Você está na página 1de 12

A descoberta

gastronômica do Brasil
Ricardo Antonio Gomes
Barbosa
O encontro entre
culturas

• Primeiro encontro
• Colônia de povoamento x
colônia de exploração
• Democracia racial x sociedade
miscigenada
Alimentação dos índios
Alimentação dos índios
• O alimento básico dos índios era a
mandioca, com a qual faziam a
farinha e o beiju.
• A farinha era o pão do índio, o seu
manjar mais delicioso. Ela
acompanhava tudo o que se comia:
carne, peixe, frutas ou caldos.
• Com o beiju preparavam os farnéis
de guerra, de caça ou de pesca.
A mandioca
A mandioca
• Planta originária da América do Sul
• Conhecida também como macaxeira
ou aipim
• Rica em carboidratos e uma boa fonte
de vitamina C e minerais como cálcio
e fósforo, a mandioca é considerada
altamente energética
• Faz parte da alimentação diária da
maioria dos brasileiros, sobre tudo na
forma de farinha.
A lenda da mandioca
A lenda da mandioca
• Em épocas remotas, a filha de um
poderoso cacique foi expulsa de sua tribo e
foi viver em uma velha cabana distante por
ter engravidado misteriosamente. Parentes
longínquos iam levar-lhe comida para seu
sustento e assim a índia viveu até dar a luz
a um linda menina, muito branca a qual
chamou de Mani.
• A notícia do nascimento se espalhou por
todas as aldeias e fez o cacique esquecer
as dores e rancores e cruzar os rios para
ver sua filha.
A lenda da mandioca
• O novo avô se rendeu aos encantos da
linda criança a qual se tornou muito amada
por todos.
• No entanto, ao completar três anos, Mani
morreu de forma também misteriosa, sem
nunca ter adoecido.
• A mãe ficou desolada e enterrou a filha
dentro da oca onde vivia e sobre ela
derramou seu pranto por horas.
• Mesmo com os olhos cansados e cheios de
lágrimas ela viu brotar de lá uma planta
que cresceu rápida e fresca.
A lenda da mandioca

• Todos vieram ver a planta miraculosa que


mostrava raízes grossas e brancas em
forma de chifre, e todos queriam prová-la
em honra daquela criança que tanto
amavam.
• Desde então a mandioca passou a ser um
excelente alimento para os índios e se
tornou um importante alimento em toda a
região.
Referências
• Fernandes, Caloca. Viagem
gastronômica através do Brasil.
São Paulo: Editora Senac, 2004
• SENAC. DN. A História da
Gastronomia.Rio de
Janeiro:Editora Senac,1998.
Cap.2, p.64-69
Vídeo
• A Descoberta Gastronômica do
Brasil. Coleção Multisabores.
Rio de Janeiro: Editora Senac,
2004