Você está na página 1de 28

Resistência e Resistividade

Prof. Thiago Coelho


Leis de Ohm

1 - Georg Simon Ohm (1787-1854).

2 - Die Galvanische Kette, Mathematisch Bearbeitet (The Galvanic


Circuit Investigated Mathematically)
Leis de Ohm
Investigar a relação entre ddp e corrente elétrica.

•A corrente elétrica que passa por um fio condutor é diretamente


proporcional à diferença de potencial

•A corrente elétrica é diretamente proporcional à área de secção


reta e inversamente proporcional ao comprimento do fio condutor.

3 – Circuito Simples
Leis de Ohm
Experimentalmente:
U
 cte
i
A constante é chamada resistência elétrica (R).

U
R
i
•1ª Lei de Ohm – em um condutor ôhmico com
temperatura constante a corrente elétrica é diretamente
proporcional à diferença de potencial.

U  i.R
Leis de Ohm
Unidade de R:

[U ] V
R 
[i ] A

Onde:
V
1,0  1,0
A
A unidade de R, no S.I. é o ohm (Ω).
Leis de Ohm

4 – Curva característica de um resistor ôhmico ou linear (a) e não ôhmico (b).


Leis de Ohm

5 – Significado geométrico da resistência elétrica


Leis de Ohm
Resistores

6 – Resistores elétricos.
Leis de Ohm
Resistores

Obs.: Um condutor ideal


possui R = 0.
7 – Representação gráfica
de um resistor

Segundo HALLIDAY (2009): “Um condutor cuja função em um


circuito é introduzir certa resistência é chamado de resistor.”

Resistores são fabricados com a finalidade de aproveitar o


Efeito Joule. (NEWTON; GUALTER; HELOU, 2010).
Leis de Ohm
•2ª Lei de Ohm – A resistência elétrica é diretamente
proporcional ao comprimento do condutor e inversamente
proporcional à área de sua secção transversal, e depende
também do material e da temperatura.

l
R Onde ρ é a resistividade elétrica do
A material.

A unidade de ρ no S.I. é o ohm vezes metro (Ω.m)


Leis de Ohm e Potência Elétrica
Quantidade de energia, por unidade de tempo, necessária
para manter um aparelho em funcionamento em uma certa
ddp (valores nominais).

E
P
t
J
1  1W ( watt )
s

8 – Aparelhos eletrônicos
Leis de Ohm e Potência Elétrica

Potência elétrica dissipada em um resistor

P  Ui
Mas,

U  iR (1ª lei de Ohm.)

Assim:
2
U
Pi R 2
ou P
R
Associação de Resistores

9 – Painel para associação eletrônica.


Associação de Resistores

Associação em série

Associação em paralelo

Associação mista

10 – Lâmpadas associadas
Associação de Resistores
•Associação em série

Dois ou mais resistores estão associados em série


quando percorridos por uma corrente elétrica de
mesma intensidade.

11 – Associação em série
Associação de Resistores
•Associação em série

12 – Associação em série

U  U1  U 2  U 3
Associação de Resistores
•Associação em série

Os resistores podem ser substituídos por um único


resistor equivalente.

Req  R1  R2  R3  ...  Rn

Req   Rn
n 1
13 – Resistor equivalente.
Para resistores em série.
Associação de Resistores
•Associação em paralelo

Continuidade da corrente elétrica.

14 – Continuidade da corrente.
Associação de Resistores
•Associação em paralelo

Dois ou mais resistores


estão associados em
paralelo quando estão
submetidos à mesma
diferença de potencial.

15 – Associação em paralelo.
Associação de Resistores
•Associação em paralelo

i  i1  i2  i3

16 – Associação em paralelo.
Associação de Resistores
•Associação em paralelo
Resistência equivalente

1 1 1 1 1
    ... 
Req R 1 R 2 R3 Rn

1 1

Req n 1 Rn
17 – Resistor equivalente.
Para resistores em paralelo.
Associação de Resistores
•Associação mista
Em uma mesma associação alguns resistores estão
associados em série e paralelo.

18 – Associação mista.
Associação de Resistores
•Curto-circuito
Dois pontos estão em curto-circuito quando estão
interligados por um fio de resistência desprezível.

Req  R1  R3  R4

19 – Curto-circuito.
Os pontos X e Y estão sob um mesmo valor de
potencial, podendo ser representados por um
único ponto.
Referências Bibliográficas

•BISCUOLA, G.J., DOCA, R.H., VILLAS-BÔAS, N. Física Ensino Médio. Vol 3. 1ª edição, 2010. SP.
Editora Saraiva.

•BRASIL ESCOLA. George Simon Ohm. Disponível em: <http://www.brasilescola.com/fisica/georg-


simon-ohm.htm>. Acesso em: 02/09/13.

•HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; KRANE, K. S. Fundamentos de Física. v.2, 8ª edição. Ed. LTC S.A., Brasil.

•INSTITUTO DE FÍSICA DE SÃO CARLOS-USP. Laboratório de Eletrocidade e Magnetismo:


Resistência e corrente elétrica. Disponível em:
<http://www.ifsc.usp.br/~strontium/Teaching/Material2010-2%20FFI0106%20LabFisicaIII/04-
ResistenciaCorrenteEletrica.pdf>. Acesso em: 02/09/13.

•PHET – INTERACTIVE SIMULATIONS. Simulações de Física. Disponível em:


<http://phet.colorado.edu/pt_BR/simulations/category/physics>. Acesso em: 02/09/13.
Referências Bibliográficas (Imagens)
•Capa, PROJETO FÍSICA E CIDADANIA, UFJF-MG. Eletrodinâmica. Disponível em:
<http://www.ufjf.br/fisicaecidadania/conteudo/eletromagnetismo/eletricidade/eletrodinamica>.Acesso
em: 02/09/13.

•Figura 1, BRRASIL ESCOLA. Georg Simon Ohm .Disponível em:


<http://www.brasilescola.com/fisica/georg-simon-ohm.htm>. Acesso: 02/09/13.

•Figura 2, BOOK ADDA, Die Galvanische Kette, Mathematisch Bearbeitet (1827). Disponível em:
<http://www.bookadda.com/books/die-galvanische-kette-mathematisch-bearbeitet-georg-simon-
1161092978-9781161092974>. Acesso em: 02/09/13.

•Figura 3, OS FUNDAMENTOS DA FÍSICA, Resistores. Lei de Ohm. Curvas características. Disponível


em: < http://osfundamentosdafisica.blogspot.com.br/2013/06/cursos-do-blog-eletricidade_19.html>.
Acesso em: 02/09/13.

•Figura 4, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. ACESSA FÍSICA, CONTEÚDOS DIGITAIS. Objetos Educacionais


(MEC). Disponível em:
<http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/bitstream/handle/mec/11095/open/file/infoadicionais.html>.
Acesso em: 02/09/13.

•Figura 5, MINHAS AULAS DE FÍSICA, Resistores – Lei de Ohm. Disponível em:


<http://minhasaulasdefisica.blogspot.com.br/2012/05/resistores-leis-de-ohm.html>. Acesso em:
02/09/13.
Referências Bibliográficas (Imagens)
•Figura 6, HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; KRANE, K. S. Fundamentos de Física. v.3, 8ª edição, p.147, Ed.
LTC S.A., 2009. Brasil.

•Figura 7, OS FUNDAMENTOS DA FÍSICA, Resistores. Lei de Ohm. Curvas características. Disponível


em: <http://osfundamentosdafisica.blogspot.com.br/2013/06/cursos-do-blog-eletricidade_19.html >.
Acesso em: 02/09/13.

•Figura 8, ACRISOFT. Curso: consertos em geral. Disponível em:


<http://www.acrisoft.com/curso_conserto_geral>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 9, BRAX TECNOLOGIA. Painel para associação eleetrônica. Disponível em:


<http://www.braxtecnologia.com.br/Produtos/Detalhes.asp?op=104>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 10, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Portal do Professor. Associação mista de resistores.


Disponível em: <http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=26284>. Acesso em:
09/09/13.

•Figura 11, CDCC-USP. EXPERIMENTOTECA. Eletricidade: Circuitos elétricos. Disponível em:


<http://www.cdcc.usp.br/exper/medio/fisica/kit9_eletricidade_circuitos_eletricos/exp_3_eletricidade_
parteI.pdf>. Acesso em: 09/09/13.
Referências Bibliográficas (Imagens)
•Figura 12, CDCC-USP. EXPERIMENTOTECA. Eletricidade: Circuitos elétricos. Disponível em:
<http://www.cdcc.usp.br/exper/medio/fisica/kit9_eletricidade_circuitos_eletricos/exp_3_eletricidade_
parteI.pdf>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 13, CDCC-USP. EXPERIMENTOTECA. Eletricidade: Circuitos elétricos. Disponível em:


<http://www.cdcc.usp.br/exper/medio/fisica/kit9_eletricidade_circuitos_eletricos/exp_3_eletricidade_
parteI.pdf>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 14, SO FÍSICA. Eletrodinâmica. Corrente elétrica. Disponível em: <


http://www.sofisica.com.br/conteudos/Eletromagnetismo/Eletrodinamica/corrente.php >. Acesso em:
09/09/13.

•Figura 15, SO FÍSICA. Associação de resistores em paralelo. Disponível em: <


http://www.sofisica.com.br/conteudos/Eletromagnetismo/Eletrodinamica/associacaoderesistores2.php
>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 16, SO FÍSICA. Associação de resistores em paralelo. Disponível em: <


http://www.sofisica.com.br/conteudos/Eletromagnetismo/Eletrodinamica/associacaoderesistores2.php
>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 17, CDCC-USP. EXPERIMENTOTECA. Eletricidade: Circuitos elétricos. Disponível em:


<http://www.cdcc.usp.br/exper/medio/fisica/kit9_eletricidade_circuitos_eletricos/exp_3_eletricidade_
parteI.pdf>. Acesso em: 09/09/13.
Referências Bibliográficas (Imagens)
•Figura 18, BRASIL ESCOLA. Exercícios associação mista de resistores. Disponível em:
<http://exercicios.brasilescola.com/fisica/exercicios-sobre-associacao-mista-resistores.htm#resposta-
562>. Acesso em: 09/09/13.

•Figura 19, BRASIL ESCOLA. Curto Circuito. Disponível em:


<http://www.brasilescola.com/fisica/curtocircuito.htm>. Acesso em: 09/09/13.