Você está na página 1de 46

Subsecretaria de Contabilidade

Pública
_____________________________
Coordenação-Geral de
Contabilidade e Custos da União
_____________________________

Tesouro Gerencial

Treinamento Multiplicadores PCASP


Sumário

 Parte I – o Siafi e o Siafi Gerencial: princípios lógicos da entrada e da saída de informação


Um modelo básico do Siafi; Siafi x Siafi Gerencial; Fluxo da Informação Contábil; Execução Orçamentária
da União – visão geral do registro contábil e da geração de relatórios; Controle contábil da execução
orçamentária – visão esquemática; A estrutura lógica do Siafi Gerencial

 Parte II – a estrutura de dados do Siafi


Controle contábil da execução orçamentária – exemplo real da entrada de dados; Armazenamento das
informações contábeis no Siafi I – saldos-movimentos; Consultas Construídas do Siafi Gerencial – parâmetros de
filtro e de apresentação; Parâmetros derivados do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da despesa”;
Armazenamento das informações contábeis no Siafi II – lançamentos

 Parte III – o Tesouro Gerencial


Características gerais; Siafi Gerencial x Tesouro Gerencial; Equivalências de conceitos entre o Siafi Gerencial e
o Tesouro Gerencial; Acesso ao sistema: objetos, atributos, métricas, filtros, criação de relatórios, gestão de relatórios,
alterações dinâmicas de relatórios (drill, remanejamento de atributos, filtro de apresentação, cálculos), itens de
informação e formas alternativas de implementação, a conta contábil como atributo, granularidade, execução de
relatórios em segundo plano, regra de disponibilização de atributos, grupo personalizado, templates, gerador de
relatórios, cadastro.
Tesouro Gerencial
Parte I
O Siafi e o Siafi Gerencial: princípios lógicos da entrada e da
saída de informação

Um modelo básico do Siafi; Siafi x Siafi Gerencial; Fluxo da Informação Contábil;


Execução Orçamentária da União – visão geral do registro contábil e da geração de
relatórios; Controle contábil da execução orçamentária – visão esquemática; A
estrutura lógica do Siafi Gerencial

Tesouro Gerencial
Um modelo do Siafi

ORÇAMENTO
Receita Despesa
Atos e Fatos decorrentes da Atividade Financeira
e Orçamentária do Governo Federal

SIAFI
Tabelas

de Apoio Administrativas Orçamentárias

Indicadores Unidades Fonte


Documentos
Contábeis Gestoras
(Entrada do SIAFI) Registros Programa de
Automáticos em Eventos Órgãos Trabalho

Contas Contábeis: Contas UO PTRES

D e C (Eventos) ... ... ...

Balanços e
Matriz de Balancete
Saldos Contábeis Demonstrativos

Tesouro Gerencial
Alguns números do Siafi

ORÇAMENTO
Receita Despesa
Atos e Fatos decorrentes da Atividade Financeira
R$ 1,9 trilhão R$ 1,85
e Orçamentária do Governo Federal trilhão

~ 30 mil
SIAFI
Tabelas 514

de Apoio Administrativas Orçamentárias


NS’s:
Indicadores
~ 11 milhões Unidades Fonte
Documentos
Contábeis Gestoras
(Entrada do SIAFI) Registros Programa de
Automáticos em Eventos Órgãos Trabalho

Contas Contábeis: Contas UO PTRES


NL’s: D e C (Eventos) ... ... ...
~ 3 milhões
~ 11 mil
~ 12 mil
Balanços e
Matriz de Balancete ~ 113 mil
Saldos Contábeis Demonstrativos

Tesouro Gerencial
Siafi x Siafi Gerencial

Relatórios
Entradas do Siafi Gerenciais (D+1)
Saídas do Siafi Siafi Parametrizados
Gerencial
Outros Sistemas Governamentais
Siafi
Formulários eletrônicos
específicos para cada fase
da execução da despesa

XXXXX

Usuários
Contas Contábeis
XXX XXXXXX XXXX

XXXX XXXXX XXX


Contabilização
XXXX XXX XXX X X XXX
automática e
on-line

Demonstrações
(D)
Contábeis (D+1)
Padronizadas
Usuários

Tesouro Gerencial
Fluxo da informação contábil

Siafi

Contabilização Geração automática e


automática Contas parametrizada
de relatórios

Documentos Relatórios

Proveem
Registrada por
informação
meio de...
sobre...
Atividade Financeira
Governamental
Tesouro Gerencial
Execução orçamentária – visão geral

Toda despesa deve ser autorizada pelo Congresso (orçamento).


A Lei de Finanças Públicas (4320/64) prevê quatro fases da despesa:

Dotação Orçamentária Aprovação do orçamento; a unidade recebe


crédito orçamentário
Empenho do Crédito Antes da contratação, a unidade deve comprometer uma
Orçamentário parcela do seu crédito orçamentário, tornando-a indisponível
para um novo uso.
Quando as transações ou eventos ocorrem criando a
obrigação incondicional de pagamento por parte das
Liquidação da Despesa unidades governamentais (GFSM 2001 do FMI)
(quando os serviços são prestados ou os bens são
fornecidos)

Entrega de dinheiro ao credor, extinguindo a obrigação de


Pagamento pagamento.

Tesouro Gerencial
Execução orçamentária – visão geral do registro contábil

Siafi
Documentos Contabilização automática

Nota de Dotação Autorizada


Dotação Orçamentária
Dotação Crédito Orçamentário Disponível

Empenho do Crédito Nota de Crédito Orçamentário Disponível


Orçamentário Empenho Crédito Empenhado a Executar

Crédito Empenhado a Executar


Nota de Crédito Executado a Pagar
Liquidação da Despesa Lançamento
Despesa Orçamentária

Fornecedores a Pagar

Crédito Executado a Pagar

Pagamento Ordem Crédito Executado e Pago


Bancária
Fornecedores a Pagar

Conta Única do Tesouro

Tesouro Gerencial
Execução orçamentária – geração de relatórios

Documentos Contabilização automática

Nota de Dotação Autorizada


Dotação Crédito Orçamentário Disponível

ec a

a
ad

Pa ta d
da
nh
za

u
Crédito Orçamentário Disponível

pe
Nota de

e s tori

ga
Σ

Ex
sp Em
u
Empenho

De o A

as
Crédito Empenhado a Executar

a
es

es
çã
sp

sp
ta
Do

De

De
Crédito Empenhado a Executar
Nota de Crédito Executado a Pagar Σ
Lançamento
Despesa Orçamentária

Fornecedores a Pagar

Crédito Executado a Pagar


Ordem Crédito Executado e Pago
Bancária
Fornecedores a Pagar

Conta Única do Tesouro

Tesouro Gerencial
Controle contábil da execução orçamentária – visão esquemática

CONGRESS
CONGRESS Valor
OO Empenhado
NACIONAL
NACIONAL
CRÉDITO
CRÉDITO
DISPONÍVEL
DISPONÍVEL Valor
NOTA DE Liquidado
DOTAÇÃO

UNIDADE
UNIDADE MINISTÉRIO DA Valor
ORÇAMENTÁ
ORÇAMENTÁ EDUCAÇÃO Pago
RIA
RIA
CRÉDITO
CRÉDITO NOTA DE CRÉDITO
DISPONÍVEL
CRÉDITO
DISPONÍVEL MOVIMENTAÇÃO DISPONÍV
DISPONÍV
EL
EL

UNIDADE
UNIDADE UNIDADE
UNIDADE
AA BB
CRÉDITO
CRÉDITO CRÉDITO
CRÉDITO
DISPONÍVEL
DISPONÍVEL DISPONÍVEL
DISPONÍVEL NOTA DE
CRÉDITO
CRÉDITO EMPENHO CRÉDITO
CRÉDITO CRÉDITO
CRÉDITO CRÉDITO
CRÉDITO
CRÉDITO
CRÉDITO EMPENHA LIQUIDAD
EMPENHADO
EMPENHADO NOTA DE EMPENHA LIQUIDAD LIQUIDAD
LIQUIDAD
DISPONÍV
DISPONÍV
CRÉDITO
CRÉDITO LANÇAMENTO DO
DO AA OO O
O
EL
EL
LIQUIDADO
LIQUIDADO ORDEM LIQUIDAR
LIQUIDAR AA PAGAR
PAGAR EE PAGO
PAGO
BANCÁRIA
CRÉDITO
CRÉDITOPAGO
PAGO

Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a entrada de dados no Siafi
Operacional

A entrada de dados do Siafi


Contas
Contas Conta
Conta Saldo
Contábeis Corrente

Usuários

EVENTO(S)

DOCUMENTO LANÇAMENTOS:
DÉBITO E CRÉDITO

12 Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a entrada de dados no Siafi Operacional

A entrada de dados do Siafi


Contas
Contas Conta
Conta Saldo
Contábeis Corrente

Usuários

EVENTO(S)

DOCUMENTO LANÇAMENTOS:
DÉBITO E CRÉDITO

13 Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a geração de relatórios

Contas Conta
Saldo
Contábeis Corrente

14 Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a geração de relatórios – itens e grupos de itens

Grupos de Itens
Contas Conta
Saldo
Contábeis Corrente
Item 1

 Item 1 Item 2
Item 3

 Item 2
Item 1
Item 3

 Item 3
Item 3

Regras definidas em termos de contas contábeis e dos


Item 2
operadores aritméticos “+” e “ –”.

15 Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a geração de relatórios – itens e grupos de itens

Grupos de Itens
Contas Conta
Saldo
Contábeis Corrente
Dotação

 Dotação Empenhado
Pago

 Empenhado
Dotação
Pago

 Pago
Pago

Regras definidas em termos de contas contábeis e dos


Empenhado
operadores aritméticos “+” e “ –”.

16 Tesouro Gerencial
Estrutura lógica do Siafi Gerencial – a geração de relatórios – consultas construídas

Grupos de Itens Grupos de Itens

Dotação Dotação
Consulta 1
Empenhado Empenhado
Pago Pago
Consulta 2

Consulta 3
Dotação Dotação
...
Pago Consultas Pago

Construídas

Pago Pago

Empenhado Empenhado
Consulta n

17 Tesouro Gerencial
Estrutura lófica do Siafi Gerencial – consultas construídas

Grupo “EXECUÇÃO”
Consulta Construída “Execução por programas”
Dotação
1. Grupo de Itens: “EXECUÇÃO”
Empenhado
Pago Dotação
Empenhado
Estabelece o
Pago escopo geral da
consulta, indica os
itens de
2. Parâmetros de Filtros
informação que
3. Parâmetros de Apresentação farão parte da
consulta.

Delimita o escopo da consulta


por meio de filtros, definidos
Define a forma de apresentação
por meio da seleção de
da consulta, por meio da
parâmetros e de valores
seleção dos parâmetros que
específicos para esses
serão evidenciados (e a sua
parâmetros, restringindo a
disposição) na planilha gerada.
abrangência da consulta.

18 Tesouro Gerencial
Parte II
A estrutura de dados do Siafi

Controle contábil da execução orçamentária – exemplo real da entrada de dados;


Armazenamento das informações contábeis no Siafi I – saldos-movimentos; Consultas
Construídas do Siafi Gerencial – parâmetros de filtro e de apresentação; Parâmetros derivados
do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da despesa”; Armazenamento das
informações contábeis no Siafi II – lançamentos

Tesouro Gerencial
Controle contábil da execução orçamentária – exemplo real da entrada de dados

Informação do “mundo real”: Lei Orçamentária Anual

Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Armazenamento das informações contábeis no Siafi I – saldos-movimentos

24 Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Tesouro Gerencial
Categoria Econômica 3 – Despesas
Correntes
Grupo da Despesa 1 – Pessoal e
Encargos Sociais
Mod. De Aplicação 91 – Aplicações
Diretas Op. Intra-Orçamentárias
Elemento de Despesa 13 –
Obrigações Patronais
Natureza da Despesa Detalhada = Subitem 03 - CPPSSS
31911303
(>CONATSOF, >CONCONTA)

UG Responsável = 010019
(>CONUG)

Fonte de Recursos = 0100000000 : Recursos Ordinários


(>CONFONTE)

PTRES = 000001
(>CONPTRES)

>CONPT Função 01 – Legislativa


Subfunção 122 – Admin. Geral
Programa 0553 – Atividade Legislativa da Câmara dos
Deputados
Ação 09HB – Contribuição da União e de suas
autarquias e fundações para o custeio do RPPS.
Esfera Orçamentária = 1 – “Orçamento Fiscal” Localização de Gasto 0001 – Nacional
Tesouro Gerencial
Parâmetros derivados do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da
despesa”

Estrutura básica do conta corrente “célula da despesa com ND detalhada”:

Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

29 Tesouro Gerencial
Parâmetros derivados do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da
despesa”

Fonte
Fonte de Recursos
Fonte Reduzida
Fonte SOF
Fonte de Recursos Detalhada
ID Uso
Grupo Fonte
Detalhe da Fonte

Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

PTRES Natureza da Despesa UG Responsável


Unidade Orçamentária (UO) Categoria Econômica Órgão da UGR
Programa de Trabalho (PT) Grupo de Despesa Órgão Superior da UGR
Indicador de Resultado Modalidade de Aplicação Poder do Órgão da UGR
Indicador de Tipo de Crédito Elemento de Despesa

30 Tesouro Gerencial
Parâmetros derivados do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da
despesa”

Fonte
Fonte de Recursos
Fonte Reduzida
Fonte SOF Fonte de Recursos
Fonte de Recursos Detalhada Gera Cota STN
ID Uso
Grupo Fonte
Detalhe da Fonte

Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

PTRES Natureza da Despesa UG Responsável


Unidade Orçamentária (UO) Categoria Econômica Órgão da UGR
Programa de Trabalho (PT) Grupo de Despesa Órgão Superior da UGR
Indicador de Resultado Modalidade de Aplicação Poder do Órgão da UGR
Indicador de Tipo de Crédito Elemento de Despesa

Unidade Orçamentária (UO)


Órgão da UO
Órgão Superior da UO Programa de Trabalho (PT)
Poder do Órgão da UO Função
Subfunção
Programa
Projeto/Atividade (ação)
Subprojeto/subatividade (localizador de
gasto / subtítulo)
31 Tesouro Gerencial
Parâmetros derivados do conta corrente – exemplo da “célula orçamentária da
despesa”

Fonte Célula Orçamentária


Fonte de Recursos Indicador de Lei Calmon
Fonte Reduzida Indicador de Programações Selecionadas
Fonte SOF Fonte de Recursos Indicador de Exceção ao Decreto
Fonte de Recursos Detalhada Gera Cota STN Indicador de Acompanhamento Intensivo
ID Uso etc.
Grupo Fonte
Detalhe da Fonte

Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

PTRES Natureza da Despesa UG Responsável


Unidade Orçamentária (UO) Categoria Econômica Órgão da UGR
Programa de Trabalho (PT) Grupo de Despesa Órgão Superior da UGR
Indicador de Resultado Modalidade de Aplicação Poder do Órgão da UGR
Indicador de Tipo de Crédito Elemento de Despesa

Unidade Orçamentária (UO)


Órgão da UO
Órgão Superior da UO Programa de Trabalho (PT)
Poder do Órgão da UO Função
Subfunção
Programa
Projeto/Atividade (ação)
Subprojeto/subatividade (localizador de
gasto / subtítulo)
32 Tesouro Gerencial
Uma consulta utilizando saldos contábeis

Despesas liquidadas no elemento


de despesa 41

Natureza de Despesa
Elemento de Despesa

39.670.235,35

Tesouro Gerencial
Armazenamento das informações contábeis no Siafi I – saldos-movimentos

Estrutura Organizacional
da UG Executora
Setorial Contábil da UG
Setorial Financeira da UG

UF ...

Órgão da UG Órgão Superior Órgão


... Máximo
OFSS
Tipo de Administração

Decodificação do Conta Corrente


Tipo de Conta Corrente
Árvore de parâmetros
derivados do conta
Tipo de Valor (saldo atual,
corrente
movimento líquido,
movimento líquido
acumulado etc.), mês de
referência e valor
apurado propriamente
dito

34 Tesouro Gerencial
Armazenamento das informações contábeis no Siafi II – lançamentos

Dia, Mês e Ano de


lançamento

Campos da Árvore de parâmetros


tabela de Estrutura Organizacional derivados do conta
Evento da UG Executora corrente

Campos da
tabela de
contas
Estrutura Organizacional da UG Campos dos
emitente do documento documentos

Tipos de
Dia, Mês e Ano da documentos
emissão do documento

35 Tesouro Gerencial
Parte III
Tesouro Gerencial

Características gerais; Siafi Gerencial x Tesouro Gerencial; Equivalências de conceitos


entre o Siafi Gerencial e o Tesouro Gerencial; Acesso ao sistema: objetos, atributos,
métricas, filtros, criação de relatórios, gestão de relatórios, alterações dinâmicas de
relatórios (drill, remanejamento de atributos, filtro de apresentação, cálculos), itens de
informação e formas alternativas de implementação, a conta contábil como atributo,
granularidade, execução de relatórios em segundo plano, regra de disponibilização de
atributos, grupo personalizado, templates, gerador de relatórios, cadastro.

Tesouro Gerencial
Características Gerais

 Substituirá o Siafi Gerencial para consultas dos dados do Siafi 2015 em diante;
 Sistema construído em arquitetura BI – business inteligence (“inteligência de negócios”)
Sistemas BI facilitam a análise de grandes volumes de dados complexos, provendo a
habilidade de visualizar os dados a partir de muitas perspectivas, com vários níveis de
detalhe.
Componentes da arquitetura BI:
• Sistema de origem dos dados: normalmente um sistema transacional – o Siafi;
• Processo de extração, transformação e carga – o processo de cópia, padronização,
adaptação e carga dos dados do Siafi no banco de dados do sistema;
• DW – Data Warehouse (“armazém de dados”), o local de armazenamento dos dados que
serão utilizados pelo sistema, num formato otimizado para o processamento analítico;
• Plataforma de BI (Microstrategy) – o sistema que provê as ferramentas para análise dos
dados e geração de relatórios

Tesouro Gerencial
Características Gerais

 O sistema será acessados pela web;


 O sistema vai permitir a elaboração de relatórios baseados em dados do Siafi com mais
flexibilidade e possibilidades bastantes superiores de análise, associação, combinação, filtragem e
apresentação.
 A elaboração desses relatórios se faz por meio da utilização de diversos tipos de objetos, que
representam os dados do Siafi.
 O próprio relatório (equivalente à consulta construída do Siafi Gerencial) é um objeto, o que
permite uma gestão das consultas da unidade parecida com a manipulação de arquivos: um
relatório pode ser copiado, renomeado, movido, gravado em pastas etc.
 O sistema disponibiliza pastas particulares para cada usuário e pastas compartilhadas para todos
os usuários de uma unidade.
 Granularidade bastante ampliada: dados provenientes dos lançamentos contábeis, o que permite
o relacionamento de saldos com documentos, detalhamento de valores por dia etc.
 Modelagem multidimensional: será possível num mesmo relatório relacionar atributos
(“parâmetros”) relacionados a saldos contábeis, campos de documentos e campos de tabelas.
Tesouro Gerencial
Equivalência de alguns conceitos do Siafi Gerencial no Tesouro Gerencial

Parâmetro Atributo
Mês de Referência Mês de Lançamento
Consulta Construída Relatório
 Contexto da Consulta Construída Filtro do Relatório
 Apresentação da Consulta Construída Template do Relatório
 Cabeçalho da Consulta Construída Páginas/Linha Central
Atributo “Item de
Item de Informação
Informação”
Pode também ser implementado
pelo usuário por meio de outros
objetos (Filtro com seleção de
contas contábeis, por exemplo)

Filtro com seleção de


Grupo de Itens
“Itens de Informação”
Pode também ser implementado
pelo usuário por meio de outros
objetos (Grupo Personalizado, por
exemplo)

39 Tesouro Gerencial
“O conhecido é finito; o desconhecido, infinito. Intelectualmente estamos em
uma pequena ilha no meio de um ilimitado oceano de inexplicabilidade. Nosso
dever a cada geração é reivindicar um pouco mais de terra.”
T. H. Huxley (1877)

Créditos/Contato

Gerência de Informações Contábeis-Fiscais


geinf.ccont.df.stn@fazenda.gov.br
Anexo
Regra de disponibilização de parâmetros no Siafi Gerencial

Tesouro Gerencial
Consultas Construídas – parâmetros de filtro e de apresentação – mais de uma conta

Contas
Itens componentes do contábeis
Grupo de Itens Contas correntes
Grupo formadoras
dos itens

+ 19211.01.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

DOTAÇÃO INICIAL + 19211.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 19211.02.09 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 29213.01.00 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DOT / EMP / PAG DESPESAS
+ 29213.02.02 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
EMPENHADAS
+ 29213.02.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DESPESA PAGA
+ 29241.04.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno Favorecido do Empenho

42 Tesouro Gerencial
Consultas Construídas – parâmetros de filtro e de apresentação – mais de uma conta

Contas
Itens componentes do contábeis
Grupo de Itens Contas correntes
Grupo formadoras
dos itens

+ 19211.01.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

DOTAÇÃO INICIAL + 19211.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 19211.02.09 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 29213.01.00 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DOT / EMP / PAG DESPESAS
+ 29213.02.02 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
EMPENHADAS
+ 29213.02.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DESPESA PAGA
+ 29241.04.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno Favorecido do Empenho

43 Tesouro Gerencial
Consultas Construídas – parâmetros de filtro e de apresentação – mais de uma conta

Contas
Itens componentes do contábeis
Grupo de Itens Contas correntes
Grupo formadoras
dos itens

+ 19211.01.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

DOTAÇÃO INICIAL + 19211.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 19211.02.09 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 29213.01.00 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DOT / EMP / PAG DESPESAS
+ 29213.02.02 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
EMPENHADAS
+ 29213.02.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DESPESA PAGA
+ 29241.04.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno Favorecido do Empenho

44 Tesouro Gerencial
Consultas Construídas – parâmetros de filtro e de apresentação – mais de uma conta

Contas
Itens componentes do contábeis
Grupo de Itens Contas correntes
Grupo formadoras
dos itens

+ 19211.01.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

DOTAÇÃO INICIAL + 19211.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 19211.02.09 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 29213.01.00 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DOT / EMP / PAG DESPESAS
+ 29213.02.02 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
EMPENHADAS
+ 29213.02.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DESPESA PAGA
+ 29241.04.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno Favorecido do Empenho

45 Tesouro Gerencial
Consultas Construídas – parâmetros de filtro e de apresentação – mais de uma conta

Contas
Itens componentes do contábeis
Grupo de Itens Contas correntes
Grupo formadoras
dos itens

+ 19211.01.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

DOTAÇÃO INICIAL + 19211.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 19211.02.09 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa UG Responsável Plano Interno

+ 29213.01.00 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.02.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DOT / EMP / PAG DESPESAS
+ 29213.02.02 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
EMPENHADAS
+ 29213.02.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno

+ 29213.03.01 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno
DESPESA PAGA
+ 29241.04.03 Esfera PTRES Fonte Natureza da Despesa Subitem UG Responsável Plano Interno Favorecido do Empenho

Parâmetros comuns a todos os tipos de conta corrente das contas


presentes no grupo de itens

46 Tesouro Gerencial