Você está na página 1de 35

Histórico Biologia do

Solo
Disciplina: Microbiologia Agrícola
Prof. Carlos Alessandro de Freitas
Histórico da biologia do solo
• Microbiologia do solo – suporte a agricultura
moderna;
Histórico da biologia do solo
Antes de Cristo até o século XIV...
• Exploração empírica da atividade microbiana;

• Documentos a.C. evidenciam o uso de


leguminosas para adubação verde pelos
chineses, gregos e romanos.
Histórico da biologia do solo
Antes de Cristo até o século XIV...
• Obtenção e uso de produtos fermentados e
destilados;
• Produção de vinagre, bebidas e produtos
lácteos.
Histórico da biologia do solo
1º Grande avanço: Período Histórico (XVII-XVIII)

• 1676: Anton van Leeuwenhoek –


construiu o primeiro microscópio –
“animáculos”, raspas de placa
bacteriana de dente, água e material
vegetal em decomposição.

• Propulsionando todas as áreas da biologia;


• Marcou o início da Microbiologia.
Histórico da biologia do solo
Período Histórico (XVII-XVIII)
 Século XVIII:
• Carl Linnaeus – sistema de classificação dos seres vivos
(Classificação e taxonomia binomial);
• Thomas Malthus – Teoria populacional malthusiana;
• Albrecth von Thaer – Teoria da humificação de materiais
orgânicos e sua importância;
 Século XIX:
• Charles C. de la Tour e Teodor Schwann – transformação da
matéria orgânica (MO) é mediada pelos microrganismos.
Histórico da biologia do solo
Período Histórico (XVII-XVIII)
• Visão polarizada entre “Quimismo” e os
princípios biológicos: “microrganismos são
matéria orgânica sem vida”.

Justus von Liebig Berzelius


Histórico da biologia do solo
Período Histórico (XVII-XVIII)
• Vittadini (1831) – interação raízes-fungos;
• Nägeli (1842) – avanços nos estudos das
relações entre raízes-fungos (evidências de
arbúsculos);
Histórico da biologia do solo
Período Histórico (XVII-XVIII)
• Lachaman et al. (1858) – observaram bactérias nos
nódulos de leguminosas, mas não conseguiram
estabelecer a relação entre nódulos e ganho de N;

• Associando o valor das


leguminosas para a
fertilidade do solo à sua
capacidade de FBN.
Histórico da biologia do solo
Período Histórico (XVII-XVIII)
“Quimismo” é reforçado, quando:
• Liebig, em 1840, postula que N, P e K são
requeridos para o crescimento da planta:
Teoria da essencialidade dos nutrientes.
• Refutavam a teoria de fixação de N2
afirmando: “Só adubos fornecem os
elementos encontrados nas cinzas vegetais”.
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Queda da teoria da geração


espontânea;
• Demonstrou a existência de vida sem
ar;
• Cada tipo de fermentação era
creditado por um microrganismo
específico; Louis Pasteur
(Pai da Microbiologia)
• Desenvolveu os princípios da
pasteurização e imunização.
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Zeidler (1874) - Síntese do DDT em laboratório


(Inicia-se a era dos xenobióticos)
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Pfeffer (1877) – Deu sequência aos estudos da


relação raízes-fungos;
• De Bray (1879) – Propõe o termo SIMBIOSE e
sua definição;
SIMBIOSE - relação íntima entre
duas espécies de seres vivos.
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Koch et al. (1881) - Desenvolveram método da gelatina


e propôs postulados de Koch.
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX
• Bernard Frank (1885) - Estudando colonização de
raízes de árvores empregou pela primeira vez o termo
micorriza;
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Hellriegel & Wifarth (1886) - Conduziram estudos


experimentais sobre fixação biológica de N nas
leguminosas;

• Beijerinck (1885-1901) - Desenvolvimento do método


de culturas de enriquecimento. Primeiro isolamento
de bactérias em nódulos de leguminosas (Bacillus
radicicola,1888).
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Muntz (1890) - Descobriu a capacidade dos


microrganismos de dissolver materiais orgânicos;

Início da microbiologia experimental do solo


• Sergei Winogradsky (1890-92)- Descoberta da
nitrificação/autotrofia microbiana, oxidação do
enxofre. Bases para a ecologia microbiana do solo.
Histórico da biologia do solo
2º Grande avanço: Período Áureo
Segunda metade do Sec. XIX

• Buchner (1897) - Metabolismo celular e


enzimas oxidantes do solo;

• Weissenberg (1897) - Descobriu a existência


dos desnitrificadores
Histórico da biologia do solo
3º Grande avanço: Ciência Autônoma
Século XX (Até 1950)

• Stahl (1900) - Demonstrou inequivocamente os benefícios das


micorrizas;
• Primeiro inoculante microbriano – aplicação de rizóbio na
agricultura;
• Brown (1901) - Folhas das plantas absorvem CO2 do ar (bases
fisiológicas);
• Beijerinck (1901) - Descobre as bactérias do gênero Azotobacter
sp.
• Mitscherlich (1909-1930) - Avanços no entendimento da
decomposição de materiais orgânicos;
Histórico da biologia do solo
3º Grande avanço: Ciência Autônoma
Século XX (Até 1950)

• Haber (Alemanha) - Descobre condições para síntese


química da amônia (Prêmio Nobel de Química 1919);

• Hiltner (1904) - Cria conceito de rizosfera;

• Sackett (1908) - Relaciona microrganismos com as


transformações de P no solo.
Histórico da biologia do solo
3º Grande avanço: Ciência Autônoma
Século XX (Até 1950)

• No Brasil  IAC, Campinas (1908)


– Primórdios da microbiologia do
solo no Brasil e surgem as
primeiras publicações;

• Selman Waksman (1927) - Livro


"Principles of soil microbiology" -
biblia da microbiologia do solo.
Histórico da biologia do solo
3º Grande avanço: Ciência Autônoma
Século XX (Até 1950)

• Alexander Fleming (1928) - Descoberta de


antibióticos penicilina (Penicillium notatum) e
gramidicina (Bacillus brevis) em microrganismos do
solo (antibiose);
• Paul Miller (1938) Descoberta da propriedade
inseticida de amplo espectro do DDT, utilizado para
erradicar mosquitos causadores da malária nas forças
do pacífico da segunda guerra mundial.
Histórico da biologia do solo
3º Grande avanço: Ciência Autônoma
Século XX (Até 1950)

• Howard (1943) - Estuda a relação entre micorrizas e


sanidade das plantas;

• Avery (1944) - DNA responsável pela informação


genética.
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Década de 50 - Euforia para elevar as produtividades.


Surgem opositores representados pela agricultura
alternativa e orgânica;

• Johanna Dobereiner (1951) - "Azotobacter em solos


ácidos" é publicado.
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Watson e Crick (1953) - Elucidam a estrutura do DNA,


gerando grande impacto na genética e biologia
celular;

• Kornberg (1957) – Descobre a DNA polimerase.


Revolução dos estudos de Biologia Molecular;
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Maclaren (anos 60) - Consolidação dos


conhecimentos sobre a bioquímica do solo e uma
abordagem sobre populações;

• Norman Borlaug e outros – idealizou o avanço da


Agroquímica, melhoramento vegetal e mecanização
intensiva (REVOLUÇÃO VERDE)
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Vários autores final da década de 70 - Consolidação


da revolução verde e surge a primeira crise
energética; ideia de sustentabilidade.

• Döbereiner et al. - Descoberta de novos diazotróficos


associativos e seleção do Rizobium da soja.
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Década de 1980 – consolida-se a necessidade de


produzir sustentavelmente, conservando o meio
ambiente e a biodiversidade, e a redução no uso de
agroquímicos e cultivo mínimo do solo;
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

• Palmiter & Brinster (1981); Sprading; (1982);


Monsanto (1986) - Primeiros organismos
geneticamente modificados (OGMs);

• Mullis et al. (1985) Reação em cadeia de polimerase


PCR.
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950
Histórico da biologia do solo
4º Grande avanço: Período Moderno
Após 1950

 Século XXI:
• Ênfase em biodiversidade;
• Impactos no uso da terra;
• Emissão de gases de efeito estufa;
• Biorremediação;
• Cultivos transgênicos.

Ampliação da agricultura orgânica e reciclagem no solo


Atualmente...
• Reduzir gastos com fertilizantes nitrogenados
e produtos fitossanitários;

• Utilização de organismos promotores de


crescimento vegetal;

• Controle biológico de pragas e doenças;


• Próxima aula:

• Cada grupo deve trazer a proposta do trabalho


prático, contendo:
• Breve introdução;
• Objetivo;
• Justificativa;
1. Bactérias;
2. Archaea
3. Fungos;
4. Protozoários;
5. Nematoides;
6. Vírus;

Você também pode gostar