Você está na página 1de 15

PRINCIPAIS LEGISLAÇÕES

PARA ATUAÇÃO EM Profª Ma. Karyme Lucila


Jabra
ENFERMAGEM
POR QUE CONHECER A
LEGISLAÇÃO É TÃO
IMPORTANTE? CPB- Art. 21: “O
desconhecimento
da lei é
inescusável”

Princípio da indesculpa-bilidade do
Atuar em conformidade e qualificar
Código Penal
Honrar a imagem profissional
o cuidado
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA
Séc. XIX 1832 1851 1854 1879
Império
• Atuação • 1ª • Decreto • Decreto • Anexação
na legislaçã 828: 1.387- definitiva
obstetríci o sobre a Exigência Incorporo do Curso
a, início parteira de u curso de
da diploma Obstétric Obstetríci
profissão de o a Fac. a as fac.
parteira de De
e de Medicina Medicina
outras (2 anos (Bahia e
categoria de RJ)
s duração);
profission
ais na
Corte e
província
do RJ
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA
1890 1921 1922 1923 1931

• Decreto 791- • Regulamenta Dec. 15.799 - • Dec. 16.300 - • Decreto


Criação da 1ª ção para o aprovou o reg. Criação de 20.109-
escola serviço de do DNSP- fato da Primórdios da
profissional Enfermagem início da Escola de Lei do
de do Exército Enfermagem Exercício
enfermeiros (Enfermeiros criação da do DNSP: Profissional
(Hospital incluídos Escola de “Escola Anna de
Nacional dos como parte enfermeiros Nery”- (UFRJ Enfermagem-
Alienados-RJ) do pessoal necessidade
subalterno: de titulação -
padioleiros e Escolas
outros oficiais ou
auxiliares) equiparada
ao “padrão”
1923: Início do reconhecimento do Enfermeiro diplomado. Anna Nery,
com registro
Anteriormente as pessoas eram práticas (no sentido de conhecer no DNSP
por praticar), treinadas sem nenhuma sistematização para o ensino.
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA
1932 1949 1953 1953-1958 1955

• Decreto • Lei 775- •10º • Elaboração • Lei 2.604/55


20.931- Regulamento Congresso do Código de Sancionada
Regulamento u o ensino Quadrienal Ética com 16 1ª L ei do
u a atividade da do CIE-SP: artigos, Exercício
de enfermagem aprovação porém a Profissional:
fiscalização e a direção do 1º Código ABEN não Decreto
do exercício dos serviços de Ética para tinha poder 50.837/61
da de saúde por Enfermeiros- discricionário demora de 5
enfermagem “Enfermeiros 14 artigos. nem anos para a
e outra Diplomados” Serviu de competência regulamenta
profissões da motivação legal para ção, pelo
saúde para exigir o conflito entre
elaboração cumpriment Enfermeiros
do Código de o dos e Obstetrizes
Ética preceitos
Brasileiro - éticos,
1ª Lei do Exercício de Enfermagem: Definiu
inícioos deveres,
proibições
1953, e as atribuições dos
restringindo-
pela ABEN se apenas a
Enfermeiros e auxiliares de Enfermagem; Definiu as categoriasrecomendar
que poderiam exercer a
enfermagem brasileira (práticos, assistentes de enfermagem,ouenfermeiros
sugerir militares,
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA
1966 1973 1975 1975

• Criação da • Lei • Reformula • Resolução


profissão 5.905/73 ção do C.E Cofen nº 09/75-
de Técnico (P. Médici): para 18 CDE
de Criação do artigos (Deontologia =
Enfermag COFEN e • Afastamen Deveres);
em dos to do Aben dirigia-se
CORENS pelaABEN apenas aos
competên enfermeiros o
cia legal. que gerou
desconforto no
trabalho
cotidiano
Art. 8º, III: deu competência a esse órgão para elaborar o Código de Deontologia de Enfermagem (CDE)
e alterá-lo quando necessário, ouvidos os Conselhos Regionais.
Art. 15, II: Corens tem a competência legal de fiscalizar, disciplinar e normatizar o exercício profissional.
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA
1986 1987 1993 1994-1995

• Lei • Decreto • Res. • Lei


7.498/86 94.406/87 COFEN 8.967/94:
Dispõe • Regulame 160/93: • Alterou a
sobre o nta a Lei aprovou o redação
exercício 7.498/86 2º Código do art. 23
da de Ética: da
enfermage 100 LEPE/86
m e dá artigos. • Res.
outras CDE COFEN
providênci passou a 185 e
as ser CEPE 186/95 a ser
A Lei do Exercício Englobou todas as Pessoal de Enfermagem passou
Profissional de categorias denominado Atendente de
Enfermagem estabelece profissionais com suas Enfermagem, o tempo para
quem são os profissionais respectivas expiração de sua atuação passou de
TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA
LEGISLAÇÃO DE
ENFERMAGEM BRASILEIRA

2000 2007 2017

• Pequena • Res. • Res.


reformula 311/2007- 564/2017-
ção no Nova Nova
CEPE reformula reformula
ção do ção do
CEPE: 132 CEPE: 119
artigos artigos
VAMOS CONHECER
MELHOR ESSAS
LEGISLAÇÕES?
Lei 5.905/1973 • Dispõe sobre a criação dos Conselhos Federal e
. Regionais de Enfermagem e dá outras providências

• Dispõe sobre a regulamentação do exercício da


Lei 7.498/1986 Enfermagem e dá outras providências

Decreto • Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986,


que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá
94.406/1987 outras providências
• Altera a redação do parágrafo único do art. 23 da Lei nº
7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre a
Lei 8.967/1994 regulamentação do exercício da enfermagem e dá
outras providências.

RESOLUÇÃO
• Aprova o novo Código de Ética dos Profissionais de
COFEN Nº Enfermagem.
564/2017
VAMOS
OTIMIZAR O
ESTUDO DAS
LEGISLAÇÕES?
1. Acesse o AVA e faça o download do Resoluç
documento com as legislações e do
ão de
Roteiro de Questões para estudo;
Leitura
questõ
2. Leia atentamente e resolva as
Flutuan Debate
questões propostas; es
te
3. Conecte-se novamente para tirar sobre o
dúvidas e debater.
tema
Tiraremos as
dúvidas e
discutiremos as
questões aula que
vem!
PARA APRESENTAR EM
FORMAS PARA REUNIR O
GRUPO:
1. Vídeochamada no
GRUPOS WhatsApp
2. Google Meeting
Grupo 1 - RESOLUÇÃO COFEN nº 429/2012 - Dispõe sobre o registro
das ações profissionais no prontuário do paciente, e em outros FORMAS DE
documentos próprios da enfermagem, independente do meio de
suporte – tradicional ou eletrônico. APRESENTAÇÃO
POSSÍVEIS:
Grupo 2 - RESOLUÇÃO COFEN Nº 0545/2017 – Atualiza as normas 1. Projeção de tela (Slides)
que dispõe sobre a forma de anotação e o uso do número de inscrição
pelos profissionais de Enfermagem. 2. Fala de 1 a 1 dos
componentes do grupo
Grupo 3 - RESOLUÇÃO COFEN n° 358/2009 - Dispõe sobre a via Google Meeting
Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do DATA PARA SORTEIO:
Processo de Enfermagem em ambientes públicos ou privados, em que
ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências.
23/04/2020 às 8:30h
Grupo 4 - RESOLUÇÃO COFEN Nº 0567/2018 - Regulamenta a
atuação da Equipe de Enfermagem no Cuidado aos pacientes com
feridas.
DATA PARA
APRESENTAÇÃO:

07/05/2020 às 8:30h
NOSSO CRONOGRAMA
PARA AS PRÓXIMAS
AULAS
• Resolução das questões do
23/04/202 Quiz e Tira dúvidas
0 • Apresentação dos grupos
sobre a linha histórica da
enfermagem

• Leitura coletiva e debate


30/04/202 sobre o Código de Ética do Resolução COFEN 564/2017
0 Profissional da Enfermagem
(CEPE)
Grupo 1 - RESOLUÇÃO COFEN nº 429/2012 - Dispõe
sobre o registro das ações profissionais no prontuário do
paciente, e em outros documentos próprios da enfermagem,
independente do meio de suporte – tradicional ou eletrônico.
Grupo 2 - RESOLUÇÃO COFEN Nº 0545/2017 – Atualiza
as normas que dispõe sobre a forma de anotação e o uso do
• Apresentação das número de inscrição pelos profissionais de Enfermagem.
Grupo 3 - RESOLUÇÃO COFEN n° 358/2009 - Dispõe

07/05/202 Resoluções COFEN sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a


implementação do Processo de Enfermagem em ambientes
públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional
0 • Slides ou apresentação oral de Enfermagem, e dá outras providências.
Grupo 4 - RESOLUÇÃO COFEN Nº 0567/2018 -
Regulamenta a atuação da Equipe de Enfermagem no
Cuidado aos pacientes com feridas.
REFERÊNCIAS
OGUISSO, Taka. História da legislação do exercício da enfermagem
no Brasil. R. Bras. Enferm., Brasília, v. 53, n. A, p. 1 97-207,
abr./jun. 2001.