Você está na página 1de 61

Sistemas de proteção

com relés 50 e 51
C ÁLCULO DE COR R E NT ES E TE MPO
Sistemas de proteção
• As proteções são realizadas com o objetivo de diminuir ou evitar os
riscos ou danos causados nos casos de anormalidade.
• Salvaguardar a integridade física de operadores
• Evitar ou minimizar danos materiais
• Retirar de serviço um equipamento ou parte do sistema que se apresente
defeituoso
• Melhorar a continuidade do serviço
• Diminuir despesas com manutenção corretiva
• Melhorar indicadores
Relés de proteção
• O relé recebe informações permanentemente do sistema que
protege: corrente, tensão, frequência, impedância e ângulo de fase.
• Classificação American National Standards Institute (ANSI):
Relés de sobrecorrente 50 e 51
• Atuam em caso de aumento da corrente nominal de operação do
sistema.
• Dentro de subestações são ligados indiretamente através de transformadores de
corrente.
• Os relés de sobrecorrente atuam conforme uma corrente pré-estabelecida
• O tempo de atuação é programado conforme Curva Característica. Temos:
• Unidade Instantânea ou tempo definido (Relé 50)
• Tempo dependente (Relé 51)
Diagrama de transmissão e distribuição
• A figura abaixo representa um sistema completo de transmissão e
distribuição de energia. R1, R2 e R3 são relés de proteção (50 e 51)
Transmissão

Geração
13,8KV A B C D

Distribuição
138 138 138 13.8KV
KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

Distribuição Distribuição Distribuição Distribuição


13.8KV 13.8KV 13.8KV 13.8KV
Diagrama de transmissão e distribuição
• A geração é feita em 13,8KV a 22KV. A transmissão é feita em 69KV,
138KV, 230KV, 400KV e 500KV e a distribuição em 13,8KV. Próximo aos
clientes é feita a redução para 127/220V ou 220/380V.
Transmissão

Geração
13,8KV A B C D

Distribuição
138 138 138 13,8KV
KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

Distribuição Distribuição Distribuição Distribuição


13.8KV 13.8KV 13.8KV 13.8KV
Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS
Exercício
R1
• Dados os valores abaixo, calcular as correntes
R2
dos relés 50 e 51, as relações de transformação
dos RTC e o tempo de atuação. R3

138
KV 138 138 138
Geração A B C D
KV KV KV

Distribuição
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

33MVA 78MVA 30MVA


• São dadas também as correntes de curto circuito de cada trecho:
• ICCK1φ é a corrente de curto circuito monofásica
• ICCK2φ é a corrente de curto circuito bifásica
• ICCK3φ é a corrente de curto circuito trifásica

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

33MVA 78MVA 30MVA


•  Primeiro passo, calcular as correntes dos trechos: S= E . I .

  =   =

  =

Geração A B C D

138 138 138 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

33MVA 78MVA 30MVA


• Mas IAB contém IBC ! E IBC contém ICD!

𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
  𝐼 𝐵𝐶 =326 ,33+125,5=451,83 A
 

𝐼 𝐴𝐵=138 , 06+ 451,83=589,88 A


 

Geração A 138 B 138 C D 138


KV 138 KV
KV KV

DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

33MVA 78MVA 30MVA


• Premissas para o cálculo da Relação de transformação de corrente
RTC1, RTC2 e RTC3:
• a) Corrente na base 100
• b) Multiplicar por 20 para proteger o sistema (Determinação da ABNT)
• c) A corrente deve ser maior que ICCK3φ no trecho

Geração A B C D

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 

138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  RTC1 ()
• a) Corrente na base 100: 600A
• b) Multiplicar por 20: 12000A
• c) ICCK3φ no trecho: 12KA ≥ 11KA (SATISFAZ!)

Geração A ICCK3φ = 11KA B ICCK3φ = 8,8KA C ICCK3φ = 6,3KA D ICCK3φ = 4,1KA

 𝐼 𝐴𝐵=589,88 A 𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  RTC2 ()
• a) Corrente na base 100: 500A
• b) Multiplicar por 20: 10000A
• c) ICCK3φ no trecho: 10KA ≥ 8,8KA (SATISFAZ!)

Geração A ICCK3φ = 11KA B ICCK3φ = 8,8KA C ICCK3φ = 6,3KA D ICCK3φ = 4,1KA

 𝐼 𝐴𝐵=589,88 A 𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  RTC3 ()
• a) Corrente na base 100: 200A
• b) Multiplicar por 20: 4000A
• c) ICCK3φ no trecho: 4KA < 6,3KA (NÃO SATISFAZ!)

Geração A ICCK3φ = 11KA B ICCK3φ = 8,8KA C ICCK3φ = 6,3KA D ICCK3φ = 4,1KA

 𝐼 𝐴𝐵=589,88 A 𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
• RTC3 (aumentar a corrente de 100 em 100A!)
• a) Aumentar a corrente na base 100: 300A
• b) Multiplicar por 20: 6000A
• c) ICCK3φ no trecho: 6KA < 6,3KA (NÃO SATISFAZ!)

Geração A ICCK3φ = 11KA B ICCK3φ = 8,8KA C ICCK3φ = 6,3KA D ICCK3φ = 4,1KA

 𝐼 𝐴𝐵=589,88 A 𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
• RTC3 (aumentar a corrente de 100 em 100A!)
• a) Aumentar a corrente na base 100: 400A
• b) Multiplicar por 20: 8000A
• c) ICCK3φ no trecho: 8KA ≥ 6,3KA (SATISFAZ!)

Geração A ICCK3φ = 11KA B ICCK3φ = 8,8KA C ICCK3φ = 6,3KA D ICCK3φ = 4,1KA

 𝐼 𝐴𝐵=589,88 A 𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
• RTC encontradas dividindo a corrente de base Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS
(primário) pela corrente de secundário (tipicamente 5A):
R1 120:1
R2 100:
• RTC1 = 600 : 5 = 120 : 1 1

• RTC2 = 500 : 5 = 100 : 1 R3 80:1


Normalmente usa-se as correntes
• RTC3 = 400 : 5 = 80 : 1
2, 3, 5, 10, 15 Amperes que acionam
o relé. 90% das concessionárias
trabalham com a relação 5A.

Geração A B C D

138 RTC1 138 RTC2 138 RTC3 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
Ajustes dos Relés 50 e 51
• Existe um relé para proteção de fase e um para proteção de neutro:
• R1, R2 e R3 possuem funções com cada um desses ajustes:
• 50F
• 50N
• 51F
• 51N

• Para cada função se usa uma diferente corrente de curto circuito no


trecho!
Ajustes dos Relés 50 e 51
• Para cada função se usa uma diferente corrente de curto circuito no
trecho!

Relé 50 (instantâneo) Relé 51 (programável)

FASE (F): usar ICCK3φ FASE (F): usar ICCK2φ

NEUTRO (N): usar ICCK1φ NEUTRO (N): usar ICCK1φ


•  Ajuste R1 51F definido pela fórmula abaixo: A corrente mínima tem
que ser maior que a
de 10 a 40% a mais, definido
pela concessionária corrente nominal I + 30%

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  é a corrente de curto circuito de B em diante!
• R1 51F

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R1 51F
programável

Relé não
desarma

6,39A 63,5A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 120:1
R2 100:1
R3 80:1
•  Ajuste R1 51N definido pela fórmula abaixo:
10% de desequilíbrio

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  é a corrente de curto circuito de B em diante!
• R1 51N

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA


138
138 120:1 138 100:1 138 80:1 KV
KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R1 51N
programável

Relé não
desarma...

0,49A 14,67A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 0,49A 120:1
R2 100:1
R3 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R2 51F
programável

Relé não
desarma

5,87A 54,5A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 0,49A 120:1
R2 5,87A 100:1
R3 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R2 51N
programável

Relé não
desarma

0,45A 12,6A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 0,49A 120:1
R2 5,87A 0,45A 100:1
R3 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


120:1 100:1 80:1
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R3 51F
programável

Relé não
desarma

2,03A 44,38A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 0,49A 120:1
R2 5,87A 0,45A 100:1
R3 2,03A 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3

𝐼 𝐴𝐵=589,88 A
  𝐼 𝐵𝐶 =451,83 A
  𝐼 𝐶𝐷 =125,5 A
 
•  atuação precisa estar entre:

R3 51N
programável

Relé não
desarma

0,15A 10,25A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 6,39 A 0,49A 120:1
R2 5,87A 0,45A 100:1
R3 2,03A 0,15A 80:1
80% da linha (1-0,8)
•  para não sensibilizar o
próximo relé

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação em R1 50F precisa ser:

R1 51F
programável
R1 50F
Instantâneo

6,39A 63,5A 77A I

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39 A 0,49A 120:1
R2 5,87A 0,45A 100:1
R3 2,03A 0,15A 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 80:1 138


KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação R1 50N precisa estar entre:

R1 51N
programável
R1 50N
Instantâneo

0,49A 14,67A 15,4A

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39 A 15,4A 0,49A 120:1
R2 5,87A 0,45A 100:1
R3 2,03A 0,15A 80:1
• 
80% da linha (1-0,8)

Geração ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


A B C I D I
CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA
MVolts ICCK2φ = 7,62KA
ICCK2φ = 9,52KA
ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


120:1 100:1 80:1 KV
KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação R2 50F precisa ser:

R2 51F
programável
R2 50F
Instantâneo

5,87A 54,5A 68A


I
Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS
R1 77A 6,39 A 15,4A 0,49A 120:1
R2 68A 5,87A 0,45A 100:1
R3 2,03A 0,15A 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


120:1 100:1 80:1 KV
KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação R2 50N precisa estar entre:

R2 51N
programável
R2 50N
Instantâneo

0,45A 12,6A 13,6A

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39 A 15,4A 0,49A 120:1
R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100:1
R3 2,03A 0,15A 80:1
• 
80% da linha (1-0,8)

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 120:1 138 100:1 138 138


80:1
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação R3 50F precisa ser:

R3 51F
programável
R3 50F
Instantâneo

2,03A 44,38A 56,7A

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39 A 15,4A 0,49A 120:1
R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100:1
R3 56,7A 2,03A 0,15A 80:1
• 

ICCK1φ = 2,2KA ICCK1φ = 1,76KA ICCK1φ = 1,26KA ICCK1φ = 820A


Geração A B C I D I
ICCK2φ = 9,52KA ICCK2φ = 7,62KA CCK2φ = 5,45KA CCK2φ = 3,55KA

ICCK3φ = 11KA ICCK3φ = 8,8KA ICCK3φ = 6,3KA ICCK3φ = 4,1KA

138 138 138 138


120:1 100:1 80:1
KV KV KV KV
DISJ DISJ DISJ

R1 R2 R3
•  atuação R3 50N precisa estar entre:

R3 51N
programável
R3 50N
Instantâneo

0,15A 10,25A 11,35A

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39 A 15,4A 0,49A 120:1
R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100:1
R3 56,7A 2,03A 11,35A 0,15A 80:1
Ajustes dos Relés R1, R2 e R3: 50 e 51, N e F
• Depois dos cálculos de corrente e RTC, serão feitos os cálculos do tempo médio em
segundos (TMS) que os relés vão atuar.
• TMS varia de 0,1 a 1 segundos, mas é melhor usar TMS baixo para a atuação do relé
ser a mais rápida possível, dessa forma o relé R3 tem valor fixo em 0,1 segundo.

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39A 15,4A 0,49A 120 : 1 ?
R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100 : 1 ?
R3 56,7A 2,03A 11,35A 0,15A 80 : 1 0,1s

Valor Fixo
Tempo Médio em Segundos de Atuação do
relé (TMS)
• R3 (principal) atua primeiro, seguido de R2 e R1 (retaguardas)
• Se a corrente é baixa, o tempo de atuação do relé é maior (e vice-versa)

Coordenograma de Fases
t (s) R2 fica acima da curva R3 para que
o R3 atue antes de R2.
R3 R2 R1
R1 fica acima da curva R2 para que
51F
o R2 atue antes de R1.
50F

R3 atua 1º
R2 atua 2º
R1 atua 3º

2,03A 5,87A 6,39A 56,7A 68A 77A I (A)


Tempo Médio em Segundos (TMS)
• TMS é a distância entre as curvas!
• Em quanto tempo o relé R3 vai acionar, depois se o relé R3 falhar, em quanto
tempo o relé R2 vai atuar e se ele falhar, em quanto tempo o relé R1 vai atuar.

t (s) IMPORTANTE!

O tempo de operação
TMS (atuação) do relé é
diferente do tempo que
ele será acionado!!!

I (A)
Tempo Médio em Segundos (TMS)
Curvas para desarmar
• A curva que o relé implementa, em
software pode usar parâmetros α e
β diferentes.
• Há três tipos de curvas a saber:
• NI (normalmente inclinada ou inversa)
• MI (muito inclinada ou inversa)
• EI (Extremamente inclinada ou inversa)

• A curva NI é usada no Brasil.

NI – Brasil e Europa
MI – Japão
EI – Norte-americano (EUA) e Canadá
Tempo Médio em Segundos (TMS)
• A curva que o relé implementa, em software, é dada pela fórmula:

curvas α β
  𝑇𝑀𝑆 × 𝛽
𝑡= 𝛼 NI 0,02 0,14
𝐼 𝑆𝑒𝑐𝑢𝑛𝑑 á 𝑟𝑖𝑜
( 𝐼 𝑟𝑒𝑓𝑒𝑟 ê 𝑛𝑐𝑖𝑎 ) −1 MI
EI
1
2
13,5
80

• Onde α e β definem os tipos de curva e são coeficientes de inclinação das curvas


NI, MI e EI.
• TMS varia de 0,1 a 1 segundos.
• É melhor usar um TMS baixo para a curva ficar baixa. Atuação mais rápida.
Tempo Médio em Segundos (TMS)
• < 2,03A  R3 não atua < 5,87A  R2 não atua < 6,39A  R1 não atua

• 2,03A < i < 56,7A  R3 Atua 5,87A < i < 68A  R2 atua 6,39A < i < 77A  R1 atua

Coordenograma de Fases
t (s)
R3 R2 R1

51F

50F

2,03A 5,87A 6,39A 56,7A 68A 77A I (A)


Tempo Médio em Segundos (TMS)
• Encontrar um valor i > 5,87A na curva R2 para garantir a coordenação das curvas.
• Achar um valor onde ambos os relés atuem, porque os relés estão em relações de
transformação diferentes. Dessa forma o valor deve ser acima de 5,87A.
• Aplica-se um coeficiente 2 a 4,5 vezes em relação a corrente de atuação de R2
para achar isecundário de R2 (geralmente usa-se 3 vezes).

t (s) Coordenograma de Fases


R3 R2 R1

51F

50F

2,03A 5,87A 6,39A 56,7A 68A 77A I (A)


Cálculo TMS2 – Coordenação R3 e R2
•  5,87A 3 = 17,61A Relé 50F 51F RTC
R1 77A 6,39A 120 : 1
• 17,61A RTC2 = 17,61A 100 = 1761A
R2 68A 5,87A 100 : 1
• Qual a corrente que passa no secundário de R3 R3 56,7A 2,03A 80 : 1
quando há 1761A no primário de R2?
• = = = 22A
t (s)
R3 R2
• Ou seja, quando estiver passando 17,61A no
secundário deR2 estará passando 22A no
secundário de R3 e a corrente do primário em 17,61A
X
ambos é 1761A.
X
• Como os trafos estão ligados pelo primário = 22A

• Se tivesse que calcular = 22A x 80=1761A. 2,03A 5,87A 56,7A 68A I (A)
Cálculo do tempo de desarme de R3 para 22A:
verificar quanto tempo o relé R3 atua nesta i=22A

• 
t (s)
R3 R2
 𝐼 𝑆𝑒𝑐𝑢𝑛𝑑 á 𝑟𝑖𝑜 𝑅 3

= 0,29s 17,61A
X
Corrente em R3
X
22A

2,03A 5,87A 56,7A 68A I (A)


ATENÇÃO! Curvas α β
NI (Brasil) 0,02 0,14
SABE-SE QUE
TMS3=0,1 SEGUNDOS MI 1 13,5
(VALOR MÍNIMO) EI 2 80
Cálculo TMS2 (Qual o tempo de espera para acionar R2?)
• Quando o relé R3 atingir i=22A ele tem 0,29s para desarmar.

• Premissa:
• Calcular TMS2 para garantir que nesta i=22A o relé R2 atue com o tempo maior que R3. Logo, R2 deve ser
ajustado para desarmar demorando entre 0,2 a 0,6 segundos a mais do que R3. Usa-se normalmente 0,4
segundos.
• tR2= 0,29 + 0,4 = 0,69s
• Colocando novamente na fórmula pode-se calcular TMS2!
t (s)
R3 R2
 𝐼 𝑆𝑒𝑐𝑢𝑛𝑑 á 𝑟𝑖𝑜 𝑅 2

•  = 17,61A
X
Corrente X
em R2 22A

2,03A 5,87A 56,7A 68A I (A)


Cálculo TMS2 (Qual o tempo de espera para acionar R2?)

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS


R1 77A 6,39A 15,4A 0,49A 120 : 1 ?
R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100 : 1 0,11 seg
R3 56,7A 2,03A 11,35A 0,15A 80 : 1 0,1 seg
Cálculo TMS1 – Coordenação entre R2 e R1:
• Encontrar
  um valor i > 6,39A na curva R1 para garantir a coordenação das curvas.
• Se aplica um coeficiente 3 vezes em relação a corrente de atuação de R2
• ,39A 3 = 19,17A

t (s)
R2 R1
51F

19,17A
X
50F

5,87A 6,39A 68A 77A I (A)


Relé 50F 51F RTC

Cálculo TMS1 R1 77A 6,39A 120 : 1


R2 68A 5,87A 100 : 1
R3 56,7A 2,03A 80 : 1
•  ,39A 3 = 19,17A
• 19,17A RTC1 = 19,17A 120 = 2300,4A
t (s)
• Qual a corrente no secundário de R2 que R2 R1
corresponde a corrente 2300,4A no
primário? 19,17A
X
• = = = 23A X
23A
• Ou seja, quando a corrente for 2300A, no
secundário de R1 há 19,17A e no secundário
de R2 há 23A. 5,87A 6,39A 68A 77A I (A)
Cálculo do tempo de desarme de R2 para 23A: verificar
quanto tempo o relé R2 leva para atuar na corrente 23A
 𝐼 𝑆𝑒𝑐𝑢𝑛𝑑 á 𝑟𝑖𝑜 𝑅 2
•  t (s)
R2 R1

Corrente = 0,56s 19,17A


em R2 X
X
23A

5,87A 6,39A 68A 77A I (A)


Curvas α β
NI (Brasil) 0,02 0,14
MI 1 13,5
EI 2 80
Cálculo TMS1
• Quando o relé R2 atingir i=23A ele tem 0,56s para desarmar.
• Garantir que o relé R1 na corrente 23A atue com o tempo maior que R2.

• Premissa:
• O relé R1 deve ser ajustado para desarmar demorando entre 0,2 a 0,6s a mais do que R2.
Geralmente usa-se 0,4 segundos.
• tR2= 0,56 + 0,4 = 0,96s
• Colocando novamente na fórmula pode-se calcular TMS1! t (s)
 𝐼 𝑆𝑒𝑐𝑢𝑛𝑑 á 𝑟𝑖𝑜 𝑅 1 R R1
2
•  =
19,17
Corrente XA
em R1 X
23A

5,87A 6,39A 68A 77A I (A)


Ajustes dos Relés R1, R2 e R3: 50 e 51, N e F

• Todos os ajustes prontos:

Relé 50F 51F 50N 51N RTC TMS

R1 77A 6,39A 15,4A 0,49A 120 : 1 0,15 seg

R2 68A 5,87A 13,6A 0,45A 100 : 1 0,11 seg

R3 56,7A 2,03A 11,35A 0,15A 80 : 1 0,1 seg