Você está na página 1de 10

Reflexão da Luz

Fenômeno que ocorre quando um raio de luz incide sobre uma superfície e volta
a se propagar no mesmo meio.

N
RI RR
1ª Lei

𝑖^  𝑟^
 
O Raio Incidente (RI), o Raio Refletido
(RR) e a Normal São coplanares.

𝑑^
 

2ª Lei

O Ângulo de Incidência é igual ao Ângulo


 
𝑖^ Ângulo de incidência de Reflexão.

 
𝑟^ Ângulo de Reflexão

𝑑^
 
Ângulo de Desvio
 
𝑖^ =𝑟^
Prof. Rodrigo Santiago
Classificação de Ponto em Relação a
Sistemas Ópticos
Ponto Objeto: Vértice de um pincel de Luz que chega a um sistema óptico (SO).

Prof. Rodrigo Santiago


Classificação de Ponto em Relação a Sistemas
Ópticos
Ponto Imagem: Vértice de um pincel de Luz que sai a um sistema óptico (SO).

Prof. Rodrigo Santiago


Espelhos Planos
Sistema óptico formado por uma camada de vidro e uma película de material capaz de refletir a luz regularmente
(alumínio).

Fonte Puntiforme • Objeto e imagens equidistantes ao espelho


• Objeto e imagem possuem naturezas opostas
• Sistema óptico Estigmático

POR PIV
N

Prof. Rodrigo Santiago


Aplicações em Espelhos Planos

1. Trajetória de um raio refletido 2. Campo visual

A
B

Rebater o Observador e traçar dois raios de luz


que tangenciam o espelho dos dois lados

A”

Definir o Campo Visual entre as duas tangentes

Prof. Rodrigo Santiago


Aplicações em Espelhos Planos

3. Translação de Espelhos

D = 2.d Sendo D = 2.(x + d) - 2.x >>> D = 2.d


d = deslocamento do espelho
D = deslocamento da imagem

Prof. Rodrigo Santiago


FORMAÇÃO DE
IMAGENS
Fonte Extensa

•VIRTUAL
•DIREITA (direta)
CARACTERÍSTICAS DA IMAGEM •SIMÉTRICA
•ENANTIOMORFA
(REVERSA)
Prof. Rodrigo Santiago
FORMAÇÃO DE
IMAGENS

•VIRTUAL
•DIREITA
•SIMÉTRICA
•REVERSA

Prof. Rodrigo Santiago


FORMAÇÃO DE
IMAGENS

Prof. Rodrigo Santiago


Aplicações em Espelhos Planos
4. Associação de Espelhos

 >> ângulo entre os espelhos

N >> número de imagens

Prof. Rodrigo Santiago

Você também pode gostar