Você está na página 1de 14

Problemas de

Visão
OPTICA DA VISÃO
⋆ Na Física, o estudo do
comportamento dos raios Nossos olhos são constituídos
luminosos em relação ao de vários meios transparentes
globo ocular é conhecido que levam os raios luminosos
como óptica da visão. até a retina (onde formam-se
Para entender a óptica as imagens).
da visão será necessário
estudar, anteriormente, a
estrutura do olho humano.

2
⋆ Na óptica da visão é ⋆ Para que o olho consiga
importante entender a formar uma imagem com
função das partes mais nitidez, um objeto é
importantes na formação focalizado variando-se a
de imagens no globo ocular. forma do cristalino. Essa
Vamos ver estas partes e variação da distância focal
suas funções: do cristalino é feita pelos
músculos ciliares, através
⋆ O cristalino funciona como de uma maior ou menor
uma lente convergente compressão destes sobre o
biconvexa. cristalino. Esse processo é
chamado de acomodação
visual.
⋆ A pupila funciona como um
diafragma, controlando a
quantidade de luz que ⋆ O sistema óptico do globo
penetra no olho. ocular forma uma imagem
real e invertida no fundo do
olho, mais precisamente na
⋆ Os músculos retina. Como esta região é
ciliares alteram a distância sensível à luz, as
focal do cristalino, informações luminosas são
comprimindo-o. 3 transformadas em sinais
Globo Ocular
Responsável pela detecção da luz e pela conversão em sinais
elétricos, o olho humano (globo ocular) é um receptor ativado
pela luz, tem o diâmetro de aproximadamente de 2,5 cm e fica
acondicionado dentro da cavidade orbital, uma caixa óssea
protetora coberta por três camadas: túnica fibrosa, túnica vascular
e retina.
⋆ Túnica fibrosa: Uma camada externa e densa de 
tecido conjuntivo fibroso denominado esclera, a parte “branca”
do olho. Na parte anterior é transparente e saliente, recebendo o
nome de córnea, uma camada que cobre a íris.
⋆ A íris – a parte colorida dos olhos – é uma membrana de forma
circular, com cerca de 12 mm de diâmetro.
⋆ Túnica vascular :A segunda camada é intermediária e é onde
está localizada a corioide, uma camada marrom escura rica em
vasos sanguíneos que reveste a maior4
parte da esclera,
5
Problemas de visão
⋆ Os olhos são as janelas por onde enxergamos o mundo.
Eles são os responsáveis não apenas por receber e
transmitir ao cérebro os estímulos de luz, que geram a
visão, mas, também, por auxiliar na vivência de sensações
e emoções.

No entanto, infelizmente, eles não são infalíveis. Existem


diversos problemas de saúde oculares que afetam milhões
de pessoas. Todo mundo conhece alguém que já usou ou
usa óculos, não é mesmo?

Os problemas de visão são muito comuns independente da


idade.
⋆ No entanto, algumas pessoas já nascem com algum
desses problemas, outras podem adquirir com o passar do
tempo.
⋆ Os problemas de visão mais comum
6
Problemas de visão no 9° A
25

20

15

10

0
Não pussuí Possuí Miopia Astgimat.

7
⋆ O QUE É?
⋆ miopia é uma condição
comum em que a pessoa vê
Miopia
objetos próximos com
clareza, mas objetos mais SINTOMAS DA MIOPIA
distantes são borrados. ⋆ Visão embaçada quando
⋆ O grau de sua miopia afeta se olha para objetos
sua capacidade de focar distantes
objetos distantes. Pessoas
⋆ A necessidade de
com miopia grave podem
ver claramente apenas apertar os olhos ou
objetos a poucos parcialmente fechar as
centímetros de distância, pálpebras para ver
enquanto aqueles com claramente
miopia leve podem ver ⋆ Dores de cabeça
claramente os objetos até causadas por fadiga
vários metros de distância.
ocular excessiva
⋆ A miopia pode se
⋆ Dificuldade ao dirigir um
desenvolver gradualmente
ou rapidamente, muitas
veículo, especialmente à
vezes piora durante a noite.
infância e adolescência. A ⋆ A miopia é
miopia tende a afetar 8
frequentemente
Hipermetropia
⋆ Diferente da miopia, a hipermetropia é a dificuldade de
enxergar objetos próximos.
⋆ Ou seja, as pessoas que possuem esse problema enxergam de
forma embaçada, sem nitidez, o famoso “borrão”.
⋆ Então, podemos dizer que a hipermetropia é causada por uma
falha na refração.
⋆ Isso faz com que os raios de luz sejam interceptados pela retina,
antes de se formar a imagem. Ou seja, a imagem é formada
depois da retina.
⋆ Sintomas
⋆ Se você sente dificuldade em enxergar objetos de perto, saiba
que esse é um dos sintomas da hipermetropia.
⋆ Mas também existem outros que9 podem estar relacionados.
⋆ Esse também é um dos problemas de visão mais comuns que existem.
⋆ Ele é caracterizado na distorção da luz quando ela entra nos seus olhos. Ou seja, isso acaba
provocando vários pontos de foco, quando o normal seria de apenas um ponto focal.
⋆ Lembre-se de sempre consultar seu oftalmologista para um diagnóstico completo e eficaz.
⋆ Mas também é possível descobrir se você possui astigmatismo através desse 
teste online e gratuito.
⋆ Sintomas
⋆ Dificuldades como: visão borrada ou duplicada, dores de cabeça, confundir letras ou
números parecidos.
⋆ Por exemplo:
⋆ trocar “M” por “N” ou “H”;
⋆ número “8” por “0” ou “6”.
⋆ Esses podem ser algumas causas do astigmatismo.
⋆ Fonte: Blog Dr. CarlosComo tratar?
⋆ O astigmatismo pode ser corrigido com o uso de óculos ou lentes de contato. Normalmente
os oftalmologistas recomendam o uso de óculos de grau.
⋆ Inclusive, existem diversos tipos de lentes para as pessoas que têm astigmatismo.
⋆ Desde o grau baixo até para aqueles que precisam usar lentes de alto grau.
10
⋆ Também é possível realizar cirurgia, uma vez que ela contribui para a diminuição do grau
Presbiopia
⋆ Sabe quando uma pessoa mais velha pega algum objeto e o afasta para poder
ler melhor?
⋆ Então, isso é presbiopia! Também é conhecida como vista cansada.
⋆ Essa é uma característica comum para as pessoas acima dos 40 anos.
⋆ Esse problema se desenvolve quando as pessoas percebem que se torna mais
difícil enxergar os objetos.
⋆ Ou seja, é perda progressiva da elasticidade do cristalino, que é a lente natural
dos olhos, dificultando a focalização correta de objetos próximos.
⋆ Por esse motivo, a presbiopia também é conhecida como problema de visão do
“braço curto”. Pelo fato de começar a distanciar os objetos para poder
enxergar bem.
⋆ Esse problema é simplesmente corrigido com o uso de lentes progressivas no
óculos de grau, também conhecidas como lentes multifocais.
⋆ Sintomas
⋆ Um dos sintomas que costuma se apresentar é a tendência em afastar os
objetos para leitura. 11
Daltonismo
⋆ A pessoa que possui daltonismo não é capaz de reconhecer e diferenciar algumas
cores específicas. Existem três tipos de daltonismo. São eles: protanopia, deuteranopia
e tritanopia.
⋆ A protanopia tem como característica a diminuição ou ausência total do tom
vermelho. Assim, a pessoa sente dificuldade em enxergar tons em marrom, verde ou
cinza.
⋆ Deuteranopia são as pessoas que não consegue enxergar a cor verde. Assim como a
protanopia, os tons são associados ao marrom.
⋆ Já a tritanopia é caracterizado pela dificuldade de reconhecer as cores azul e
amarelo. É o tipo mais raro de daltonismo e não enxergam a cor laranja.
⋆ O teste de Ishihara é um teste rápido e possível descobrir se você possui daltonismo
ou não. Ele é um dos mais conhecidos e tem por objetivo identificar os números
presentes em cada figura.
⋆ Então, a pessoa que possui algum tipo de daltonismo não vai conseguir enxergar todos
os números presentes.
⋆ É importante ressaltarmos que para a comprovação do daltonismo é necessário passar
por um oftalmologista.
⋆ Sintomas 12
Teoria corpuscular da luz
⋆ Influenciado pelo trabalho desenvolvido pelos gregos, o físico inglês Isaac
Newton (1642 – 1727) formulou um modelo para explicar a natureza da luz,
conhecido hoje como "a teoria da natureza corpuscular da luz." Este modelo
sobre a luz consiste num fluxo de partículas muito pequenas (microscópicas)
que são emitidas por fontes luminosas. A idéia de partícula agradou muito a
Newton, pois encaixava-se em sua concepção de mundo, isto é, um modelo
mecânico, determinista, de corpos materiais em movimento, onde seria
possível determinar várias grandezas ao mesmo tempo. Além disso, através
do modelo corpuscular sobre a natureza da luz, Newton conseguia explicar
fenômenos físicos como a reflexão e a refração, já conhecidos na época.
⋆ A grande base de sustentação da teoria formulada por Newton estava,
justamente, no prestígio que conquistou perante a sociedade científica de
sua época e de gerações de cientistas depois dele. A obra de Isaac Newton é
considerada uma das mais belas formulações científicas já elaboradas pelo
homem e, certamente, o modelo corpuscular foi sustentado devido a este
enorme prestígio conquistado. No entanto, não só fama e prestígio
conquistou Newton. Houve ferrenhos13 debates científicos, discussões
Teoria ondulatória
⋆ A teoria ondulatória afirma que a luz é uma onda, assim como o
som também é uma onda. Este modelo teve como base de
sustentação o Experimento de Thomas Young (1773 – 1829),
conhecido como Experimento da Fenda Dupla, realizado em 1801,
que envolvia os fenômenos da difração e interferência da luz.A
questão era: como explicar os fenômenos da difração e interferência
utilizando-se do modelo corpuscular?Por mais que se tentasse, a
teoria corpuscular da luz não explicava a difração, ou seja, a
difração não se enquadrava no modelo corpuscular defendido por
Newton. Então, a teoria ondulatória ganhou forças e adéptos na
época.Com o tempo a teoria ondulatória foi consolidada e,
posteriormente, descobriu-se que a luz era uma onda de natureza
eletromagnética que vibrava transversalmente em relação a sua
propagação. Clicando aqui você poderá ver a propagação de onda
transversal com a opção de variar
14
a amplitude e frequência de