Você está na página 1de 26

MEMBRANA PLASMÁTICA

Prof(a): Dra. Simone Lima São Pedro


MEMBRANA PLASMÁTICA
BICAMADA LIPÍDICA DA MEMBRANA PLASMÁTICA

HIDROFÓBICO + HIDROFÍLICO = ANFIPÁTICA


CARACTERÍSTICAS DA MEMBRANA PLASMÁTICA

• Dupla camada de FOSFOLIPÍDIOS (fosfato associado a lipídios);


• Proteínas INTEGRAIS E PERIFÉRICAS;
• MOSAICO FLUÍDO – estrutura fluida e dinâmica (Singer & Nicolson, 1972)
• GLICOCÁLIX (GLICOLIPÍDIO + GLICOPROTEÍNA);
• PERMEABILIDADE SELETIVA
CARACTERÍSTICAS DA MEMBRANA PLASMÁTICA
PROTEÍNAS INTEGRAIS E PERIFÉRICAS

Proteinas periféricas

Proteinas integrais
GLICOCÁLIX: ( GLICOLIPIDEO+ GLICOPROTEINA)

Camada de carboidratos ligada às proteínas e ou lipídios do folheto externo da membrana celular formando
glicoproteínas ou glicolipídeos, respectivamente.

Sua composição varia de uma célula para outra, fato que confere às células individualidades químicas.
• Formam os antígenos celulares- Reconhecimento celular
• Confere aderência
PERMEABILIDADE SELETIVA

• São permeáveis à água, gases


• Impermeáveis a íons (Na, K, H,...) e à moléculas polares não carregadas (glicídios).
• São permeáveis à substâncias lipossolúveis ( benzeno, alcool)
FUNÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

• INDIVIDUALIDADE DA CÉLULA- atuando como barreira física separando o interior da


célula do exterior-

• PERMEABILIDADE SELETIVA Regulação das trocas com o meio: controlando a entrada


e saída de substancias.

• SUPORTE ESTRUTURAL: através das proteínas inseridas na bicamada fosfolipídica, que


ancoram as proteínas do citoesqueleto a fim de manter o formato celular.

• INTERAÇAO CELULAR Proteínas da membrana criam junções especializadas entre


células próximas e entre as células e a matriz extracelular.
TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA
TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA

SIMPLES (passagem do soluto de meio mais concentrado para menos concentrado


DIFUSÃO OSMOSE (passagem do solvente do meio menos concentrado para mais concentrado
FACILITADA (proteína da membrana que atua como um carreador)
TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA

Difusão simples
Moléculas e íons são transportados de forma natural do local onde estão em maior
concentração para o local onde se apresentam em menor quantidade.

Movimento de substâncias a favor do gradiente de


concentração.

Ex: transporte do oxigênio e o gás carbônico


TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA

OSMOSE: passagem do solvente do meio menos concentrado para mais concentrado


TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA

DIFUSÃO FACILITADA (SEM GASTO DE ENERGIA)


É aquela em que há uma proteína da membrana que atua como um carreador.

Transporte acontece
a favor do gradiente
de concentração
TRANSPORTES ATRAVÉS DA MEMBRANA
TRANSPORTE ATIVO ( COM GASTO DE ENERGIA)

Ex: condução do impulso nervoso


TRANSPORTES SUBSTÂNCIAS EM GRANDE QUANTIDADE
ATRAVÉS DA MEMBRANA
ENDOCITOSE:

FAGOCITOSE PINOCITOSE
FAGOCITOSE:
Processo de englobamento de partículas sólidas.
Durante a fagocitose, a membrana celular projeta-se emitindo “tentáculos”
(pseudópodes) que circundam e capturam as partículas Ex: (macrófagos).
PINOCITOSE:
Processo de englobamento de partículas líquidas

Uma invaginação da membrana celular cria um canal parar onde partículas líquidas se dirigem e são,
posteriormente, englobadas. Depois de englobadas as substâncias permanecem no interior de
vesículas, pinossomos. Nelas, são acrescidas das enzimas presentes nos lisossomos, formando o
vacúolo digestivo.
EXOCITOSE:
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA
(MODIFICAÇÕES E ADAPTAÇÕES)

• MICROVILOSIDADES
• DESMOSSOMOS
• INTERDIGITAÇÕES
• JUNÇÕES ADERENTES
• JUNÇÕES GAP
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

MICROVILOSIDADES:

São expansões semelhantes a dedos de luvas, que aumentam a superfície de absorção das células
que as possuem.
São encontradas nas células que revestem o intestino, nas tubas de falópio e nas células dos túbulos
renais.
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

DESMOSSOMOS (JUNÇÃO DE ANCORAMENTO)

Regiões de espessamento entre membranas que atuam como presilhas, aumentando a


aderência entre células vizinhas – são comuns nos tecidos de revestimento. (células epiteliais)
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

INTERDIGITAÇÕES:
São conjuntos de saliências e reentrâncias das membranas de células vizinhas, que se encaixam
e facilitam as trocas de substâncias entre elas. São observadas nas células dos túbulos renais.
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

JUNÇÃO ADERENTE

Adere as células para criar uma barreira para que nada passe entre as células
(Ex: células epiteliais)
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA
JUNÇÕES GAP OU COMUNICANTES

Canais que fazem com que as células entrem em contato umas com as outras, para que funcionem de
modo coordenado e harmônico. ( Ex: neurônio e células do fígado)