Você está na página 1de 23

Parabéns futuros policiais militares

do estado do Rio de Janeiro e São


Paulo
Dedicação, esforço e
conhecimento são os
únicos caminhos para o
seu sucesso.
sociologia
“A sociologia é uma ciência crítica, de si mesma e das outras ciências; crítica
também dos poderes, inclusive dos poderes da ciência”.
Pierre Bourdieu (2019)

Professor: Alexandre.
Aula 2: Agrupamentos
sociais

 Definição de Grupo social:


“Reunião de duas ou mais pessoas, associadas
permanentemente pela interação*, e, por isso, capazes de
ação conjugada visando a um objetivo comum”
Fonte: Dicionário básico de Sociologia. In: Introdução a Sociologia. Pérsio S. de Oliveira, p. 242.

* São conjuntos de relações que os indivíduos


estabelecem entre si, através dos seus comportamentos
Socialização – É o processo social global pelo qual o indivíduo
se integra ao grupo em que nasceu, assimilando o conjunto de
hábitos e costumes característicos do grupo social.
É o ato de transmitir, de inculcar na mente do indivíduo os
padrões culturais da sociedade.
Pela socialização o individuo, naturalmente social, torna-se
sociável.
Principais grupos sociais

 Familial
 Vicinal
 Educativo
 Religioso
 Lazer
 Profissional
 Político
Principais
características dos
grupos sociais
Pluralidade de indivíduos – Há sempre mais de um indivíduo no grupo.
 Interação social – É a comunicação entre os membros do grupo.
 Organização – Para o seu funcionamento é necessário uma ordem interna.
 Objetividade e exterioridade – Os grupos sociais são superiores e exteriores ao indivíduo,
isto é, quando uma pessoa entra no grupo, ele já existe; quando sai, continua existindo.
 Objetivo comum – Os membros de um grupo unem-se em torno de certos princípios ou
valores, para atingir o objetivo de todo o grupo.
 Consciência grupal ou sentimento de “nós” - São as maneiras de pensar e agir próprias
dos membros do grupo.
 Continuidade – É necessário que as interações tenham certa duração.
Tipos de grupos sociais

 Primários - Predominam os contatos primários, isto é, os


contatos pessoais diretos.
Exemplos: família, vizinhos e lazer.
 Secundários – Os contatos são mais complexos neste
grupo, pois mesmo realizando-se de forma pessoal e direta,
não existe um contato íntimo.
Exemplos: igreja, profissionais e político.
 Intermediários – Neste as interações se alteram e se
complementam as duas formas anteriores.
Exemplo: escola.
Agregados sociais
É uma aglomeração de pessoas com pouco ou
nenhum contato primário, ou seja, pouco/nenhum
contato social uma com as outras até aquele
determinado momento. Diferentemente dos grupos
sociais, os agregados sociais não são organizados,
não possuem hierarquia definida e são
desconhecidas entre si.
Tipos de agregados
sociais:
MULTIDÃO
Multitude ou multidão é um conceito da sociologia significando qualquer
agrupamento humano contendo um número grande de indivíduos atuando ao mesmo
tempo, não necessariamente em comum, dentro de um ambiente sociocultural,
político, econômico e/ou financeiro.
Exemplos: Pessoas observando um incêndio, fugindo de uma catástrofe, pessoas que
se juntam para assistir um linchamento e um grupo que se encontra para sair em um
bloco carnavalesco. (Ocasional e aleatória)
Características:
► Falta de organização;
► Objetivos comuns;
► Indiferenciação – não há espaço para as diferenças individuais se
manifestarem, o que torna iguais os membros da multidão.
► Proximidade física.
As multidões podem ser
assim classificadas:
 Multidões casuais: têm existência momentânea e organização
frouxa. Exemplo: pessoas contemplando um incêndio.
 Multidões convencionais: o comportamento se expressa de modo
preestabelecido, tendo duração limitada. Exemplo: espectadores de
um jogo de futebol.
 Multidão ativa: geralmente agressiva, é caracterizada pela
existência de um objetivo. Exemplos: motins, revoltas, linchamentos.
 Multidão em pânico: há um estímulo dentro do próprio grupo que
intensifica os sentimentos de pânico. Exemplo: pessoas que fogem
de um terremoto.
 Multidão expressiva: há movimentos físicos que têm a finalidade
de afrouxar a tensão. Exemplos: o Carnaval, as comemorações de
rua após a seleção de um país vencer a Copa do Mundo.
PÚBLICO
Público é aquele grupo de pessoas que se reúnem por um mesmo
objetivo e que também estão próximas fisicamente, além de seguirem o
mesmo estímulo. Sua maior característica é a capacidade de interagir
entre si e com a fonte que originou a interação do público. (A
integração é intencional)
MASSA
Trata-se de sociedades em que a grande maioria da população encontra-se inserida em
um processo de produção e consumo em larga escala de bens de consumo e serviços,
além de estar em conformidade com determinado modelo de comportamento
generalizado.
A massa está relacionada as pessoas que assistem ao mesmo
programa de televisão, veem o mesmo anúncio, portanto a
MASSA:
 É formada por indivíduos que recebem, de maneira mais ou
menos passiva, opiniões formadas, que são veiculadas pelos
meios de comunicação de massas;
 Consiste num agrupamento relativamente grande de pessoas
separadas e desconhecidas uma das outras.
QUESTÕES DE
CONCURSOS
Dentre as principais características dos grupos sociais podemos destacar:
I.Pluralidade de indivíduos e objetivo comum: precisa haver mais de uma pessoa num grupo
e que haja certos valores, princípios e objetivos que possam unir os membros do grupo.
II.Interação social e Continuidade: os membros do grupo interagem entre si e  essas
interações entre os membros do grupo precisam ser duradouras, como ocorre em famílias,
numa escola, numa instituição religiosa etc.
III.Organização e Consciência grupal: precisa haver uma certa ordem no grupo e
pensamentos, ideias e sentimentos necessitam ser compartilhados pelos membros do grupo.
IV.Objetividade e exterioridade: o grupo está acima do indivíduo. Exterioridade significa que a
existência de um indivíduo não depende de sua participação no grupo.
Está correta a alternativa:
a) (    ) I e IV
b) (    ) I e II
c) (    ) I, II, III, IV
d) (    ) I, III e IV
Os conceitos de categorias, agregados, grupos sociais são de fundamental
importância nos estudos sociológicos. Assinale a alternativa correta:
a) Os agregados sociais constituem uma reunião de pessoas frouxamente
aglomeradas que, apesar da proximidade física, têm um mínimo de
comunicação e de relações sociais
b) A multidão e o público se assemelham por seguirem as mesmas normas.
c) Para existirem os grupos sociais,deve haver apenas proximidade dos seus
componentes.
d) Grupo social é a reunião de, no mínimo, quatro ou mais pessoas, associadas
pela interação, e, por isso, capazes de ação conjunta, visando atingir um
objetivo comum
Vamos imaginar que você ao entrar na PMRJ, seja convocado para servir na seção de Relações Públicas
e em determinado dia você é chamado para escrever um comunicado sobre uma ajuntamento de pessoas
e precise fazer a distinção entre os conceitos de massa, público e multidão. Nesse sentido, é correto
afirmar:

a) A multidão reúne um número ilimitado de indivíduos por contiguidade física, diante de um


acontecimento que chame a atenção, com ações irracionais e violentas.
b) A massa é composta por indivíduos de uma ampla variedade de grupos, de locais e culturas diferentes,
que não estabelecem comunicação entre si.
c) O público é composto por pessoas ou grupos organizados de pessoas, sempre em contato físico, que
se reúnem para um evento.
d) O público é um agrupamento espontâneo de pessoas adultas e/ou grupos sociais organizados com
atitudes racionais, mas que se forem reunidos em grande número podem tornar-se agressivos e violentos
diante de um espetáculo.
e) Os membros da massa podem vir de diferentes culturas, mas são caracterizados por fazerem parte das
classes sociais menos favorecidas.
Mecanismos de
sustentação dos grupos
sociais
A LIDERANÇA é uma ação exercida por
uma líder. Este é o que dirige o grupo,
transmitindo ideias, valores e normas aos
outros membros do grupo, ao mesmo tempo
que representa os interesses e valores do
grupo. O OBJETIVO DA LIDERANÇA É
MANTER O GRUPO SOCIAL
COESO.
Há dois tipos de liderança:
Institucional - Cargo que ocupa ou
posição social.
“Líder é aquele que tem infinita
 Pessoal – Vem das qualidades pessoais. necessidade dos outros”
Antoine de Saint-Exupéry
SÍMBOLOS
O símbolo é algo cujo valor é atribuído
pelas pessoas que o utilizam. Qualquer
coisa pode ser tornar símbolo; o homem
ao atribuir valor a determinado objeto, cor,
hino faz dele um símbolo. Os símbolos
sempre comunicam algo, transmite o valor
Os símbolos
atribuído possuem
a algo valorizado na papel fundamental na construção
sociedade. da
Por exemplo, a aliança é um objeto
identidade de umque grupo social.
simboliza a união e a fidelidade entre
casais. A linguagem é a mais importante
expressão simbólica. Através dela a
humanidade se organiza para continuar
existindo. Dessa forma, podemos dizer
que o comportamento humano é possível
porque é mediado pelo simbólico, porque
é somente o homem que utiliza os
símbolos. Sem eles não haveria cultura.
Normas e sanções
sociais
As normas sociais compõem os pilares fundamentais de
todas as organizações sociais. Elas estabelecem o que é
considerado desejável ou reprovável (sanção social -
reprovativa) no comportamento dos integrantes de um grupo,
sendo elas as responsáveis pela condução das ações dos
seres humanos em sociedade.
Os tipos de sanção social, são:
 Aprovativa: quando vem sob forma de aceitação, promoção
etc.; é o reconhecimento do grupo por ter o indivíduo cumprido
o que se esperava dele.
 Reprovativa: quando corresponde a uma punição imposta
ao indivíduo que desobedece a alguma norma social.
VALORES SOCIAIS
“Os valores sociais são construídos pela sociedade. Não é o
indivíduo que necessariamente nasce com os valores e
individualmente os constrói. É sempre o coletivo. Apesar dos
valores sociais serem uma construção social o indivíduo
também tem a capacidade da escolha. As condições podem
inibir, neutralizar ou determinar a escolha, mas o ser humano é
sempre livre e assume as consequências de suas decisões. Se
a sociedade diz que isto não é o correto e que tal ação é a
correta, você tem uma escolha a fazer. Essa escolha vai ter um
peso que é você quem vai determinar” Fábio Medeiros.
Sociólogo
Ir contra os valores sociais é o que chamamos de contravalor.
Sistema de status e
papeis
Status social - é a posição ocupada pelo indivíduo no grupo
social a que pertence. O status pode estar relacionado a cor, ao
sexo, idade, ao dinheiro que possui, aos laços de parentesco. 
Um professor dando aula e exigindo o respeito dos
Papel social - é responsável por determinar a dos
função das
alunos
pessoas dentro
UM
está cumprindo EXEMPLO
os deveres
da sociedade. Esse
e usufruindo
papelOué gerado a partir dos
direitos ligados ao seu status social. seja, esta
processos de socialização que promovem
cumprindo seu papel social.a interação entre os
indivíduos, que acabam criando os comportamentos das
pessoas daquele grupo social. É o comportamento que o
grupo social espera de qualquer pessoa que ocupe
determinado status social.
O status pode ser
classificado em:
Atribuído – que não é Adquirido – obtido em
escolhido voluntariamente função das qualidades
pelo indivíduo e não pessoais do indivíduo, de sua
depende de suas ações ou capacidade e habilidade.
qualidades. É conferido Pode ser também assumido
externamente ao indivíduo. voluntariamente.
Exemplos: “filho de
operário”, “irmão caçula”