Você está na página 1de 26

UNIZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


Curso de Mestrado em
Engenharia e Gestão de Águas

Hidrologia e Hidráulica Aplicada

Tema 3. Disponibilidade de água


.
Docente: MSC. Enga. Beatriz Reyes Collado
bettyreyescollado@gmail.com

1 v. 1.0
UNIZAMBEZE
As Formas da Água FCT- MEGA

Água existe de forma:


• Solida (gelo)
• Liquida
• Gasosa (vapor)

em:
• Água doce
• Água marítima
• Geleira

nos: oceânos, rios,


lagos, nuves, chuva

2
UNIZAMBEZE
Teoria do Cíclo Hidrológico FCT- MEGA

Uma das perguntas mais antigas da humanidade :

De onde vem a agua?


A primeira explicação documentada do ciclo
hidrológico introduz o conceito do ciclo
meteorogênico da água, no qual

A quantidade total de água é constante

Por: XENOPHANES (570-475/470 ac)

Esta teoria é considerada válida ainda hoje


3
UNIZAMBEZE
Hidrosfera FCT- MEGA

Água constitue uma camada continua dentro


e em cima da terra, que se chama hidrosfera.

Água muda constantemente o seu estado,


por exemplo:

 Água superficial se evapora


 Vapor de água forma nuves
 Precipitação infiltrar no solo

4
UNIZAMBEZE
Cíclo Hidrológico FCT- MEGA

Source: MIT Open Course Ware

Fluxo anual em mil 5


3
UNIZAMBEZE
Cíclo Hidrológico FCT- MEGA

Modelo de circulação e conservação da água na terra

 Reciclagem continua das águas doces

 Equilibrio entre evaporação e precipitação


entre continentes e oceanos

 Transporte do vapor de água do oceano para os


continentes

6
UNIZAMBEZE
Equilíbrio Global de Humidade FCT- MEGA

 Latitudes baixas e médias são “sumidouros” para a humidade


atmosférica.
 Os subtrópicos são “fontes” de humidade atmosférica.
 A humidade atmosférica é transportada por ventos alísios de
leste entre o equador para baixas latitudes e por ventos
alísios de oeste entre os polos para latitudes médias.
 Geralmente a evaporação local não é uma fonte importante
de precipitação local.

7
Modelo de circulação atmosférica UNIZAMBEZE
FCT- MEGA
da humidade e dos ventos

8
UNIZAMBEZE
Principais Compartamentos e Fluxos FCT- MEGA

atmosferica
Atmosfera
0.129 *106 km³ = 0.025 m

Vegetação
1.12*103 km³ = Geleira
0.002 m 24.4 *106 km³ = 48 m

Humidade do solo Rios e Lagos


0.19*10 km³
0.19*1066km³ = 0.4
= 0.4 m
m
Oceanos
Água subterrânea 1338 * 106 km³ =
23.4*106 km³ = 46 m 2635 m

fluxos terrestre maritima

Altura corresponde a uma camada uniforme em cima da superficie


enteira da terra
(Baumgartner & Liebscher, 1996) 9
UNIZAMBEZE
Prinicpais Compartamentos FCT- MEGA

O fluxo horizontal intenso do vapor de água no ar possibilita


intensidades de precipitação altas em eventos com curta
duração. 10
Escalas Espaciais e Temporais UNIZAMBEZE
para Várias Fontes de Água FCT- MEGA

Água subterranea

Água superficial

Tempo/eventos de
precipitação

Blöschl und Sivapalan, (1995) 11


UNIZAMBEZE
Processos e Sistemas Hidrológicos FCT- MEGA

Processo: Modificação quantitativa e/ou qualitativa de


uma
variável (propriedade/parametros) ao
longo do
tempo

Ex. Mudança de localização (transporte de partículas,


água, etc.)
Mudança de temperatura, densidade, pressão ou
propriedades da água (Condensação, precipitação,
vaporação, água superficial/escoamento
subterrâneo)

Um processo sempre ocorre dentro de um sistema


12
UNIZAMBEZE
Processos e Sistemas Hidrológicos FCT- MEGA

Sistema: A totalidade das variáveis


(elementos/propriedades)
diferenciadas do ambiente circundante

Sistemas hidrológicos:
 Balanço global de água (mundo inteiro)
 Oceano ou continentes
 Bacias Hidrográficas
 Uma parte de uma bacia hidrográfica
 Captação de água subterrânea
 Área de abastecimento de água urbana
 Locais de referência (por exemplo, zona úmida,
ponto de monitoramento)

13
UNIZAMBEZE
Bacia Hidrográfica FCT- MEGA

É uma área de grandes superfícies, formada por um


conjunto de terras, por onde corre um rio principal e seus
afluentes, incluindo:
• cabeceiras ou nascentes
• divisores de água
• cursos de água principais
• afluentes e
• subafluentes
Até desagua no mar.

14
UNIZAMBEZE
Caracteristicas da Bacia Hidrográfica FCT- MEGA

Área vária muito

As caracteristicas químicas,
fisicas, biológicas são
determinadas pela natureza da
área e das actividades
humanas ou naturais, que
mudam a morfologia dos rios.

15
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico FCT- MEGA

 Estimativa da água disponível numa


determinada área.

 Basea-se em dados hidrologicos, climatologicos


e nas condições fisico-geográficas da área
geográfica.

 Balanços hídricos são feitos no nível global,


nacional, bacia hidrográfica, município, distrito,
etc...

16
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico-Generalizado FCT- MEGA

Entrada = Saída
ou
Precipitação menos Evapotranspiração menos
Caudal
=
Mudança no armazenamento do aquífero

P=A+E±S

Nível global

17
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico-Região-Planificação FCT- MEGA

P = Etpot
Precipitação compensa a evaporação potencial  água do solo
disponível para plantas

P > ETpot
Excesso de água  armazenamento no subsolo e recarga de
água subterrânea  inundação de rios

P < ETpot
Déficit hídrico  água retirada do armazenamento do solo e
armazenamento de água subterrânea  se sazonal - requer
irrigação; se durar mais tempo - é chamado de seca
18
Example da Região Centro UNIZAMBEZE
de Moçambique FCT- MEGA

Monthly PPT and PET


mm/month

300
Recarga da
250 humidade
do solo/de
200 lençóis
freáticos
150 Mean of 35 stations

100
deficit de humidade do solo
50

0
Jan Feb Mar Apr Ma Jun Jul Aug Sep Oct No Dec Jan
y v
PET PPT SafMA, (2004)

19
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico–Nível Local FCT- MEGA

20
UNIZAMBEZE
Interação de Processos FCT- MEGA

Hidrológicos na Escala da Bacia


Precipitação - P e Processos na superfície
Cai na vegetação/plantas, solo, superfícies de águas abertas,
superfícies vedadas (por exemplo, telhados)
1. Precipitação mantida nas plantas /vegetação - Intercepção (SI)
2. Evaporação da intercepção, gotejando ou fluindo de uma árvore
para o solo (EI)
3. Infiltração (f) de precipitação ou armazenamento em pequenas
depressões superficiais na superfície do solo (SO)
4. Evaporação (EO) da água armazenada em pequenas depressões
superficiais
5. Armazenamento em lagos e zonas húmidas (SW)
6. Escoamento superficial, se P> SO ou P> f ou P> SW

Refletida na concentração do caudal21e nas caracteristicas dos rios


UNIZAMBEZE
Interação de Processos FCT- MEGA

Hidrológicos na Escala da Bacia


Processos no solo:
1. Armazenamento na camada superior e inferior do solo
2. Infiltração Vertical em camadas mais profundas do solo e / ou
subterrânea
3. Interfluxo - movimento horizontal da água entre a camada
superior e inferior do solo
4. Transpiração - remoção de água pelas raízes das plantas
5. Evaporação da água do solo e Evapotranspiração
6. Recarga das águas subterrâneas - recarga do armazenamento de
águas subterrâneas
7. Descarga de águas subterrâneas em rios - retardamento do fluxo
8. Elevação capilar das águas subterrâneas na camada inferior e
superior do solo (durante os períodos de seca)
22
UNIZAMBEZE
Disponibilidade dos Recursos Hídricos FCT- MEGA

Nível da bacia hidrográfica

Devem ser contemplados déficites temporários


e excedentes temporários
23
Balanço Hídrico numa Bacia UNIZAMBEZE
Hidrográfica ou Escala Inferior FCT- MEGA

P  Gin  (Q  ET  Gout )  S

onde:
P : Precipitação (líquido e sólido)
Gin : Subterrâneas fluxo ascendente (líquido)
Q : Vazão de fluxo (líquido) (rios e terras húmidas)
ET : Evapotranspiração (vapor)
Gout : Vazão de águas subterrâneas (líquido)
DS : Mudança em todas as formas de armazenamento (líquido
e sólido) - Recarga - descarga24
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico na Bacia Hidrográfica FCT- MEGA

Simplificação no Uso de Longas Séries de Dados


Para estimar Evapotranspiração:

P + Gin–(ET + Q + Gout)= ΔS

Mudanças à longo prazo entre


saidas e entradas de água subterrana são
muitas das vezes minimas, significa

Gin-Gout=0
P–(ET + Q)= ΔS

ΔS: é entre epoca chuvosa e seca muita grande, mas à longo


prazo mostra pouca variação –» ΔS=0
25 P –Q = ET
UNIZAMBEZE
Balanço Hídrico FCT- MEGA

O balanço hídrico completo precisa de dados como


seu fundamento

• Precisa de contabilizar as necessidades básicas para


manter o sistema hidrológico (caudais ecologicos) e
ambiental

• Precisa de contabilizar as intervenções do homem


o Consumo
o Remoção de água dum local
o Transmissão da água para um outro local
o Descarga
26