Você está na página 1de 16

I.

3 - Propriedades físicas - H20 - 1:


1. Matéria : lugar - espaço (mols / átomos);
- a água - 3 estados - temperatura ;
2. Massa ( M ) : qtde matéria própria ;
3. Peso ( P ) : atração grav. terra sobre (M);
- ( M ) inalterável Kg ; (P) - variável (N) ;
Ex: lua , água , balança ;
4.Volume : espaço ocupado por um corpo
medido -dim. cúbica ,ex. nº roupa , penas ;
Propriedades físicas - H20 - 2:
5. Densidade : (M) 1 corpo \ (V) de 1 corpo ;
- exemplos : tora / prego / gelo ;
- água é 790 x + densa que o ar à 4º C = 1;
- substâncias dilúidas , ex. água do mar ;
6. Densidade relativa (DR) /grav. específica
-Densid. do corpo \ densidade água DR = 1 ;
-Propriedade q. determina a flutuabilidade
de 1 corpo :1 corpo c/DR < que 1 flutua ,
DR > que 1 afunda , DR = a 1 flutua logo
abaixo da superfície ;
Propriedades físicas - H20 - 3 :
- Densidade relativa :Relação : (M) vol. de
1 corpo e a (M) do mesmo vol. de água
deslocado,;
-Indica a porção do corpo que flutua , ex:
pessoa c/ DR 0.96 - 4% flutua sobre a
superf. e 96% abaixo ;
- Madeira = 0.75 , ferro = 7 , Ar = 0.0012 ,
água mar = 1.02 ,gordura = 0.9 , músculo
= 1.15 , ossos = 1.4 , magro = 1.10 , gordo
= 0.93 ,cças e idosos= 0.86 , adulto = 0.97;
- Diferenças entre membros e hemicorpos ;
I.4 - Princípios hidrocinéticos
1. Flutuação : “ Princípio de Arquimedes ” -
-1corpo parcial ou total imerso sofre 1 força
de empuxo no sentido oposto à ação da grav
proporcional ao volume de água deslocada ;
- Ex: respiração , submarino , bengalas ,
flut. infláveis , flutuabilidade dos corpos ;
Condições de flutuação
- Corpo submerso ( total / parcial ) :
1. gravidade -centro de gravidade (CG);
2. flutuação - centro de flutuação que é o
(CG) do líquido deslocado ;
- Para que 1 corpo flutue em equilíbrio
estável ; (P) corpo flutuante = (P) líquido
deslocado e os centros (gr. e flutuação) -
alinhados verticalmente e haja relação
proporcional de Densidade relativa ;
Utilização prática da“ flutuação”
na Hidroterapia :
1. Suporte / fixação - alinhamento centros ;
2. Auxílio / facilitação de mov. - alavancas ;
3. Resistência - movimento alavancas ;
4. Redução do peso corporal : + ou - 90% ;
5. Eliminação de impactos articulares ;
6. Relaxamento , prevenção de lesões ;
7. Facilita manuseio do terapeuta ;
8. Auxilia a centralização do vol. sanguíneo
OBS -Problemas - estabilidade e propriocepção
diminuídas , e flutuação indesejável ;
Flutuação e redução do peso corporal
A flutuabilidade pode
ser influenciada por :
90%
- comp.
70% ponderal ;
- (DR) meio / corpo ;
50%
- ar nos pulmões ;
30%
- alavancas ;
- distância da superf.;
10% - Alinhamento cg e cf
- Temp. e nível água ;
- Estado emocional ;
- Igualdade de forças
Rotações ( verticais / horizontais )
- Forças alinhadas : (iguais e opostas ) : Há
1 pto de equilíbrio no momento de força ,
qdo é aplicada no centro de gravidade.
Ex:Levantar 1 objeto / deslizar uma régua;
- Na água o pto de equilíbrio se refere ao
alinhamento dos centro de G e F ;
- Forças não alinhadas : (iguais e opostas )
não há equilíbrio no momento de força ,
não é aplicada no centro de gravidade ;
Ex: MMII mais densos deslocam o CG ;
cont ... Princípios hidrocinéticos
Metacentro : efeito q. controla as rotações
na água qdo CG e CF ñ estão alinhados ;
- Pto imaginário - acima ou abaixo do CG ,
dependendo da forma do corpo ;
Turbulência: redemoinhos multidirecionais
que seguem um objeto em mov. na água ;
Na hidroterapia reduz a PH e a flutuação ,
aux. ou dificulta o mov. ; (frente / atrás)
Flutuabilidade dos Corpos
1.Flutuadores naturais : ( DR ) < água ;
- Obesos : tecido adiposo - ( DR ) = 0.92 ;
- Bebês : tecidos em formação ;
- Distrofia muscular : redução (DR) ;
músculos (normal) = 1.15 ;
- Spina bífida : hipotonia.
- P.I. , tetra e paraplégicos : hipotônicos ;
- Acondroplasia :alteração das proporcões;
2. Afundadores naturais : ( DR ) > água ;
- P.C. / espasticidade / atetose / esclerose
múltipla / encefalopatas : hipertonia ;
- Hipertrofismo / grande estrutura óssea ;

3. Roladores naturais : alteração de (D) e


não alinhamento de forças opostas ;
- Amputados / alterações congênitas ;
- Hemiplégicos ( rotações verticais ) ;
- Para / tetraplégicos / distúrbios neurom. ;
I.4 - Princípios hidrocinéticos
2. Pressão hidrostática : força molecular do
líquido sobre a superfície de 1 corpo imerso;
- Lei de Pascal : pressão do líquido é
exercida = superfície do corpo imerso ;
- A P.H. : densidade líq. / profundidade ;
- A P.H. é sentida no acesso à piscina (C.V.);
- Prática : edemas ; ret. venoso MMII ;
des. músculos respirat.; aux. estímulo tátil ;
-Profundidade 1.20 = pressão de 88.9 mmhg
12
cont ... Princípios hidrocinéticos

3. Tensão superficial : força exercida entre


as moléculas da superfície de um líquido ;
- camada elástica formada devido à coesão
entre as moléculas do líquido ;
ex : agulha flutuando ;
Prática : resistência ao movimento ;
cont ... Princípios hidrocinéticos
4. Refração : deflexão de um raio que passa
por meios de densidades diferentes ;
Prática : dificulta a visualização segmentar ;
25% maior e 25% + próximo da superfície ;
5. Viscosidade : atrito / fricção entre - mols
líquido - causando resistência no seu fluxo ;
- Obs. em movimento ; ex : óleo , água ;
- altas temperaturas ;
Prática : resistência ao movimento ; 14
cont ... Princípios hidrocinéticos
6. Resistência friccional : resistência do líq.
ao movimento do segmento submergido ,
qto + força é exercida e cai a zero imediat.
com a cessação da força
- A R.F. c/ fluxo alinhado é prop. à velocid. ;
- A R.F. c/ fluxo turb. é prop. ao velocid ;
- A R.F. está relacionada à : viscosidade ;
tensão superficial ;densidade ; turbulência ;
velocidade ; área do segmento imerso ;
Medidas / Modalidades Hidrocinéticas
Frias ou quentes - imprimem atrito
pressão / resistência / flutuabilidade
sobre o corpo:
1. Turbilhão 4. Tanques

2. Duchas 5. Hidroginástica

3. Flutuações 6. Hidromassagem
16

Você também pode gostar