Você está na página 1de 19

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS


TÉCNICAS. NBR 6023: informação e
documentação: referências: elaboração. Rio de
Janeiro, 2002. 24 p.
Referência

Definição

“ Conjunto padronizado de elementos


descritivos, retirados de um documento,
que permite sua identificação
individual.” (ABNT, 2002, p.7)
ELEMENTOS DA REFERÊNCIA

ESSENCIAIS

 Informações indispensáveis à identificação do documento:

 autoria, título, edição, local de publicação, editora e data

COMPLEMENTARES

 Elementos que podem ser acrescentados aos essenciais:

 descrição física, séries, notas especiais


TRANSCRIÇÃO DOS ELEMENTOS
QUE COMPÕEM A REFERÊNCIA
 

a partir do próprio documento

de outras fontes de informação


dados aparecerão entre colchetes na referência
LOCALIZAÇÃO DE REFERÊNCIAS

 nota de rodapé

 fim de texto ou de capítulo

 lista de referências

 antecedendo resumos e resenhas


APRESENTAÇÃO DAS REFERÊNCIAS
Regras Gerais

 Ser alinhadas à margem esquerda


 Ter uniformidade
 Espaço simples entre as linhas
e espaço duplo separando referências
Ex.:
CARNEIRO, Orlando. Construções rurais. 12. ed. São Paulo:
Nobel, 1987. 719p.

COSTA, Írio Barbosa da; MESQUITA, Helena Maria. Tipos de


habitação rural no Brasil. Rio de Janeiro: Superintendência de
Recursos Naturais e Meio Ambiente, 1978. 70p.
FORMAS DE ENTRADA DA REFERÊNCIA
 
ENTRADA
 Indica a responsabilidade sobre o conteúdo do documento
 É representada por uma palavra ou expressão que
encabeça uma referência bibliográfica.

AUTOR PESSOAL
MACHADO, B. V.

AUTOR ENTIDADE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA

AUTORIA DESCONHECIDA
RECURSOS ambientais
FORMAS DE ENTRADA
 

AUTOR PESSOAL
“Pessoa(s) física(s) responsável(eis) pela criação do
conteúdo intelectual ou artístico de um documento”

 pelo último sobrenome


 em caixa alta
 seguido do prenomes e outros sobrenomes

Ex.:
ALVES, Roque de Brito
PASSOS, A. C. de Moraes
AUTORIA MÚLTIPLA
 
Documentos elaborados por dois ou três autores,
menciona-se os nomes de todos na mesma ordem em que
constam no documento, separados por ponto-e-vírgula

Ex.:
JONES, K. C.; PRINCE, R.
NORI, C.; SOUZA, R.; VIEIRA, B. G.
AUTORIA MÚLTIPLA 

Quando houver mais de três autores,


indica-se apenas o primeiro, acrescentando-se a
expressão et al. 

Ex.:
SMITH, C. A. et al.
 
Nota:
“Em casos específicos, nos quais a menção dos nomes for
indispensável para certificar a autoria, é facultado indicar todos
os nomes.”
AUTORIA MÚLTIPLA COM RESPONSABILIDADE
EXPLÍCITA
 
Obra elaborada por vários autores,
com uma responsabilidade intelectual destacada,
a entrada deve ser feita pelo nome do responsável(eis),
seguida da abreviação, no singular, do tipo de participação
(organizador, editor, compilador etc.), entre parênteses.

Ex.:
MOORE, Wilbert (Org.)
MARCONDES, E.; LIMA, I. N. de (Coord.)
AUTOR ENTIDADE
Obras de cunho administrativo ou legal de entidades
independentes (Associações, Empresas, Instituições)

Entrada diretamente pelo nome da entidade,


em caixa alta, por extenso,
considerando a subordinação hierárquica, quando houver

Ex.:
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Faculdade de Engenharia
Elétrica. Teses defendidas no biênio 91/92. Campinas, 1993. 378p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6032: abreviação


de títulos de periódicos e publicações seriadas: procedimentos. Rio de Janeiro, 1989.

CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 10.,


1979, Curitiba. Anais... Curitiba: Associação Bibliotecária do Paraná. 3 v.
AUTOR ENTIDADE
Obras de responsabilidade de órgãos governamentais
da administração (Ministérios, Secretarias e outros)

Entrada pelo nome geográfico em caixa alta (país, estado,


município), considerando a subordinação hierárquica,
quando houver

Ex.:
BRASIL. Ministério do Trabalho. Secretaria de Formação e
Desenvolvimento Profissional. Educação profissional: um projeto
para o desenvolvimento sustentado. Brasília: SEFOR, 1995.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Diretrizes


para a política ambiental do Estado de São Paulo. São Paulo,
1993.
AUTORIA DESCONHECIDA

A entrada é feita pelo título


 

Ex.:
DIAGNÓSTICO do setor editorial brasileiro. São
Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 1993. 64p.
 

Nota:
Não usar o termo “anônimo” em substituição ao nome
do autor desconhecido. 
MODELOS DE REFERÊNCIAS
 Monografia
“item constituído de uma só parte, ou que se pretende
completar em um número preestabelecido de partes
separadas” (ABNT, 2002, p. 2)
“estudo minucioso que se propõe esgotar determinado tema
relativamente restrito.” (FERREIRA, 1986, p. 1154)

Livros Trabalhos acadêmicos


Folhetos
Enciclopédias
Manuais Etc.
Catálogos
Livro no todo
Ex. 1
DOEBELIN, Ernest O. System dynamics: modeling, analysis,
simulation, design. New York: Marcel Dekker, 1998. 755p.

Livro no todo
Ex. 1
DOEBELIN, Ernest O. System elements, mechanical. In: ______ .
System dynamics: modeling, analysis, simulation, design. New
york: Marcel dekker, 1998. cap.2, p.28-122.

Autor da parte  Autor do livro


Ex. 1

Você também pode gostar