos
• Treinamento comportamental (behavioral
coaching):
– acompanhamento para que o indivíduo mantenha
os bons hábitos ja adquiridos.
• Desenvolvimento do comportamento:
– transmissão dos bons hábitos para outros. Ex: de
pais para os filhos.