Você está na página 1de 10

Introdução à Microeconomia

Prof. Mauro César de Paula


Introdução
A microeconomia ou teoria dos preços analisa a
formação de preços de bens e serviços e de fatores
de produção em mercados específicos.

A microeconomia é o estudo do funcionamento da


oferta e da demanda na formação dos preços,
predominando a visão de mercado como um todo.
Abordagem econômica:
• custos de oportunidade ou implícitos;
• agentes da demanda;
• empresa: capital, trabalho, terra e tecnologia;
• empresário: sujeito da atividade econômica;
• objeto: complexo de bens corpóreos e incorpóreos;
• empresa: complexo de relações jurídicas que unem o sujeito ao
objeto da atividade econômica.
Pressupostos básicos da
análise microeconômica
• A hipótese coeteris paribus: ao analisar um mercado
específico parte-se da hipótese de que tudo o mais permanece
constante.

• Papel dos preços relativos: são mais importantes os preços de


um bem em relação aos demais do que os preços absolutos das
mercadorias.

• Objetivos da empresa: análise tradicional aponta para o


princípio da racionalidade, a busca do empresário pela
maximização dos lucros, mas outras correntes apontam para
aumento da participação nas vendas do mercado ou
maximização da margem sobre os custos de produção.
Aplicações da análise
microeconômica:
• Preocupa-se em explicar como se determina o preço dos
bens e serviços e dos fatores de produção.

• Busca responder questões como: por que, quando o


preço de um bem se eleva, a quantidade demandada
desse bem tender a decrescer, coeteris paribus?
A análise microeconômica
pode subsidiar as seguintes
decisões:
• política de preços da empresa;
• previsões de demanda e faturamento;
• previsões de custos de produção;
• decisões ótimas de produção;
• avaliação e elaboração de projetos de investimentos;
• política de propaganda e publicidade;
• localização da empresa;
• diferenciação de mercados;
• avaliação de projetos de investimentos públicos;
• efeitos de impostos sobre mercados específicos;
A análise microeconômica
pode subsidiar as seguintes
decisões:
• política de subsídios;
• fixação de preços mínimos na agricultura;
• fixação do salário mínimo;
• controle de preços;
• política salarial;
• política de tarifas públicas;
• política de preços públicos;
• leis antitruste.
Divisão do estudo
microeconômico
• Análise da demanda: teoria da demanda divide-se em teoria do
consumidor e teoria da demanda de mercado.

• Análise da oferta: teoria da oferta de um bem ou serviço subdivide-


se em oferta da firma individual e oferta de mercado. Abordando:

• teoria da produção: analisa as relações entre quantidades físicas


do produto e fatores de produção.

• teoria dos custos de produção: incorpora quantidades físicas e


preços dos insumos.
Divisão do estudo
microeconômico
• Análise das estruturas de mercado: determina-se preço e
quantidade de equilíbrio de um bem ou serviço, a partir da
demanda e da oferta de mercado.

• Teoria do equilíbrio geral: leva em conta inter-relações entre


todos os mercados.

• teoria do bem-estar: estuda como alcançar soluções


socialmente eficientes para o problema de alocação ou
distribuição dos recursos.

• análise das imperfeições de mercado: situações nas quais os


preços não são determinados isoladamente em cada mercado.
Desejo muito sucesso na sua formação