Você está na página 1de 10

Controle da suplementação

de ferro e vitamina A no
Programa Bolsa Família

Macapá – AP
2019
Programa Bolsa Família (PBF)
• Criado em 2003 como uma política pública inter-setorial de
combate à pobreza;
• Instituído pela lei nº 10.836/2004;
• Baseado na conjugação de transferência de renda a
condicionalidades relacionadas às áreas da saúde, educação e
assistência social, direcionado às famílias de maior vulnerabilidade
econômica e social
• Com a finalidade de promover o acesso das famílias aos direitos
sociais básicos e romper com o ciclo intergeracional da pobreza;
• Necessidade de uma 2ª vigência do PBF (2014).
Programa Bolsa Família (PBF)

• Programa assistido pelas equipes de Estratégia Saúde da


Família (ESF) e/ou por Unidades Básicas de Saúde (UBS), que
esclarece às famílias sobre a participação no cumprimento das
ações das condicionalidades da saúde, deixando-a ciente das
responsabilidades na melhoria das condições de saúde e
nutrição;
• Repasse dos valores e acesso aos equipamentos públicos
básicos: escolas e unidades de saúde.
• Período de acompanhamento (ou vigência): 1ª vigência –
fevereiro a junho; 2ª vigência – agosto a dezembro.
Programa Bolsa Família (PBF)

• As condicionalidades têm objetivo de reforçar o direito de acesso


das famílias aos serviços de saúde e de educação, além de
responsabilizar o poder público pelo atendimento, monitorar o
cumprimento de compromissos pelas famílias beneficiárias e
identificar, nos casos de não cumprimento, as situações de maior
vulnerabilidade;
• Visando garantir a oferta das ações básicas e potencializar a
melhoria da qualidade de vida das famílias além de contribuir
para sua inclusão social.
Área Compromisso/condicionalidades Público
Atualização do calendário de vacinação da Crianças menos de 7
criança; anos de idade.
Acompanhamento do crescimento e do
desenvolvimento das crianças menores de 7
Saúde anos.
Acompanhamento das mulheres na faixa de Mulheres de 14 a 44
14 a 44 anos anos.
Acompanhamento do Pré-natal e de nutrizes; Gestantes e nutrizes.
Atualização do cartão de vacina.
Educação Matrícula de frequência escolar mensal Crianças e adolescentes
mínima de 85% de C.H. entre 6 e 15 anos.
Matrícula de frequência escolar mensal Jovens de 16 a 17 anos.
mínima de 75% de C.H.
Assistência Serviços sócio educativo e de convivência. Crianças até 15 anos de
social idade.
Quadro nacional
• A ampliação da cobertura do PNSVITA e do PNSF nas UBS faz
parte de um dos eixos da ação Brasil Carinhoso (Plano Brasil
sem miséria) que tem por objetivo o combate à miséria na
primeira infância (0 a 6 anos).
• As deficiências de vitamina A e ferro são as principais carências
nutricionais.
• Causas: alimentação pobre em fontes de vitaminas e minerais.
• Finalidade: reduzir as deficiências do micronutrientes.
• Com a educação alimentar e nutricional, suplementação,
enriquecimento e adição em alimentos.
Micro- Funções Grupo de risco Consequências
nutrientes
Ferro Formação de células vermelhas Crianças: fraqueza, cansaço,
(prevenção de anemia) falta de energia;
Gestantes Adulto: menor disposição;
(somente ferro); Gestantes: aumento do risco de
Crianças sem aborto e nascimento prematuro
AME até 6 meses do bebê.
Vitamina Redução da gravidade e duração ou sem AM; Cegueira noturna ou
A de infecções; Crianças menores irreversível;
Previne doenças relacionadas à de 5 anos; Aumento da mortalidade
visão (xeroftalmia); Puérperas. infantil em menores de 5 anos.
Mantém pele, cabelos e
mucosas saudáveis.
Orientações
Micro- Prevenção Fontes alimentares
nutrientes
Ferro Incentivar: AM e consumo de - Carnes: gado, aves, peixes, fígado, rim, coração;
fontes de alimentos associados - Leguminosas: feijão, ervilha, lentilha, etc;
a vitamina C. - Vegetais verdes-escuros: brócolis, couve, etc;
Orientar: que evite o consumo - Vitamina C: laranja, limão, acerola, abacaxi, etc;
de refrigerantes, café, leite e - Farinhas de trigo e milhos fortificadas com ferro.
chá, junto com alimentos fonte
de ferro.
Vitamina Incentivar: AM e o consumo de - Fígado, gema de ovo, leite, manteiga e queijo;
A alimentos fontes. - Frutos e os óleos de: dendê, buriti, pupunha, tucumã
e pequi;
- Vegetais verdes-escuros: agrião, brócolis, coentro,
etc;
- Frutas e legumes amarelados: manga, mamão,
pitanga, abóbora, cenoura, batata-doce, etc.
Abrangência
• Programa Nacional de Suplementação de Ferro:
• Crianças de 6 a 18 meses de idade;
• Gestantes a partir da 20ª semana gestacional;
• Puérperas ou mulheres no pós-aborto (3 meses).
• Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A:
• Megadoses de 100.00UI:
• Crianças de 6 a 11 meses, semestralmente.
• Megadoses de 200.00UI:
• Crianças de 12 a 59 meses, semestralmente;
• Mulheres em pós-parto imediato.
Referências
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria da Atenção à Saúde.
Departamento de Atenção Básica. Alimentação e Nutrição para
famílias do Programa Bolsa Família. Manual do ACS. Brasília: MS,
2010.
GOIÁS. Secretaria de Estado da Saúde. Secretaria de Estado da Mulher,
do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos
e do Trabalho. Promoção da Integralidade do Cuidado aos Titulares
de Direito do Programa Bolsa Família. Programa Bolsa Família na
Saúde. Goiânia: SUVISA/GVE/CVN, 2015.