Você está na página 1de 73

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO

AMAZONAS - IFAM
CAMPUS MANAUS CENTRO

RELAÇÕES INTERPESSOAIS E ÉTICA

Prof. Kid Fernandes


INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO
AMAZONAS - IFAM
CAMPUS MANAUS CENTRO

Prof. Me. VALCLIDES KID FERNANDES DOS SANTOS


• Graduação em Administração
Centro Universitário do Norte (1998);
• Especialização em Administração de Recursos Humanos
Universidade Federal do Amazonas - UFAM (2005);
• Mestrado em Ciências (Educação Agrícola)
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ (2016);
• Professor EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas
(Mestre).
• FUCAPI – SEDUC – UEA – IFAM
Ementa
• Definição de Relações Interpessoais e
intrapessoais.
• Curtigrama: Gostos e ações.
• Motivações e Necessidades.
• Comportamento e temperamentos
(pessoal e profissional).
• Relações interpessoais no trabalho
(Vídeo).
• Comunicação interpessoal.
• Comunicação não-verbal.
3
Ementa
• Ética e Moral.
• Ética no Mundo Contemporâneo.
• Liberdade, Consciência e Responsabilidade.
• Ética Profissional no âmbito das Tecnologias da
Informação.
• Tendências Contemporâneas em Ética.
• Noções de Direito Constitucional.
• Noções de Direito Constitucional.
• Noções de Direito Administrativo.
• Noções de Direito Administrativo. 4
Metodologia
• Aulas expositivas e dialogadas;
• Palestras;
• Filmes, documentários;
• Aulas de campo.

Avaliações:
• Provas escritas;
• Seminários.

5
Vamos começar a aula!
Para você o que é?

RELAÇÕES INTERPESSOAIS

RELAÇÃO INTRAPESSOAL
Relação Intrapessoal

Refere-se ao ser interno (os desejos,


as angustias, percepções, os
conflitos, as alegrias), ou seja tudo
que se relaciona aos próprios
sentimentos.

A partir dos estímulos internos é que


nos mostramos ao mundo.

A relação consigo mesmo é de


extrema importância. Pode-se dizer
que é o nosso alicerce.
Qual a percepção que temos de nós mesmos?

Qual a imagem que passamos para as pessoas?

O que o nosso comportamento nos traz


como consequências?
Como está a minha relação
intrapessoal?
O Curtigrama: Gostos e ações.

O Curtigrama tem a finalidade de entender aquilo


que nos agrada ou não, sendo um dos recursos
investigativos em processos de orientação
profissional.

O Curtigrama pode ser também uma ferramenta


para avaliar como está o nosso aproveitamento do
tempo: me dedico mais ao que gosto ou estou mais
preso a coisas que não me agradam?

Estou priorizando as ações que me levarão aonde


quero chegar, ou estou me perdendo pelo
caminho? Estou conseguindo equilibrar o relógio da
Relações Interpessoais

Relações Humanas ou relações


interpessoais se refere a qualquer tipo
de relação estabelecida entre duas ou
mais pessoas. É em torno dessas
relações que se estabelecem os conflitos
entre as pessoas.

A base das “trocas” existentes nas


relações interpessoais é o
comportamento. Por meio dele
avaliamos as pessoas e formamos
concepções acerca delas.
Como estão as minhas relações
interpessoais?

Roda da Vida
MOTIVAÇÃO

O que lhe motiva?


MOTIVAÇÃO

Motivo para ação.

Serve para garantir/buscar objetivos – ter foco.

Motivação ≠ Estímulo ou Incentivo

Pessoa auto-motivada geralmente é bem


sucedida em suas relações, de modo geral
(familiares, profissionais, sociais).
Incentivo
É algo que vem de fora. Algo que precisa ser
renovado constantemente. No ambiente
empresarial, incentivo é algo que os gestores
oferecem como uma espécie de recompensa a
seus colaboradores. Uma oportunidade de
crescimento, mudança nas condições de trabalho,
reconhecimento são alguns dos incentivos que as
empresas podem oferecer.
Motivação
É algo que vem do interior de cada um. A motivação
é algo bastante particular, pois esta se baseia nos
motivos que levam os indivíduos a realizarem (ou
não) determinadas ações.
Enquanto o incentivo empodera o colaborador para
realizar suas atividades, a motivação traz o
significado que aquele colaborador tem sobre
aquela tarefa. O quão importante o este ver a sua
A Motivação é gerada por necessidades!
Quais são estas necessidades?

Maslow – necessidades geram motivação.


Pirâmide de Maslow

Autocontrole de suas ações,


independência, capacidade de
fazer aquilo que gosta e que é apto
a fazer, ter satisfação.
Necessidades de reconhecer as
próprias capacidades e ser
reconhecido por outras pessoas.
Necessidades de se sentir parte de
um grupo social.
Elementos que fazem os indivíduos s
sentirem seguros.
Necessidades básicas de qualquer
ser humano.
As necessidades motivam o comportamento
humano. Elas são individuais.

Além disso, vale lembrar que o homem


saudável é motivado.
É importante compreender a motivação
porque ela influenciará diretamente os
nossos comportamentos.
COMPORTAMENTO
O comportamento é a conduta.

É por meio dele que somos


conhecidos...
O nosso comportamento é o resultado de
nossas cognições mais o ambiente que nos
cerca. Além disso, nossas ações também
sofrem reflexos, da nossa personalidade
(temperamento + caráter).
Importante também:

Esteja sempre atento as suas


motivações, comportamentos e ao seu
temperamento!
Temperamentos

Hipócrates filósofo grego, foi o primeiro a formular uma teoria


do temperamento, baseando-se na teoria dos quatro
elementos de Empédocles.  Sanguíneo
Colérico
Fleumático
Melancólico
Sanguíneo

Pessoa que se reconhece pela vivacidade, por ser ativa,


alegre e com vontade de viver.

Caminha de modo desenvolto, seus músculos são ágeis.


O modo de falar é vivaz e o olhar é aberto. Os
sentimentos ocupam parte importante em sua vida.

Pontos favoráveis: comunicativo; simpático;


compreensivo...
Pontos desfavoráveis: indisciplinado; exagerado;
impulsivo; barulhento...
Colérico

Pessoa brusca, enérgica, irritável, que despreza tudo


aquilo que é delicado e sensível.

Seu comportamento também é mais enérgico e os


músculos mais esticados. O rosto é teso, o olhar
frequentemente fixo e os lábios fechados.
Seu modo de falar é veloz, sintético e o tom de voz é
geralmente um pouco alto. Privilegia o movimento e não
os sentimentos.
Pontos favoráveis: enérgico; independente; prático;
audacioso...
Pontos desfavoráveis: sarcástico; impaciente; prepotente;
intolerante; insensível...
Melancólico

Prefere permanecer imerso nos sentimentos e


reprime quase completamente o movimento. É um
sonhador pensativo, que não encontra alegria na vida
e, assim, tende a procurar a solidão.

Seu caminhar é lento, arrastado e seu jeito de falar


monótono.
Pontos favoráveis: Minucioso; sensível; idealista;
leal...
Pontos desfavoráveis: pessimista; teórico; confuso...
Fleumático

Como o melancólico, também é lento, “pesado” e


frequentemente desajeitado, diferenciando-se do
melancólico por sua passividade.
Seu olhar é sem expressão, seu modo de falar é lento e
incerto.

É uma pessoa lenta, seja nos afetos, seja nos movimentos.


Diz-se que é a “calma indiferente”. É uma pessoa difícil de
ser motivada e na tomada de decisão (necessita pensar
longamente sobre tudo).
Pontos favoráveis: Calmo; tranquilo; conservador...
Pontos desfavoráveis: Temeroso; indeciso; introvertido;
desmotivado...
Qual o meu temperamento predominante?

Teste para analisar o seu temperamento.


https://educamais.com/teste-de-temperamento/
É importante compreender o
temperamento que nos caracteriza
para poder “lapidá-lo”!
Não esqueça...
Estudos revelam que em uma comunicação
interpessoal,
a mensagem é transmitida
da seguinte forma:

7% - pelas palavras
38% - pela voz
55% - linguagem corporal

Fonte: Guglielmi, 2009.


Resumindo...
Esteja atento ao seu
comportamento,
pois ele deve ser usado para gerar
CONFIANÇA!

Obs.: Comunicação nas Redes Sociais e mídias...


Cuidados no comportamento no trabalho:

 Apresentação pessoal (higiene, barba,


cabelos, unhas, uniformes, roupas
adequadas ao ambiente formal)
 Postura profissional
 Linguagem corporal (gestos, expressões,
tom de voz)
 Vocabulário (gírias/linguagem técnica)
 Ética (sigilo, discrição, honestidade)
Cuidados no comportamento no trabalho:

 Saber OUVIR!
 Empatia
 Trabalhar em equipe
 Flexibilidade
 Abertura para novos conhecimentos
 Cordialidade
 Pontualidade
 Resiliência
Dinâmica sobre empatia

Descrever uma situação difícil que já


enfrentou na sua profissão/trabalho.

Não colocar o seu nome!


E não esqueça...

A nossa Competência Emocional fará


muita diferença nas nossas relações.
Ilustração da Competência Emocional:

“História do Raul e do Penna”

Max Gehringer
EMPREGABILIDADE
EMPREGABILIDADE

Para trabalhar, precisamos ter condições de


empregabilidade.
Empregabilidade: Capacidade de adequação do
profissional às novas necessidades e dinâmicas
do mercado de trabalho.

Além disso, deve ser capaz de ter


COMPETÊNCIAS GLOBAIS...
Levar em consideração:

Fatores físicos
Fatores pessoais
Fatores Psicológicos
Fatores Sociais
O bom profissional
hoje tem que
apresentar:

Autopercepção
Objetivos profissionais e pessoais
pré-estabelecidos – Planejamento de
Carreira.

Onde quero chegar???


Empregabilidade: Conjunto de competências e
habilidades necessárias para manter-se
empregado!

Flexibilidade/Inovação/Empatia/Pró-
atividade/Assertividade/Resiliência

Nossos Talentos estão relacionados a


empregabilidade.
Um dos pontos mais importantes da
empregabilidade:

Relações interpessoais

Características comportamentais
E para manter-se no mercado de trabalho, três
fatores devem ser desenvolvidos:

Conhecimento
Atitude
Perspectiva
Bases da Empregabilidade:
(Competências Necessárias)

1 - Agregar valor e contribuir para a


organização(contribuição valiosa, relevante)
2 - Ser responsável (assumir compromissos pela
empresa e responder por eles, trazendo soluções)
3 - Ser leal (vestir a camiseta, criar confiabilidade)
4 - Ter iniciativa pessoal e senso empreendedor.

TROCAR O COMPORTAMENTO
PASSIVO
PELA
AÇÃO!
Vídeo

Escolher uma frase e comentar

Reflexão sobre a mensagem


transmitida
Além do que já foi exposto, precisamos
compreender alguns aspectos referentes
aquilo que hoje, cada vez mais, as empresas
estão atentas:

ATENDIMENTO
O que leva um cliente a abandonar uma
empresa?
Atendimento

Mau atendimento, descaso Baixa qualidade Concorrência Influência de amigos Mudança

Falecimento
9% 5% 1%
3%

14%

68%

Fonte: National Retail Merchants Association.


Investir em Atendimento é realizar
ações de Marketing Pessoal!
Mas o que é
ATENDIMENTO?
Na verdade, atualmente busca-se
satisfazer o cliente,
não apenas atendê-lo!

Qual a diferença?
Atender
Fazer o esperado acerca do
serviço/informação/produto.

Satisfazer
Fazer o desejado acerca do
serviço/informação/produto.
Atendimento = Satisfação

Atender bem

Agrega valor aos produtos/serviços

Retém e fideliza clientes


Atender melhor
é vender mais, lucrar mais!

Lembre-se, atender é
criar experiências de satisfação!
Mas como
satisfazer o meu cliente?

Conhecendo-o e
avaliando seus valores!

Necessidades
cultura
motivações...
Mensagem Final (reflexão)

O Lobo
- Trecho de um livro de Billy Graham
- Ilustração de Gavin Aung Than

Você também pode gostar