Você está na página 1de 39

Introdução

 Mecânica: Ciência que estuda o equilíbrio e o


movimento de corpos sólidos, líquidos e
gasosos, bem como as causas que provocam
este movimento;

 Em se tratando somente de líquidos e gases,


que são denominados fluidos, recai-se no ramo
da mecânica conhecido como Mecânica dos
Fluidos.
Introdução
 Mecânica dos Fluidos: Ciência que trata do
comportamento dos fluidos em repouso e em movimento.
Estuda o transporte de quantidade de movimento nos
fluidos.

 Exemplos de aplicações:
 O estudo do comportamento de um furacão;
 O fluxo de água através de um canal;
 As ondas de pressão produzidas na explosão de uma
bomba;
 As características aerodinâmicas de um avião supersônico;
Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?

O conhecimento e entendimento dos


princípios e conceitos básicos da Mecânica
dos Fluidos são essenciais na análise e
projeto de qualquer sistema no qual um
fluido é o meio atuante
Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?

O projeto de todos os meios de transporte requer a aplicação


dos princípios de Mecânica dos Fluidos. Exemplos:
 as asas de aviões para vôos subsônicos e supersônicos

 máquinas de grande efeito

 aerobarcos

 pistas inclinadas e verticais para decolagem

 cascos de barcos e navios

 projetos de submarinos e automóveis


Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?

 Projeto de carros e barcos de corrida (aerodinâmica);


 Sistemas de propulsão para vôos espaciais;
 Sistemas de propulsão para fogos de artifício;
 Projeto de todos os tipos de máquinas de fluxo incluindo
bombas, separadores, compressores e turbinas;
 Lubrificação;
 Sistemas de aquecimento e refrigeração para
residências particulares e grandes edifícios comerciais;
Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?
 O desastre da ponte sobre o estreito de Tacoma
(1940) evidencia as possíveis conseqüências que
ocorrem, quando os princípios básicos da Mecânica
dos Fluidos são negligenciados;
 A ponte suspensa apenas 4 meses depois de ter sido
aberta ao tráfego, foi destruída durante um vendaval;
 Inicialmente, sob a ação do vento, o vão central pôs-
se a vibrar no sentido vertical, passando depois a
vibrar torcionalmente, com as torções ocorrendo em
sentido oposto nas duas metades do vão. Uma hora
depois, o vão central se despedaçava
Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?
Por que estudar
Mecânica dos Fluidos?
 O sistema de circulação do sangue no corpo humano
é essencialmente um sistema de transporte de fluido
e como conseqüência o projeto de corações e
pulmões artificiais são baseados nos princípios da
Mecânica dos Fluidos;

 O posicionamento da vela de um barco para obter


maior rendimento com o vento e a forma e superfície
da bola de golfe para um melhor desempenho são
ditados pelos mesmos princípios.
Aceno Histórico
 Até o início do século o estudo dos fluidos foi
efetuado essencialmente por dois grupos –
Hidráulicos e Matemáticos;

 Os Hidráulicos trabalhavam de forma empírica,


enquanto os Matemáticos se concentravam na forma
analítica;

 Posteriormente tornou-se claro para pesquisadores


eminentes que o estudo dos fluidos deve consistir em
uma combinação da teoria e da experiência;
Importância

 Nos problemas mais importantes, tais como:


 Produção de energia
 Produção e conservação de alimentos
 Obtenção de água potável
 Poluição
 Processamento de minérios
 Desenvolvimento industrial
 Aplicações da Engenharia à Medicina

 Sempre aparecem cálculos de:


 Perda de carga
 Forças de arraste
 Trocas de calor
 Troca de substâncias entre fases
Importância

Desta forma, torna-se importante o


conhecimento global das leis tratadas no
que se denomina Fenômenos de
Transporte.
Quais as diferenças
fundamentais entre
fluido e sólido?

 Fluido é mole e
deformável

 Sólido é duro e
muito pouco
deformável
Passando para uma
linguagem científica:
A diferença fundamental entre sólido e fluido
está relacionada com a estrutura molecular:

 Sólido: as moléculas sofrem forte força de atração


(estão muito próximas umas das outras) e é isto
que garante que o sólido tem um formato próprio;

 Fluido: apresenta as moléculas com um certo grau


de liberdade de movimento (força de atração
pequena) e não apresentam um formato próprio.
Fluidos:Líquidos e Gases

Líquidos:
- Assumem a forma dos
recipientes que os
contém;
- Apresentam um volume
próprio (constante);
- Podem apresentar uma
superfície livre;
Fluidos:Líquidos e Gases
Gases e vapores:
-apresentam forças de
atração intermoleculares
desprezíveis;
-não apresentam nem
um formato próprio e
nem um volume próprio;
-ocupam todo o volume
do recipiente que os
contém.
Teoria Cinética Molecular

“Qualquer substância pode


apresentar-se sob qualquer dos
três estados físicos
fundamentais, dependendo das
condições ambientais em que se
encontrarem”
Estados Físicos da Matéria
Fluidos

De uma maneira geral, o fluido é caracterizado


pela relativa mobilidade de suas moléculas que,
além de apresentarem os movimentos de
rotação e vibração, possuem movimento de
translação e portanto não apresentam uma
posição média fixa no corpo do fluido.
Fluidos x Sólidos

A principal distinção entre sólido e fluido, é pelo


comportamento que apresentam em face às
forças externas.
Por exemplo, se uma força
de compressão fosse usada
para distinguir um sólido de
um fluido,
este último seria inicialmente
comprimido, e a partir de um
certo ponto ele se
comportaria
exatamente como se fosse
um sólido, isto é, seria
incompressível.
Fatores importantes na
diferenciação entre sólido
e fluido
O fluido não resiste a
esforços tangenciais
por menores que estes
sejam, o que implica
que se deformam
continuamente.
F
Fatores importantes na
diferenciação entre sólido
e fluido
Já os sólidos, ao
serem solicitados
por esforços,
podem resistir,
deformar-se e ou
até mesmo
cisalhar.
Fluidos x Sólidos

Os sólidos resistem às forças de cisalhamento


até o seu limite elástico ser alcançado (este
valor é denominado tensão crítica de
cisalhamento), a partir da qual experimentam
uma deformação irreversível, enquanto que os
fluidos são imediatamente deformados
irreversivelmente, mesmo para pequenos
valores da tensão de cisalhamento.
Fluidos: outra definição

Um fluido pode ser definido como


uma substância que muda
continuamente de forma enquanto
existir uma tensão de cisalhamento,
ainda que seja pequena.
O que é escoamento?

 Mudança de forma do fluido sob a


ação de um esforço tangencial;

 Fluidez: capacidade de escoar,


característica dos fluidos;
Lei de Newton da
viscosidade
Para que possamos entender o valor
desta lei, partimos da observação de
Newton na experiência das duas
placas:

v
v = constante

V=0
Princípio de aderência:
experiência das duas placas
As partículas fluidas em contato com
uma superfície sólida têm a
velocidade da superfície que
encontram em contato. F
v
v = constante

V=0
Lei de Newton da
viscosidade

Newton observou que após um intervalo de


tempo elementar (dt) a velocidade da placa
superior era constante, isto implica que a
resultante na mesma é zero, portanto isto
significa que o fluido em contato com a placa
superior origina uma força de mesma direção,
mesma intensidade, porém sentido contrário a
força responsável pelo movimento. Esta força
é denominada de força de resistência
viscosa - F
Determinação da
intensidade da força de
resistência viscosa

F    A contato F dF
 
A dA
Onde  é a tensão de cisalhamento
determinada pela lei de Newton
da viscosidade.
Enunciado da lei de
Newton da viscosidade:

“A tensão de cisalhamento é diretamente


proporcional ao gradiente de velocidade.”

dv

dy
Gradiente de velocidade

dv representa o estudo da variação


da velocidade no
meio fluido em relação a direção
dy mais rápida desta
variação.
y
v
v = constante

V=0
Constante de
proporcionalidade da lei
de Newton da
viscosidade:

A constante de proporcionalidade da lei de


Newton da viscosidade é a viscosidade dinâmica,
ou simplesmente viscosidade - 

dF

dv dv
  
dA dy dy
Viscosidade Absoluta
 é a viscosidade absoluta ou dinâmica, ou
simplesmente viscosidade
τ é a tensão de cisalhamento

As unidades da viscosidade absoluta, para os


diversos sistemas, são:

MKS ................................. N m-2 s


MKfS ................................ Kgf m-2 s
Viscosidade Cinemática

É o quociente entre a viscosidade absoluta


e a massa específica do fluido



As unidades da viscosidade cinemática, para os
diversos sistemas, são:

MKS ................................. m2s-1


MKfS ................................ m2s-1
A variação da viscosidade
é muito mais sensível à
temperatura
 Nos líquidos a viscosidade é
diretamente proporcional à força de
atração entre as moléculas, portanto a
viscosidade diminui com o aumento da
temperatura.
 Nos gases a viscosidade é diretamente
proporcional a energia cinética das
moléculas, portanto a viscosidade
aumenta com o aumento da
temperatura.
Segunda classificação dos
fluidos

Fluidos newtonianos – são aqueles que


obedecem a lei de Newton da
viscosidade;

Fluidos não newtonianos – são aqueles


que não obedecem a lei de Newton da
viscosidade.

Observação: só estudaremos os fluidos newtonianos


Segunda classificação dos
fluidos

Um fluido ideal não tem


viscosidade: escoa sem que
seja necessário submetê-lo
a uma tensão de cisalhamento
Experimento de Reynolds
 Ler o texto indicado
e descrever com
suas palavras o
experimento de
Reynolds

 Entender o Número
de Reynolds
Exercício
1- O perfil de escoamento de um fluido numa
superfície sólida é dada por u(y)= 2y +3y².
Onde u(y) é o perfil de velocidade em m/s e y é
o afastamento em metros (m).
O óleo  apresenta viscosidade 1,8 *10^-3  Pa s.
Determine a tensão de cisalhamento a 10 cm
da superfície.
2- São dadas duas placas paralelas à distância
de 2mm. A placa superior move-se com
velocidade de 4 m/s, enquanto a inferior é fixa.
Se o espaço entre as duas placas for preenchido
com óleo (v=0,1 stoke; 830 kg/m3), qual será a
tensão de cisalhamento que agirá no óleo?