Você está na página 1de 101

Manual de

operadores de
giratória
07-05-2013 certiforma Lda 2
FORMAÇÃO

DE

OPERADORES

DE

ESCAVADORAS

HIDRÁULICAS
07-05-2013 certiforma Lda 3
07-05-2013 certiforma Lda 4
Estrutura da formação

1º Dia
Noções teóricas de:
• higiene e segurança
• o equipamento,
• regras gerais da movimentação de
carga

2º Dia
Simulação prática para certificação
Formação de operadores
Escavadoras hidráulicas
07-05-2013 certiforma Lda 5
OBJECTIVOS

No final desta formação deverão:

• Saber noções gerais de higiene e segurança


• Conhecer o equipamento, a sua classificação e tecnologia
• Conhecer as regras gerais da movimentação de carga
• Saber identificar as diversas situações de risco
• Demonstrar as diferentes técnicas de manobras
A avaliação é feita no final por um exercício teórico e
uma simulação prática

07-05-2013 certiforma Lda 6


ÍNDICE

• CAP 1 : Noções gerais de HSI

• CAP 2 : Regulamentação

• CAP 3 : Classificação e tecnologia

• CAP 4 : Regras de segurança

07-05-2013 certiforma Lda 7


MÁQUINA

CARGA

LOCAL
DE
07-05-2013 certiforma Lda 8
TRABALHO
Princípios básicos de segurança

07-05-2013 certiforma Lda 9


Saúde

Estado completo de bem estar

físico, psíquico e social

(OMS)

07-05-2013 certiforma Lda 10


RISCO

07-05-2013 certiforma Lda 11


RISCO

A probabilidade de um determinado efeito


(gato ser apanhado e mordido)

ocorra dentro de um determinado período

ou em determinadas circunstâncias
(enquanto desfila perante o batalhão de cães)

07-05-2013 certiforma Lda 12


Acidentes de trabalho

O acidente que se verifique no local e no tempo de


trabalho e

produza directa ou indirectamente lesão

corporal, perturbação funcional ou doença

de que resulte a morte ou redução na

capacidade de trabalho ou de ganho.


07-05-2013 certiforma Lda 13
C ausas

As causas mais frequentes de acidentes são os gestos mais vulgares


(a rotina), como:

um passo em falso,

uma queda

um erro na movimentação da máquina e dos materiais

utilização inadequada de uma ferramenta manual

a queda de um objecto...
07-05-2013 certiforma Lda 14
Um exemplo

• Pensou e planeou cuidadosamente todos os


ângulos
• Já fez esta tarefa milhares de vezes
• É natural para si
• Sabe o que faz e aprendeu para o fazer bem
feito
• Nada pode correr mal, certo ?

07-05-2013 certiforma Lda 15


Errado!
ça
an
u r
s eg
d a
igo
im
in
or
pi
o
a é
tin
ro
A
07-05-2013 certiforma Lda 16
A Segurança no trabalho

Propõe-se combater, dum ponto de vista não


médico, os acidentes de trabalho:

• eliminando as condições inseguras do ambiente

• educando os trabalhadores a utilizarem medidas


preventivas.

07-05-2013 certiforma Lda 17


Prevenção

Limitar/ eliminar o risco

Envolve medidas construtivas

ou de engenharia

A reparação de uma fuga de ar

para reduzir o ruído

07-05-2013 certiforma Lda 18


Prevenção

Envolver o risco

Envolve medidas construtivas

ou de engenharia

Isolamento de um motor para

reduzir o ruído

07-05-2013 certiforma Lda 19


Prevenção

R R AFASTAR O HOMEM
• Envolve medidas
organizacionais (Homem

• máquina - Ambiente)

• Rotação periódica de

• trabalhadores expostos
07-05-2013 certiforma Lda 20
Prevenção

Proteger o homem

Envolve medidas protecção

individual (Homem)

Utilização de protecções

auriculares

07-05-2013 certiforma Lda 21


Estatística

• 2,2 milhões de mortes por ano provocadas por


acidentes trabalhos ou doenças profissionais
• O que dá … 6000 por dia … 250 por hora e …
• 4 por minuto
• Destas, 350.000 mortes provocadas por acidentes de
trabalho
• 270 milhões de acidentes por ano com baixa superior
a 3 dias
• 4 % do PIB mundial é perdido em custos de
recuperação de ferimentos, indemnização por morte
ou ausência ao trabalho para tratamentos.

07-05-2013 certiforma Lda 22


te
p ar

e r
fa z
ra m ca
e i sti
qu tatí
o e s
Nã da

07-05-2013 certiforma Lda 23


RESPONSABILIDADESPENAIS
RESPONSABILIDADES PENAIS

O código penal especifica que o facto de lesionar ou


matar alguém no seu local de trabalho por:
• Imperícia, Imprudência,
• Desatenção,
• Negligência,

• Absentismo,

constitui um delito.

07-05-2013 certiforma Lda 24


DIREITO DE
DIREITO DE ALERTAR
ALERTAR EE RETIRAR
RETIRAR

• O empregado deve alertar imediatamente a entidade


empregadora de todas as situações de trabalho onde existe um
motivo razoável para pensar que representem um perigo grave e
iminente para ele mesmo ou para terceiros.
• O empregado pode desta forma retirar-se do seu posto de trabalho.

07-05-2013 certiforma Lda 25


C
L
A
S
S
I
F
I
C
Ã
O
07-05-2013 certiforma Lda 26
O QUE É UMA ESCAVADEIRA???

-UMA ESCAVADEIRA É UMA INVENÇÃO INTERESSANTE…

-POIS NA REALIDADE TEM TRÊS PEÇAS DE EQUIPAMENTO DE


CONSTRUÇÃO COMBINADOS EM UMA ÚNICA UNIDADE.

-UMA ESCAVADEIRA É:

=UM TRATOR.

=UMA CARREGADEIRA.

=E UMA ESCAVADEIRA.

07-05-2013 certiforma Lda 27


BASICAMENTE A ESCAVADEIRA É UMA GRANDE E
EXTREMAMENTE PODEROSA VERSÃO DO SEU BRAÇO, TEM
TRÊS SEGMENTOS:

• 1= A LANÇA
• 2= O BRAÇO
• 3= A CAÇAMBA

• ESTE ARRANJO É MUITO SIMILAR AO SEU BRAÇO…

1=BRAÇO SUPERIOR = A LANÇA

2=ANTEBRAÇO______= O BRAÇO

3=MÃO _____________= A CAÇAMBA


07-05-2013 certiforma Lda 28
BRAÇO LANÇA

07-05-2013 certiforma Lda 29


CAÇAMBA
OU
BALDE

07-05-2013 certiforma Lda 30


RETROESCAVADORAS

07-05-2013 certiforma Lda 31


CATERPILLAR

ESCAVADORAS HIDRÁULICAS GIRATÓRIAS


07-05-2013 certiforma Lda 32
ESCAVADORA
MAQUINA DE
CAT-385

CONSTRUÇÃO

ROBUSTA

PARA MAIOR

DURABILIDADE

07-05-2013 certiforma Lda 33


SISTEMA DE COMBUSTIVEL

 O MOTOR CATERPILAR C13 ACERT TEM CONTROLES

ELECTRÓNICOS QUE GOVERNAM O SISTEMA DE

INJECÇÃO DE COMBUSTIVEL ACIONADO MECANICAMENTE

E ASSIM FORNECE A ALTA PRESSÃO NECESSÁRIA PARA

AJUDAR A REDUZIR AS EMISSÕES DE PARTICULAS E

PROPOCIONAR ASSIM UMA MAIOR ECONOMIA DE

COMBUSTIVEL, E UMA COMBUSTÃO MAIS COMPLETA …..

07-05-2013 certiforma Lda 34


TURBOALIMENTADO
ALGUNS MOTORES DA CATERPILLAR UTILIZAM

UM TURBOALIMENTADOR COM COMPORTA DE

SAIDA PARA UM MAIOR DESEMPENHO.

O TURBOALIMENTADOR CONTROLA O VOLUME

DE AR ADMITIDO PARA OS CILINDROS E ASSIM

TRABALHA EFICIENTEMENTE DURANTE AS

CONDIÇÕES DE CARGAS BAIXAS OU ELEVADAS


07-05-2013 certiforma Lda 35
ENERGIA HIDRÁULICA

• OS SISTEMAS HIDRÁLICOS TRANSMITEM AS FORÇAS ATRAVÉS DO


FLUIDO.

• A MAIORIA DOS SISTEMAS USA UM FLUÍDO INCOMPRESSÍVEL.

• ESTE TIPO DE FLUÍDO TRANSMITE QUASE TODA A FORÇA ORIGINAL


EM VES DE OBSERVAR UMA PARTE DELA.

• O FLUÍDO INCOMPRESSÍVEL MAIS COMUM USADO EM


MAQUINÁRIO HIDRÁLICO, É O OLEO HIDRÁULICO

07-05-2013 certiforma Lda 36


BOMBA HIDRÁLICA

07-05-2013 certiforma Lda 37


VALVULAS HIDRÁULICAS

07-05-2013 certiforma Lda 38


CILINDRO HIDRÁLICO
• FONCIONAMENTO DO CILINDRO
• COM OLEO HIDRÁLICO

 DOIS TUBOS DE PRESSÃO


 UM PARA CADA SENTIDO
07-05-2013 certiforma Lda 39
MACACOS OU
CILINDROS HIDRÁULICOS

07-05-2013 certiforma Lda TUBOS HIDRÁLICOS 40


CABINE, OU POSTO DO OPEADOR

07-05-2013 certiforma Lda 41


4= COMANDO GERAL 3=DESLOCAÇÃO

JOYSTICKS
07-05-2013 certiforma Lda 42
JOYSTICKES
GERAL

07-05-2013 certiforma Lda 43


PUNHOS DE
COMANDO

ESPECIAIS, PARA
AS

FUNÇÕES OPCIONAIS

DOS ACESSÓRIOS

DE TRABALHO
07-05-2013 certiforma Lda 44
1-INDICADOR DE
ALERTA

2-INDICADOR COMANANDO

3-INSTRUMENTOS

4-AREA DE MENSAGENS

5-TECLADO
07-05-2013 certiforma Lda 45
07-05-2013 JOYSTICKES certiforma Lda 46
DESLOCAÇÃO DA MÁQUINA
RODA DE
TRAÇÃO,E,
LAGARTAS, OU
RASTOS

07-05-2013 certiforma Lda 47


 EXCLENTE DESEMPENHO

 EXCLENTE CONTROL

 ALTAS FORÇAS DE BRAÇO


E CAÇAMBA.

 IMPRESSIONANTE CAPACIDADE
CAÇAMBA
DE LEVANTAMENTO…

 UMA MANUTENÇÃO
SIMPLIFICADA

07-05-2013 certiforma Lda 48


ACESSO
SERVIÇO AOS NIVEIS, EDEOUTRAS
DE MANUTENÇÃO FACIL

ACESSO…
MANUTENÇÕES
NIVEIS DE OLEO,

07-05-2013 certiforma Lda 49


FACILIDADES
DE
MANUTENÇÃO

NIVEIS DE

OLEO DO

MOTOR, E

HIDRÁLICOS

07-05-2013 certiforma Lda 50


FILTRO DO
AR

07-05-2013 certiforma Lda 51


FILROS
DE
OLEO

07-05-2013 certiforma Lda 52


MANUTENÇÃO

DO

MOTOR

NUMA

MINI-ESCAVADORA

CAT
07-05-2013 certiforma Lda 53
Material rodante e lâmina

07-05-2013 certiforma Lda 54


RADIADOR

ACESSO AO
OLEO DO MOTOR
07-05-2013 certiforma Lda 55
MANUTENÇÃO

DOS

FILTROS E

RADIADOR

07-05-2013 certiforma Lda 56


MANUTENÇÃO

AFINAÇÃO DOS

RASTOS OU

LAGARTAS

07-05-2013 certiforma Lda 57


ACESSÓRIOS AO CHASSI
LAMINA OPCIONAL

PARA UM

RÁPIDO E MELHOR

NIVELAMENTO

DO LOCAL DE

TRABALHO

07-05-2013 certiforma Lda 58


OUTROS ACESSÓRIOS
FERRAMENTAS DE

TRABALHO…

MULTIPROCESSADOR

07-05-2013 certiforma Lda 59


MARTELO

07-05-2013 certiforma Lda 60


07-05-2013 GARRA
certiforma Lda 61
MANDIBULAS, OU GARRAS
07-05-2013 certiforma Lda 62
SISTEMA DE ENGATE
RÁPIDO

07-05-2013 certiforma Lda 63


TRABALHOS CONFORME AS NECESSIDADES
07-05-2013 certiforma Lda 64
RAIO DE
07-05-2013 certiforma Lda OSCILAÇÃO 65
COMPARAR O RAIO DE OSCILAÇÃO
DIANTEIRO MINIMO, E O RAIO DE
OSCILAÇÃO DA CAUDA

RAIO OSCILAÇÃO
07-05-2013 DIANTEIRO certiforma Lda 66
RAIO DE MANOBRA

07-05-2013 certiforma Lda 67


BALDES E DENTES
BALDES E DENTES

07-05-2013 certiforma Lda 68


BALDES DIVERSOS

07-05-2013 certiforma Lda 69


DENTES
PARA DIVERSAS
FUNÇÕES
07-05-2013 certiforma Lda 70
DIVERSOS DENTES

DIVERSOS DENTES

07-05-2013 certiforma Lda 71


OUTROS TIPOS DE BALDES

07-05-2013 certiforma Lda 72


1= BALDE DE ESCAVAÇÃO
ESCAVA E CARREGA MATERIAIS MOLES A

MEDIOS TAIS COMO ARGILA

E TERRA. TEM ADAPTADORES DE PONTAS

SOLDADAS LAMINA DE CORTE E BARRAS

LATERAIS TEMPERADAS

07-05-2013 certiforma Lda 73


2=BALDE DE ESCAVAÇÃO EXTREMA

ESCAVA E CARREGA MATERIAIS

COMPACTOS// TAIS COMO TERRA,

ROCHA,AREIA/ARGILA, AREIA/CASCALHO

CARVÃO,CALCÁRIO E MINÉRIOS DE

BAIXO ABRASÃO, TODAS AS PÉÇAS

DE DESGASTE SÃO FABRICADAS COM

AÇO RESISTENTE À ABRASÃO


07-05-2013 certiforma Lda 74
3=BALDE DE GRADES
É USADO PARA SOLOS MOLES E HÚMIDOS E PARA
APLICAÇÕES ONDE É NECESSÁRIO A SEPARAÇÃO DOS
MATERIAIS ,POR EXEMPLO. GALHOS, E TAMBEM PARA
PARTIR ASFALTO

ESTE BALDE É TAMBEM

USADO PARA APLICAÇÕES

MAIS DIFICEIS, TAIS COMO

A SEPARAÇÃO DA ROCHA

DA AREIA OU CASALHO…

07-05-2013 certiforma Lda 75


BALDE USADO PARA LIMPEZADE VALAS

07-05-2013 certiforma Lda 76


BALDE PARA
LIMPEZA DE
VALAS COM
INCLINAÇÃO
07-05-2013 certiforma Lda 77
HIDRÁULICA….
TRABALHOS COM
MARTELO

07-05-2013 certiforma Lda 78


EXTRACÇÃO DE ROCHA COM MARTELO
HIDRÁULICO,

07-05-2013 certiforma Lda 79


DIPOSITIVO DE PROTECÇÃO CONTRA O PÓ NO
MARTELO HIDRÁULICO…

07-05-2013 certiforma Lda 80


DISPOSITIVO AUTOMÁTICO DE LUBRIFICAÇÃO,INSTALADO
DIRECTAMENTE NO MARTELO HIDRÁULICO

07-05-2013 certiforma Lda 81


MULTIPROCESSADOR DE MAXILAS.
-PARA DEMOLIÇÕES E CORTE
DE PRECISÃO DE ESTRUTURAS DE
BETÃO ARMADO.
-EQUIPADAS COM DENTES DE
ESMAGAMENTO DE BETÃO E
FACAS DE CORTE DE AÇO DE
AÇO RAVERSÍVEIS…

07-05-2013 certiforma Lda 82


MULTIPROCESSADOR COM
MAXILAS DE CORTE..

.PARA DEMOLIÇÃO DE
ESTRUTURAS METÁLICAS.

.COM CAPACIDADE DE
CORTE DE PERFIS
METÁLICOS LIGEIROS.
ASSIM COMO: VIGAS,
TUBOS, VARÃO DE
ARMADURA, CABOS
METÁLICOS E AINDA PNEUS:

.EQUIPADO COM FACAS


REVERSÍVEIS

07-05-2013 certiforma Lda 83


MAXILAS DE ESMAGAMENTO
PARA DEMOLIÇÕES DE ESTRUTURAS DE BETÃO .COM CAPACIDADE
DE ESMAGAMENTO DE BETÃO E CORTE DE VARÕES DE FERRO,
DENTES DE ESMAGAMENTO SUBSTITUÍVEIS,E FACAS REVERSÍVEIS

07-05-2013 certiforma Lda 84


MOVIMENTOS DO BRAÇO

07-05-2013 certiforma Lda MOVIMENTOS DA CAÇAMBA 85


POSTURA CORRÉTA PARA CARREGAMENTOS DE
DETRITOS

07-05-2013 certiforma Lda 86


DIVERSOS

MOVIMENTOS

CARREGAMENTO

ESCAVAÇÃO

ESCAVAÇÃO

07-05-2013 certiforma Lda 87


DIVÉRSAS FASES DE ESCAVAÇÕES

07-05-2013 certiforma Lda 88


DEVE-SE SEMPRE PROCURAR A MELHOR POSIÇÃO PARA SE TRABALHAR EM
SEGURANÇA, E PODER DAR O MAXIMO DE RENDIMENTO…((-Exemplo))

POSIÇÃO
CORRÉCTA

07-05-2013 certiforma Lda 89


PARA MAIOR ALCANCE, APLICAÇÕES DE …

• LANÇA.

• BRAÇO.

• CAÇAMBA.

07-05-2013 certiforma Lda 90


OUTRAS
CARAQUETRISTICAS
E
ADAPTAÇÕES
EM
ESCAVADORAS
GIRATÓRIAS

07-05-2013 certiforma Lda 91


OUTROS MODELOS

07-05-2013 certiforma Lda 92


07-05-2013 certiforma Lda 93
OUTRAS FUNÇÕES

07-05-2013 certiforma Lda 94


07-05-2013 certiforma Lda 95
LIMITES

DE

OPERAÇÕES

07-05-2013 certiforma Lda 96


07-05-2013 certiforma Lda 97
DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA COM
CONDUTORES ELÉCTRICOS

• MENOS DE 50 000 VOLTS

 3 metros.

• MAIS DE 50 00VOLTS

 5 metros.

07-05-2013 certiforma Lda 98


TRABALHOS NA VIZINHANÇA DE
LINHAS ELÉCTRICAS SOB TENSÃO

• No caso da realização de trabalhos


na vizinhança de linhas eléctricas
em tensão, procedimentos
específicos devem ser
estabelecidos.
• Medidas de protecção que
previnam o contacto directo
devem ser tomadas, seja por:
– Isolamento,
– Afastamento,
– Obstáculo (limite do gabarito)
07-05-2013 certiforma Lda 99
RISCOS E CUIDADOS A TER
• SEMPRE QUE EFECTUAR ESCAVAÇÕES EM

• ZONAS SUSPEITAS DE TER CABOS ELECTRICOS

OU TUBULAÇÕES ENTERRADAS DEVE ANTES DE

INICIAR O SERVIÇO TENTAR SABER QUAIS AS

PROFUNDIDADES DAS MESMAS PARA IVITAR


POSSIBEIS ACIDENTES

07-05-2013 certiforma Lda 100


RISCOS E CUIDADOS A TER
• DEPOIS DE TER INSPECIONADO A SUA
MAQUINA E A SUA ZONA DE SERVIÇO FICA
ASSIM PREPARADO PARA DAR INICIO A
MAIS UM DIA DE
TRABALHO.
• ENTÃO …
• BOM DIA E BOM TRABALHO

07-05-2013 certiforma Lda 101

Você também pode gostar